Quantos de você existem por aí?

em 7 de março de 2011

Quantas pessoas cabem dentro de uma pessoa?

Não, não estou falando sacanagem, nem estou falando de uma moça grávida de óctuplos. Estou falando de quantas personalidades, ou quantos traços, cabem dentro de alguém…

Andei pensando sobre isso esses dias. E nem foi olhando para os outros não, foi olhando pra dentro mesmo…

Já pensou nisso? Há dias, ou momentos, em que a gente é capaz de coisas maravilhosas, gestos de afeto e de generosidade sem par. Momentos em que temos paciência, somos gentis, falamos com calma e temos atitudes maduras e sensatas.

Mas…

No minuto seguinte parece emergir de dentro da gente um ser estranho, agressivo e de pavio curto. Um ser capaz de dizer coisas deselegantes e sem educação alguma, e mesmo que não diga, pensa. Dias de vontade mandar até aqueles que amamos à merda.

Também noto que pessoas boas, de atitudes boas, nem sempre são boas. De repente o cara legal que curte cachorros e ajuda um orfanato pode ter uma atitude machista e de pit-boy…

Ou a menina gente fina do trabalho de repente mostra uma faceta nada agradável, como atropelar um vira-lata na rua porque estava com pressa pra chegar à igreja…

Dentro de nossa casa também é assim. Quantas vezes já ouvimos estórias sobre pessoas que são maravilhosas com os de fora mas dentro de casa são intolerantes e insuportáveis em suas manias.

E seria ingenuidade achar que isso acontece apenas com o outro. Eu sou assim, talvez você também… se olharmos mais atentamente veremos que somos todos muito parecidos…

Eu tento, sabe? Tento ser coerente, tento ter bons gestos, bons pensamentos e sobretudo boas atitudes.

Mas sei que dentro de mim mora umas 5 Elaine’s diferentes….

E aí? Quantos tem dentro de você?

 

Atualização:

Como o melhor deste blog são mesmo os comentários, vou colar aqui o excelente feito pela Sílvia, autora do blog Meu lado contido:

“Sou tantas que mal consigo me distinguir. Sou estrategista, batalhadora, porém traída pela comoção. Num piscar de olhos fico terna, delicada. Acho que sou promíscua, doutor Lopes. São muitas mulheres numa só, e alguns homens também. Prepare-se para uma terapia de grupo.”

Mercedes, do maravilhoso Divã, de Martha Medeiros.

Vai dizer que contigo também não é assim?

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

44 comentários , comente também!

  1. Bôa noite amiga...
    Numca pensei nisso
    Mas lendo seu texto, dou toda a razão a sua escrita
    Dentro de uma Preciosa deve ter pelo menos umas 6 Preciosa..rsrs
    Beijos carinhoso
    Tenhas uma noite regada de muito amor
    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  2. Ai Elaine, isso é muito verdade. Acho que existem pessoas mais equilibradas, digamos assim, mas todo mundo tem seus dois lados, pelo menos. Eu?? Uns 3 ou 4. Que eu saiba. Já brinquei uma vez e acho que até falei aqui que acho que tenho transtorno bipolar pq não é possível tanta mudança de humor, de ânimo assim.

    Assim que abri seu post veio uma pessoinha aqui perto, meu filho Lucas de 3 anos, apontou pras matrioskas e falou "óia que boitinho". Isso desperta o melhor de mim, com certeza :)

    Tenho andado um pouco ausente pq a gripe pegou todo mundo aqui em casa... e vc me entende e sabe que não dá mesmo pra visitar todo mundo, embora sempre queiramos. É que uma parte de nós quer fazer tudo, outra diz que é impossivel e uma terceira simplesmente está esgotada para fazê-lo.

    Abraço, querida, tenha um bom feriado.

    ResponderExcluir
  3. Ola amiga
    Eu nem sei mas sempre achei que sou duas em uma (risos)
    Bjos e bom feriadão!

    ResponderExcluir
  4. Vc pode controlar,um elefante enlouquecido,pode fechar a boca do urso e de um tigre,cavalgar um leão e lutar com uma serpente,mas controlar a sua mente,é muito mais difícil...Rs... Esse é um trecho de uma música de Baby Consuelo.

    É dentro de nossa mente que moram as "muitas de nós"...rs... Quem for mais forte, vem a tona!

    Muitas vezes é quase involuntário, eu por exemplo estou aqui agora fazendo esse comentário,mas dentro de mim,há uma outra Paulinha, dizendo, que tenho que ir servir o jantar!

    Amiga... Eu sei quem sou...Ou melhor...Quem somos...hahahha

    Agora sou a Paulinha blogueira,daqui a pouco a Paulinha esposa, e depois a Paulinha mãe...Deu pra entender?!...Rsrsr

    BJs

    ResponderExcluir
  5. Todos temos muitas.Eu até tento também, mas quando rodo a baiana,rsrs sai cada chica que vou te contar.

    Depois, dou um chega pra lá nele e ela se aquieta,srrs beijos,chica( a normal agora!!)

    ResponderExcluir
  6. Vou deixar o trecho do filme Divâ, que amo. Diz muito sobre o seu texto, sobre como me vejo, sobre como todos somos, "nem puro anjo, nem dêmonio":

    Sou tantas que mal consigo me distinguir. Sou estrategista, batalhadora, porém traída pela comoção. Num piscar de olhos fico terna, delicada. Acho que sou promíscua, doutor Lopes. São muitas mulheres numa só, e alguns homens também. Prepare-se para uma terapia de grupo.

    ResponderExcluir
  7. Oi Elaine
    Pensando bem acho que toda pessoa normal é desta maneira, é a tal imperfeição inerente ao seres humanos.
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Poxa, a Paula do Brechó, foi certeira cintado a Baby Consuelo, a mente é uma coisa dificil de controlar!!! Eu sou um multiplo confesso, tenho em mim uma infinidade de eus, brigo, reclamo, derrubo alguém na rua se brincar, chego na creche e as crianças fazem de mim gato e sapato, sou a que briga, sou a que chora lendo livro infantil... Sei lá, os seres humanos são tão complexos néh Elaine, somos tão confusos, tão mutaveis, tão susceptíveis as mudanças da mare, tão complexos, mas talvez essa seja nossa beleza!!!

    E sim, como li no blog de um amigo meu "O essencial é saber-se Um, mesmo que esse um seja a união de uma multidão de eus. Saber-se uma multidão em Um é deixar de ser apenas mais um na multidão."

    ResponderExcluir
  9. Oi Elaine, uma vez escrevi sobre duas destas muitas Tatis, aliás, esta é minha apresentação do perfil! rsrs Teve uma época em que eu tentei ter esta coerência, ser sempre uma coisa só, estilo personagem de filme. Mas daí vi que não dava. E que uma pessoa assim, tão retilínea teria pouco a aprender, a acrescentar. Gosto de descobrir novas facetas. Algumas eu não gosto tanto, adoraria saber domar, mas sou eu, então tento aprender a me aceitar (e deixar estas piores presas na coleira, no fundo do quintal, para não assustar os "visitantes") Adorei o tema! Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Acho que todos somos assim, cheios de inúmeras facetas que nos contituem quem somos...
    xero.

    ResponderExcluir
  11. É exatamente por isso que não julgo e não gosto que julguem as pessoas.

    Ninguém é todo bonzinho e tampouco todo mal.

    Somos os dois... o que muda é que podemos escolher qual lado queremos destacar mais.

    Por isso precisamos tanto de evolução e aperfeiçoamento.

    Tô tentando...quem sabe um dia consigo!!! hehehe


    Bom carnaval

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  12. Quantos? Estou descobrindo e buscando incansavelmente.É um grande prazer tentar a íntima comunicação com essas pessoas que vivem dentro de mim. Tento a coerência , aderência, ou eloquência delas para que eu as ouça muito bem .
    Tento a máxima que há numa canção do Caetano Veloso: "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é".
    Tento saber o tempo todo. Na TPM aparece uma mulher muito chata, detalhista, de mau humor e intolerante, no resto do mês tem uma moça melhorzinha que continua detalhista mas tem mais fé na sua capacidade de compreender os outros. Como mãe , é uma coerente pessoa que cuida e perdoa , motiva e caminha junto. Como funcionária é carimbadora,etiquetadora e funciona como um trem . As outras todas são mais livres, rsss
    Beijos Elaiane

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho inumeras facetas, nuss... Eu sempre digo q Meri q mtas vzs eh dificil ser cristao, ter sempre q ter engenharia social pra driblar e reprimir meu lado negro, q qndo vem a tona junto com a impulsividade... soh faco coisas das quais venho a me arrepender dpois.
    Mas nem sempre dah pra viver de sorriso na kra e "amando" a todos, todos nos temos nossos momentos bons e ruins e mtas vzs fazemos coisas, boas e ruins, q desconheciamos sermos capazes de fzer.
    Bom feriado pra ti.

    ResponderExcluir
  14. todo mundo tem um lado "B". tem um lado bom, um lado ruim, é da vida isso. seria ingenuidade achar que não temos, que temos só cara de flor. vai cheirar a flor, pra vc ver, o mau cheiro rs

    a sabedoria é saber lidar com nossos instintos, nossos sentimentos. como na foto, das matrioshkas, analisarmos cada "eu" que temos e saber quando um deles age, como se pudéssemos dar um passo à frente, saindo de nós mesmos, para entender o que o eu "principal" quer fazer. ai que reside a sabedoria de viver. o resto, tudo é instinto, tudo é coisas de um ser humano.

    bjs e boa semana pra vc!

    ResponderExcluir
  15. Amada tô passando rapidinho pra dizer que tá rolando o 1º sorteio do blog. É uma regata animal print. Super tendência não é mesmo?! Te espero lá.
    Besos, besos.
    http://vivi-aninha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Acho que todas as pessoas guardam dentro de si muitas maneiras de ser, eu às vezes me desconheço, reajo a alguns acontecimentos de uma maneira que nunca imaginei reagir. Me procuro em mim mesmo e não me acho, converso comigo e loucura das loucuras, divirjo e rebato minhas próprias opiniões com argumentos do meu outro eu.Às vezes gosto de mim, às vezes me incomodo comigo, às vezes não consigo nem simpatizar comigo. Mas de uma forma ou outra, eu e meus vários outros eus acabamos entrando num acordo, e vamos assim, entre altos e baixos nos entendendo.E sabe mesmo meio perdida, meio confusa, adoro essa fusão de vários eus que me constrói, porque nesta mistura toda sobra uma boa pessoa que como principio tem lutar pela vida e por um mundo melhor. Sou muitas sim, acredito que todos somos, mas sabe. Gosto de meus vários eus que formam a Iara que conheço.

    ResponderExcluir
  17. Isso é a mais pura verdade. Nesse exato momento consegui contar umas quatro de mim, imagina se eu começar a prestar atenção e contar bem direitinho... O pior é que pensamos que nos conhecemos, digo, conhecemos a nós mesmos. Pura enganação... na hora do desespero ou de uma grande emoção, não podemos prever como nos comportaremos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Elaine!
    Sensacional o post! Pelo menos para mim...
    Sempre me perguntei como isso era possível...existem várias em mim! Há um bom tempo venho brigando comigo mesma por não admitir o "lado negro da força", não gosto de sentir minha raiva e mesmo até egoísmo...
    Sei que não sou perfeita, mas tento ser aceitável. Ruim é quando embola tudo e sai a Renata errada na hora errada. Aí...segura vai dar confusão! É nessas horas que a gente é mal interpretada.
    Beijos, para todas as 5 Elaines!
    Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  19. "Eu sou eu e minha circunstância. Se não salvo a ela, não salvo a mim".

    Durante anos a fio eu ficava me fazendo este questionamento. Quantos e quem e como sou? Até encontrar nesta afirmação do Ortega e Gasset, esta definição aí de cima que acomodou as minhas idiossincrasias.

    Gostei demais da forma como você abordou o tema, Elaine, pra variar um texto dinâmico, leve e ao mesmo tempo de uma consistência de fazer gosto. Meu abraço. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  20. Bom dia Elaine!!! Nossa ontem mesmo eu e meu marido conversamos sobre isso que vc falou, menina meu marido mesmo reclamou comigo que tem dia que estou um horror, mas ele tb, mas a maioria das vezes sou eu, sou uma pessoa tranquila, mas quando vem essa outra pessoa que eu ainda não conheço....rs saí de baixo.
    Adorei o texto
    beios

    ResponderExcluir
  21. Oi Elaine,bom dia !!!!
    Certa vez li qual a pessoa q eu iria alimentar...fiquei pensando muuuito...e não cheguei a conclusão nenhuma...rs.
    Depende muito do "prato" que irão me oferecer...se for um meio q indigesto,ah... sai de perto pq viro um leão...aí fico c/ medo até de mim mesma!!!
    Muitas das vezes as pessoas equilibradas...são as que mais ficam em cima do muro,repare !!!
    Requer muita cadência ...frieza...omissão...como vc mesmo diz...mimimi...!!!
    Complicado...e nem quero as minhas respostas...as veses sou extremamente equilibrada e outras um descontrole...hum...começou sair fumacinha...
    NÃO IREI FAZER TERAPIA...prefiro este mundo virtual no momento !!!
    Gostei do tema de hj e dos comentários,parabéns vc está UM LUXO HOJE !!!
    beijo.

    ResponderExcluir
  22. Oi amiga,
    As Babuscas ilustraram muito bem este teu post, que como tantos outros, nos faz atiçar o pensamento sobre si mesmo.
    Nossa, eu tenho muitas dentro de mim: a ingênua, a esperta, a romântica, a extremamente anti- romântica, a simpática, a antipática, a que promete e a que cumpre... estou indo amanhã mesmo cumprir o prometido, viu!
    Adorei seu texto, amiga! Pra variar, excelente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Uau!!! O blog está demais! Estes dois últimos posts estão muito interessantes. Adorei. Bjks e bom feriado!

    ResponderExcluir
  24. Ai que saudade daqui!!!!! Sabia que teu blog tem cheiro? Foi só abrir a página e sentir cheirinho de casa, de família....
    Sobre as múltiplas personalidades concordo com você, também sou muitas e ultimamente tenho tido muito medo de uma que já estava adormecida há anos: a intolerante. Estou muito impaciente e fora do controle.
    Mais jovem eu já tinha essa personalidade, mas com o nascimento da Sofhia vi esse lado que não leva desaforo pra casa sumir, isso me deixou feliz, pois não gosto disso é realmente incontrolável, sou tomada por uma ira e fico meio que fora de mim por uns segundo quando percebo já falei o que não devia e se não tomar cuidado parto pra briga... Isso está me preocupando muito, ando bem caseira, evito lugares que sei que vou me estressar, com pessoas que me irritam por natureza. Espero que seja só uma fase e isso volte logo ao meu controle.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  25. Olá Elaine

    Não podia deixar de comentar...

    Engraçado, é como ainda tento descobrir quem eu sou!
    Antes achava, que ao chegar aos 30 uma mulher maravilha iria emergir de dentro de mim...uma mulher livre,realizada,madura,uma mulher PODEROZA...Parecia que os 30 seriam um marco,um renascimento.Ledo engano, ainda luto aos 31 com os mesmos medos e anseios de anos atrás...uma menina ainda,talvez com mais maturidade,com um olhar menos poético,mas ainda tento descobrir entre tantas de mim, que é meu verdadeiro eu...ou quem eu gostaria de ser!
    Loucura? Talvez
    Mais existe mais de mim,que nem eu sei entender...as emoções confundem,os pensamentos torturam...e no final resta uma mulher com uma ânsia louca de acertar,ser feliz e fazer feliz!
    E o que me deixa triste, é ver pessoas tão diferentes em uma só, aquela que lá fora, é super bacana...paga as contas em dia,e não fala mal de ninguém!Pronto!
    Mas que quando se fecha num universo particular, não pensa duas vezes,antes de ofender,humilhar...mostrar o que lá fora não tem coragem de mostrar!
    E é nesse emaranhado de sensações,pensamentos e sentimentos...que a vida vai se desenrolando...vai acontecendo.E as pessoas com suas múltiplas personalidades, vão construindo sua história...o final? Ninguém sabe.Pois como saber qual o personagem,é que vai ter um Final Feliz?
    Enquanto a história se desenrola, vamos vivendo a vida, com nossos "seres" interiores...e como disse a Vania, vamos decidindo qual devemos alimentar!
    PS: Desculpe o comentário tão gigante, é que são muitas pessoas dentro de mim...que precisavam falar!
    Um super beijo no coração,
    Nel

    ResponderExcluir
  26. gente seu blog é lindo! amei estou te seguindo.Sobre o post estou descorindo várias "pessoas" dentro de mim , a mãe, a mulher dedicada ao marido, a leoa que defende a familia a "psicologa", a amiga, a amante e a mãe que supera a perda de seu bêbê e isto me fez descobrir uma força que n sei de onde vem.Só msm deus p explicar.
    BJos

    ResponderExcluir
  27. Sou algumas, mas tem uma que é principal e prevalece. Aquela que pondera com as outras, que aparta as brigas...
    Porém muito mais fui ao longo da vida, foram tantas que nem consigo contar. E sei que outras ainda virão.

    beijos

    ResponderExcluir
  28. É mesmo. Mas o que tem de gente que só vê isso para os outros não é mole. E julgam, crucificam, metem o pau. Todo mundo tem seu dia ruim, seu momento de estupidez, fato. Achar que isso só se dá com os outros e não consigo mesmo é hipocrisia. Uma coisa são momentos, outra é o comportamento contínuo. Isso faz toda a diferença no caracter.

    Beijo na alma, Elaine.

    ResponderExcluir
  29. Adorei a comparação com as bonequinhas... Com certeza também há muitas "Adris", mas não acho isso tão ruim, significa que, se falhar alguma vez, posso usar outra Adri para enfrentar a situação, se for necessário, como deixar de ser educada e usar a Adri "dedo-duro" para reclamar do vizinho que deixa o som ligado depois das duas da manhã.
    Beijo
    Adri

    ResponderExcluir
  30. Ser duas caras é ruim, mas ser multifacetado é ótimo, é enriquecedor. Dá nuances diferentes para uma maesma pessoa, dá tempero, e bom.

    Mesmo com alguns defeitinhos, é bom ser múltiplo. Como diz a letra divertida da música Mulher de Fases

    http://letras.terra.com.br/raimundos/48248/

    ResponderExcluir
  31. Olá, querida Eleina
    A despersonalização é cruel... ou se fazer de muitos ou anular-se completamente... tudo muito terrível...
    A transparência acima de tudo... ser o que se é... sem mais nem menos...
    Estou oferecendo um Retiro Espiritual em meu Blog... é tempo de reflexão!!!
    Seja muito feliz e abençoada!!!
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  32. Adorei o assunto, tenho multiplas personalidades, a que eu tento reprir é o "Capitão Nascimento" (tropa de Elite) que vive em mim...mas quando passo por um momento de estress grande ele aflora como um vulcão em plena ebulição- salvem-se os bons, pois fico sem medida alguma, mando em tudo e em todos sem medo de magoar e com a desculpa que esse é o meu original....o pior é que o mundo ao meu redor funciona muito melhor quando esse lado aflora e eu não gosto disto, pois acredito que todos tem que fazer a sua parte e tomar as suas proprias decisões.. A festeira é a que mais gosto, deixo ela aflorar a cada 3/4 anos, (é assim que o Cap. Nascimento fica controlado) o marido não gosta de festa e no período da festeira ele dança junto e faz festa e se não fizer baixa o capitão Nascimento e.....todos fazem festa nem que seja na base da "porrada" (verbal - é claro)...kkkk
    Imagina se não mantivessemos as várias pessoas controladas, a dificuldade que seria eu mesmo tem dias que não consigo viver comigo...rsrs.
    Abraços

    ResponderExcluir
  33. Toda moeda tem dois lados, tudo visto à distância tem outra aparência. Até nós, quando nos olhamos, dependendo do dia, vemos facetas que podem passar desapercebidas de nós mesmas. Acho que isso é o que nos faz gente! Atitudes sempre iguais, muito raciocinadas, medidas e pesadas estão mais para máquinas programadas. Sei que muitas não são lá um primor, mas viva as mil Renatas que vivem dentro de mim! Sou sol e chuva, luz e sombra, adulta e criança, sou tudo e sou nada, sou assim...
    Bjs
    Renata http://cercaviva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Acho que temos sim , muitas mulheres, ate acho que e um meio de sobrevivência, somos guerreiras , frágeis, somos leoas , somos meninas, somos vingativas, somos compreensivas, somos Mulher
    Minha querida adorei seu texto
    bjs

    ResponderExcluir
  35. Oi Elaine!
    Mas que olhar interior heimmm! É as vezes é necessário uma parada para perceber certas coisas, e como vemos nos surpreendemos com o que descobrimos. Somos seres humanos de multiplas facetas, acho isto maravilhoso, porque Deus ñ nos criou prontos,deixou uma parte para nós trabalhar, procurar e descobrir como vou me completar(nosso livre abítrio, rsrsrs). Mas cá pra nós que é uma tarefa díficil, não tenho dúvidas!
    Bjus

    ResponderExcluir
  36. Que grande verdade Elaine!
    Sou uma caixinha de surpresas, feita dos momentos que a vida me proporciona.
    As vezes doce, em outras, amarga até demais.
    Sempre na medida "inexata" ... mas de uma coisa tenho certeza, sou Elizabete, Beth, Bebeth e amo muito tudo isso!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  37. Oi!
    Temos muitas pessoas dentro, mas tentamos sempre controlar as piores, tentamos o tempo todo vigiar, porque quando sai uma que não stá em um dia ruim, daí nos arrependemos !
    Ser Estranho Ser !

    ResponderExcluir
  38. ELAINE QUERIDA...
    nossa sou tantas e sou apenas eu...
    é realmente somos mutifacetados e os muito de nós se manifestam de maneiras diferentes para cada situação...
    dentro de mim mora um anjo meio endemoniado que por vezes não se contenta em ser apenas anjo e deixa seu lado negro dançar...
    acho que somos todos assim...
    adorei a reflexão....
    eu todos os dias peço a Deus e aos orixás que me deeem serenidade pra que eu possa enfrentar a vida sempre com os olhos do bem, infelizmente nem sempre é possivél...
    bjuivos querida no fundo do seu coração.
    loba.

    ResponderExcluir
  39. Elaine

    Acho que todo o ser humano é assim. Ele tem sua personalidade, mas tem dias que está bem e outros está mal.

    A forma como cada um age nesses momentos é fruto de seu eu interior, de sua educação enfim acho que tem vários motivos que podem fazer pessoas serem calmas demais e outras mais explosivas.

    Falar de quantas Irenes tem e já teve dentro de mim seria impossível de contar. Hoje sou uma pessoa mais centrada, mais madura, mais "velha" e já bati muito com a cabeça "em burros dágua" (como dizia a minha vó) nesta vida.

    Continuo fazendo artes, reclamando, mas sou da Paz, sou do Bem e me controlo para não me meter numa briga quando vejo algo errado ou injusto.

    Acho que é isso aí sou eu a Irene , a Mamyrene que procura curar suas angústias, desabafar, receber carinho,amar e ser amada e poder ser útil no que for preciso.

    Lembro quando tive a Síndrome do Pânico e fui fazer terapia a minha peuta me disse porque deixava que todos me chamassem de Mamyrene. Que eu tinha que assumir o meu nome Irene e que eu não podia ser a maezona de todos.

    Naquele momento eu fiquei até triste de deixar de lado a Mamyrene como me tratavam os amigos do trabalho, da Faculdade. Tudo começou porque eu atendia o telefone para falar com o marido e o chamava de Papi e o filho e marido me chamavam de Mami e aí pegou.

    Bem resumindo eu deixei de lado a peuta e assumi o Mamyrene dando continuidade ao meu blog e aqui estou.

    Mamyrene que é a Irene e talvez tenham outras com seus pseudônimos procurando ser mais livre para falar dos seus eus.

    Acabei e fui!

    Beijos mil!

    ResponderExcluir
  40. Até onde pude contar, existem pelo menos umas cinco mulheres totalmente distintas dentro de mim. Não é que a gente tenha várias caras, seja dissimulada, é que sentimos que tem coisa demais dentro da gente para que uma personalidade apenas expresse tudo isso... ehehe

    Beijocas

    ResponderExcluir
  41. Elaine, sou muitas, uma das quais voc~e conhece bem. A que fala antes de pensar...
    Mas essas múltiplas faces são saudáveis. Como disse a Fernanda Reali, não se pode é ser "duas cara", aquela que, por ex. acende uma vela pra Deus e outra pro diabo.
    Somos humanos, e como tal, sujeitos a chuvas e trovoadas.
    Temos que nos comportar de acordo com o momento, mas sem esquecer nunca a essência da nossa alma.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  42. No mínimo, somos sempre duas personalidades numa só. Afinal somos "momentos" e, nao se pode agir e reagir da mesma maneira a vida toda! E, isso é normal! O perigo é quando uma pessoa tem várias personalidades e vária de carater... isso já é sociopatia, psicopatia.

    Eu devo ser duas: uma boa e uma ruim, de acordo como me tratam... rsrs

    ResponderExcluir
  43. E quem não?
    Dizem que Geminiana tem duas caras! Não, não tem! Duas caras? Não mesmo.
    Mas muitas pessoas dentro de si mesma, aí sim!
    Acho que não existe ninguém que seja uma só.
    Eu devo ter, no mínimo, umas quatro ou cinco rsrsrsr

    Não tinha visto esta postagem antes. Não recebo sua página no meu feed de notícias do Face. Agora tenho ficado mais no Face, visitando os blogs por lá.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…