Meu último post

em 21 de fevereiro de 2011

  Imagine o inimaginável: imagine que você precise, ou decida, deixar de postar em seu blog. Pode ser em definitivo, ou por um período de tempo indeterminado.

Agora pense… que texto você gostaria que fosse o último? Aquele que todo mundo, ao abrir ao blog, visse e que ficasse ali por muito tempo?

Esta semana, em função de múltiplos problemas, eu me vi longe de meu blog. E fiquei pensando nisso. Fiquei pensando que se eu deixasse o blog, qual imagem ficaria de mim? E por quanto tempo? Considerando a velocidade da internet e a pouca relevância que tenho, acho que não duraria muito… mas qual texto eu gostaria de deixar na página principal? Como eu gostaria de ser lembrada?

E isso serve para o blog, serve para a vida… Como eu desejo ser lembrada? Eu desejo ser lembrada?

 

Ano passado um blogueiro, o Hod, postou em seu blog, comentou em alguns blogs até lá pela meia-noite. Foi dormir e morreu. O blog está lá, ele transcendeu, como dizia. Eu penso nisso, não necessáriamente em morrer, claro, mas penso em que texto eu gostaria que fosse me último.

Claro que não será este, mas e você? Já pensou?

 

Notinha: assim que der eu volto ao normal. Veja bem, ao meu normal, que nem é lá muito normal. Mas I will return  rsrsrs

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

68 comentários , comente também!

  1. Oi Elaine,

    Que falta você faz, fiquei mais de 20 dias sem internet(costumo dizer que quase completamente fora do mundo), dá um desespero! tô torcendo para que tudo volteu ao normal (não tão normal assim)rs logo, tú faz tanta falta bixinha!
    Elaine, por coincidência eu estava pensando nisso que você postou nessa nadrugada de insônia: como que eu gostaria de ser lembrada? o que deixar na primeira página a ser lida?

    Moça, fico aqui doidinha pra tú voltar.

    beijopratú

    ResponderExcluir
  2. Credo amiga....achei esse post meio triste! Nada de ultimo...sempre um hoje, mas ja pensando no de amanhã tá?

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Sim, já pensei. Pensei nisso esta semana, inclusive, quando soube, com atraso que meu amigo Renato Happyblue do Quiosque Azul havia partido. Ele ainda teve sorte de ter alguém que cuida do seu blog com carinho. Acho que vou deixar minhas senhas com alguém , um testamenteiro de blog com quem deixarei meus últimos desejos. Aimeudeus que conversa para um domingo pela manhã! Pois é , mas não existe dia para deixar de existir.
    Bom domingo e longa vida a todos nós.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Senti sua falta essa semana Elaine, mas imaginei que era o tal problema com a conecção!

    Enfim, já pensei muitas vezes nessa ideia de morte e na imagem que deixaria para aqueles que conheci pela net, que nunca abracei, beijei ou mordi rsrsr... Como seria meu ultimo post, meu ultimo e-mail para meu melhor amigos dos amigos que fiz na vida (cuja amizade foi conquistada não na convivencia concreta, mas na convivencia virtual) e tudo o mais... Essa ideia me preocupa em algum grau... mas ainda não tenho resposta para a questão: qual seria meu ultimo post, meu ultimo e-mail ou coisa do gênero.

    ResponderExcluir
  5. Bah, sabes que se isso acontecesse, eu como tenho muitos blogs, de repente deixaria a minha imagem de bem maluca mesmo, com tantos títulos diferentes.

    Nuns a chica s[éria, noutros a brincalhona...mas algo ficaria e seria a minha verdade,em qualquer um deles.

    Por isso, nem esquento!srrs beijos,lindo dia,chica

    ResponderExcluir
  6. rsrs Amiga, é reflexivo, mas achei engraçado também... Vc me sai com cada coisa!!! rsrs Surpreende a todos nós, sempre! Nunca pensei nisso, a não ser agora...
    Tive um amigo virtual, o Renato (quiosque azul) que me ajudou pacas quando comecei. Inclusive tem o link dele lá na minha salinha de "bombril" kkkkkk
    Mas ele faleceu esse ano, senti muito... Era um batalhador, uma pessoa iluminada, que lembrarei para sempre como um grande amigo!
    Vou pensar nisso... afinal, pra morrer basta estar vivo!!! Bjks amiga e bom domingo pra vc!

    ResponderExcluir
  7. Acabei de pensar, o post que eu deixaria seria o que publiquei hj, por coincidência...rsrs

    Um ótimo domingo pra vc!

    ResponderExcluir
  8. ahahahaha. Eu como uma pensante compulsiva já pensei nisso tb... eheheh

    E todas as 436 vezes que quis deletar meu blog, sempre me veio a vontade de revelar uma coisa sobre mim, que nenhuma especulação que fizeram no meu blog conseguiu acerta até hoje... eheh

    Seria algo que chocaria bastante. Mas que deixo para meu último post... ehehe

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu gostei muito do teu blog, acho que tens ideias interessantes e muito originais.
    Será que podias seguir, comentar e divulgar o meu blog? Espero que gostes do meu blog, começamos a pouco tempo. http://365ideiasdiferentes.blogspot.com/
    beijos, obrigado, e continua com este blog muito bom (:

    ResponderExcluir
  10. Amiga, nunca parei pra pensar noisso.
    bju grande!

    ResponderExcluir
  11. nossa, tomei um susto pelo título!
    acho q todo mundo se assustou.

    mas veja lá a besteira que fala: pra muita gente vc é a blogueira mais importante que tem, a mais querida. então seu papel, para nós todos, é muito grande e importante. para a blogosfera toda, não sei, pq a maioria procura mta bobagem, idiotice. mas para os amigos que sempre estão aqui vc está no coração de cada um de nós, jamais se esqueça disso.

    eu mesmo sempre passo aqui, sempre que posso. se não tem postagem nova, leio uma antiga que não me lembro ou que não li.

    pode virar ai o disco hein? vc sempre é lembrada com carinho por todos nós.

    ResponderExcluir
  12. Nesta semana, uma amiga querida fechou seu blog. Não o excluiu porque vários amigos pediram, mas resolveu guardá-lo em uma gavetinha por problemas pessoais. Aí eu pensei nisso, na imagem que fica, na falta que faz.

    Elaine, nem inventa de sumir, mulher, senão vai deixar um buraco enorme na minha vida de blogueira. Tu és meu referencial!

    beijoooo

    ResponderExcluir
  13. Elaine,querida,aprendi a gostar de dar uma olhada em seu blog sempre.
    As vezes nem dá para olhar todo dia,mas tem dia que venho aqui muito mais do que apenas uma vez.
    Nem quero pensar não encontrar seu blog ou seus posts que adoro.
    Voce entretanto tem todo o direito de descansar e acho isso saudável demais.
    Tenha um bom domingo e descanse mesmo!
    Beijos
    Teca

    ResponderExcluir
  14. Minha querida ,
    nunca pensei nisso , mas vou pensar rsrs , Bom domingo minha querida
    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Elaine!
    Menina que susto!
    Deixa eu te falar uma coisa: pessoas são insubistituíveis sim, e você é, podem vir outras Elaines, melhores, piores, mais igual a VOCÊ, ninguém!
    Você sabe fazer as pessoas refletirem como ninguém, e hoje vem com mais essa. Ai meu Deus! Não tinha pensado nisso ainda....
    Retornei lá no HOD, fiquei arrepiada!
    Bom domingo!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  16. OI ELAINE VOU PENSAR NO ASSUNTO QUAL POST GOSTARIA DE DEIXAR NO MEU ULTIMO ADEUS A MEUS QUERIDOS AMIGOS ,ACHO QUE JÁ VOU DEIXAR PROGRAMADO COMO RASCUNHO PARA ALGUÉM COLOCAR NO DIA FATÍDICO!SO SEI QUE IRIA QUERER MUITOS RECADOS LEGAIS....
    POIS A COISA QUE MAIS ADORO E LER OS RECADOS DOS MEUS AMIGOS NOS MEUS POSTS ACHO ISSO DIVINAL, MAGNÍFICO,
    MARAVILHOSO ADORO LER E DEIXAR COMENTÁRIOS!
    PRONTO ACHO QUE VIAJEI NA MAIONESE!
    SÓ PASSEI PARA AGRADECER A AJUDA PARA TROCAR O NOME DE MEUS SEGUIDORES ADOREI!
    OBRIGADO!

    ResponderExcluir
  17. Ah...Elaine, você é muito querida por todos nós que sempre a visitamos e até mesmo por aqueles que passam por aqui e não comentam. Se por acaso um dia, por qualquer motivo, você deixar de postar, vai ficar uma lacuna na blogosfera e com certeza ficaremos - todos que somos seus leitores e gostamos de você - muito, muito tristes. Portanto querida amiga, acho que posso te chamar assim, nem pense em nos abandonar. Qualquer que sejam os probleminhas ou problemões pelos quais está passando, vislumbre uma luz no fim do túnel e pense que vc vai sair dessa. Não deixe o desânimo tomar conta de você e volte ao normal rapidinho para alegria de todos nós. Beijos e bom domingo!

    ResponderExcluir
  18. Tb tomei um susto..imagina querida vc iria fazer muita falta...beijos e fique com Deus

    ResponderExcluir
  19. Frô, não me mata de susto assim não.. rs

    Sei bem o que é querer dar um tempo algumas vezes com blog e com tudo o mais. Algumas vezes é preciso sim, dar um tempo.
    Espero que vc tenha esse tempo, mas que não suma, que não demore e que volte com esse seu jeito tão Eliane de ser, que faz falta, que acalenta, que emociona, ensina e nos leva de mãos dadas.

    Te desejo um breve retorno, e com muitas coisas boas pra contar.

    Xêros, querida!
    Paty

    ResponderExcluir
  20. Laine! Não sabia que ele tinha morrido...
    =/
    Gostava de ver os coments dele no blog, e quando parou de acontecer só achei que ele tinha enjoado dos meus textos.. Que droga!

    Bah, já pensei nisso sim. Aliás, sempre penso. Quando eu desapegar da matéria, qual vai ser a lembrança que as pessoas terão de mim? Será que boas?
    E como a gente nunca sabe a hora que vai, é bom fazer por onde desde já, né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Elaine

    Amiga que friozinho na barriga eu senti quando lí o título do post!!!

    Que alívio e olha que mesmo vc não estando no seu normal em poder postar a forma como o fazes é unica e não se preocupe com o último, pois a cada passo em nossas vidas as palavras surgem com uma dimensão que nós mesmos não nos achamos capazes de tê-las colocado ali.

    Beijos e um lindo domingo

    ResponderExcluir
  22. Olha, eu já li o post e todos os comentários acima e digo mais que eles, vc nem tem direito a sumir, viu?
    Sabe o tamanho do carinho, admiração e referencial que criou?
    Vc não deve sumir porque, se não não for, por breve tempo, e por breve entenda não mais que uma semana! Vc vai nos deixar órfãos. Vc me ensina demais, sobre a vida, sobre o blog, sobre as pesoas. Te admiro demais pra não ter mais vc aqui!!!!
    Se o motivo do seu sumiço for problemas, e precisar de colo, de apoio ou outra coisa, tô aqui!!!!
    Se precisar de oração tb, viu?
    Beijos e não some, não que te amamos!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  23. oi Elaine, tudo bem?

    Eu deixei o blog de lado um tempo, por mtas razões, e claro que esse pensamento passou pela minha cabeça, será que esse foi meu último post?! mas é difícil saber o que deixar né?! mas, querendo ou não, na nossa vida deixamos o que fazemos todos os dias, e não só no último...

    bjs!

    ResponderExcluir
  24. Ai Elaine, que triste... Mesmo sabendo que a morte é uma coisa que não temos como fugir, mas é sempre muito triste, pelo menos momentaneamente, até acordar do outro lado e ver que renascemos lá.
    Vamos pensar mais um pouco nisso.
    Um grande abraço.
    Carol Viégas

    ResponderExcluir
  25. Já pensei sobre isso, mas, em algo como, o que será do meu blog? Será que deixo a senha para alguém acessar.
    Já pensei até em deixar uma postagem programada, que só seria publicada se eu já estivesse partido, sabe?

    Mas, a imagem que deixaria, realmente eu não sei, de repente podem me enxergar de uma forma diferente que eu me enxergo em meus posts.

    Adorei a reflexão porque o ideal era deixar algo bonito e inesquecível, que marcasse de uma forma positiva. Nem em pensamento quero que você deixe seu blog, mas, todos os dias vc deixa a mensagem mais agradável e enriquecedora, seu blog é uma bússola.

    Beijos e lindo domingo. Até mais

    ResponderExcluir
  26. Você sempre faz falta por aqui, não faz nem sentido você parar de escrever, espero que essa sua parada seja "breve"!

    Volta logo, beeeijo.

    ResponderExcluir
  27. Elaine
    Que susto! Fala sério!!!
    Tem alguns blogs que eu entro (sempre que posso)e o seu é um deles. Aprendo coisas aqui para o próprio blog e para minha também. Então vou ser bem egoísta agora tá? Nada de sumir ouviu? rsrrsrsrsrs
    Mas um dia, eu me vi pensando sobre isso, e me lembrei que ninguém tem nem a senha para entrar e comunicar que ...... sumi, desapareci.
    Mas também imagino que não foi isso que você pensou. Acho que você quer que a gente pense é na imagem que mesmo, a que queremos que as pessoas tenham da gente, no blog, no dia-a-dia, na vida. Como vamos ficar na lembrança das pessoas, na saudade. Foi isso não foi?
    um beijo grande e um ótimo final de domingo pra você....... sem sumiço ok?

    ResponderExcluir
  28. Elaine! aI..AI...AI... assustei, mas gostei do post! Essa pergunta faz todo mundo pensar na eternidade....beijos, Ro

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde, Elaine!

    Você está sensível um tanto quanto mais sensível hoje, pelo que leio.

    Já fiz um texto que se chama ensaio sobre o fim e pretendia com ele deixar meu blog com ua página final, mas acredito que não conseguimos deixar a página final escrita.

    Eu fico muito sensível com a página final de blogueiros que não blogam mais ou por terem transcendido, como dizes e ou por simplesmente terem parado.

    Confesso que me assustei quando li o texto do artigo no Reader.

    Sua sensibilidade ultrapassa as barreiras do teclado.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  30. Menina, que post triste...e não fui só eu que achei...
    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Credo Elaine!

    Estou tão atarefada dando aulas de manhã, que agora blogosfer mesmo, só a tarde...
    Mas acho que nunca pensei nisso!
    Ainda bem que o meu filho sabe minha senha, daí avisa o povo...
    Qdo eu me for serei lembrada?
    NÃO SEI... MAS GOSTARIA!

    BJO

    ResponderExcluir
  32. Eu comecei a pouco tempo e nunca pensei no último post...mas tu nem pense em parar!!!
    bjos
    e senti tua falta e espero teu retorno normal ou anormal como queiras...mas volte logo!

    ResponderExcluir
  33. Acho q todos nos, kda pessoa, virtual ou naum, somos lembrados sim Elaine, uma hora ou outra, nem q seja por alguma fracaum de segundos, principalmente akeles q ajudam, q fzem o bem, como vejo tanta gnt aki agradecendo pelo bem q tu faz.
    Eu jah deletei alguns blogs, qndo naum to mais afim deleto, no entanto, no kso da minha Cela eu prometi A MIM MSM q naum ia deletar e q vou fik ateh qndo DEUS permitir, portanto, o ultimo texto serah o q ELE permitir, entrego nas maos dEle q sabe de todas as coisas e q me dah discernimento ultimamente do q devo ou naum postar no blog, ou seja, naum creio q deixarei um legado ruim naum, ao menos to fzendo o possivel pra melhorar, naum soh no blog e minha saude, mas como pessoa principalmente.
    Entaum... pra mim fik literalmente o ditado: Seja o q Deus qser.

    PS: Lembro do Hod, eu o acompanhava e tem ateh uma ultima homenagem q tinha deixado a ele na Cela.
    Boa semana pra ti e q tudo volte ao normal, se tu qser q volte ao "normal nem taum normal assim", rs.

    ResponderExcluir
  34. Se eu soubesse que seria o último post com certeza seria um agradecimento a todos os que me prestigiaram lendo os meus textos mas, se fosse como aquele blogueiro, não sei, pode acontecer com qualquer um.
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  35. Elaine,
    Também levei o maior susto.
    Te acompanho ha pouco tempo, mas o suficiente pra sentir muita falta caso vc sumisse.

    Se eu sumisse... acho que deixaria uma música que gosto muito, como minha última imagem ou a última música.

    Some nao, ta! Beijinhos

    ResponderExcluir
  36. thanks for this nice post 111213

    ResponderExcluir
  37. Relevancia você tem sim!
    Mas tem razão, sabe? Como queremos ser lembrados? Hoje mesmo, pensei numa pessoa que só me traz prolblemas.... Creio que sera a sua última recordação pra mim pois nos ultimos anos realmente é so como consigo me lembrar dela

    ResponderExcluir
  38. Nem pense nisso!!!
    Ficaríamos órfãos do teu carinho, do teu imensurável talento e atenção que nos dá incentivo pra continuar neste caminho, cujo principal objetivo é a doação de nós mesmos...
    Também, prefiro não pensar no que seria o último post, é melhor continuar fazendo, não por obrigação, mas, enquanto houver, em nós, carinho e amor a se propagar... Continuemos!!! O último, com certeza, vai resumir o somos.

    Beijão, querida e... "não me deixe só"

    ResponderExcluir
  39. Que susto, mulher, ao ler o título do seu post!!

    Me lembrei da Disney, uma blogueira americana que havia feito um post de despedida, não explicou o motivo mas eu fiquei muito abalada com ele. Fui procurar o post e descobri que ela tinha voltado, que grata surpresa!
    http://www.rufflesandstuff.com/

    Você também me fez pensar no meu último post que foi só pra dizer que eu estava por aqui, mas não acrescenta nada e chega a ser deprimente. Não faço mais posts assim.

    E, pra finalizar, tem um post meu do ano passado (q q é isso Sandra, painel de divulgação???) em que eu falo sobre prioridades, é quando eu menciono as Disney e outras blogueiras, na minha primeira crise de abistinência de blogs :)
    http://lukaluluka.blogspot.com/2010/07/prioridades.html

    Beijos, Elaine, boa semana pra todos nós S2

    ResponderExcluir
  40. Primeiro que como minha mestra, você não pode simplesmente mudar de dimensão...sim eu aprendi muito aqui, e algumas coisas coloquei em ação, outras não...rsrs.
    Bem, eu não pensei em textos de despedida, mas costumo sempre falar que o meu "Epitáfio" gostaria que fosse em vida e com palavras alegres e otimistas. Elaine sentirei muita falta, e espero que você retorne com a maoir brevidade possivel.... assim poderemos nos deleitar mais com seu lindos post e trabalhos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  41. Elaine amada, concordo plenamente com o Alexandre. Foi um baita susto!
    Mais ainda bem que apos ler o post me recuperei rsrs.
    Ei acredita que nunca pensei nisto.
    E sinceramente não quero pensar por agora não rsrsr
    Quem sabe nos dias de melancolia.
    Bjs e boa semana!!!

    ResponderExcluir
  42. Levei um susto com esse título, pensei que fosse realmente seu último.

    Sim, já pensei nisso. E é estranho... Porque eu sempre acho meus posts muito ruins passados alguns dias. Da mesma forma, muitas vezes me arrependo de minhas atitudes e fico imaginando se esta é a imagem que as pessoas têm de mim. O negócio é procurar melhorar sempre, em tudo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  43. Elaine
    me deu um gelo na barriga.
    credo!
    depois fui lendo com calma.
    concordo com o Alexandre.
    você já tem um espaço dedicado no coração de muita gente e acho que essa imagem já está lá, né.
    mesmo quando você não posta, a gente lê outra coisa e sempre descobre aspectos importantes.
    muito triste quando alguem morre, é desagradável, difícil,
    e quando eu tenho crises, fico desnorteadinha, porque fico pensando que ninguem sabe entrar no meu blog, e dar uma satisfação do que está acontecendo.
    o blog vira um pedaço da gente, né.
    se cuida viu?
    beijinho.

    ResponderExcluir
  44. Eu penso nisso sim, e sempre. Agente é tão mortal. Sempre combino com uma colega no trabalho que vamos informar nossas senhas uma para a outra, só combinamos mas nunca fazemos rs
    Sobre o último post, teria que ser um assim bem cotidiano, sem cara de adeus.

    Quanto ao último post AQUI, prefiro nem pensar nisso por enquanto.


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  45. Oi Elaine!
    Assustei! Pensei que tivesse acontecido algo muito sério e que você fosse parar...ufa! ainda bem que não é isso!
    Quanto a pensar no último post...já pensei nisso sim. Não que me julgue importante, são coisas que passam pela cabeça...afinal não vamos existir para sempre. Como última mensagem acho que gostaria que fosse uma mensagem muito positiva e feliz, onde eu pudesse transmitir um pouco de amor, afeto, respeito...
    Só te peço uma coisa: não suma! Você cativou esse coraçãozinho aqui com suas palavras e seu carinho. E é uma referência para mim e tantas outras blogueiras.
    Beijoooos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  47. Menina estou chocada! Não sabia que o Hod tinha morrido!!
    Ele sempre comentava lá no Mix!!

    Que coisa!

    bj

    ResponderExcluir
  48. Elaine acho muito triste pensar no ultimo,meu blog é de posts espiritas ao qual me dedico de corpo e alma,
    para mim seria de um vazio imenso prefiro nem pensar sobre isto,
    mas não deixa de ser uma boa pergunta,,,fique bem amiga tenha
    muita paz muita luz em teu coração
    marlene

    ResponderExcluir
  49. que susto! rsrs cheguei aqui pelo post no Fio de Ariadne (parabéns pelo selo, a proposito :-) ) e vejo o título, e pensei, ué será que acabou.
    Realmente, como que quero ser lembrada... Preciso pensar nisso com calma... Acho que vou responder a pergunta no meu blog :-)
    Bjoks

    ResponderExcluir
  50. Nao,amiga continue com suas postagens
    da qui uns dias isso vai passar.
    bjos

    ResponderExcluir
  51. Bem, com certeza discordo sobre sua irrelevancia, mas de qualquer maneira,

    vc tem razão. Eu tenho um post de "Até breve" criado. Foi tão - inesperadamente - rechaçado por quem me lê que minha inspiração ganhou nova vida, acabei por não postá-lo!

    Amei teu post. Não se ausente muito tempo, viu?!

    Um beijo querida ♥

    ResponderExcluir
  52. Querida amiga Elaine!

    Este post é o primeiro do dia de hoje, e de vários que virão quando estiveres restabelecida.

    Muita luz, e tudo vai dar certo.

    Beijooooossssss

    ResponderExcluir
  53. Olá, Elaine!

    Seu texto nos desafia a refletir. O que gostaria de deixar escrito, como meu último texto? Não sei exatamente, mas, gostaria que fosse algo relevante, profundo, bonito, que agregasse algum valor à vida de quem lesse, e que, os possíveis leitores, lembrassem de mim quando recordasse as palavras. Acho que é isso. E na vida, também quero deixar a melhor impressão, com certeza. Mas, que esta impressão seja a mais autêntica possível.

    Grande abraço
    Bom descanso
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  54. Oi minha querida :)
    Notei sim a sua ausência, mas imaginei que por qualquer motivo estivesse impossibilitada. E estava certa, afinal essas coisas acontecem. Trabalho em excesso, filhos, coisas da casa, problemas conjugais, enfim, férias, visitas em casa, enfim, tem um monte de coisas válidas que podem nos manter mais afastada do blog.
    Eu mesma tenho o blog há algum tempo mas só agora estou me dedicando realmente a ele.
    No entanto, devo dizer que te senti meio nostálgica. Está tudo bem com você? Fica falando dessas coisas tristes, não, amiga. Qualquer coisa, você sabe onde me encontrar, e se precisar de uma mão, lembre-se que tenho duas :)
    Beijo na alma.
    Angel.

    ResponderExcluir
  55. Elaine, muita gente deixou a blogosfera sem avisar e acho isso total falta de consideração com os leitores e amigos conquistados. Daí fica a dúvida se partiram dessa ou não. Se não deletam o blogue, bem poderiam deixar uma aviso, se estiverem vivos, é claro!! ;)
    Entendo essa sua preocupação e acho que é a de todos os blogueiros que se sentem responsáveis ou então, espero que não esteja doente! Nessas horas bate uma depressão mesmo.
    Mas ó, fica tranquila, porque esse pensamento já passou pela cabeça de muita gente e minha, inclusive.

    Porque estás assim, violeta?. Coincidentemente por causa de uma morte na blogosfera em 2005, vários blogues discutiram o assunto e naquela época as "blogagens coletivas" não existiam ainda e eram posts meméticos espontâneos. De lá pra cá, muita gente morreu na blogosfera e uma em particular me afetou demais, pela proximidade que a pessoa tinha com vários blogueiros - mas era sabido de todos seu estado e o blogue só foi deletado recentemente pela família, porque virou algo mórbido - A pessoa era muito querida e no último post, o sistema de comentários virou um espaço triste, de despedidas, orações, gente que ia quase todo dia lá velar o blogue. Muito triste! Por isso, nessa última postagem que deixei agendada, fechei o sistema de comentários.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  56. Elaine querida, incutiram em nós essa ideia estúpida de que ninguém é insubstituível. Balela! As pessoas são únicas e especiais, basta que decidam mostrar-se, encontrem seu dom, seu talento e entreguem-se. Você já fez isso. Seu lugar já está marcado. Não é um post, um único texto, que irá defini-la. Eu cheguei aqui a primeira vez, como a grande maioria, numa busca no google por ajuda para uma iniciante. Você sabe fazer isso como ninguém. Estende a mão (as mãos), joga a corda, ensina o bê-a-bá. Está disponível, carinhosa, acolhedora. Seu lugar já está marcado. O mundo da internet pode ser rápido, é um mundo frio. Mas por trás das telas há pessoas, emoções, sentimentos. Admirações e amizades que nascem. Isso, nada apaga. É marca com braseiro quente, tatuagem.
    Que bom que não é seu último post, que você fique bem e possa sentir-se à vontade para postar o que vier ao coração. Há muitos e muitos amigos que aguardam, e novos amigos para chegar! (escrevi um livro? rsrs)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  57. Depois do susto que levei com meu irmão, não tenho pensado em outra coisa senão na posteridade. Acho que quando a morte nos ronda mais amiúde a gente fica meio ligado no que será depois. Eu, por exemplo decidi que não vou guardar mais nada daquilo que eu costumava guardar para publicar depois. Tenho muitos, muitos textos à espera e isso já está me inquietando. Sei que se eu não o fizer, acho que ninguém vai se importar com eles depois que eu me for. (por outro lado, espero e quero muito que demore, rsrs). Vida longa, saúde boa, paz e bem, Elaine.

    ResponderExcluir
  58. OI, amiga querida !

    Puxa, que susto vc nos deu!!
    Já fiquei imaginando o pior ( como sempre a gente só pena o pior, né? ! )...mas, lendo até o final o seu post, parei, refleti, e posso te dizer com absoluta certeza, que se este fosse seu último post a imagem que vc nos deixaria é de uma mulher especial , amiga, querida, companheira, solidária, humana ao extremo, e com um coração enormeeeee!!!
    Isto vc já deixou marcado em nós!


    Um beijão e uma ótima semana pra ti!
    Helena
    http://diaadiacorridinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  59. Oi Elaine!
    Vim correndo ver seu último post de curiosa. Pensei que seu blog tinha exedido, pois li aqui mesmo sobre o limite..., apenas isto e já vim buscar a dica como se faz para... rsrsrsr. Mas ficou a reflexão. Valeu, se cuida viu!! Bjs.

    ResponderExcluir
  60. Li, reli o post, sai da página e voltei, na verdade nunca pensei no assunto, acho que ninguém acorda pensando em hoje vou postar como se fosse meu ultimo dia, pq no fundo queremos viver... e a palavra ultimo dá a ideia de fim, sem volta...

    Bjão

    ResponderExcluir
  61. Elaine,que bela msg!Todo dia devemos fazer tudo com amor para deixar uma linda lembrança quando formos embora!Adorei te visitar!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  62. ahhhhhhh...puxa! esse título me deixou triste . Não tenho muitas palavras para dizer . Vou deixar um grande silêncio cúmplice. Vou ficar quietinha esperando muitos e muitos posts .
    Eu tive alguns problemas em blogar e coloquei o blog para dormir um pouco e olha que eu tenho um bloguinhozinho pequenino , mas eu senti uma falta terrível e me senti na obrigação de falar alguma coisa parecida com despedida ,depois conciliei com o fim , fui buscar um nó na garganta
    para soltar a minha voz e acordar o blog .
    Esse blog faz bem para você e te faz corajosa para vencer a dor( eu me lembro do seu pulso) , para movimentar as suas criativas idéias .
    Acho isso sem nem ter muita interação com você

    Beijos

    ResponderExcluir
  63. Não tenho comentado neste blog, mas venho cá muitas vezes e acho este seu espaço um Blog de Luxo. Não sendo por motivos de saúde ou profissionais aos quais tenha de dar maior atenção, eu atrever-me-ia a pedir-lhe para não desistir. Este Blog faz falta na blogosfera e eu sou um dos que recorri algumas vezes às dicas aqui postadas. Por isso não vá embora, fique na nossa companhia.
    Até já.

    ResponderExcluir
  64. Confesso que volta e meia penso nessa de último post.Inclusive tive uma experiência de encerramento de blog. De 2000 a 2003 tive um blog, até bastante popular, mas por conta do desemprego, gravidez e doença do marido, decidi abandonar, mas sou muito definitiva, no lugar de escrever o último post, deletei o blog.
    Ainda hoje me arrependo de ter feito isso. rs

    ResponderExcluir
  65. Elaine, ache die Post muito preocupante. Alias, desde o anterior vc bem sinalizando que nao esta bem, que precise se sentir amada e querida para recuperar forcas, etc. Eh algo subliminar e muita gente que te AMA e te queer nao estah se dando conta disso!
    Muito antes (nao muito) vc contou a historia de sua vizinha suicida... E mutes ajudaram e dream opinioes... Sugiro uma releitura daquilo tudo...
    A essa Altura do Campeonato, qdo vc tem Tantos leitores e comentaristas assiduos, dizer: "Considerando a velocidade ds internet e a pouca relevência que tenho"
    Como assim? Vc ainda tem coragem (sim, coragem) de duvidar do seu potencial e do amor que as pessoas tem por vc?
    Espero que pique bem.
    Espero que nao precise recorrer ao desespero suicida (estou falando em relacao ao Blog, claro!) para ouvir o que todos os Dias vc live por aqui: que as pessoas te amam, que vc tem potencial, que vc tem incrivel bom-gosto na elaboracao do seu trabalho, etc etc.
    Sei que muitas vezes (eu me incluo nisso) qto mais a gente eh valorizado "fora de casa" mas a gente questiona "dentro de casa", ou mesmo comic a temer tanto "idealismo" e "uma supervalorizao" na qual VC NAO ACREDITA, isso eh normal, eh do ser humano e vc... Eh um super-ser-humano!

    ResponderExcluir
  66. Desculpe se falei demais, mas soh costume "me ocupar" com gente que eu gosto... E desde aquela noose troca de emails vi que a coos "tav a feia"... Bjs!

    ResponderExcluir
  67. Viu como você é querida? Nem pensa que a gente vai deixar você sumir!!! beijo, Ro

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…