Homens perigosos: afaste-se!

em 21 de fevereiro de 2011

Outro dia eu vi uma cena no BBB: aquela criatura pavorosa que gagueja e canta axé dizia que, se preciso for, ele bate em mulher sim, cospe na cara e chama de puta. Fiquei com tanto nojo, com tanta raiva, como se a puta em questão fosse eu, como se as palavras baixas e a agressão fossem pra mim.

Depois, pensando, eu cheguei à conclusão que sim, a ofensa é pra mim sim. E vejo claramente que esse infeliz retrata o pensamento de muitas pessoas. Sim, pessoas, homens e desgraçadamente, mulheres.

Vou te dizer uma coisa: eu tenho horror à gritos, pavor de violência. Sou pela paz, sou da paz. Mas tacava álcool e riscava fogo fácil naquele sujeito. Porque a fala dele, na televisão, em horário nobre, incentiva outros monstros a dizerem e fazerem o mesmo. Idiota pra seguir idiota não falta neste mundo, e depois que sair dali ele ainda vai posar ao lado das piriguetes de costume, animando ainda mais os machões babacas como ele a dizerem o mesmo e terem com as mulheres o mesmo comportamento nojento.

Veja que não estou falando do programa. Estou falando de um comportamento. Apareceu no programa, mas está disseminado à nossa volta. Conheço homens assim, certamente você também. E conheço mulheres que acham isso másculo, que se sentem atraídas por isso. Aliás são essas mulheres que engrossam as estatísticas de violência contra a mulher.

Meu blog é lido por muitas mulheres. De todas as idades, de todos os tipos e de várias formações. Então eu quero fazer um pedido: por favor, não aceite ser tratada assim. Quando for agredida, seja física ou psicologicamente, saiba que a culpa não é sua. Você não merece, você não provocou, você é a vítima.

Homens assim, de fala rude e que não se envergonham de dizer que batem deveriam ser trancafiados. Antes de agredir, torturar e matar a primeira vítima.

Sim, esse babaca do programa deveria sair de lá e ir pra tratamento. E servir sim de exemplo para que outros não se animassem em seguir as idiotices que ele diz em horário nobre, na maior televisão aberta do país.

Eu tenho medo de que homens assim ainda se tornem referência e modelo a ser seguido/imitado.

Medo…

Crédito da imagem: http://girlteen-vip.blogspot.com/2010/07/violencia-contra-mulher.html

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

54 comentários , comente também!

  1. É isso mesmo Elaine, esse tipo de homem deveria ser trancafiado fora do convívio da sociedade. Convivi com um homem violento durante anos. As marcas são profundas, e até hj doem...sei bem como é. Eu e meus filhos sabemos. A violencia seja em palavras, atitudes ou mesmo ações é algo que não deveria existir.

    Sim, fugir desse tipo de homem é tudo que devemos fazer.

    bjs

    Ingrid

    ResponderExcluir
  2. Homens assim deveriam estar encarcerados junto com os Leões ou com os Tigres. Esses tratavam deles pode crer.

    ResponderExcluir
  3. Elaine, eu sempre assisti ao BBB mas este ano acho que não deve ter nada de interessante pq eu não consigo prestar atenção. Então não sei quem é esta criatura que viraria churrasquinho na sua mão mas ele foi entrevistado exaustivamente para entrar no programa e quando fala coisas como esta que vc citou há uma empresa , a maior de comunicação no país , assinando embaixo, já que não toma qualquer medida contra o infeliz. Vc sabia que no dia do lançamento o BBB deste ano já tinha faturado 82 milhões em cota de patrocino? Isso pagando 1,5 mi para o bobão vencedor e menos de 1 milhão para os bobões coadjuvantes. Já nós os bobões espectadores não ganhamos nada além de um programinha de péssimo gosto dirigido por um cara estranho que gosta de jogar coisas em pessoas do alto de um prédio.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Elaine, sinceramente eu concordo plenamente contigo. E mais, olha eu até gosto de programas como o Big Brother para auto-análise mesmo, são seres humanos que estão em julgamentos. Mas, neste bbb deste ano eu passei a duvidar muito do programa e o que ele realmente quer inserir em nossos lares, se assim permitirmos.

    Baixaria, é o que defino. Falta de respeito e educação.

    E penso que o Bial, um cara tão inteligente (não parece nada feliz com este programa, mais é pau mandado, não corrige e nem o programa ensina este indivíduo a agir como gente, muito menos como Homem, o que ele não é.

    Mas, a vida ensina e Deus muito mais.

    Abraços, belo post!!!

    ResponderExcluir
  5. Ufa.. ainda bem que voltou! kkk
    Mas falando sério, tb fico escandalizada com tamanha crueldade, brutalidade e violência. Vi no jornal hoje, que em São Paulo´, enquanto o número geral de homicídios caiu nos últimos anos, o de assassinato de mulheres dobrou. O que falar diante de uma estat´stica dessas, diante dos jornais, telejornais recheados de crimes "passionais". QUEM AMA NÂO MATA, NÂO BATE, NÂO TRAI, NÂO MALTRATA!!!!
    Beijosssss, a SILvia é um amor mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Meu pai diz que nem todo mundo que usa calça é homem, alguns são bichos.

    Também tenho medo, muito medo mesmo.

    Violência é doença que quando começa vira uma história sem fim.

    E é engraçado como tem mulher que se ilude, pensa que depois vai mudar, que no noivado vira gente, que quando casar melhora, que com o tempo passa, mas não passa apenas piora, se aprofunda, a mulher se ver dentro de uma cadeia simbolica.

    E sim, como tudo começa com uma primeira tapa, uma primeira palavra violenta é bom cortar, denunciar, fugir, cair fora, manter distancia, na primeira situação, não importa o que os outros vão pensar, mulher já tem mania de pensar no que os outros vão pensar, os outros pensam muita coisa, mas quem vai aguentar as agreções é ela sozinha.

    Tenho medo Elaine e falo por mim, fujo de homem de homem violento, a começar dos que falam coisas violentas, da palavra a ação pra mim é um pulo curtinho demais para eu arriscar minha vida!

    Excelente post, parabens!

    ResponderExcluir
  7. Oi Elaine
    Infelizmente essa é a realidade em que vivemos
    As mulheres estão sendo exterminadas,dizimadas e ninguém faz nada, autoridades se calam e não agem a tempo de evitar que novas mulheres apareçam mortas tragicamente em noticiarios
    Ja cheguei a pensar em fazer algum abaixo assinado sei la alguma coisa do tipo, mas infelizmente me sinto fraca e impotente
    Por que enquanto a gente se revolta com coisas desse tipo,os realitys investem nesses tipos grosseiros, ignorantes e brutos
    Não assisto por que não gosto, mas como não sou alienada acabo vendo pela midia os comentarios e só a maneira como esse brucutu grita, já me irrita profundamente
    Não entendo como podem existir mulheres que aceitam e que convivem com uma coisa dessas
    Talvez até saiba, necessidade financeira, amor (ainda que eu acredite que primeiro deveria vir o amor proprio) filhos...e tantas outras coisas que a gente nem pode imaginar...
    Pena...

    ResponderExcluir
  8. Elaine,eu estava assistindo ao vivo na hora q ele falou essas coisas grosseiras,senti tudo q vc sentiu e mais um pouco.Ele é horroroso e ainda tem fãs! Um beijão!

    ResponderExcluir
  9. Concordo plenamente contigo! Acho que nossa dignidade tem que ser preservada sempre. E acho que as mulheres estão pisando no seu amor próprio, algo triste de assistir.

    Não vejo esse programa, mas com certeza é um infeliz que disse isso, não merece nenhum respeito.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine!

    O pior é que sempre vai aparecer um monte de babacas idolatrando e achando correto, né?

    Imagina só o que faz longe das câmeras.

    Bjos.

    Clau

    ResponderExcluir
  11. vim dar notícias sobre o estado da nira
    http://noticiasdanira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Ops ! consegui chegar primeiro, rs, brincadeira, primeiro parabéns pelo post é sempre bom repetir alertas deste tipo.Agora amiga, pode me chamar de preconceituosa, mas BBB ,tô fora! Aqui ninguém vê ,pois dói ver tanta moça se anulando por dinheiro e tanto machão babaca e exibido ,não é tipo é o que são mesmo...pelo menos é o que ouço ser comentado, posso estar equivocada, só vou ter certeza vendo! Mas quero te agradecer pela dica recebida em relação aos seguidores, fiz como você mandou e consegui! Fiquei super feliz! obrigada. Beijos.
    Vai dar uma olhada na sua aluna, rs.

    ResponderExcluir
  13. Elaine, chega a dar agonia esse sujeito ainda estar lá dentro. Mudo de canal, sempre que está nele. E, que raiva dessas mulheres que não o expulsam dali.
    Concordo plenamente com você, não é um participante, é um comportamento que se reflete, ao mesmo tempo que é reflexo daqui fora.
    Escrevi sobre isso no blog e a verdade é exatamente essa, temos que denunciar sempre esse tipo de comportamento e deixar claro que não queremos ele!

    ResponderExcluir
  14. Que nojo...odeio..odeio esses programas que não temnada a acrescentar.Meu Deus,ja não bastam os problemas que temos que enfrentar ainda isso.
    Eu NÃO PERCO MEU TEMPO E SAÚDE..isso me atinge como um raio(nem me fale em raio Elaine,nem me fale).
    Se tem mulheres que gostam desta pobreza de espirito e baixaria,e porque merecem tudo o que lhes acontecer,e falta de amor proprio.
    Bjs
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  15. Primeiro: BOM RETORNO! Saudade imensa
    de ti, amiga!
    Parabéns pelo post! Não olho o BBB, justamente pela baixaria que se apresenta.
    Mas concordo que as mulheres devem se impor e se valorizar um pouco mais.
    Bjkas
    boa noite

    ResponderExcluir
  16. Elaine siga assim conosco firme e forte!!
    O programa é um asco e o pior é que esses tipos são vistos como a pimenta da audiência.
    Estou totalmente de acordo com vc, é preciso abrir a boca e reclamar, é nossa melhor defesa.
    Bj

    ResponderExcluir
  17. E o pior é que a garota ofendida foi dormir com o gago de conchinha.
    Como você diz, esse comportamento deste individuo é visto como natural.
    Este camarada deveria ser execrado.
    A aceitação destas atitudes em rede nacional, banaliza o ato.
    Ao mesmo tempo que mostra, a TV deveria denunciar e repremir essa atitude. Seria uma postura educativa da maior midia formadora de opinião do pais.
    Mas existe este interesse?
    Parabens pelo post. Otimo.

    bjos.

    ResponderExcluir
  18. Elaine querida:
    Muita saudade daqui e de vc =)
    Como sempre tenho o prazer de ler um post bem escrito, inflamado e que me colocou para refletir.
    Também sou contra a violência, mas, na boa: os valentões de plantão bem que merecem umns safanões bem dados, não é????
    bj bj

    ResponderExcluir
  19. Elaine seu post deveria ser veiculado em cadeia nacional. Sério!
    Ontem conversei sobre isso com a Luci Cardinelli no twitter. Eu tenho ojeriza de gente mal educada, grosseira, violenta. Não sei lidar com gente assim, porque sou doce, educada, fofinha, mas tenho o "pavio curto", um gênio do cacete, e jamais suportaria alguém como esse Diogo perto de mim.
    Pessoas como ele são detestáveis, precisam sim de tratamento, e infelizmente há quem ache "normal", que é "o jeito da pessoa".
    Eu, se fosse mãe dessa criatura (ou de alguma parecida) teria vergonha, me sentiria um fracasso educacional.
    Mais doente que isso só as mulheres que aceitam, "compreendem", e até se sentem atraídas.
    Fico uma fera com coisas assim.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  20. Elaine,

    Pessoas assim, que gostam de ser agredidas e gostam sim de apanhar e mesmo assim não denunciam, são chamadas de MULHERES DE MALANDRO! Isso mesmo! GOSTAM DE APANHAR! São sadomasoquistas...
    E tem aquelas que tem medo de denunciar e acabarem mortas por eles...

    Mas existem aquelas que denunciam sim, e é essas que eu apoio... Pq homem que agride tem q ser denunciado sim!

    Eles se acham, mas não vivem sem a gente, então tem q respeitar sim!
    Não somos capachos, não somos objetos... somos MULHERES!

    BELO POST!

    BJO

    ResponderExcluir
  21. Acabei de comentar uma artigo lá no blog amigo Afogando o Ganso, que fala da mesma coisa, isso é uma vergonha no mundo masculino, quem se diz intolerante com as mulheres não merece viver, tem que cortar o mau pela raiz.
    Muito bom seu poster, tem mais é que ganhar o mundo e tomar como exemplo.
    Abraço

    ResponderExcluir
  22. A gente precisa sempre ficar com o pé atrás, principalemte com quem a gente não conhece...
    Deborah

    www.delicias1001.com.br

    ResponderExcluir
  23. Já assinei embaixo! Vc bem sabe minha opinião.
    O pior de tudo é qdo vc disse que "desgraçadamente" muitas mulheres concordam com isso, acham até que tem mulheres que merece. Ninguém merece nenhum tipo de violência.

    bjus e ótimo dia querido!

    ResponderExcluir
  24. Sempre leio seus textos. Acho excelentes.Mas esse de hj foi o melhor.Eu tb me senti com um ódio daquele rapaz...quando ele disse aquilo. Sabe que eu pensei que tinha ouvido errado? fiquei perguntando para as pessoas que estavam na sala comigo, ele disse isso mesmo? Cospir na cara e chamar de puta??? Meu Deus, que é isso? Como pode ele ainda não ter sido eliminado? Perdi o gosto de seguir o programa naquele dia.
    Bjos e obrigada por escrever tão bem pra nós leitores.Luzia Lira

    ResponderExcluir
  25. Perfeito este post sobre esse energúmeno nojento.

    Mas vou fazer aqui um contraponto: o comportamento da Maria e Paula. Uma é xingada de p.ta gorda e em seguida dorme com o homem q a xingou. A tal Maria se rasteja aos pés do tal monstro Mau mau... é destratada pelo gago e depois tá lá se humilhando pedindo perdão. O que acontece com a cabeça dessa mulherada retardada?
    E a miss se humilhando para o Rodriguete, é outra.

    O que acontece com certas mulheres???
    Isso me deixa revoltado tb. é o fim.
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Minha Linda, seu post está SENSACIONALMENTE MARAVILHOSO! Assino embaixo!!!
    Infelizmente as mulheres incentivam sim, sou obrigada a concordar! Por mim ele já teria sido expulso do programa, pois é violento e agressor demais!
    E não sei se vc tem PPV, mas acredite a Globo está até sendo camarada com a edição, pois ele é muito pior do que a Globo mostra!
    E ainda tem gente que quer que ele ganhe o programa, o que me assusta, cada vez mais, no Brasil é a inversão de valores.
    Infelizmente é mais comum do que a gente pensa!
    Beijo, beijo e parabéns pelo post, texto e argumentos! ;)
    She

    ResponderExcluir
  27. Perdão pelo que vou dizer minha querida,mas vc só foi agredida desta maneira porque estava assistindo um programa que é um LIXO.No começo a proposta até que era legal,mas depois que resolveram correr atrás de baixaria para dar mais ibope,se tornou um horror.Não assisto,nem permito que a tv fique ligada na globo neste horário,tenho amor por mim,pelo meus ouvidos e pela minha sensiibilidade.Acredto que nem temos o direto de reclamar ou criticar porque ele só existe porque tem alguém para dar ibope e só tem esses tipos ridículos porque tem pessoas que gostam.Não se chateie comigo pq gosto de vc,mas é assim que eu penso.ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  28. Oi Elaine!
    Concordo com você, acho esse cara nojento! Não sei como não "enquadraram" ele ainda! Talvez por acharem engraçado...
    Conheço gente assim, acho horrível, convivo, mas também tenho medo. Nunca se sabe o que vai dar!
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  29. Quanta força. Perfeito teu pensamento!

    A agressão deve ser permitida, e mulher que permite, infelizmente, permite por todas nós!

    Parabéns pelo post.

    Um beijo carinhoso ♥

    ResponderExcluir
  30. É, minha linda, e essa violência só é mais uma das quantas que sofremos. A mentira, a traição, as atitudes que enfim, nos pôem em dúvida sem saber em quem realmente devemos confiar.
    Entendo o desabafo. Se eu pudesse desabafaria aqui agora também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Olá querida!! Adorei seu blog e esse apelo social em favor das mulheres, que sempre é muito válido.
    Vim parar aqui por indicaçao da Mara do blog "Meu cachixo".
    Estou com um blog bem jovem como o dela e comentei sobre a dificuldade de divulgar e interagir com outros blogs mas pelo jeito é assim mesmo que funciona, só com muita dedicação e perseverança pode-se alcançar o sucesso nessa área. Vou continuar seguindo suas dicas, obrigada pela generosidade!!

    BJÃO.

    ResponderExcluir
  32. Eu presenciei isso ao vivo e em cores e nem era de um garotão que se acha o Deus. Mas de um velho (velho porque está velho do corpo e da alma) que reagiu com todos esses palavroes e gritos a uma situação de stress e ainda se achou no direito de fazer o que fez. Todo mundo erra.... todo mundo tem seu dia de fúria... Ah que va ter seus dias de furia com outro valentao pra tomar tiro na cara ou facada na barriga! Taí uma coisa para a qual não tenho um pingo de tolerância: bandido! Nem pintado de ouro ou disfarçado de "modelete"

    ResponderExcluir
  33. Oi Elaine, boa tarde !!!
    Concordo com vc, e tem mais,eu falei aqui em casa a mesma coisa !!!
    Sabe o que mais me assusta? É que as mulheres da casa BBB nem colocaram o indivíduo no paredão...fiquei arrepiada !!!
    Elaine tbm sou da paz mas não pisem no meu pé não,viro bicho !!
    Parabéns pelo post !
    Lindo dia para vc.
    beijo.

    ResponderExcluir
  34. Minha querida concordo com voce em tudo e assino em baixo, eu também sou como voce tem coisa que eu me sinto como se fizessem comigo
    Parabéns pelo texto
    bjs

    ResponderExcluir
  35. Infelizmente ainda existem mulheres que se acham obrigadas a aceitar esse tipo de tratamento. Tem medo de enfrentar um trabalho duro e dar um chute na bunda do canalha que a agride. Eu conheço uma, que nunca reage, abaixa a cabeça, deixa o cabelo crescer para que ele corte quando está grande e compre drogas. Ele abusa dos filhos e ela fica calada. Eu fico tão revoltada que tenho vontade de bater nela também... mas não vai adiantar. SE um dia ele for preso, ela vai na delegacia para libertá-lo. Tem pena do crápula! Pode?
    E conheço mulheres que babam em homens assim, que admiram o "babaca" que você citou e fazem de tudo para que ninguém vote nele!
    Aff...
    Bjks. Neli

    ResponderExcluir
  36. Ai Elaine, eu também tenho pavor desse tipo de homem. Mais do que isso, tenho asco.
    Acho o cúmulo o cara dizer uma coisa dessas, ainda mais num programa como o BBB por todas as razões que você já citou. Absurdo mesmo.
    Homem que bate em mulher é um covarde do piorio, o pior é que tem quem acoberte, se sujeite e ainda ache certo.
    Tenho uma amiga que não sei mais o que fazer por ela. Na verdade, nada, né? Porque quando a sua amiga te procura para desabafar que foi agredida pelo parceiro, ficamos indignadas e aconselhamos a cair fora. Aí acontece a 2 vez, a 3 e continuamos a dar o mesmo conselho. Chega um ponto em que se somam anos a esse tipo de situação e o que mais podemos fazer? Nem vontade de falar mais nada a gente tem, porque convenhamos, essa minha amiga passa por isso porque quer e ainda posa de mulher feliz no casamento para todo mundo. Fico passada, mas como não posso entrar na cabeça de ninguém, muito menos agir por ela, só me resta orar e torcer para que algum dia ela dê um basta no ... marido!
    Enfim, coisas que ninguém merece ... mesmo!
    Beijo meu.
    Angel.

    ResponderExcluir
  37. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  38. vim dar notícias do estado da Nira
    http://noticiasdanira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Hoje mesmo eu vi um programa falando disso, dos números absurdos que cercam esse tipo tao cruel e covarde de agressao. É horrível ver tanta mulher apanhando pscicologicamente e fisicamente desses brutamontes nojentos que em nome do "amor" ou da protecao de suas honras ou simplesmente,e na verdade, somente, pela pequenez de seu caráter, agridem as companheiras, machucam, mandam pro hospital e até ao cemitério. O mais triste ainda é ver as mulheres aceitando isso como normal ou até sexy como vc disse aqui Elaine...
    Acho isso tao triste que nem tenho palavras... eu fui agredida psicologicamente durante 10 anos (na verdade, 14 anos) e sei bem como isso pode doer.
    Espero que as mulheres acordem de uma vez por todas pra esse absurdo e mais que isso, que elas sejam ouvidas com respeito qd procurem ajuda, porque o que a gente sabe que acontece qd elas vao reclamar, é igualmente covarde, botam a culpa nela e isso, putz, é outra grande ofensa que a mulher tem que passar.

    Mt bom vc falar disso Elaine querida.

    ResponderExcluir
  40. E tomara que esse infeliz saia logo do BBB, porque as coisas que ele fala é de dar nojo.
    Tô com vc!

    Bom, vim também agradecer o seu doce carinho no meu niver, você é muito especial!

    bjks

    ResponderExcluir
  41. Não assisto ao BBB, mas acabei por ver a cena de uma briga desse rapaz, fiquei chocada! Pela maneira como ela fala das mulheres e como se refere as outras participantes devia sair imediatamente! O pior é nenhuma das mulheres da casa reagir a ele, hoje aqui no jornal O Globo uma jornalista falava justamente disso, criticando a falta de reação da mulheres, isso é que é um exemplo pior. Ficou enorme meu comentário, mas me revolta.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  42. Boa Elaine,

    Infelismente existem sim mulheres que se sentem atraidas por essa "espécie" de individuo, é cada vez mais latente a violência contra a mulher, em qualquer classe social lá está ela presente.

    Eu tenho uma irmã que foi vitima por muito tempo de um homem violento, inclusive violência sexual, minha irmã vivia arrebentada em todos os sentidos, em todos os buracos do corpo, eu tinha 12 anos, minha irmã tinha dois filhos mais ou menos de minha idade, e eu me orgulho de ter sido a incentivadora dela a se livrar desse monstro.

    A mulher não pode aceitar o segundo tapa, o segundo xingo, o segundo sexo a força, mas infelismente a maioria aceitam passivamente e pior: algumas até gostam, e aí eu me sinto exatamente igual a vc descreveu Elaine, como se eu fosse uma delas.

    Numa cidade de Pernanbuco todas as mulheres de uma determinada favela tem um apito, qdo uma apanha apita, a vizinha ouve e tb apita e assim sucessivamente, parece que com isso o indice de violência e de criminalidade contra a mulher tem diminuido bastante por lá...

    Só pra constar: minha irmã se livrou doa gressor e hj vive bem feliz

    beijopratu

    ResponderExcluir
  43. Assino embaixo da sua escrita.
    Concordo com todas as letras rs
    Precisamos mesmo reagir, denuncaira, nao aceitar.
    Passando depois de algum tempo sem conexao e em trânsito.
    abraços

    ResponderExcluir
  44. Ei Elaine!
    Mais uma ótima reflexão! Mas sabe do que eu tenho mais medo? De que a fala dele passou despercebido para muitas pessoas. Tocou a mim, tocou a você, mas algumas pessoas viram isso de forma natural, e a naturalização da violência...dá medo!
    gd beijo

    ResponderExcluir
  45. Eu tenho nojo de homens assim, pq infelizmente fiquei casada por 10 anos com uma pessoa que na frente dos outros tinha cara de anjo e por traz parecia o cão. Suportei primeiro por vergonha, segundo por falta de apoio e medo (Casei nova achando que ele seria o principe, mas na verdade não passava de um sapo).Minha mãe que sabia de tudo, dizia que tinha que ter paciência e superar, mas superar? Por muitos anos me senti dividida e com medo de viver a minha vida, mas um dia dei um basta na situação, fiz B.O, me separei e hoje vivo feliz. Meu atual marido tem jeito de Shrek, mas nunca gritou comigo, nunca ergeu a mão, e ele sempre ensina o Gustavo (meu filho) que não se pode bater em mulher nem com uma flor. Hoje vivo feliz, não vivo de aparências como minha mãe queria. Ela hoje aceita a minha situação, mas não vivo mais da acietação de ninguém, pq quem tem que ser feliz sou eu e a minha felicidade depende das minhas escolhas. Escolhi ser e viver feliz.

    Bjão

    ResponderExcluir
  46. Olá Elaine! Que bom que você arrasou com este assunto em seu blog, parabéns.Tenho certeza que dezenas de pessoas (mulheres e homens) pensam como você.Dá nojo mesmo e revolta ver as grosserias e agressividades dele em relação às pessoas e principalmente a mulher.Isso tem que acabar.Esse comportamento monstruoso de homens e mulheres que termina com uma matança cada vez maior das mulheres e a violência domestica, silenciosa ou não também está crescendo a cada dia mas qdo vamos a uma delegacia se não mostramos o sangue descendo ninguém dá atenção.É preciso que tenhamos coragem pra antes de tudo decidirmos a gostar em primeiro lugar nós, a nos querer bem e a nos respeitarmos.Obrigada pelo post maravilhoso.Um grande bj.

    ResponderExcluir
  47. Eu acho incrível como um homem pode ter a capacidade de espancar uma mulher, tão indefesa diante deles como uma criança.

    P.S
    Sempre gostei de BBB, mas este não estou conseguindo engoli.


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  48. Tenho nojo desta histórias, porém revê-las e REFORÇAR A SUA MANEIRA DE PENSAR E "AGIR" É ESSENCIAL.
    Passei a conviver com uma sociopata e o outro desequilibrado que quase me f.. a vida.
    ESTOU DE VOLTA E MELHOR DO QUE ANTES.
    É ISTO AE CONTEM COMIGO!!!!!
    http://pravocemulheratual.blogpost.com

    ResponderExcluir
  49. Pois é...
    Tem uma regra nesse programa, que se houver uma agressão física, o participante, é automaticamente eliminado do jogo.

    Santo Deus, isso foi agressão verbal, da grossa!
    Acho que o programa poderia revisar as regras.
    Esse monstro teria que ter sido expulso de lá depois dessa.
    Bj

    ResponderExcluir
  50. Não sei como esse cara consegue ter torcida por ele!!

    Ele para tudo grita. É um covarde!

    Se eu pudesse dava bem no meio da cara dele! hahahahah
    e olha que tb sou da paz. Mas ele dá nojo mesmo!!!

    bj

    ResponderExcluir
  51. Oi Elaine, eu não vi o episódio descrito, mesmo porque não assisto ao programa e nem tenho idea de quem você está falando, mas acho sim que toda agressão verbal ou física contra a mulher, mesmo que seja lá do outro lado do mundo, me atinge. Me atinge porque sou mulher, porque tenho 2 irmãs, porque tenho mãe, amigas, e sei que poderia ser comigo ou com elas. Acho revoltante tanta violência e nada ser feito, e quando é feito vem através de "proibição para que não se aproxime da pessoa a menos de tantos metros", como se isso fosse adiantar para os bárbaros que acham que nós mulheres somos objetos e eles os proprietários. Tenho 2 filhos homens, mas desde pequenos (eles ainda são pequenos), explico e falo como eles devem tratar e cuidar de uma mulher, com carinho, atenção, delicadeza. O meu mais velho de 7 anos assistindo a uma reportagem sobre violência contra a mulher disse que o homem que faz isso deveria ser preso e esquecido. Nós mães devemos ficar atentas aos nossos filhos homens e educá-los para que no futuro esta violência seja quem sabe erradicada. Bjs, Rose:D

    ResponderExcluir
  52. Oi Elaine! concordo plenamente com vc, mulhr teve ser tratada com cainho, não com porrada, essa mentalidade machista tem que acaba, homens como ele deveria ter vergonha da forma que pensam e agem, vcs mulheres nunca aceite esse tipo de tratamento, diga não a violencia a mulheres.bjs

    ResponderExcluir
  53. Não vi essa cena, mas, vejo ele gritando muito, especialmente, com mulheres.
    Eu sou estourada também e agradeço por não ser homem, acho que mulher apesar de ser "estupida" segura mais a onda...

    Nunca sofri agressões de namorados, mas ameaças sim. Quando namorava o pai do meu filho, ele por medo de ser traído e ter seu orgulho ferido, vivia me dizendo que o dia que isso acontecesse me deixaria roxa para eu me olhar no espelho, e lembrar pq fiquei daquele jeito.
    Com oito meses de gravidez, tive uma briga com ele, onde para não me bater ele deu um soco na parede, foi quando terminamos, e isso pesou também na decisão que já havia tomado. Não vou mentir que arrastei um sentimento por ele até pouco tempo atrás, porém, eu tinha e tenho a consciência de que se tivessemos juntos a agressão aconteceria cedo ou tarde, ele bateu na parede para não me bater, mas, até quando seria assim?

    Tão ruim quanto isso foi ouvir de minha mãe algumas vezes que me gênio forte me levaria a apanhar do marido, ou, que fulana apanhou pq fez isso, isso e isso? Como se isso fosse justificável.


    Beijos

    ResponderExcluir
  54. Eu fui casada por 23 anos e tolerei muita agressão verbal, mas no primeiro tapinha, denunciei e separei-me. Nao posso julgar niguem, mas nunca me sentiria bem perante meus filhos se dissesse " fui agredida por muito tempo...." Eu nao permiti que o tapinha virasse um espancamento.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…