Dias ruins que se juntam

em 15 de março de 2011

Há uns anos atrás eu vi uma entrevista com a Thalia. Quem? Essa:

Lembrou? Ela é cantora, e também atriz. Sempre a mocinha boazinha nas novelas que o SBT exibia. Na entrevista em questão ela foi perguntada sobre isso, sobre sempre ser a mocinha boazinha. Ela respondeu “Me gusta ser boa”.

Sabe? A mim também “me gusta ser boa”. Gosto de ser calma, falar baixo, ser gentil. Gosto de ajudar, gosto de responder quando sei, gosto de entender o outro lado, gosto de ser paciente. Isso é fato.

Mas também é fato que há pessoas que abusam.

E há situações deste lado de cá da tela que tiram a Elaine do sério. Vou te contar uma:

Semana passada a caixa d’água daqui de casa rompeu. De noite, parecia uma cascata. O forro da minha ameaçada casinha é de madeira, imagina a cena. Alagou tudo, uma coisa pavorosa. Fechamos o registro, ficamos sem água. Havia chovido por 4 dias, então como subir no telhado para ver o que havia sucedido???

Na manhã seguinte eu estava trabalhando, e marido dormindo plácido até às 10 da manhã. De repente rompeu algo em mim, enlouqueci. Dei uns gritos, assustei até as cachorras. Chorei, gritei, em 10 minutos meu cunhado apareceu, subiram ambos no telhado, arrumaram. Felizmente era coisa simples, deu pra dar um jeito e esperar até trocar. Mais dinheiro se vai…um dinheiro que nem existe rsrsrs Mas os meus gritos assustaram, marido e cachorras…

Detesto isso. Detesto perder a calma, até comentei com a Tati Pastorello. Ela, certeira, disse que a vaga para Madre Teresa já foi preenchida… todo mundo tem um surto de vez em quando.

Mas eu não gosto. Mas tem horas que, fala sério… guento não…

Quando você está em um dia ruim, o que você faz?

E quando o dia ruim de junta a uma noite ruim, que se junta a outro dia ruim, e os dias viram semanas, e semanas ruins, onde a cada dia algo ruim acontece? O que você faz?

Sei que estou triste hoje, mas nem é de hoje. São problemas que se acumulam, coisas que acontecem (ou não acontecem) que me deixam triste, preocupada, incerta.

Mas, como está na apresentação deste blog: “Este blog é sobre mim; sobre coisas que eu faço ou que fazem a mim, sobre coisas que eu digo ou que dizem a mim…”

E este post é bem assim, bem sobre mim, tal como estou agora.608289q08o3aylgm

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

59 comentários , comente também!

  1. Olá Elaine,

    É assim mesmo, melhor colocar tudo para fora do que ficar guardando dentre de nós.
    Quando dividimos nossas problemas com os outros ele se torna mais leve, mais suportável!

    Fique em paz sempre!!!

    Beijos...

    ResponderExcluir
  2. Elaine,

    Todos nós temos dias, noites e semanas ruins, eu tbm tenho passado por uma fase ruim, mas tento deixar na mão de Deus, peço que ele me aconselhe e me ajude, mas sei que nada é na nossa hora e sim da hora dele, mas tbm sei de tudo isso passará. Não sou religiosa, mas creio em Deus.
    Se permita desabafar, gritar, ninguém consegue ficar sobre controle sempre, e isso serve para fazer com que as pessoas a nossa volta acordem e vejam que somos humanos, feitos de carne e osso como eles, e que a capa de super herói tem que ser posta de lado de vez em quando. Desabafe, faz bem. Mas nunca perca a fé.

    Bjão

    ResponderExcluir
  3. Ai, que saco se sentir assim! Que bom ter o blog para desabafar. Um abraço beeem gostoso. Não te soluciona nada, mas reconforta.

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  4. Quando eu tou assim, bem pra lá de pra baixo, estressada, preocupada e endividada, eu brigo com meu irmão, derrubo a casa, choro, me acabo no chocolate, tenho uma sindrome de Felicia na creche e por fim posto a realidade dos fatos no blog, como disse essa semana me rendo e então tento me reerguer \o/ A vida é dificil, eu queria ser rica e não ter neuras, ou apenas ser rica já quebrava um galhão, mas como não dá me consolo da vida assim e tento ver que não é só eu, assim sinto que não estou sozinha no mundo e que o meu problema não é o maior é apenas mais um problema entre tantos outros problemas!!!

    Ai Elaine, rolou, pra variar, desabafo \o/

    Cheros pra ti nega e que tudo se resolva pra você, fico na torcida e na oração!

    ResponderExcluir
  5. Ai amiga, percebi mesmo que vc está em meio à tempestade! Tiveram vários posts aqui, só o da picada de escorpião da sua mãe já foi um temporal!!!!!
    Eu tb tenho meus surtos! E quem não os tem? Concordo com a Tatiana. às vezes é preciso extravasar, até gritar mesmo, pior é internalizar e parar no hospital como já aconteceu comigo e semana passada com a LOLa!
    Ninguém é de ferro e tem situações que fogem a qualqur tentativa de manter a calma.
    Eu soco travesseiro às vezes, outras choro no chuveiro. Outras converso com Deus, outras calo, ou grito.
    Só não engulo mais.
    Se eu engasgar com o sapo, quem se ferra sou eu! Então eu cuspo rapidinho. Até porque detesto répteis!!!!!!!!!!! ECA!!!!!!!!
    Beijocas e espero que o sol volte a brilhar pra vc, que seus dias melhorem!!!!

    ResponderExcluir
  6. No trabalho é mais fácil lidar com os problemas porque você consegue não se envolver tão emocionalmente. Em casa, muita coisa se acumula e uma simples piscadela pode romper um dique. Muitos homens não compreendem isso e propagam aos cantaros "Tudo que sinto coloco pra fora na hora". Nós mulheres temos é muita paciência e quando o dique é rompido, pode ter certeza que não foi por causa de uma gota d'água! Beijus,

    ResponderExcluir
  7. NOrmal surtar as vezes, eu tbém sou muito calma, paciente, mas tem vezes que problemas me trazem uma ansiedade tremenda e acabo desmorando, porém, tudo passa, né? É a vida!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Menina, essa vidinha às vezes resolve testar a gente né?
    Dias viram semanas, semanas meses, e a gente esperando, vez em quando olha pra cima e pensa. Dá uma força ai vai, to começando a cansa.
    Mas vai passa amiga, tem que passa.
    Acredito nisto todo dia.

    ResponderExcluir
  9. Eu venho acompanho seus posts e tenho percebido essa tristeza se acumulando.
    Sabe, falar que tem que se ater as coisas boas da vida, dimensionar os problemas é fácil, mas quando estes estão tão emaranhados na gente, fica dificil encontrar a ponta e puxar.
    A sensaçãoq ue se tem é que vamos sufocar e sucumbir a pressão...
    Mas, não se pode fazer isso, por que é você quem vai cair doente,

    pq a gente adoece de tristeza, de impotência, de frustrações, e cada vez, ficamos mais fracos. Por isso grite! Grite com vontade! Reclame, explane a todos os que podem ser solução pro problema, o que você está passando.

    Falo isso porque ano passado, fui parar no hospital diversas vezes por ficar engolindo tudo e dando sorrisos falsos de que estava tudo bem. Minha pressão disparou e tomei um susto.

    Os problemas não desapareceram, mas a medida que aprendi que fingir alegrias que não me pertenciam, me faziam muito mal, a pressão começou a normalizar por aqui.

    E, querendo conversar, estou no twiter e no e-mail, é só falar! :o)

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine!
    Sei bem o que é isso,mas ao contrário de vc ,NÃO sou calma,rs...
    Normalmente eu explodo nestas situações e depois choro,choro até não aguentar mais,chego a ficar sem fôlego!
    Aí o marido se assusta e vem me paparicar,rs...
    Me sinto bem melhor depois que coloco tudo para fora.
    abraço!

    ResponderExcluir
  11. Elaine,
    Passo por aqui, leio seus posts, as vezes comento mas sempre reflito.
    Hj seu post, sua situação e vontade de gritar, socar, caiu como uma luva para mim.
    Mas o correto é soltar, muitas vezes ficar em "me gusta ser boa" faz com que as pessoas abusem e muito.
    Espero que passe, que logo esteja bem.

    Bj

    ResponderExcluir
  12. Menina, senti como se fosse eu escrevendo rsrs
    Mas tem muito tempo que eu "cuspo o sapo", não aturo mais ......
    Já fui aquela boazinha para tudo e todos ....
    Continuo boazinha, mas nem para tudo e nem para todos.
    Problemas? Temos. Ninguém vive sem eles, uma pena, mas é verdade.
    Portanto, viver é o importante e viver bem!
    Não se sinta culpada, você é humana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi amiga!!!
    Te conheci a pouco tempo e gostei muito do seu bog.A vida é assim querida...as vezes passamos por muitas tempestades que nós deixam preocupadas,as vezes elas deixam alguns estragos,mas geralmente elas vão embora.Uma ótima semana e um abraço.
    Bjssss
    Marilú

    ResponderExcluir
  14. Oi Elaine, eu não sou do tipo de pessoa boazinha, mas sim esquentadinha, explosivinha, até me admiro quando estou boazinha. Gênio forte, mas não sou grossa, deixo bem claro. Mas é isso mesmo tem dias em que se está com a Pá mais virada, depois passa filha. Coisas da vida mesmo. Ha e eu abro o bocão mesmo quando estou estressada, faz um bem extravassar, seja em blog ou no ouvido do marido, rsrsrs.

    ResponderExcluir
  15. Eu adoro você, sabia? Demorei um tempo para descobrir isso, mas já faz um tempo que tenho certeza!! Você é especial demais!
    Não sabe o quanto uma simples menção ao meu nome mexeu comigo hoje. Triste também, mas determinada a me fortalecer. Vem comigo? Estou te chamando, você vem?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Não se preocupe Elaine gosto de vc "tal como agora" ou quando "surta" "surtou", fiquei com dó da cadela, do maridão não kkkkk.

    Mar sem onda, é muito sem graça...

    Boa noite Bella!

    ResponderExcluir
  17. Desabafar faz bem e nos ajuda a não IMPLODIR,rsrsa ...

    Todos nos escabelamos, gritamos( eu quando fico p da cara, sai de perto) e quanto mais valorizamos as urucas, masi elas ficam conosco. Sabes omo faço? Em meio ao cáso ,grito XÔ!!! Pelo menos me sinto melhor!!1Ec depois passa! beijos,tudo de bom e isso é a vida normalzinha!!!chica

    ResponderExcluir
  18. Um dia de fúria...
    É como costumo chamar, as vezes a coisa trasborda e melhor gritar mesmo, melhor que espancar alguém ou quebrar alguma coisa "em alguém"!! Parece que esse negócio de comodismo não é exclusividade de maridos alheios, bom saber, a reclamação é meio geral. Acho que eles não pensam com nosso ritmo! #fato.
    E filhos então, tenho uma pequena aqui que não consegue ficar mais do que 5 minutos sem falar> Mãeeee...
    Tem horas que dá vontade de viajar pra lua mesmo e permanecer por lá uma temporada...
    Ainda bem que a vontade dá e passa né? Rss
    Bjks

    ResponderExcluir
  19. Tá bom Elaine esse blog é sobre vocÊ, mas essa postagem é sobre mim, há meses as coisas estão ruins pro meu lado e eu empurrando com a barriga, agora não aguento mais, por isso ando meio quietinha no meu canto, decidi fazer só o que me dá vontade e fugir de só agradar os outros, porém também não estou conseguindo me agradar, vou te confessar ultimamente meus únicos contatos tem sido no blog, entrei num casulo e só saio quando me sentir segura.
    Grita e berra mesmo, tem coisas que só acontecem quando a gente dá uma de louca rsrs
    beijos

    ResponderExcluir
  20. É muito ruim ficar assim.Sentir esse turbilhão de coisas que nos coloca pra baixo.Nada como um dia,após o outro tudo vai melhorar,e seu coração vai ficar tranquilo,em paz.

    Muita luz amiga!
    Um beijooo e uma abraço apertado!

    Simone Souza

    ResponderExcluir
  21. É isso amiga, desabafa mesmo...

    Miga, tem dias que ando querendo te perguntar, sobre sua amiga, aquela que vc fez post...dizendo que tentou suicidar...comoe stá ela?

    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Elaine,

    Extravasa mesmo, coloca tudo para fora!
    Quem disse que para ser uma boa pessoa temos que aceitar tudo calada?! Quem, entre as pessoas que você conhece e considera como exemplo, suporta tudo no peito?
    Sabe, há quase três anos tenho uma tristeza profunda, na alma, desde a morte do meu pai. Mudei completamente, antes super engajada, comprando as brigas de todos, fazendo das tripas coração para ajudar todo mundo, desde essa perda, mudei, estou "tranqüila", se não me atinge, não é comigo. Sei que é egoísta, mas estou ou estava sem forças para lutar, nada, a não ser minha família valia um sacrifício maior. Humilhações, rechaçamentos, nada mais me atingia, segurava tudo para mim como se nada tivesse acontecido. Dava a outra face, não por motivos nobres, mas por apatia. Claro que os verdadeiros amigos notaram minha mudança, os amigos interesseiros, mais ainda, não tinham mais a trouxa para fazer tudo para todos. Até que há alguns dias atrás, depois de uma palavra meio torta no msn, de um colega de trabalho, fez romper a barreira, chorei, mas tanto, tanto, que quem viu se desesperou, meu marido ficou em pânico quando cheguei em casa, e o pior é que eu nem tinha como explicar o que tinha desencadeado. Como estou com um problema de saúde muito sério, que não me permite ficar nervosa de jeito nenhum, todos ficaram preocupados, mas depois da vergonha, rs, percebi que foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido, coloquei para fora, não precisei ser rude com ninguém, nem magoar tão pouco, apenas chorei e lavei minha alma, depois disso, percebi que estou muito mais leve, estou voltando aos poucos a ter força e os que me cercam viram que não seu de ferro e nem de gelo e começaram a respeitar mais minhas vontades e opiniões. Não estou mais disposta a aceitar tudo e nem abraçar o mundo, se eu tiver que gritar, assustar as cachorras, ou, (que vergonha, kkk) ter uma crise de chora, que assim seja.
    Forças e grandes beijos

    ResponderExcluir
  23. Oxalá amanhã vc esteja melhor!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. boa noite Elaine não se sinta assim culpada eu as vezes eu faço isso tbem pois vou aguentando levar as coisas sozinhas e resolver mais daí eu tenho que gritarrrr muito para marido escutar e ver o que precisa ser feito ufaaa pq eles não são como nós atentas as coisas,ainda bem que tem os blogs e amigas assim como vç bjos.

    ResponderExcluir
  25. Aiii...eu também gostaria de ser sempre aquela moça calminha, sensata e que tenta não surtar,mas tem dias que realmente não daaaaaa!!! Rsrs...você é humana,graças a Deus!! Imagina que chatice ser sempre igual?
    Elaine querida,dias melhores virão...eles sempre vem,principalmente sendo você essa pessoa tão positiva que é!!!
    Força!!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  26. Ahhhh Elaine... fiquei por aqui!!!
    "Gosto de ser boa", "um surto inesperado", "grana apertadinha"... me identifiquei tanto... E mais , também não suporto me ver perder a calma, fico demasiadamente chateada comigo mesma e com quem me faz sair da minha santa tranquilidade!

    Não é o que desejo para os outros, mas quando vi nos comentários que a maioria tinha os mesmos sentimentos e passavam por situações semelhantes até consola pois, às vezes penso: Pôxa, só eu não tenho tempo de dedicar-me a um blog... deve ser porque tenho grana apertada e trabalhar muito para ganhar o pão de cada dia e, quem mantém um blog ja está com a vida ganha,filhos criados, e muito tempo livre!!!:))

    Mas na verdade desejo-lhe uma excelente noite seguinda de um dia de bons acontecimentos que façam-lhe sentir-se feliz ;)

    Lembre-se nessas ocasiões:
    "É uma questão de manter a mente quieta a espinha ereta e o coração tranquilo".

    Bons sonhos.

    ResponderExcluir
  27. Oi Elaine

    Quando surge assim, uma sucessão de dias, noites, manhãs, tardes, ruins, eu geralmente me fecho em mim mesma num emaranhado tão sem fim de pensamentos. Me fecho tão forte e tão gigantesco que não permito que ninguém entre. Mas isso é ruim, porque nesse labirinto, eu muitas vezes me perco e demoro a encontrar o caminho de volta.
    Nesse ponto, a criação do blog veio a me ajudar. Eu tenho escrito verdadeiros desabafos no blog. Tem vezes que é um atrás do outro. Mas tipo assim, eles me ajudam porque são textos que vem vão sendo lentamente construídos, ao longo de um dia, dois dias inteiros, às vezes três. E vou ali destilando minha tristeza, mexendo com as palavras e os sentimentos. O blog tem me ajudado muitíssimo com isso.
    Justamente por ser, como você disse, "um blog sobre mim". Exatamente como o meu PBI. São os meus "barulhos". Então eu o utilizo também nessas horas.

    Beijos, querida

    Carla

    ResponderExcluir
  28. oi, Elaine.
    Ainda bem que temos o BLog pra compartilhar momentos da nossa vida, não é mesmo?
    É muito bom compartilharmos nossos problemas com pessoas amigas, que nos ajudam.
    As vezes é difícil, mas precisamos manter o controle e superar cada obstáculo que surge em nosso caminho. Você vencerá, tenho certeza!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  29. EWlaine minha amiga eu te entendo e não somos feitas de ferro e um dia a casa cai mesmo.

    Hoje estou meia zen e não sabia nem como começar a minha blogagemm coletiva da Fases da Vida. Tema Nascimento...

    Amiga emudeci (pior que estou sem voz e então foi por dentro mesmo)e não saiu uma palavra.

    Bateu a tela branca e tenho certeza que amanhã vai nascer um novo dia e estarei com a mente fresquinha para fazer bonito e de coração.

    Postei umas palavras soltas, joguei um vídeo e vim terminar o dia aqui quando li o título de seu post. Amanhã o dia será melhor minha amiga.

    Durma com os anjinhos.

    Beijos no seu coração

    ResponderExcluir
  30. Elaine...

    Eu sou tão direta, que já me acostumei com isso em minha personalidade, não que eu ame ser assim, mas, as vezes é bom as pessoas saber que não somos as bobas que elas pensam. Mas, vc é calma, e tem direito a um momento de explosão, sabe? Concordo com a Ana, engolir sapo não dá, não desce e o gosto é desagradável. E a facilidade de explodirmos com quem temos intimidade é muito maior, por isso muitas vezes eu, por exemplo, escuto muito esse termo "fulano é gente boar do portão pra fora", é qua família é um lugar onde colocamos também nossos monstros pra fora.
    Tbm estou nesses dias ruins... mas no meu caso é natural, por certa pessoa desagradável fazer parte do convívio...

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Sabe que de certa forma foi reconfortante prá mim te ler antes de ir deitar, hoje escrevi sobre isso no meu blog, estou sobrecarregada, triste e cansada, de coisas que vão se acumulando, a gente tem um limite né? Embora por teimosia a gente faça de conta que não. Estou no meu segundo bebê e não previa que seria tão mais complicado e cansativo e os surtos aqui tem sido frequentes tbm, ontem foi um dia que parei, pensei prá não fazer bobagem... rsrsrs. Espero que vc melhore logo e que os dias parem de se acumular assim com esse peso, receba um abraço, como diz a Fer, não soluciona, mas conforta ;o) Beijos ♥

    ResponderExcluir
  32. Minha Flor ,
    isso ja me aconteceu e te digo que foram muitas, mas engraçado que hoje me dia algo mudou , quando eu chego nesse estagio eu começo chorar , as assistindo tv , se passa uma cena um pouco triste , pronto ja e o suficiente para eu chorar , o engraçado que sempre acontece quando estou só , coisa de doido rsrsr

    ResponderExcluir
  33. Vou fazer o pior comentário da minha vida, mas é a idéia que me veio agora na cabeça. Deus que me perdoe...

    Olha o que acontece com o reator de Fukushima. Ou vc libera a pressão ou ele explode e mata todo mundo, porque o núcleo derrete.

    LIBERE a pressão de vez em quando. Reclame mais, xingue mais, brigue mais. Infelizmente tem nego que acha que o bem que o outro oferece é muito confortável e logo quer transferir os males de sua vida pra vc cuidar.

    Eu não me acho uma pessoa ruim. Mas não sou bonzinho, quem bota a mão na panela quente se queima.

    vc é muito inteligente, vc sabe como botar o bolinho pra fritar sem queimá-lo. Sabe que palavras usar e o jeito de falar, mas FALE E DEMONSTRE O QUE TE DESAGRADA, DESGRUDE OS SANGUESSUGAS DE VC.

    Vai por mim que, desse jeito, vc faz as coisas boas e ao mesmo tempo não se machuca ou se magoa, se cansa tanto...

    bjs

    ResponderExcluir
  34. Eu já gostaria de ser mais má... ahahah... Acho que por isso que faço a linha insuportável...rs... Mas no fundo não sou tão ruim quanto quero parecer... rs

    Agora sobre esse ataques de raivas, isso eu cresci com minha mãe tendo todos, e sempre evito ao máximo fazer isso , porque sei o quanto atordoa quem está em volta da gente... rs... Mesmo assim todos nós um dia damos um chilique para conseguir algo... rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
  35. Bom eu adoro a thália rs.Bom mais o certo é ms por pra fora quando algo já esta te enxendo, se veja como um de água uma hora ele transborda! tudo tem seu limite.

    ResponderExcluir
  36. Elaine bom dia !!!
    Nossa,fiquei até sem respirar...ufa !!!
    Parecia q eu estava lendo uma passagem igualzinha q sofri o ano passado...!!!!
    Ponha prá fora mesmo,concordo com a Patricia Daltro,ficamos doentes mesmo...
    E depois o que mata prá finalizar é a pergunta: "Pq vc está com esta cara...o que aconteceu? Está estressadinha heim? !!"
    Fala sério !!!
    Elaine a casa é sua, e se nós gostamos de vir aqui é pq nos identificamos c/ vc de alguma forma !!!!
    Qdo ficamos quietinha em situações extremas a primeira a "gritar" é a garganta,repare !!
    Linda semana,respire fundo e como costumo dizer: "força nas perninhas" !!
    beijos.

    ResponderExcluir
  37. Olha, todo mundo tem dias assim...
    eu mesma tenho vivido os dias com uma ansiedade horrível com expectativa do que virá nos minutos seguintes... um horror! Isto não está me fazendo bem, então eu pego um monte de tecidos e começo a costurar, mas aí eu já fico ansiosa para terminar a costura, deito para dormir À noite e já estou pensando em tudo que farei no dia seguinte e minha mente fica cheia, na hora do descanso. Acho que tenho que procurar um médico, pois não estou conseguindo me desligar, estou na tomada 220!
    Fiquei bem.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  38. Por isso que eh preciso extravazar a raiva vez em quando, pq se a gente vai acumulando vai virando uma bola de neve e fica difícil controlar a situação. Eu sou o misto das duas coisas: calma na maioria do tempo, mas uma louca quando as coisas não estão indo bem. Falo mesmo! rsrrs
    Mas, dias melhores virão!
    Bjus e fique bem logo.

    ResponderExcluir
  39. É.... parece que não há queda sem coice, ne?
    Eu estou vivendo uma situação de tensão extrema. Não vou surtar pq tenho tido tantas situações de stress nos últimos anos, que os surtos viraram regra. Me assuto com a calmaria.
    Entre problemas com mae desequilibrada mental e emocionalmente, que se prolongam "ad eternum", as dívidas tem surgido uma a uma. E no meio da quebradeira interno um gato (filho de 4 pernas) que está mal, bem mal. Ontem precisou de uma transfusão.A conta vai ser alta e pra quem ta duro, R$0,50 é caro! Mas se ele sobreviver eu dou um jeito, anuncio a mãe no ebay e fica tudo resolvido rsrsrsrs! Mas e se tudo ainda por cima for em vão.....
    Nao sei se ligo pra ter noticias ou se fico quietinha. O que os ouvidos não escutam o coraçao não sente. Os dias ruins se juntam e coletivamente....

    PS. Ja foi o tempo que eu me importava de surtar. As vezes os gritos são poucos, e a pessoa merecia era porrada mesmo!
    Me gusta ser ma! kkkkkk

    ResponderExcluir
  40. Ih Elaine...sabe qual vai ser a minha resposta para sua pergunta? Em dias ruins fico doente, com a pressão "supitando"!!! hahahaha
    Falando sério...por que será que a gente sofre tanto né? Vejo gente aí, na merda, atrapalhando a vida dos outros, comendo mortadela e arrotando caviar, enchendo o saco, fazendo o mal...e na BOA! Sem preocupação, sem estress, só na alegria! E nós assim, enlouquecidas, gritando, chorando e tendo derrames cerebrais. Aff!
    Não sou a melhor pessoa para discutir sobre isso ou dar conselhos nesse momento porque sofro do mesmo mal que vc: excesso de responsabilidade. hahahaha

    Bjs

    ResponderExcluir
  41. adorei esse post, elaine.
    quem nao sonha com uma vida linda, serena e perfeita? Thalia eh boazinha e feliz, NA FICCAO. a vida real eh um sem fim de ginastica pra gente ter dias felizes, aas vezes. aas vezes eh tudo lindo mesmo, ne nao?
    abraco grande
    Kalina

    ResponderExcluir
  42. Benvida ao time que fica mau quando tem que resolver as coisas no grito. E o pior comprovar que no grito a coisa funciona mais rápido ainda.
    Muita luz e paz.
    Abraços

    ResponderExcluir
  43. Niver do blog, acessa lá pra saber mais: http://pieceofka.blogspot.com/2011/03/niver-do-blog.html

    Beijão!!!


    Ah.. E eu também surto!! huahauha

    ResponderExcluir
  44. Verdade né Laine?
    Eu
    tb estou assim hj... Num dia ruim, pq estou com falta de ar, com uma gripe danada e ninguém ajuda...
    Já dei uns gritos com o marido hj, já mandei ele embora... E ele foi... pro serviço...
    Tb andei desabafando no Dama...
    Ando deprê e sentida, será a TPM?

    A gente tem chutar o balde de vez em qdo... pq as vezes resolvem...

    bjokas

    ResponderExcluir
  45. Elaine, sua bruxa, vc escreveu esse post pra mim? :-) Vamos dar as mãos e sair cantando rs. Tem dias em que a coisa junta mesmo e a gente explode. Pior que quem aguenta muito quando explode resulta em tsunami. Melhoras.

    beijos!

    ResponderExcluir
  46. Oi Elaine..voltei..
    Olha sei bem o que voce esta falando porque tenho estado na mesma situacao.. mas nao saio gritando nao porque no meu caso 'e pior...alem de nao fazer ainda grita mais que eu..entao procuro outros meios de ajuda pra nao me estressar mais ainda. Ja fui de gritar mas hoje em dia conto ate dez e vou correr atras do prejuizo.
    Bjs carinhosos
    Marcia

    ResponderExcluir
  47. Sabe Elaine

    Me desculpa, mas até que gostei de saber que vc explodiu. Não! Não que eu quero mais que vc se exploda. Pelo amor de Deus, isso nunca, mas pelo que te conheço vc demonstra ser uma pessoa muito calma e paciente. Super bonito explodir quando não se aguenta mais a pressão. Fique tranquila, amiga. Vc é gente como a gente.
    Espero que vc agora esteja melhor.
    De verdade.

    Beijão

    ResponderExcluir
  48. VALE ACRESCENTAR NOS DIAS RUINS, HUMOR PÉSSIMO?
    UMA TERRÍVEL COMBINAÇÃO!!
    PARECE QUE NÃO PASSA.
    O PIOR É QUE ANDO ASSIM HÁ DIAS E A TPM NEM CHEGOU AINDA.
    ENTÃO, NÃO SE SINTA CULPADA.
    BJO GRANDE

    ResponderExcluir
  49. Também não gosto de perder o controle, mas como mamys sempre fala: não somos anjo nem santo, assim, aprendi a enfiar a cara no travesseiro e gritar além de dar uns bons socos no travesseiro tb, tadinho! rs

    Melhoras, frô!

    Xêros e abraços pra aliviar!
    Paty

    ResponderExcluir
  50. Dá um alívio ler, sabe, Elaine?
    Saber que encontramos pessoas "normais", ninguém é uma lady, uma santa, uma deusa sexy 24 h por dia. Se parece ser, tem finjimento aí! (falo no feminino por me dirigir a vc e a mim, mas serve par homem, claro!)
    Também me descontrolo algumas vezes e me sinto péssima depois. Sabe aquela história, "apelou, perdeu!"? Sinto que perdi, que podia ter me contido, que podia não ter falado aquilo, ou não daquela maneira, que não era o caso de me destemperar, que - coitado do outro - não merecia ouvir aquilo, e tantas coisas mais.
    Faz parte, faz, sim!
    É aquele momento em que a gota d'água caiu no copo e ele transbordou! Fatalmente TEM que transbordar...rsrs
    Incidentes domésticos acabam com nosso humor, principalmente porque, quando acontecem, acaba por ser dispendioso (maioria das vezes!).
    Mas já passou.
    Tudo passa. Tempos melhores virão.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  51. Oi Elaine!
    Acho que todo mundo tem o seu dia de explodir. Eu ainda não consegui, acho que nem sei gritar mais...a gente fica naquela de querer "manter a linha" e acaba ficando mal.
    Esse é o seu blog e a gente vem aqui pra te "ouvir", ver como você está e ajudar se for possível. Conte comigo se precisar, sou ótima "ouvinte".
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  52. Elaine,

    Esses seus desabafos, que mostram um pouco de você, por incrível que pareçam ajudam tanto quanto os outros posts. Pois a gente sempre se identifica e até nos ajuda a desabafar também... ;)

    Eu, quando estou num dia ruim, ou eu falo que nem "a nêga do leite" e reclamo demais, ou digo que estou de TPM e dou uma surtadinha ou vou deitar para relaxar... Depende da situação. rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  53. Ai menina eu qndo to com raiva falo, grito, dou um chilique, meia hora depois fica tudo bem e eu me sinto aliviada.
    Às vezes uns gritos nos libertam.
    Bjks e fica bem.

    ResponderExcluir
  54. Elaine amada,

    Quem disse q vc é perfeita?
    E vc pode me dizer quem é?
    Então meu bem, faça sempre o q o seu coração mandar...e não esteja preocupada com o que os outros vão dizer, porque eles tbm tem a vida deles e sabem exatamente onde a corda aperta +.

    Melhoras e sempre que quiser: chute o balde!!!

    Bjs e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  55. Elaine querida!
    Ser boazinha nem dá futuro, digo por experiência própria. Não gosto de confusão, evito atrito, sou super educada e carinhosa com as pessoas; dou um boi para não entrar em uma briga, mas depois que entro... dou uma boiada para não sair...kkkkkkk
    Explode mesmo, bota os pingos nos iiis, solta os cachorros (ou assusta os cachorros), mas extravasa, isso é o mais importante.
    Se quiser conversar = rudynalva@yahoo.com.br
    Amigos são para essas coisas também.
    Luz e paz!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  56. Eu imagino o quanto vc sofre, pq eu não sou assim sou faladeira birrenta e detesto dor, me afetou? Paro, sem essa de sofre até onde der ou sou forte, ha ha. Mas, sempre tem né kkk, sou aparentemente tranquila, tenho cara de lesa, e basta isso pra o povo querer explorar. Daí entendo que se a minha situação já é irritante imagine a sua(?)
    Sorte

    ResponderExcluir
  57. "Ela é cantora, e também atriz. Sempre a mocinha boazinha nas novelas que o SBT exibia."

    Eu adoro as novelas dela e já fui chamada de "brega" por causa delas! Sou, e daí?
    Já viu como sou paciente né? Nada de falar baixo, nada de ser boazinha. Fui muito bem educada pela minha avó (que Deus a tenha), mas não consigo fazer cara de paisagem quando estou chateada! rsrs
    Bjks. Neli

    ResponderExcluir
  58. Oi Elaine!
    Eu não acho que ter acessos de raiva, ou ficar chateada às vezes te faça deixar de ser boa. Estamos todos à procura de melhorar, mas ser bom não é ser bobo ;)

    ResponderExcluir
  59. ELAINE QUERIDA..
    já mencionei esse post em outro comentário que fiz hoje no teu blog.
    há dias amiga em que o grito se faz necessario pro desabafo e pra conclusão das coisas..
    funciona.
    que seus dias fiquem melhores e tudo dará certo...
    tenho certeza que essas coisas todas que tem acontecido são preparação pra algo grandioso e transformador em tua vida, as bençãos estão chegando prepare-se pra elas...
    acredite.
    bjuivos no seu coração.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…