Panelinha, simpatia e empatia

em 10 de janeiro de 2011

panela-tradicao-colonial Não é de hoje que eu leio por aí reclamações sobre aquilo que alguns chamam de “panelinha” entre blogueiros. Leio em blogs alheios, leio em comentários alheios, e ultimamente leio em meu próprio blog. E em minha caixa de emails… que de vez em quando se enche de tanto #mimimi

Isso, como tudo aliás, me faz pensar…. Será que a “acusação” procede?

Vamos pensar: por termos blogs abertos (a imensa maioria, claro) estamos sujeitos a sermos lidos por todo mundo, e devido aos gadgets tradutores, por todo o mundo literalmente. E claro que, embora um blogueiro tente receber bem todo leitor que chega (eu tento, com grande afinco e parcial sucesso), ele nem sempre vai ser íntimo de todo mundo.

Imagine que seu blog receba umas 400 visitas por dia e uma média de 20 ou 30 comentários por post. A menos que você passe o dia no pc é impossível criar laços apertados com todo mundo pois amizade é algo que construímos e o tempo é fundamental. Então é normal ter um grupo mais próximo de leitores, que vão se tornando cada vez mais próximos em funçaõ de interesses em comum, ou de pontos de vista em comum. Ou não, e aí é uma coisa de empatia mesmo, que a gente sente por alguém que pouco conhece mas que se afina conosco logo de cara. É a tal da emaptia, que pode ou não rolar…

Outro dia li um comentário de uma blogueira em um blog abordando mais ou menos isso: a pessoa chega ao seu blog, comenta, pede visita, etc e tal. Você vai, retribiu, agradece. A pessoa é gentil, atenciosa, parece ser legal. Mas da sua parte a coisa não rola porque faltou empatia. E aí? O que fazer?

A gente não quer ser deselegante, quer ser educada como mamãe ensinou, quer ser gente boa mas não há empatia. De repente pode ser que o tema do blog da pessoa não te interesse, pode ser que seu tempo realmente  não dê… ou pode ser que não tenha havido empatia.

Isso de vez em quando me acontece. Eu tinha uma leitora que postava fotos eróticas garimpadas da net, quase sem texto algum. Nada contra, mas não gosto. O que comentar? E ela me cobrando visita e comentário. Mas realmente não era minha praia. Ela era um doce, gentil comigo, top comentarista em outros tempos, mas não havia empatia. Ela ficou magoada comigo.

E isso acontece muito comigo. E  dá uma certa angústia na blogueira que habita em mim. Será só comigo???

Eu já bloqueei seguidores de blogs pornôs. Quer ter? Beleza, mas não é a minha praia mesmo. Assim como eu bloqueei uma seguidora que tem  blogs de divulgação de anorexia e bulimia. Se não me engano o blog se chama Ana, amiga Mia. O único post que li dizia que só come quem é fraco de caráter. Realmente é muito pra mim.

Então eu formo e participo de panelinha? Não. E sim. Todos temos tendência de nos aproximarmos de pessoas que possuem alguma empatia conosco. Ou então nos aproximamos daquelas pessoas mágicas, que nos ganham com uma palavra. Mas é raro.

Eu, assim como tantas outras blogueiras, transito por blogs de decoração, de culinária, de poesia, de contos, diários pessoais, blogs de artesanato, metablogs, misturebas como o meu, enfim…

Pode até ser panela, mas é uma baita panelona…

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

85 comentários , comente também!

  1. Simplismente adorei e vc falou td q sinto!!
    Sou mto cobrada pelas meninas la no meu blog e elas nao entendem q nao é facil visitar tds e cria essa amizade com tds!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine, também acho que não é panelinha não, é assim no mundo real e não poderia ser diferente no virtual. Não há como se identificar com todas as pessoas, todos os assuntos, todos os blogs, eu por exemplo, tem blogs que visito quase diariamente e comento raramente, pois o assunto me interessa, mas não sei o que dizer, o que comentar, é normal isso acredito. E é claro que existe empatia sim, tem pessoas que só de entrarmos no seu blog já vimos que tem algo a ver com a gente, então não creio mesmo ser panelinha, acredito ser identificação mesmo.
    Um abraço. Iara

    ResponderExcluir
  3. Elaine,
    que coisa curiosa.
    no início do blog não percebia tanto essa "boa panelinha" e foi bom, porque tinha outras ocupações e eu tinha e tenho muito o que aprender.
    bom....
    acho que Na vida temos as nossas preferências, acontece.
    não dá é pra ficar enciumado e magoado com as pessoas.
    isso, já beira a falta de maturidade.
    nem todo mundo gosta da gente, e ponto.
    acho importante crescermos para acolhermos e respeitarmos as decisões das pessoas.
    para ser sincera, panelinha ou não gosto muitissimo de me relacionar, e não ficarei perdendo tempo com estes sentimentos, não aqui no mundo virtual, rsrs.
    beijo Elaine.

    ResponderExcluir
  4. Elaine,
    Concordo com você em tudo que disse.
    Nesses quase três anos de blog já vi de tudo, e realmente a gente fica próximo do que nos é caro, e afim.
    E ainda tem outro agravante, além da falta de tempo, o estado de alma da pessoa. Eu mesma não estou passando por uma boa fase, então por vezes meu blog vai estar desatualizado e com certeza estarei ausente de comentários. E além do mais se eu não tenho nada interessante pra escrever, não vou ao blog da pessoa só pra falar "oi, nossa, legal".
    Mas com certeza leio no Reader.
    Bem,acho que é isso.
    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  5. Elaine
    atraves deste quero perguntar uma coisa:
    criei um blog para partilhar minhas experiências como blogueira.
    É até engraçado.
    sou técnica em processamento de dados, me formei em 93, mas não conto isso pra ningue´m porque fiquei muito tempo sem mexer com computador, então estou aprendendo devagarzinho(como boa mineira)a me envolver com a net.
    o blog não tem objetivo de postar tutorial porque nem saberia fazer isso,
    entretanto, penso em deixar disponivel pra quem quiser links que me ajudaram, e vi a sua explicação sobre criar blog no blogger, e está maravilhoso.
    gostaria de saber se posso linkar esses artigos lá e se poderia levar o teu selinho, bem como o banner do seu contato para arrumar o blog.
    só que vou precisar aprender como colocar este banner lá, se você me autorizar, claro.
    abraços.

    ResponderExcluir
  6. Amiga, a gente lê o que a gente gosta. Ler e comentar por obrigação não é comigo.
    Só leio e comento nos blogs que realmente tem alguma coisa a ver comigo.
    Vc sabe que embora eu esteja meio sumida, aqui é parada obrigatória né ?! rsrsrsrs

    Bjs
    Luka

    ResponderExcluir
  7. AMEI!!!
    PANELONA É QUE FAZ COMIDA BOA!!!:)
    Beijosssssssssssss

    ResponderExcluir
  8. Entaum, é por isto que eu venho aqui, exatamente por isto, existe a lei do livro arbítrio. Vou onde quero, comento onde me sinto bem, sem pedir retorno, dá quem quer.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. concordo com o que vc falou isso tambem acontece comigo
    bjkas♥♥

    ResponderExcluir
  10. Elaine...

    Esse lance de cobrança é ruim demais.
    Certa vez aconteceu comigo, uma vez só, de a pessoa perguntar porque parei de seguir o blog dela. É como você disse, a gente lê o que gosta, e quando pode, e não dá pra agradar e ser agradada por todo mundo.

    Minha cara queimou. Eu tenho costume de chegar no blog, ler duas palavras, gostar do que leio e passar a seguir, mas, aí a comentar assiduamente (o palavra bonita kkk) é outra história. Muitos eu leio e não comento, muitos outros nem leio. Assim como a maioria dos que "seguem" (palavra feia dependendo do contexto kkk) meu blog nem sabem o que escrevo. Imagine se eu fosse cobrar um a um.

    Pra variar adorei...

    Beijos e uma semana iluminada.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com isso. Empatia é a palavra chave para a gente puxar a cadeira e ficar, ou querer voltar sempre.

    Eu ando bem sem tempo nos últimos dias, por pequenos problemas domesticos, mas mesmo assim não deixo de vir aqui e em alguns blogs favoritos, porque os posts me alimentam e me renovam. E aí, a palavra chave é ESCOLHA.

    Eu escolho ser feliz, como diz o título do meu blog. Entre cumprir agenda de visitas ou sentar para papear com amigos queridos, escolho a segunda alternativa.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Eu já não gosto da "Obrigação"

    Sigo blogs que não me segue, e vice-versa,e só faço um comentário se realment eu me dientificar com assunto, dono e blog.
    Hoje mesmo uma me cobrou, disse: Venho, aqui comento e vc n diz nada no meu, nem é minha seguidora? assim eu vou sair...
    Eu disse: Fiqeu a vontade, e ela saiu mesmo rs
    bj

    ResponderExcluir
  13. Concordo com você, e também acredito que exista um "quê" que identificação com os textos escritos. Tenho os Blogs que sigo, e quando recebo os posts, dou uma peneirada nos textos e os que se identificam com o sentimento do dia, eu vou, leio e comento. Dificilmente leio um Blog e saio sem comentar.
    Beijinhos e uma linda semana para você!
    Li

    ResponderExcluir
  14. Acho que é isso mesmo, são as 3 coisas juntas!
    Acontece sempre comigo, do tipo sem uma explicação muito óbvia, mas que bate lá dentro e fica!
    Algumas vezes já me identifiquei com amigas virtuais (como a Ana- Jeito de Casa ou a Nárriman - Mundo da Mima), pessoas com as quais sinto prazer em comentar e trocar idéias!
    Outras, como você (sou seguidora há pouco tempo) que me transmitem satisfação de acompanhar, embora ainda não tenha havido nenhuma troca de comentários.
    Nada melhor que sorrir ao encontrar outras pessoas que às vezes são muito iguais ou muito diferentes de nós, mas que têm "aquele" ponto de identificação em comum.
    Porque esse espaço tão nosso é lugar de expressão pura, pessoal e irrestrita. E só está aqui quem gosta e quer!
    Sem compromissos e sem cobranças!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Elaine,
    Os blogs nada mais são do que uma extenção de nós mesmos.
    A gente cultiva amizades, conhecidos, toleraveis e desafetos.
    É simplesmente a vida como ela é!
    Pelo fato de uma pessoa me visitar e pedir contrapartida, não quer dizer que eu va dar. Eu sempre visito os blogs de quem me visita. Se o assunto ou o tema do blog me atrai, otimo, eu passo a frequenta-lo. Se não, não visito mais. Se me apresentam uma pessoa em uma roda de amigos, em uma reunião social ou na rua, se a conversa, a simpatia, ou outra coisa qualquer me atrai, eu busco estreitar relações, senão, até logom passar bem! Porque nos blogs seria diferente?
    Já é tão dificil visitar ou dar a atenção devida a todos os blogueiros que a gente gosta, com frequencia regular.
    Eu tento dar o maximo de atenção a todos que me visitam, mas existe vida fora dos blogs! E dela temos que cuidar, inclusive para mantermos o lazer que é blogar. Nossos blogs não são blogs profissionais, não vivemos deles. Eles fazem parte da nossa vida, mas não são a nossa vida.
    Se a gente não deixar de lado todo esse mimimi, a gente perde o prazer de blogar.

    (e a fissura, melhor?)

    bjo

    ResponderExcluir
  16. Eu desisti de tentar agradar todo mundo. Escrevo porque quero, se quiserem ler, "eu deixo". Esse é meu compromisso. Laços? Não são feitos de graça nem à toa. Eles são construídos. E se apertar demais deixa de ser laço pra ser nó, e estraga a beleza.
    Comento onde quero, e quando posso. Além disso, quando tenho o que dizer. Carinho por quem comenta é algo natural, mas agonia de ser cobrada também. Então... Vamos deixar as coisas simplesmente acontecerem, né?

    Beijo, querida, boa semana procê!

    ResponderExcluir
  17. Já cheguei a conclusão que amizades virtuais são como as amizades reais. Tem gente que vc conhece a anos mas a amizade não flui, já tem outras que chegaram ontem e rola a empatia, como se vc já conhecesse a pessoa a séculos. Aí temos que aceitar se a empatia rolou ou não e cultivar e aprimorar essa amizade.

    ResponderExcluir
  18. Cheguei até aqui pelo blog da Jana (A casa de faz de conta) e adorei a Retrospectiva do blog. Adoraria fazer isto no meu também. Ótima idéia...

    Adorei seu blog

    Beijo

    Ana Cristina
    eucomosquatro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Lóooogico que pode pegar a foto dos galhos Elaine, pegue sempre o que gostar, não precisa pedir minha mestra rsrs.
    Beijos e uma semana abençoada.

    ResponderExcluir
  20. Concordo plenamente com tudo! E hoje em dia, muitos blogueiros querem mesmo chamar mais a atenção, do que propriamente criar laços e se aproximar mais. Muitos deixam posts tipo "oi, adorei seu blog e tô te seguindo. me visita e me segue tb"... nem o post leu, e sempre volta somente pra cobrar. Acho q tem q rolar a empatia, e so adiciono os blogs de quem eu realmente me interesso. E tem gente que mal posta no meu blog, mas q ja entrou pra "familia"!
    Vai ter é gente fazendo bico pra esse post hahaha
    Bjo

    ResponderExcluir
  21. Elaine!muito prazer!Adorei esta panelona!muito bom o que escreveu!Adorei sua visita lá em meu OLHAR!!...dó vale de OLHAR DENTRO DOS OLHOS...beijos!Bia

    ResponderExcluir
  22. Concordo plenamente com vc,sempre tem alguém que escreve isso que vc citou:sempre aquela cobrança,e quando é assim observo o interesse apenas do "Seguir o blog".

    Adoro a forma que escreve.Quero agradecer a explicação que me passou,vou tentar e depois digo se consegui.

    Beijossss e ótima semana!

    Simone Souza

    ResponderExcluir
  23. Concordo plenamente,a gente faz o que pode...eu adoro ir ver os Blogs,mas para isso tenho que estar agora as 03:31 da manhã sentada aqui e mesmo assim vou me levantar e não vou ler todas.Se tem panelinha eu nõ sei,mas que a gente não deve cobrar jamais isso eu tenho certeza.Eu adoro o seu Blog e outros,mas a disputa pelo PC acaba com minhas chances de visitar todas.
    Bjs
    Deusa
    vasinhos colorido

    ResponderExcluir
  24. Adorei Elaine! Acho que isso acontece muito!
    Já me peguei tb sem ter o que comentar em blogs nada a ver comigo. Acho que acontece com todo mundo na blogosfera.
    E afinidade não é forçado, nasce espontaneamente. A gente constrói relações aqui, como em qualquer outro lugar. Então sempre teremos os melhores migos, os amigos, os conhecidos e aqueles que cumprimentamos por educação. Igualzinho ao mundo real!
    Adorei a panelona e fico super feliz de fazer parte dela!!RSrsrss
    bjs

    ResponderExcluir
  25. Acho que a coisa acontece naturalmente...Flui e rola a amizade...beijos,linda semana!chica

    ResponderExcluir
  26. AMEI e assino embaixo!!! Amiga querida, só podia ser vc!!! kkkkk
    Bj gde!

    ResponderExcluir
  27. Muito bom seu post! Eu já escrevi a respeito de panelinhas, mas falando das panelinhas que realmente existem, como a dos gays, das lésbicas, essas então, nem vou falar... rs...

    Eu chamo de panelinha é quando um grupo fica trocando idéia entre si sem dar chance que pessoas que pensam diferente possam entrar e dar sua opinião, pessoas que se fecham para o novo, para o diferente.

    É óbvio que tem coisas que a gente não tá a fim de participar. Eu tb não gosto de blogs com imagens pornôs, exceto se tiver um texto de onde eu posso extrair algo que se identifique comigo. E não gosto de tantos outros tipos de blogs. Então não há quem me obrigue a visitá-los. Blog é prazer, não é obrigação.

    Agora, entendi perfeitamente o ponto que tocou e concordo. Os laços formados entre blogueiros são afinidades mesmo, não tem como fugir disso. E realmente nos identificamos mais com uns que com outros, não dá pra forçar afinidades, elas existem ou não.

    Mas continuo batendo que a linha tênue que separa as panelinhas, dos grupos formados por afinidade, é tênue. Então não dá muito para sair acusando alguém de panelinha, apenas analisar e guardar a opinião pra si.

    No seu caso, não creio que faça panelinha, caso contrário eu já estaria fora daqui. Acho que você é seletiva como eu. Eu me abro para conhecer o novo, mas não gosto fácil de qualquer coisa, ou de alguém, tenho meus critérios.

    Eu e você temos vidas diferentes, tempos opiniões que divergem, mas lá no fundo a gente tem algo que nos une e que não sabemos explicar bem. E que me faz bem, assim como espero que faça a você também.

    De qualquer maneira, seu post trata de um bom assunto e que trará bons questionamentos.

    Quanto as férias no meu blog, vc tem razão, não é só cansaço, preciso de tempo para organizar minha cabeça e minha vida... rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
  28. Ultimamente tenho lido muito disso nos blogs sobre a tal "panela", só que o que as pessoas não entendem é; eu sigo eu leio e comento um blog e adoro ele mas a dona deste blog não é obrigada a fazer o mesmo no meu blog, parece que vira uma obrigação, coisa boba se existe panela pode até existir mas se vc não faz parte dela aff e dái?!?!

    ResponderExcluir
  29. EU SIGO BLOGS QUE GOSTO DE LER ,MAS NINGUÉM TEM OBRIGAÇÃO DE SEGUIR OU COMENTAR O BLOG DE OUTRO,MAS EDUCAÇÃO É TUDO EM QUALQUER LUGAR ATÉ EM BLOGS!AQUI MESMO EU ADORO E VENHO TODOS OS DIAS LER, APRENDER ALGO PORQUE VC ESTÁ SEMPRE ENSINANDO E ISSO É SUPER LEGAL!

    ResponderExcluir
  30. Concordo com cada palavra sua. Já aconteceu comigo várias vezes, essa história de me visitarem, pedir visitas e ainda por cima para seguir. Acho isso totalmente deselegante!!! Como você mesma disse, tem que ter empatia, aquela coisa de "amor a primeira vista" rsrsrs. Tenho poucos blogs que sigo e menos ainda, seguidores, mas os que tenho são maravilhosos e principalmente com pessoas doces, generosas e talentosas. Bjo imenso e uma semana encantadora,


    Alê

    ResponderExcluir
  31. kkk eu estou com a Verô ... PANELONA É QUE FAZ COMIDA BOA !! adorei isso, eu tb tenho minha panelona, são queridonas que sempre estão por perto, e quando estamos sempre por perto não há como desligar né ?? mas a panela é tão grande que tem capacidade infinita.
    Beijokas abóboras

    ResponderExcluir
  32. Elaine,

    Posso assinar embaixo? =]

    Concordo plenamente, com seu texto, com o comentário da Fê.

    É muito complicado conseguir atender às expectativas alheias, sejam elas no real ou no virtual. Eu não cobro visitas, não cobro consideração, muito menos conveniência. Se nos aproximamos é por houve afinidade, e é questão de livre arbítrio, cada um é livre de ir e vir, fazer suas escolhas, e se eu estiver entre elas, fico muito feliz, caso contrário não forço uma barra.

    Empatia é instantânea, se bater bateu, se não, não há cristão que consiga forçar uma simpatia, um elo, são coisas que nascem do coração e assim prosseguem e permanecem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Olha e eu agradeço mto por fazer parte dessa panela!
    Pq meu dia simplesmente não é dia, qdo não te leio de manhã!
    Ah! Obrigado pela carinhosa visita no Lua!
    Boa Semana para ti!

    bjo

    ResponderExcluir
  34. Rrsrs, Elaine sempre com temas interessantes.

    Hmm, tem alguns blogs que ficam na panelinha sim, mas acho isso bem normal, nao é assim na vida?? As pessoas vao se juntando aquilo que mais lhe interessam, ai vc falou correto, é questao de empatia.
    O que mais me deixa chateada é esse negócio de seguir, sabe?? Só costumo seguir um blog que gosto e que visito regularmente, acho tao chato isso de seguir e nunca dar as caras...

    Eu tbm sofro algumas vezes qd alguém me visita e eu passo pra retribuir e vejo que o perfil dela nao tem nada a ver comigo, dá uma peninha, nao dá? mas fazer o que??? é como vc disse, nao é minha praia...

    mas aí Elaine, o tempo vai cuidando do resto, porque as visitas vao ficando esporádicas até nao existirem mais... sei lá, nem esquento mais com nada, ai to uma blogueira tao zen ultimamente...

    Um bj e boa semana pra ti querida

    ResponderExcluir
  35. Elaine você disse tudo, traduziu muito bem o que eu penso. Acho que visitamos e comentamos onde nos sentimos bem.

    Vou te pedir uma coisa. Poderia me ensinar como bloquear seguidores indesejados? Tipo esses que você citou.

    BJS!

    ResponderExcluir
  36. Oi Elaine!
    Bem legal seu post de hoje(aliás, gosto de todos...). Concordo que às vezes parece que rola uma panelinha, mas parece...o que existe mesmo é empatia. Eu mesmo acabo visitando mais uns blogs do que outros, não porque eu não goste dos outros,mas é que sei que os que mais visito são os que tem "algo" a me dizer. Porém confesso que gostaria de ser mais articulada. Tem blogs que visito, mas fico meio intimidada a comentar. Fico sem graça de me expor.
    Uma das coisas que me leva a visitar os blogs são os comentários que leio nos meus passeios e visitas. Gostaria de poder colocá-los na minha barra lateral para ir acompanhando, mas tenho receio de que essa lista fique muito grande. Que sugestão você me dá? Fica muito feio colocá-los? Vai "poluir" muito a barra?
    Estou para pedir ajuda no "Me chama que eu vou", mas como estou com outros projetos no momento ainda prefiro esperar um pouquinho. Até mesmo porque ainda não defini bem o que quero. Em breve eu te peço o help.
    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  37. Ah, Elaine, se for uma panelinha, é uma panelinha do bem. Não há como fugir disso, afinidades sempre existirão.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  38. Elaine,

    É um caldeirão na verdade> ter empatia, gostar do assunto, querer comentar.
    Eu visito muitos blogs, de tipos variados. Na maioria das vezes comento, as vezes nao quero, ou nao sei opinar sobre o assunto ou simplesmente nao me agradou o assunto, enfim.
    Mas as cobranças são as piores. Eu sigo quem não me segue - por outro lado nao me sinto obrigada a seguir quem nao me segue e isso deve ser respeitado.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  39. Qntão quer dizer que vc não gosta de mim??? sniffff......!! Já que não me responde...snifff.... Magoei.

    Mas não tem nada não, gosto de vc MESMO ASSIM... hahahaha

    brincadeira querida, te entendo bem, isso tb acontece comigo... é difícil lidar com isso mesmo!

    bj

    ResponderExcluir
  40. cho que tu falou tudo,não é uma panelinha mas carisma que temos por uns mais que pelos outros,é assim no trabalho,na escola,com vizinhos,amigos até com a familia,sou nova no mundo dos blogs,fiz o meu para trocar ideias,artesanato e fazer amizades (estou meio carente hahahahha,deve ser crise dos 46 hahahaha)mas não encanei,visito todos ,comento quase todos,fico muito feliz com as visitas mas não me mato por aqueles que não me visitam,se o blog delas me agrada continuo visitando,comentando numa boa,amizade é assim....bjs

    ResponderExcluir
  41. Se tem panela ou não, nem me importo. Eu "frequento" os blogs que me atraem, comento ou não comento e obviamente gosto que comentem no meu, que me sigam e tudo mais. Mas se a pessoa não frequenta o blog tudo bem. Falta de tempo, outros blogueiros mais antigos e mais íntimos pra relacionar ou pq não achou grande coisa mesmo não é problema meu. A pessoa é que sabe onde ela vai comentar ou não, quem ela vai seguir ou deixar de seguir. Eu nao mendigo nada! Acho isso uma chatice que nao leva a nada! Eu quero ter um milhão e novecentos mil comentarios pq saio comentando a torto e a direito pedindo visitas, ou pq as pessoas acham interessante o que escrevo e como escrevo? Meu Sapato do Gato está lá totalmente público, não modero nem comentários, se quiser simplesmente entrar e sair, fique à vontade

    ResponderExcluir
  42. Tem razão Elaine. Quando a gente vai perceber, está bem no meio de um grupo de afinidades. A coisas acontecem, a meu ver, meio que por osmose literátia. Então se isso é panelinha, ela se forma sem que ninguém tome a iniciativa de buscar a matéria prima e fazer a construção. rsrs. Adorei a sua abordagem. Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  43. Se perdermos a democracia do que "sentimos" até na Internet, então estaremos perdidos. No dia a dia ás vezes precisamos ser educados com o patrão, com pessoas de nosso convívio, mas aqui podemos escolher e isso não significa que estamos menosprezando qualquer pessoa que seja, é mesmo como você disse, uma questão de praia. Abraços :)

    ResponderExcluir
  44. Concordo com todas e principalmente com a Sônia Cristina.
    Eu escrevo porque me sinto bem. Falo de experiências marcantes e não sei falar em geral, sei falar de mim. E isso talvez faz com que muitas pessoas não gostem dos meus textos. Mesmo assim continuo a fazer pois me faz bem.

    Sigo blogs que não me segue, e comento realmente se o tema me interessa. Pois comentar apenas Parabéns pelo texto, acho vazio.

    Nunca recebi cobranças, pelos poucos seguidores que tenho. Mas também não prestarei ao papel de comentar e dizer: Me segue lá. Acho isso terrível.

    Beijos

    ResponderExcluir
  45. Elaine, acho que o que mais importante, não são as "panelinhas", mas sim aqueles blogueiros que simplesmente NÃO TE DEIXAM ENTRAR! Isso aconteceu comigo duas vezes. São pessoas que têm 8.543 seguidores e não fazem a menor questão de serem simpáticas. Daí você coloca um comentário e nem "tchum" prá você! Acho que isso é educação! Não precisa seguir, nem ficar amigo de infância, mas retribuir uma gentileza é EDUCAÇÃO! Prontofalei!
    Beijos,
    Sofia

    ResponderExcluir
  46. Eu acho que quando existe cobrança já faz com que a pessoa sinta um bloqueio, acho que cada um é livre para visitar ou comentar onde quer, ficar exigindo vistas, cobrando recados me irrita, não gosto...É claro que quando as pessoas visitam meu blog e pedem para vistar eu vou para conhecer, pq as vezes a pessoa tem tudo a ver comigo, mas ficar cobrando visitinhas e recados não ta com nada.

    Bjos

    ResponderExcluir
  47. Elaine, já me incomodei muito com isso. Há blogs onde não se consegue "entrar" de jeito nenhum. Uma vez, insisti e comentava em todos os posts de determinada blogueira. Ela me respondia lá mesmo, como fazia com todos. Chamava-me de "querida" me elogiava, me mandava beijos mas nunca veio ao meu blog. Um dia não comentei mais e ela nem deve ter notado...
    Outro dia essa mesma pessoa me chamou para o Facebook. E eu, bobinha, aceitei...
    Gosto de gente, até que me provem que não são merecedoras da minha admiração.
    Enquanto acreditar, vale a pena.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  48. Olá, Eliane!
    Muito bom seu texto, disse tudo! Ás vezes rola, outras simplesmente não.
    É normal nos cercarmos de pessoas das quais gostamos, que tem interesses em comum conosco. Salve a panela!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  49. Eliane, concordo com você. Comento o que me interessa e bloqueio o que não interessa, tipo pornô. Felizmente, as pessoas que comentam no meu blog, apresentam alguma relação de afinidade comigo em seus blogs. Gosto de temas muito variados, para isso possuo vários blogs também. beijos, Ro

    http://agendadecasa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  50. Minha querida ,
    Eu entendo , realmente e difícil visitar todos , mas eu tento , adorei a postagem
    bjs

    ResponderExcluir
  51. É complicado...
    Pois o mais importante para mim é a liberdade para estarmos próximos a quem quisermos por afinadades ou mesmo vontade.
    Quem nos julga com toda certeza não gostaria de ser julgado...

    O importante é manter o respeito.

    Beijos e ótima semana para você!

    ResponderExcluir
  52. Olá, Elaine querida
    Estou no XII retrocesso (postagens mais comentadas de 2010)... mas vou fazer um resumo antes de terminar o prazo que vc instipulou, ok? E colocar nele o selo alusivo à série sua que, por sinal, foi surpreendente,puro crescimento para quem está participando.
    Hoje estou começando com as poesias que tiveram mais adesões...
    Vou avisar-lhe a data da síntese...
    Quanto ao seu post de hoje, perfeito!!!
    Sou consciente de que meu Tema não é de interesse comum... mas confesso que não tenho nada a reclamar de quem me segue ou comenta... estou contempladíssima com a amabilidade e construção para um mundo melhor de TODOS os que a mim se dirigem...
    Reconheço como Graça,acredite!!!
    Vc está coberta de razão quanto à empatia... todos temos ou não... verdade pura,mas me esforço para não rotular a ninguém... Vejo essa dimensão em muitos e muitos da blogsofera, considero isso algo sensacional... O respeito pelo trabalho do próximo...
    Vc vai nos envolvendo de uma forma coerente... Parabéns!!!
    Bjs com gostinho de janeiro...

    ResponderExcluir
  53. Elaine,

    Desculpa, mas para mim isso é #mimimi, coisa de 5ª série! Não dou muita importância!

    Eu sigo vários blogs, alguns só leio quando o texto é sobre um assunto que gosto. Já comentários eu faço apenas quando gera um interesse maior.
    Já visitei centenas de blogs e minha conduta com todos eles é a mesma. Se não curto o assunto ou não tenho a "empatia" como você bem disse, não irei me forçar a visitar e comentar só para ser simpática.
    Se a pessoa comenta e visita o meu blog, eu sempre vou no blog dela para conhecer e se possível comentar ou seguir.
    Agora, eu tenho uma lista de blogs - que a cada dia aumenta - que são meus favoritos. Eu leio, sigo, recomendo e comento. Mas não faço isso sempre, diariamente.
    Tem posts ou dias que simplesmente não comento, o mesmo acontece com meu blog.
    Tem gente que só comenta quando falo de futebol, outros sobre cinema, muitos quando falo de mundo virtual...

    E não cobro nada de ninguém. Por isso não gosto de ser cobrada também!
    E muito menos 'rotulada'.

    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  54. a DAma de Cinzas falou tudo, é o que penso. O povo precisa pensar é um pouco: vc é uma mulher que trabalha, e muito. portanto não é que "negue" atenção por opção. Seu blog é um hobby, não é sua fonte de renda principal. E vc não tem empregada, não ganhou na megasena nem tem robôs escritores para dar atenção à qse 2000 pessoas que te acompanham!

    muita gente chega aqui, se instala e cobra sua atenção acreditando que poderão se tornar algo parecido com vc. vêem o sucesso do seu blog, acham que, ao ganharem a chave da sua "panela", elas tb terão o mesmo sucesso.

    uma coisa só penso diferente: gosto de conhecer os blogs que sinto empatia zero. para conhecer nova forma de pensar, de se comunicar. mas só faço isso qdo estou com o espírito leve, assim não me aborreço e nem brigo mentalmente hehehe.

    porno, acho chato. pq é tudo bife, não tem beleza nem poesia

    bjs

    ResponderExcluir
  55. Amo vir aqui. Isso é pertencer à panela? Então estou dentro! E gosto demais de algumas de suas comentaristas e seguidoras. Formamos uma rede muito agradável: leio o post de uma, leio os comentários, se gosto vou ao blog da comentarista, se lá tem alguma coisa que me atrai eu comento e sigo. As coisas acontecem naturalmente. Nós nos aproximamos mais de umas que de outras, fazer o quê?
    Ler e gostar!!! Vou caminhando assim. Bjks.

    ResponderExcluir
  56. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  57. Essa é boa. Eu simplismente não cobro ninguém e repudio qualquer cobrança. Já vi isso, panelinha, e eu repudiei. Perdi amizades, mas fiz outras... Na blogsfera é como na vida "real", vamos nos tornando íntimos com o tempo, isso é sólido. Não acompanho blog nem aceito seguidor de blog pornô também. Acompanho o que me interessa e o que acho saudável, essa é a verdade.
    Excelente seu post, Elaine!
    Beijo na alma!

    ResponderExcluir
  58. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  59. Oi Elaine...

    Realmente é muito chato quando há cobrança. Parece uma coisa tipo toma lá, dá cá. Eu abomino. Sou meio esquentadinha e, por vezes, tive vontade de botar a boca no trombone em relação a certas posturas que observo na blogosfera. Só para ilustrar, uma ocasião vi um comentário assim: “oi, acabei de criar o meu blog e estou te seguindo. Passa lá pra me visitar!” O pior é que o post onde a interesseira deixou este comentário era um desabafo da dona do blog que estava passando por uma situação difícil, havia brigado com o marido e estava muito mal. A visitante não se deu ao trabalho de ler o post e muito menos de deixar uma palavrinha que fosse de alento ou de carinho. Só estava interessada em arrebanhar seguidores.
    É verdade que aqui, como na nossa vidinha cotidiana, criamos vínculos, vibramos, torcemos, sofremos, rimos e até choramos com as histórias que nos são contadas. Eu já me senti senti totalmente ignorada quando, na ansia de querer ser útil, de compartilhar experiências, comentava e comentava sobre determinado assunto ou situação que a pessoa estava passando e não recebia nem uma palavrinha sequer de retorno. Deixei de comentar. Simples assim, afinal o que fazemos aqui é dialogar e para haver diálogo são necessárias pelo menos duas pessoas. Não me refiro a comentários opnativos sobre determinada roupa, uma notícia ou uma receita, mas sim de fatos importantes da vida das pessoas. Tem gente que se coloca num pedestal, só comenta em determinados blogs e não responde perguntas quando elas existem. Com panelinhas, panelões ou sem eles, o importante é que, ainda assim, construímos relacionamentos duradouros aqui na blogosfera com pessoas que mesmo distantes de nós se preocupam, interagem e compartilham sua vidas.

    ResponderExcluir
  60. Oi, Elaine!

    Sinceramente, acho que algumas pessoas se perdem um pouco na blogosfera. E me explico: em qualquer ambiente do "mundo real" (não acho que a blogosfera seja um mundo diferente do "real") é comum e aceitável quando alguém chega em um lugar onde outras pessoas já se conhecem, que leve um tempo até que essa pessoa que chegou por último possa fazer parte do grupo. É completamente natural (na escola, no trabalho, no clube, etc.). E também é comum que as pessoas tenham mais afinidades com umas que com outras.

    Aí me pergunto: porque aqui nos blogs isso seria diferente?

    É tão gostoso conquistar amizades, criar laços. A blogosfera perderia metade do encanto se fosse diferente por aqui.

    Beijos

    ResponderExcluir
  61. Ah que post legal !!! Para não variar. hehehe

    Então, eu acho que a maior surpresa que o blog nos dá são as amizades. E elas surgem por afinidades. E qdo não há...o tempo se encarrega de afastar que nem acontece no dia a dia.

    Eu sempre digo que a "coisa" acontece naturalmente sem cobranças.Mas tb acho que tem que haver uma reciprocidade, uma troca.

    É mais ou menos por aí.:)


    Linda e abençoada semana

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  62. Quando eu comecei meu blog, nem imaginava que alguém iria parar e ler o que eu estava escrevendo. Também não conhecia nada sobre a etiqueta das blogueiras. era sim, leitora assídua de alguns, cuja escrita eu me identificava e gostava de ler nas minhas horas vagas.
    A maioria de meus leitores não comentam nada publicamente e isso não significa nada. Mas meus conhecidos já me pararam na rua para me dar incentivos, continuar escrevendo, e tal. O importante é difundir suas ideias ou mesmo desabafar, mesmo que ninguém leia.
    Adoro essa ausência de compromisso. Vou onde quero, leio o que tenho vontade e comento quando estou afim.
    A mesma liberdade dou aos meus leitores.
    Excelente post
    http://a-vida-de-isa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  63. Oi Elaine!

    Sabe que eu não tinha ainda pensado nessa história de identificação com outros blogs, de empatia, e vc está certa! Realmente tem gente que amo de paixão no twitter, conversamos a beça, mas não dá nem pra ficar entrando no blog da pessoa...uma pena mas é real né?

    Bjs

    ResponderExcluir
  64. Hihihi precisou de fugir do marido?
    Fico feliz e lisonjeada com sua opinião a meu respeito, mas não valho uma fissura que não sara!
    Sossegue seu pulso, que eu entendo.

    ResponderExcluir
  65. Eu também concordo plenamente com tudo o que disse nesta postagem, digo ainda mais, muitos vem fazem um comentário nos blog só para arranjarem comentários nos blogs deles, é do género, eu comento no teu e tu comentas no meu.
    Eu já me deixei disso, só comento nos blogs dos quais sou seguidor, quando acho que tenho uma opinião sobre alguma postagem e não por simpatia ou com segundas intenções ( se é que me fiz entender).

    Deve ser por essa razão que o meu blog que hoje em dia até tem uma quantidade de visitas bastante razoável e não tem comentários nem seguidores.
    Só comenta e segue o meu blog quem quiser e quem o fizer que o faça por prazer e não por obrigação.
    Sem mais
    Bem haja a todos

    ResponderExcluir
  66. Sabe que nunca li ninguém se queixando de panelinha? Ainda bem, porque certamente seria desgastante. Não sei bem se existe essa tal de panelinha. Na verdade, penso que não. Até porque, encaro a situação como você: é tudo questão de afinidade ou empatia. E vou além, muitas das minhas visitas com comentários em blogs são pautadas também pelo conteúdo, de qualidade, que o blog possa ter. Para comentar num blog assim, nem preciso ser conhecida da pessoa, muito menos íntima. Basta que o post "me peça" um comentário. Além do mais, não sei que mania é essa do povo querer forçar uma amizade ou intimidade que não existe. Penso que isso vem das pessoas que confundem as bolas e acham que é o máximo ser íntimo desse ou daquele blogueiro. Que besteira, né? Eu acho... e por isso, quero saber onde é mesmo que eu assino embaixo no seu post. :D

    Beijos,
    Lidi

    ResponderExcluir
  67. Cobrar empatia é o fim da picada, né, frô!! Ninguém merece isso, muito menos você que é sempre tão prestativa e simpática com TODOS!

    Se panelinha significa deixar evidente a amizade que saurgiu com outras pessoas em posts, comentários, afe, tô lascada, pq tenho um aparelho completo de panelas então!! kkk Da frigideira á panela de pressão passando pelas panelas de barro e pedra sabão! kkkkkkkk

    É tão evidente e óbvio, ao menos pra mim o é, que a gente procura se afinar com todo mundo, mas há quesitos que vão além da nossa vontade pra que sejamos muito mais empáticos com os outros. Tenho amigos q não abandono por nada nesse mundo, mas que há eras não consigo falar com ele no MSN ou visitar o blog por exemplo, e há pessoas por quem eu tenho uma simpatia enorme, mas que a "liga", por parte dele não se deu comigo e por aí vai.

    Acho q se o povo cobrasse menos e parasse de tanto #mimimi a coisa toda fluiria muito melhor.

    Xerão linda, simpática, amável, amiga que faz parte da minha panelaaa!!!! ;oD

    Paty

    ResponderExcluir
  68. Jura que tem isso?
    Que coisa mais pequenininha, né?
    Acho que é exatamente como vc falou: muita afinidade com uns, nenhuma com outros... e o principal: poder ter liberdade de comentar, seguir,visitar quem quiser!!!!
    Né?
    Bj

    ResponderExcluir
  69. Oi Elaine, Feliz 2011 :)

    Acabei de te enviar um pedido de ajuda através do "Me chama que eu vou", espero que arrume um tempinho para mim. Não tenho pressa, Fique a vontade.

    Quanto ao seu post, acho que está mais do que certa.

    No meu caso, o meu Blog é relativo novo. Embora eu o tenha criado em 2009 não postava muito, na verdade comecei a postar mais agora no final de 2010, e por conseguinte não tenho ainda tantos leitores ao ponto de me debruçar com esse problema, pois recebo poucos comentários e consigo dar atenção a todos.

    Mas, te entendo perfeitamente. Não tem como a gente criar e principalmente, manter, um vínculo de amizade com todo mundo, ainda mais no seu caso, com tantos seguidores e comentaristas. Por outro lado, a questão da empatia, aquele clik que dá quando se conhece alguém também conta e assim, a menos que se passe 24/24 diante do pc, não tem como fazer esse milagre mesmo. Você tem toda a razão. Nunca cobraria isso de ninguém.

    Eu, por exemplo, encontrei seu Blog, estou te seguindo, e isso porque gosto daquilo que você escreve. Quando dá, comento, deixo um oi, mas por fazer isso, eu ou qualquer pessoa, não te obriga a retribuir, afinal meu bem, só nesse post, antes do meu, você já tinha 67 comentários. Se um dia eu conseguir tantos leitores quanto você, talvez também acabe sendo cobrada pelo mesmo hehehehe é o preço, fazer o quê?

    Mas, não esquenta com isso, não. Continue postando como sempre porque quem te segue porque curte o seu blog, certamente te entende e não mistura as coisas.

    Beijos meus.

    Angel.

    ResponderExcluir
  70. Acho que você está certa em tudo o que diz. Em muitos aspectos concordo com você, principalmente por sermos livres para pensarmos como quisermos e até mesmo para escolhermos o caminho que queremos seguir.

    Quando a panelas já escrevi sobre isso no passado e tanto no mundo real, quanto no mundo virtual não entro em panelas. Não entro porque prefiro que minha relação com as pessoas sejam individualizadas. As pessoas com quem interajo dificilmente sabem ou conhecem umas as outras.

    E também não adoto o hábito de seguir alguém. Quero ser livre. Não me importo com a quantidade de comentários, importo-me com a sinceridade deles.

    Ao invés de lista de blogs o que tenho são atalhos na barra lateral, para poder ler mais rápido os lugares que mais gosto. O resto, leio quando posso pelo feed.

    Quando comento não é para que me conheçam ou que me visitem e sim porque o assunto despertou meu interesse e antes de blogar, adoro comentar.

    Lugares dos quais não simpatizo com que a pessoa escreve, simplesmente não visito e quando percebo que não sou bem vinda em lugares que visito não visito mais, para que a pessoa se sinta livre.

    É claro que tenho amigos que conheci através de blog, mas para conseguir amigos através de blog leva um tempo enorme.

    No mais, seu texto é um ótimo ponto para discussão e debate.

    Felicidades.

    ResponderExcluir
  71. @Nathália (Ná), bom dia, flor do dia!
    Olha, para bloquear faz assim: em seu painel do blog clique em Seguidores. Vai abrir uma página com todos os que seguem seu blog. Encontre qual qyer bloquear e clique em Bloquear. Simples assim. Mas isso não impede que ele continue visitando seu blog e eventualmente comentando. Apenas que o avatar dele não vai mais aparecer em seu blog e nem ele vai receber as atualizações quando você postar.
    Não resolve tudo mas ajuda.

    Certo?
    Beijossss

    ResponderExcluir
  72. Literalmente adorei a panela de ferro!!!

    Linda, hoje que li esse se mega texto, não gosto de rasgar seda, tá bam mesmo.

    Será que já estou em alguma panela? Ou panelão?

    Sou totalmente emoção, senti energia boa nas palavras, aí vou.. ficando, comentando, tem blog que sigo, comento, e acho que o proprietário (a) nem sabe da minha existência. Não me preocupo... Preocupo-me sim, com os amigos que cativei e cativo.

    Beijos, Xiiii, já é tarde...

    ResponderExcluir
  73. Deve ter muita gente na blogosfera que não faz outra coisa a não ser blogar e acha que todos estamos nos mesmo barco. Errado chegar pedindo retribuição de visita e mais errado ainda cobrar a não visita.
    Mas isso é o de menos viu? Parece até coisa de adolescente este #mimimi. O que acho mais terrível na blogosfera é a turminha que fica no msn malhando todos os blogues e pior, sempre chega nos ouvidos de quem foi alvo. Então, fica aquela coisa chata, de amizades incertas e as pessoas sem chance de se mostrarem verdadeiras.
    Outro dia um amigo blogueiro recebeu uma declaração de amor, ele rejeitou e a "bandida" ameaçou inventar histórias para a esposa, tipo "Atração Fatal".
    Então, tem muita gente louca por aí! Eu mesma já fui alvo de um troll por quase 3 anos. C'est la vie le blogueur...

    ResponderExcluir
  74. Oi Elaine

    Ainda sou um "bebê" na blogosfera, mas eu sigo e leio muitos blogs que não são meus seguidores e é apenas porque gosto dos posts, da pessoa.
    Muitas podem não ter empatia por mim, mas também nunca me bloquearam e por vezes até aparecem para agradecer.
    Mas tem muita "panelinha" por aí sim. Pode ter certeza.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  75. Uma dia vim a seu blog, gostei passei a seguir. Aprendi com você a fazer back up e sou muito grato.
    Não é possível com tantos seguidores, você visitar a todos.
    Eu sou novo nesse universo estou muito feliz.Sigo muitos que não me seguem, mas compreendo perfeitamente e não vou parar de segui-los, pois gosto deles. Tem até pessoas que não me seguem , mas me visitam e comentam e eu continuo a segui-los. Procuro sempre compreender.
    Agradeço a você por ter este blog que tem ajudado a muita gente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  76. oi, estou iniciando, sou um bebe gostei do teus comentario e oque vc escreveu sobre os blogs. ja elevou + um pouco meu conhecimento. prazer.

    ResponderExcluir
  77. ELAINE QUERIDA..
    vc traduziu com propriedade o sentimento da maioria de nós...
    é fato que não damos conta de dar atenção a todos...
    só se tivessemos alguns secretários...kkk
    eu na medida do possivel visito as pessoas, mas ultimamente(vc é testemunha disso) ando com meu tempo muito limitado, então se alguem se ofender paciencia, não possso deixar de lado minha filha e meus afazeres pra poder fazer visitas..
    quando dá eu vou senão sinto muito.
    agora cobrar isso dos outros chega a ser falta de educação, né???
    claro que se formam algumas panelas, mas isso é na vida em geral, temos mais afinidades com esse ou aquele e esses laços vão se estreitando , não é panela, é carinho, conhecimento, troca de energia boa e por ai vai..
    o importante é mantermos a verdade naquilo que fazemos o resto é consequencia.
    bjuivos no seu coração.
    desculpe o atrazo em comentar...kkkkk

    ResponderExcluir
  78. Elaine,
    Eu já estava prontinha para vir visitar a sua casa (hoje estou recomeçando os ciclos de leitura e visitas... depois do longo processo de mudanças do blog) e vi um link deste seu post no blog da @dona_amelia. Não resisti e vim ler...
    Acho tão complicado essa questão de visitas, comentários e sentimentos das pessoas. Concordo com você que precisariamos o dia todo para retornar todos os comentários, emails e tudo mais com a devida atenção. Eu e várias outras blogueiras tem pouco tempo para dedicar às respostas e não é por má vontade... é o trabalho, é a casa, a família e toda a nossa vida "além blog". Eu também me sinto que respondo parcialmente aos comentários e muito menos do que gostaria... mas preciso fazer escolhas para que o blog seja ainda uma opção não um fardo. Tento administrar, mas como todos, falho e falho muito!
    Com relação às panelas... para mim, parecem aquelas conversas de ginásio. É claro que como blogueiras queremos ser aceitas, queremos fazer parte de algo, mas além disso, acredito que tudo isso seja resultado de afinidades. Existem blogueiras que criei vínculo quase imediato, que aos pouco temos criado até uma relação além do virtual. Lindo, super positivo. Mas isso não pode ser imposto, isso não pode ser antinatural. Eu não me obrigo a nada.
    Acho que é sim panela e não é... acho que são grupos de afinidade... é isso...
    Super beijo!
    lelê
    PS> como está o pulso? Melhorou? Conseguiu ficar um pouco longe do computador??

    ResponderExcluir
  79. oi querida bom esse teu post, bem polemico...tambem concordo contigo sobre ser cobrada, mas acho muita falta de educação quando a gente visita alguem e essa pessoa nem bolufas, então eu visito se não sou visitada não visito mais, claro que concordo que não devemos obrigar ninguem a visitar a gente, mas a gente acaba ficando magoada mesmo...
    E quanto se tem muito comentarios fica dificil mesmo visitar todas num dia só, teriamos que ficar o dia inteiro...mas que tem panelinha isso tem.
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  80. Apoiada, concordo com vc em numero, genero e grau!!!!!!!
    bjs Feliz Ano Novo meio atrasado!!!!!

    ResponderExcluir
  81. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  82. Aff, às vezes é melhor comentar por e-mail, pq até rolar a página onde estão os zilhões de comentários, eu já esqueci o que ia dizer.
    E pior é que esqueci mesmo! kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bel, sua linda!
      Comenta por email, por telefone, por sinal de fumaça!
      beijosssss

      Excluir
  83. Ótimo texto Elaine,cheio de bom senso, é por aí mesmo...Dentro do meu universo pequeno já reparei que muitos visitam uma primeira vez cheios de gentileza e depois que vc add não volta mais, então comecei a seguir só quem eu já conheço ou tem assunto que me interessa, que se quiserem nunca retribuir com uma palavrinha que seja de gentileza...paciência, td bem, o conteúdo do blog é legal. Agora ter número como seguidores e ainda ter que ver coisas que eu não gosto, tô fora! Não me sinto chateado por não me seguirem ou comentar até porque poucos gostam de ler (poesia menos ainda), acho a coisa mais normal do mundo. Sem mimimi, né!
    No facebook também acontece isso, é normal se agrupar por afinidades e sempre tem gente que fica chateado se sente excluída, mas como ser presente no perfil de quem só posta determinadas coisas que vc não curte? Só se for para criar polêmica, basta vc colocar um ponto de vista diferente e o povo já se magoa, fica cheio de mimimi...não entendem que não é nada pessoal. Será que querem que sejamos falsos? Tenso.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…