Janeiro 2011 - * Blog Elaine Gaspareto *

BBB11

em 30/01/2011

Vivemos dias estranhos, não é a primeira vez que digo isso. Dias de meter medo em mim, mulher adulta nascida no século passado.

Este fim de semana, de tanto ver comentários no twitter e nos blogs eu resolvi gastar um tempo vendo o BBB. Aqui em casa marido é fã, assiste pelo pc depois que acaba a edição da televisão aberta, e morando numa casinha de 50 metros quadrados é claro que não fico imune. Não presto atenção, mas claro que sei de tudo, até porque ele, o marido-fã, insiste em comentar comigo. Então tá…

Daí que eu fico assustada. Aquilo ali é mesmo uma amostra de nós??? Que mulheres são aquelas, meu Deus? Tive uma amiga prostituta profissional (um dia conto) que era 10 vezes mais contida que aquelas mulheres do BBB. Aquela liberalidade me soa tão falsa, tão forçada que me dá vontade de chorar por elas. Ou por mim, sei lá.

Elas certamente pensam que são modernas, liberadas e livres. Pensam, ou querem pensar, que são senhoras de si, donas de suas escolhas. Eu olho e vejo o oposto.

Rebolam até o chão, lambem e são lambidas, chupam e são chupadas, abrem a boca e as demais partes “abríveis” do corpo para receber tudo, seja saliva de alguém que acabaram de conhecer, seja doce de leite. Ou seja lá o que for. E no meio disso tudo eu vejo o quanto elas se rebaixam.

Não percebem que são mais escravas do que foram nossas avós. As mulheres do passado sabiam-se oprimidas, e sabiam que a liberdade teria de ser arrancada à ferro e fogo. Essas mulheres às quais me refiro são escravas cegas. Comportam-se exatamente como o dono e senhor (seja ele qual for: o marombado da balada, o empresário ou o Boni do BBB) ordena. Elas querem o que? Dinheiro e fama. E não percebem o des-serviço que prestam a mim e a você, leitora.

Tanta luta, tantas mulheres que gastaram a vida para que fôssemos mais livres e mais respeitadas, tantos sonhos de igualdade para dar nisso: aves com longas asas que jamais perceberão que vivem em uma apertada gaiola enferrujada.

 

Em tempo: estava lendo de madrugada e marido no pc. Uma das mulheres do programa relata, bêbada de dar nó, que foi abusada na infância. Mais um des-serviço. Mais um capítulo nessa tristeza à qual elas se submetem. Ainda que fosse real, será mesmo que usar algo que machuca diariamente tantas crianças e mulheres para se dar bem é válido? Para elas, sim. Tudo vale, vale tudo.

E eles, os homens do programa? São isso mesmo: os homens do programa. Até se rebaixam, mas como dizia meu sábio e antiquado pai: “Neles nada pega”. Machista? Sim, certamente. Mas a julgar pela amostra que vemos no programa o machismo está garantido pelas próximas gerações. São mulheres como essas do programa que se encarregam de perpetuar a prática.

Medo…

Atualização: Este post é minha opinião apenas, e não se dirige às pessoas que apreciam o programa. Eu nem me refiro  ao programa em si e jamais criticaria quem gosta. Meu marido gosta, e ele é a melhor pessoa que conheço, 10 vezes melhor que eu. Tenho amigos queridos que gostam e se divertem. O post fala de um conceito de liberdade, e não necessáriamente do programa. É ruim, eu não gosto, mas tem outros tão ruins quanto.Certo, galera? Por favor leia o post todo antes de tacar pedra rsrs

QUERO LER O POST COMPLETO

Ruim, mas nem tanto

em 27/01/2011

Hoje terminaram as sessões de fisioterapia para meu pulso. Doeram, foram sofridas, ainda não pagas e o pior é que não adiantou muito. Acho que vou operar. Talvez não agora, mas acho que vou….#medo.
A dor cedeu, a bolinha diminuiu, mas dói muito ainda, e eu preciso trabalhar. Não tem jeito, as dívidas se acumulam. Lembra quando eu contei do empréstimo que fizemos junto ao meu sogro para resolver o problema da nossa casa? E somados a este temos outros problemas, muitos outros.

Eu tenho que trabalhar, não tem jeito. Sem contar que minha irmã também depende do meu trabalho para ter o dela… e temos nossa mãe… 500 reais mal pagam a comida dela… e remédios, e as outras coisas?
Sinto um aperto ao pensar no tipo de filha que sou, ela merecia mais de mim… queria poder mais…

Enfim… detesto esse tom triste, eu não sou assim, eu não quero estar assim…
Mas hoje eu meio que desabei…
Porém… tinha graça você vir aqui e ler meu #mimimi e sair triste, né?
Vou contar uma coisa boa, tá?
Este bebê aqui:



Está falando! E fala ao telefone! Imagina uma madrinha/tia boba, chorando ao ouvir a vozinha mais doce desse mundo todinho? Imagina o quanto ele é importante pra mim? Ele me chama de Naine, tia Naine…
Espia a faceirice do garoto:



Olha a cara de “brabo”
Tadinho, caiu e bateu a testa na quina de um degrau, levou 3 pontos. Quase infarto. Quase mato minha irmã. Quase desmaio… se desmaiar eu soubesse…
Dou minha vida por ele fácil, fácil…
Dá pra ficar triste?
Nãoooooo!
QUERO LER O POST COMPLETO

Podia ser eu… ou você

Engraçado como são as coisas nesta vida, né?

Quando começamos a Rifa Solidária muitas foram as blogueiras que imediatamente se prontificaram a doar seus trabalhos para servirem de prêmios (e que prêmios!). Como poderíamos imaginar que em poucos dias uma blogueira, artesã e tuiteira como muitas que doaram seus trabalhos estaria em situação idêntica de perda e sofrimento causados pelas águas.

A Ingrid teve a casa invadida pela enchente em São Paulo e perdeu quase tudo. Material de trabalho, comida. Salvou o gatinho, o cachorro e os filhos. Graças a Deus. Mas foi só.

Ela precisa de tudo. Ela precisa de nós.

Já me disseram que isso de blog é muito blá blá blá e pouca ação. Que as pessoas te chamam de amiga e dizem te adoro mas na hora da dificuldade é cada um por si e ninguém ajuda ninguém.

Claro que eu não concordo. Eu não sou assim, e conheço tantas que não são assim. Mas numa situação dessas como a Ingrid está passando é que temos que fazer valer as palavras que escrevemos.

Vamos fazer alguma coisa? A Luci e eu decidimos destinar uma parte da receita da Rifa Solidária para a Ingrid. Pelo menos a alimentação de alguns dias. Mas é tanta gente  e tanta necessidade…

Se você mora em São Paulo por favor ajude a Ingrid. Ela precisa de roupas, de panela, de louça, de roupa de cama e banho. Ela perdeu tudo. Ajude agora, ajude hoje. Se mora longe doe dinheiro.

As crianças precisam de roupa, ela precisa de roupa. Ela precisa de apoio. Do nosso apoio.

Caso você possa ajudar entre em contato com a Fernanda Reali e ela passa pra você o endereço e os dados gerais da Ingrid. A situação é pior do que as palavras podem traduzir.

O sofrimento da Ingrid poderia ser o meu e o seu. Pense nisso.

 

 

Agora, para tocar a vida eu vou mostrar a você o resultado da extração da Loteria Federal de 26/01/2011. Este é o penúltimo sorteio que premia com 1 livro um dos participantes da Blogagem coletiva Blog Retrô.

Espia o resultado:

cats  Confira aqui na íntegra.

Agora espia ali na sidebar a  relação de participantes e veja quem foi a sortuda!

Alguém conta pra essa moça prendada que ela ganhou 1 livro surpresa?

Não esquece: vamos fazer valer a amizade blogueira da qual tantos desconfiam!

QUERO LER O POST COMPLETO

O melhor editor de texto para seu blog

em 26/01/2011

imagesa Faz tempo que a Letícia, do Casa de Catarina me sugeriu esta pauta. Então hoje chegou o dia: vamos falar sobre editores de texto para seu blog.

O que são editores de texto?

Editor de texto é, na linguagem blogueira, aquele lugar onde você escreve seus posts. Para quem usa o editor padrão do Blogger há 2 opções nativas: o editor padrão e o editor do Blogger in Draft. Mas há uma 3ª opção muito mais completa e recheada de recursos. Mas vamos por partes, né?

Editor padrão do Blogger: É aquele ao qual todos estão habituados. Básico, poucas fontes e poucas cores. Permite a inserção de vídeos, imagens, e caso você esteja já com seu editor atualizado ele permite também que você dê algum tratamento às imagens antes de postar. Melhorou, mas ainda é limitado.

Editor de texto Blogger in Draft: Tem quem não conheça, mas o Blogger tem uma página de testes chamada Blogger in Draft. Todas as novidades que o Blogger lança ficam disponíveis antes no Blogger in Draft. Por exemplo: semana passada o Blogger lançou uma nova coleção de fontes em seu Design de Modelo e só que usa o Blogger in Draft como padrão ficou sabendo. Quer ter no seu blog? É simples!

Em seu painel do blog role a página até o fim. Encontre Blogger in Draft e marque a caixinha. Depois marque a caixinha que aparecerá no topo da página onde diz: Tornar o Blogger in Draft meu painel padrão. Só isso. Ah, Draft é o mesmo que Rascunho, tá?

 

Agora a opção da qual realmente quero falar.

Windows Live Writer

O Live Writer faz parte do pacote Windows Live, que contém também o  Messenger, por exemplo. Assim, se você tem o Messenger instalado em sua máquina, é possível que você já tenha também o Writer. Procure-o na pasta “Windows Live” do menu de programas do Windows. Vá em Iniciar/Todos os programas e ache a pasta Windows Live. Seu Writer certamete está lá.

Caso ele não esteja lá, basta fazer o download gratuito em http://download.live.com/writer. A instalação é muito simples, bastando seguir os passos mostrados pela ferramenta.

Agora vamos aprender como configurar para escrever no blog. É muito simples, todo mundo vai conseguir, confie em mim!

Em Iniciar, aí no seu computador, exatamente onde você achou o Windows Live Writer clique nele. Vai abrir a página dele, do Windows Live Writer, que vou chamar a partir de agora de WLW.

  1. No alto da página entre no menu Blogs;

  2. Em seguida clique em Adicionar conta de blog;

  3. Na tela, selecione o tipo do seu blog. Caso ele seja um blog do Blogger ou Wordpress, selecione a opção Outro serviço de blog. Clique em Próximo;

  4. Digite o endereço do seu blog (por exemplo, http://www.elainegaspareto.com), o seu nome de usuário e senha que você usa para acessá-lo. Clique em Próximo;

  5. Neste momento, a ferramenta se conectará ao seu blog e baixará os arquivos necessários para exibir o layout da sua página enquanto você escreve. Você verá uma tela que diz que o programa está Configurando sua conta do blog. Vai aparecer uma janela fazendo uma pergunta. Responda sim. Dependendo de sua velocidade de conexão, esta etapa pode demorar um pouco. No meu pc demora nem 3 minutos.

  6. Se o processo foi realizado com sucesso, será exibida uma tela para você confirmar o nome com que seu blog será exibido no Writer. Nessa mesma tela, você digita o nome de seu blog. Clique em Concluir.

  7. Você verá o tema de seu blog na tela, igualzinho! Uma beleza isso!

E pode configurar quantos blogs quiser, basta repetir o processo.

Agora é só escrever. E aí está a graça! Olhe para o alto da página e verá o tanto de opções. Se clicar em Formatar verá a opção Fonte. São dezenas! E as cores? Centenas!

Veja os ícones e tudo o que eles significam:

image 

  • Arquivo: comanda as funções do programa;
  • Editar: fornece opções como Localizar texto e muito mais;
  • Exibir: muito útil quando você mudar a cara de seu blog, pois permite Atualizar o tema do seu template;
  • Inserir: permite inserir imagens por exemplo;
  • Formatar: fontes, cores, etc;
  • Ferramentas: uma das mais interessantes é o corretor ortográfico;

O programa permite ainda inserir vídeos direto do YouTube apenas colando o endereço do vídeo, permite redimensionar e colocar marca d’água em fotos e imagens, colocar borda, adicionar efeitos em imagens, inserir e gravar na memória do programa hiperlinks, e muito mais que seria impossível explicar aqui. Vá mexendo, se familiarizando com o serviço e se divirta!

Depois de ter escrito e enfeitado seu post você pode ainda Visualizar. Daí é só escolher Publicar, programar ou salvar o rascunho. Para programar clique em Definir data da publicação no canto direito da tela e escolha no calendário a data e a hora que deseja. Sem erros e sem bug! E você pode escrever suas postagens mesmo sem conexão! Ideal para dias de queda.

E quando tiver postagens postadas com o WLW você as verá no lado direito da tela; se quiser editar é só clicar sobre ela, sem a trabalheira toda de ficar procurando.

Suas postagens nunca mais serão as mesmas!

Este artigo é o último de uma série:  Como administrar um blog

Veja os artigos anteriores:

  1. Administrar o blog- Parte 1
  2. Administrar o blog- Parte 2
  3. Administrar o blog- Parte 3
  4. Administrar o blog- Parte 4

recados-desenhosanimados-6

Agora quero aproveitar para esclarecer algumas coisas:

Devido ao tempo escasso e à minha vida fora do blog, eu não tenho como responder todas as perguntas que me enviam. Na maioria das vezes a resposta já existe em algum tutorial postado no blog, então é só procurar. Existe na minha sidebar uma caixa de busca muito útil e eficiente, que está configurada para encontrar a resposta para qualquer pergunta sobre blogs em meu blog, ou nos blogs parceiros, ou ainda na web como um todo. Certamente a resposta será encontrada, basta digitar na caixa de busca. Que pouca gente usa.

Então, antes de me mandar um email mal criado, pergunte ao Google. Ele com certeza responderá.

Eu faço um trabalho de customização e personalização de blogs, chamado Me chama que eu vou!

É um trabalho, que como todo trabalho requer tempo, estudo, dedicação e paciência. E não é gratuito. Embora eu não trabalhe com valores fixos absolutamente não é gratuito.

Todo o meu trabalho voluntário eu desenvolvo nesta parte do meu blog: São as Dicas para blogs, onde eu reparto tudo o que aprendo, dou dicas e ensino tudo o que posso. Se não ensinei é porque ou não sei ou não chegou a hora. Tento explicar tudo nos tutoriais, ser o mais simples e clara possível, como eu gostaria que tivessem sido comigo no começo.

Mas resposta personalizada, seja por email ou comentário, exigindo pressa e me pressionando (“vai demorar muito pra responder, tô esperando” e “Vai ou não vai dar o passo a passo a passo direito?) realmente não será possível. Dependendo do grau de grosseria, nem pagando.

Certo?

Aos meus amigos e leitores que sempre são queridos e gentis eu peço desculpas pelo tom final do post. Mas quem me conhece já sabe da minha decisão de sempre me abrir e falar. Há tempos decidi não engolir mal criação. Ainda não cheguei ao grau de postar o nome e o link dos mal educados, mas eu chego lá. Ah, eu chego sim!

Agora voltamos à nossa programação normal.

QUERO LER O POST COMPLETO

Trabalhos entregues e um apelo urgente

em 25/01/2011

Quero te mostrar alguns trabalhos que andei realizando recentemente. Mas antes o mais urgente:

O Blog Bazar Solidário está de post novo, com os kits que serão sorteados entre os compradores da Rifa Solidária.
Vendemos até agora pouco mais de 600 números. Faltam 400. E quero lançar um pedido e um desafio:
Vamos lançar mão de todos os meios ao nosso alcance para arrematar esses números? Não é impossível, e depois que você olhar os prêmios ultra-mega-master-blaster especiais duvido você não se animar! Tem coisa demais! E tudo lindo! Nem eu imaginei que seriam tantos prêmios! São kits de prêmios, uma coisa de lindos!
As arteiras/artistas fizeram a parte delas. A Luci fez a dela e a minha, pois se não fosse por ela nada disso teria dado certo já que eu estou meio fora de combate por conta do pulso.;.
Agora eu quero pedir: você que lê o que escrevo, que ri comigo, que ri de mim, que me apoia e que me ajuda sempre: compra uma rifa de mim? Por favor!
Sei que muitos já compraram, mas sei que a imensa maioria ainda não se animou. São apenas 5 reais. Sei que há dias que 5 reais são muito, mas por favor faça um esforço!

Para escolher seu número clique aqui.
Daí então você clica aqui e compra seu número, pega os dados para depósito e fica feliz em ter ajudado!
Me ajuda a divulgar os kits de prêmios? Clique no banner do Blog Bazar Solidário e veja. Compre, divulgue, ajude. Nosso pouquinho pode fazer a diferença pra alguém…


Agora meus trabalhos:
Lili Bolero O blog Lili Bolero pertence à Eliana.Este foi um trabalho especial pois na verdade eu “copiei” o desenho geral do blog, adaptando um template nativo do blog para que ficasse o mais parecido possível com o modelo não-nativo que ela usava antes e que não permitia quase nada de personalização. Adicionei muitas coisas, personalizei e o blog ficou lindo!  Espia o título do blog como ficou bonito! Visite a Eliana e diz que mandei um beijo?

E este:
Incongruente Lisura
Incongruente Lisura é um dos blogs da Ana Cristina e também foi um desafio porque ela me disse que não queria flores, nem nada exagerado, nem rosa. E minha “alma patricinha” teve que dar um tempo rsrsrs
Ficou lindo e original, gostei da escolha dela, um blog sóbrio e elegante. Veja lá os textos dela, uma escritora maravilhosa e que ainda de quebra tem umas receitas de drinks de dar água na boca. Mas aí já é outro blog…
E para terminar:
Ateliê da Alê Este é o Ateliê da Alê, da talentosa Alessandra Nardes. Este trabalho ficou tão lindo, tão lindo, e eu fiquei tão feliz com ele! Isso é coisa boa demais, né?  Clique sobre a imagem e veja com seus próprios olhos! E para este blog eu fiz também algo que nunca tinha feito: a arte para cartões de visita e tags para os trabalhos lindos que ela faz. E tem prêmio dela na Rifa Solidária!


Estou montando um blog com todos os meus trabalhos juntos e também com mais informações sobre orçamento e consultoria personalizada. Aguarde!
Enquanto isso:
QUERO LER O POST COMPLETO

O mundo está mudando

em 24/01/2011

dream_standard_1280x9601 Sim, o mundo está mudando. Devagar, pois mudanças profundas levam tempo. Mas elas estão acontecendo. Graças a Deus, pois já não era sem tempo!

Domingo de tarde eu estava assistindo a um programa na Globo e a Glória Maria estava presente com as duas filhas, lindas e felizes as três. Enquanto ela falava com a apresentadora, de pé, atrás dela, a babá das meninas tentava conter a maiorzinha sem muito sucesso pois criança saudável é agitada mesmo. Sabe o que me chamou a atenção? A babá é branca.

Há algumas décadas atrás essa seria uma cena impossível: a patroa negra sendo entrevistada com respeito enquanto a babá branca observa. Sempre foi o contrário: babás negras para crianças brancas. Os tempos estão mudando, louvado seja Deus!

Eu tenho a firme esperança de viver para ver o dia em que uma pessoa não mais será julgada ou catalogada pela cor da pele, seja ela branca ou negra. Porque a praga do racismo existe em todo lugar,e o que determina se somos vítimas ou algozes é se a gente é maioria ou minoria…

Também em relação às relações afetivas as coisas estão mudando. Antes seria inimaginável uma dona de casa classe média normal e comum se emocionar com o sofrimento do parceiro gay que perdeu para a morte o amor de sua vida. Hoje isso já é uma realidade, e até minha mãe, com seus 71 anos, chorou com as lágrimas do personagem da novela das 7.

Hoje vemos os casais gays com outros olhos. Vemos o afeto onde antes só víamos safadeza. Vemos amor e não sacanagem e bizarrice. Os tempos estão mudando e eu espero ver ainda em vida o dia em que um menino não mais se matará porque se descobre homossexual. E nem será assassinado por isso…

Eu tenho um amigo, filho nº 5 de uma família de 11 filhos. Filhos de pai negro, criados em extrema pobreza, migrantes. Esse meu amigo cursou 3 faculdades, trabalha em 2 empregos muito disputados e ano passado comprou uma casa com piscina e que ocupa quase meio quarteirão. Tem um menininho e  será pai de uma menininha por esses dias.
Ele deu a volta nas estatísticas e subiu na vida à custa de trabalho, estudo e muito esforço. Os tempos estão mudando e é possível sim sair da miséria e subir na vida. E ser feliz.

Os tempos estão mudando. Somos deste tempo, e não adianta torcer o nariz para um casal gay que deseja adotar um filho ou para o menino pobre que consegue comprar uma casa boa e 2 carros bons com seu trabalho. As mudanças virão.
Veremos filhos de famílias homoafetivas sim, veremos o migrante se dar bem, veremos as mudanças quer sejamos parte dela ou não.

Eu quero ser parte dessa mudança. Eu quero ver essa mudança. Quero viver em um mundo onde todos sejamos iguais: mesmos direitos, mesmos deveres, mesmas chances, mesmo respeito.
E você?

E como bem lembrou a Sandra (muito obrigada pela música linda!), segue uma canção para acompanhar você esta semana:
QUERO LER O POST COMPLETO

Minha estória de amor

em 23/01/2011

Uma das coisas mais difíceis nesta vida é me fazer contar intimidades de casal. Mas seria impossível contar outra estória de amor para participar da Blogagem coletiva que celebra o aniversário do Cantinho She que não fosse a minha própria estória…

Senta e prometa não rir.

 

Em 1992 eu havia acabado de terminar um noivado de 4 anos. Estava naquela fase “eu sou de ninguém” e foi bem aí que conheci meu marido. Claro  que demorou um pouco pra que ele fosse marido, mas já já eu chego lá…

Aqui na minha cidadezinha, naquela época, o lugar onde a gente ia arrumar namorado era a única avenida da cidade. Uma coisa muito caipira mesmo: a gente ficava dando voltas na avenidinha… mas uma infinidade de casas surgiram assim. Delícia que era…

Então, estávamos eu e uma amiga na ponta da avenida com um saquinho de batata frita cada uma, já preparando para a caminhada de volta para casa quando ele, na carona de uma moto, passou por nós e… arrancou o saquinho de batata frita da minha mão.

Sim, passou por mim na ponta da avenida, fez a curva, arrancou minhas batatinhas de mim e foi-se. Eu fiquei plantada, pasma, quiném uma idiota, olhando…

Na volta seguinte ele devolveu a batata, desceu da moto e se apresentou. Sim, ele sempre foi assim muito oferecido mesmo rsrsr

Conversamos, eu conhecia o amigo que estava com ele, isso era um sábado à noite. Domingo nos vimos de novo, na quarta-feira eu topei com ele na rua saindo do trabalho. Na semana seguinte era feriado de finados e enquanto eu ia à missa ele ia à uma boite que havia por aqui. Na verdade ainda há, coisa mais antiga isso de boite… E de repente eu comecei a tropeçar no garoto pela cidade…

Eu tinha pouco mais de 20 anos, ele ia fazer 18. Mas a diferença de idade era a menor das diferenças: ele vinha de uma família em tudo oposta à minha. Menino de boa família, bem de vida, cara de quem comeu muito danoninho na infância… Nunca havia tido uma namorada séria na vida, era baladeiro e já havia rodado o estado com amigos e uma mochila.

Eu era arrimo de família, madura demais para meus 20 anos, com uma estória de muita luta e sofrimento. Resumindo: eu tinha um passado e ele era um garoto bonito, bem de vida e despreocupado que jamais pagara uma conta de mercado na vida.

Mas, apesar de tudo, a coisa engrenou. Ele me beijou 2 semanas depois de nos conhecermos, e aí foi definitivo. Em dezembro eu conheci os pais dele, que sempre foram os melhores pais e melhores sogros deste mundo.

Ah, os beijos… era uma coisa, uma fogueira, labareda mesmo. Eita menino animado… animador…

Ele começou o serviço militar. Ele voltou a pisar na igreja, fez catequese, em 1 ano estava crismado. Quando ele fez 21 anos compramos as alianças e em menos de 3 anos de namoro estávamos casando no dia 22 de dezembro de 1995, numa noite de estrelas e luar. Até as paredes da igreja tinham estrelas… luzes de natal…

Se foi fácil? Claro que não. Nos 5 primeiros anos eu quis me separar pelo menos 1 vez por mês. Ele era muito jovem, e de repente cair numa vida adulta foi demais pra ele; as brigas eram muitas, especialmente por conta de dinheiro. Depois eu parei de quere me separar e aí as coisas foram se ajeitando. Ele cresceu, eu cresci. Ele ficou mais sério e absolutamente responsável e senhor de si; eu fiquei mais solta e aprendi a brincar mais, a não ser tão tensa sempre.

Se o amor vence tudo? Sim. Amor e muita paciência, de parte a parte. Amor só não basta. Se não tiver paciência e vontade de fazer dar certo amor só não dura 1 ano.

Ano passado completamos 15 anos.

Engraçado…

Parece que foi ontem que um menino bonito roubou minha batata frita sem sal… e de quebra levou também meu coração.

 

She: feliz aniversário bloguístico! Parabéns pra você! Parabéns pelo blog e pelas vitórias!

QUERO LER O POST COMPLETO

O preço de uma vida

em 21/01/2011


Outro dia vi uma entrevista do Pe. Fábio na TV Brasil e fiquei, como sempre, muito impressionada com o dom excepcional que ele possui para tirar poesia de coisas cotidianas. Isso é algo muito raro e lindo pois a maioria das pessoas extrai do dia a dia apenas coisas ruins, mas esse homem de Deus, apesar de todas as críticas que sofre por conta do estilo diferenciado, consegue extrair coisas lindas e profundamente inspiradas de canções seculares e populares.
Escolhi esta para inspirar seu sábado. Inspira minha vida.


Mesmo quando só melancolia
Viver só traz desarmonia
Sem um amor pra suportar viver
Mesmo quando a casa é oposto ao que é bem viver
E choras sem saber bem por que foi, sente
Há uma força em nós, meu grande amigo
Mais forte que ficar sózinho
No velho mundo gasto e sem calor
Estás farto de uma vida que não tem valor
E de certa nostalgia que não te deixa em paz

Quando for tocar o dedo na ferida
A força que ela tem, o preço de uma vida
De nada valerá viver
Se a gente não sonhar
A vida é só pagar pra ver



Hoje, quando o ódio move o mundo
E o silêncio toca o fundo
Com um rumor que não suportas mais
E te dói pensar que o mundo é terra de ninguém
Mesmo quando a esperança
Por si só não bastar mais
Só nos valerá se nessa morte em vida
O amor com amor pagar o preço de uma vida

Se não se sonha mais, de que nos valerá
Mesmo a quem por mal ofende
Ou que nos vende sem pagar
Quando divisar a terra prometida
A reconhecerás, o preço de uma vida!


Aquele que pagar pra ver
Nunca mais vai se afastar
Nunca mais vai se perder



Nos barracos das favelas
Dessa nossa hipocrisia
Mesmo em meio às etiquetas
De uma falsa cortesia
É o anjo que te guarda
E que reconhecerás
Como a força mais ousada que há em nós
Que sonha e não se renderá

Quem viver verá a sorte decidida
O amor irá pagar, o preço de uma vida
Se não se sonha mais,de que nos valerá
O que luta cada dia por ser em nós
O que não morrerá
Quando divisar a terra prometida a reconhecerás: o preço de uma vida!
Aquele que pagar pra ver
Nunca mais vai se afastar
Nunca mais vai se perder

19776gpl8tav10f[1]

Escolha viver bem hoje.
Não desperdice o dia, não desperdice a vida pois ela foi paga por alto preço!

Bom sábado!
QUERO LER O POST COMPLETO

Como criar e enviar uma newsletter aos seus leitores do blog

em 20/01/2011

O dia da semana de postar dicas para blogs foi ontem, mas acontece que o assunto hoje é importante! Deixa eu explicar?

Chegamos quase à metade dos números da Rifa Solidária. Agora vamos partir para uma segunda fase da maratona de divulgação e para isso eu preciso de você mais do que nunca!

Então pensei, e tive a ideia de pedir que você envie para seus “seguidores” uma newsletter divulgando a rifa. Peraí… newsletter??? E que raio é isso? Como envia? Comofaz?

É aí que eu entro. Vou ensinar você como enviar um informativo virtual para seus seguidores, de uma vez, em poucos passos e sem enviar centenas de email. Vamos usar o Google a nosso favor? Vem!

Para começar esteja logado com sua conta do blog. Agora vá ao seu painel de controle do blog e clique em Minha conta lá no alto da página. Agora, na página que vai expor seus produtos Google escolha Google Friend Connect. Se você estiver logado clique no link. Vai abrir uma página parecida com esta:

frClique então sobre Envie um boletim informativo. Vai abrir outra página:

fr1Coloque o título que desejar. Eu sugiro Rifa Solidária- Para salvar uma vida. Preencha o nome do remetente. Sugiro seu nome ou preferencialmente o nome de seu blog. Ou ambos. Em seguida escreva o texto.

Para facilitar vou deixar ao final do post um modelo, já com imagem inclusive. Será o boletim que vou enviar aos meus leitores.  Mas você pode escrever o que quiser, com suas palavras. É como um post normal de seu blog, onde podem ser colocados links e imagens.

Escreveu? Agora vá para a etapa 2: Escolher destinatários. Deixe marcada a caixinha Todos os assinantes.

Importante: Meu blog possui atualmente 1625 seguidores públicos e cerca de 150 privados. Mas eu só posso enviar o boletim para 1050. Eu não sei ao certo o motivo, mas suponho que seja porque uns não seguem o blog com conta Google, e outros ainda não possuem perfil público. Então não estranhe se o número de envios for menor que o número de seguidores que seu blog possui.

Agora clique em Visualizar e enviar boletim informativo. Visualize, confira se está ok e clique em Enviar. Espere até o envio ser concluído. É rápido, eu levei menos de 5 minutos.

Pronto. Só isso. Essa dica é útil para quando você for fazer sorteios e promoções no blog, promover blogagens coletivas, desejar feliz ano novo… e pedir para seus leitores comprarem um número da Rifa Solidária….

 

Falando em rifa: confira neste link aqui se o número que você comprou está mesmo reservado. Se tiver algum problema entre em contato através deste email: artesdaluci@gmail.com. Caso tenha escolhido um número e ele esteja indisponível diga que não se importa, peça à Luci para escolher e deixe com a sorte…Você entende, né? Até porque o presente que é seu é seu e pronto.

O quê???? Ainda não comprou nem 1 numerozinho da rifa? Clica aqui ó:e compre! Só 5 dinheirinhos… uma coca e uma coxinha a menos na sua cinturinha…

 

Modelo de Boletim informativo:

Olá!

Você está recebendo este Boletim porque é seguidor(a) do blog COLOQUE AQUI O NOME DE SEU BLOG. E o motivo que tenho para enviar essas palavras a você é muito importante!

Diante da tragédia que assolou a região serrana do Rio de Janeiro algumas blogueiras se uniram para arrecadar prêmios e organizar uma Rifa Solidária, que tem como onjetivo ajudar as vítimas das chuvas e deslizamentos.

Você pode ajudar! Compre um ou mais números desta Rifa Solidária! Por apenas 5 reais você concorre a vários presentes doados por talentosas artesãs e ainda pode ajudar a salvar uma vida!

Para comprar seu número e saber todos os detalhes da Rifa Solidária clique sobre o link.

Muito obrigada. Há homens, mulheres, crianças e animais que precisam desesperadamente de ajuda. Seu pouco pode significar o jantar ou almoço de alguém…

QUERO LER O POST COMPLETO

Como instalar o Google analytics em seu blog

em 19/01/2011

blog_logo1 Outro dia eu comentei neste post aqui sobre o uso do feed para tornar o blog mais popular e fidelizar leitores.
Hoje quero falar de um outro recurso disponível no cardápio Google que pode ajudar, e muito, na administração de seu blog:

Google Analytics

Para começar eu quero dizer que, embora o Blogger tenha dado um passo importante ao disponibilizar a aba Estatísticas o Google Analytics ainda é o mais completo e confiável recurso para conhecer tudo sobre o tráfego em seu blog, as fontes de chegada dos leitores, as páginas mais vistas, as palavras-chave usadas nas pesquisas que direcionam para seu blog e muito, muito mais! Através dele você descobre de onde e como seus leitores chegam ao seu blog, se foi através de pesquisa, quais termos de pesquisa o Google direciona para seu blog, o tempo médio dos leitores em seu blog, quantas páginas cada leitor acessa em média e muito mais!!!
Agora que você já sabe para que serve a ferramenta, vamos aprender o básico para começar a usar?

Estando logado acesse este endereço: Google analytics. Você verá esta página:
image Clique em Inscreva-se. A seguir preencha com os dados solicitados: URL do site (http://ENDEREÇO DO SEU BLOG.blogspot.com); Nome da conta (nome do seu blog); País ou território do fuso horário(Brasil); Fuso horário (escolha o seu). Clique em Continuar.
Agora preencha com seu sobrenome, nome e país. Clique em Continuar.
Vai aparecer o contrato de serviço. Leia tudo… e ao final marque a caixinha embaixo. Agora clique em Criar nova conta.
Pronto! Agora copie o código fornecido e em seguida clique em Salvar e concluir.
Agora preste atenção!
Vá ao seu painel do blog, clique em Design. Na página que abrir escolha Adicionar gadget. Vai abrir uma janelina, escolha HTML/JAVASCRIPT e na nova janela que abrir cole todo o código copiado do Google Analytics. Salve. Tá feito!
À partir de agora seu blog começará a ser monitorado pelo Google Analytics.
Para te dar um exemplo, pelo Google Analytics eu sei de onde vieram meus visitantes, qual blog mais envia visitas ao meu, meus números em visitantes únicos, páginas vistas, termos de pesquisa que direcionam para meu blog, o tempo que o leitor passa em meu blog, as visitas diárias, etc… Veja um demonstrativo:
anPor este relatório eu vejo que o blog que mais direciona visitantes para Um pouco de mim é Fernanda Reali. E isso já faz tempo… sou devedora eterna dessa moça…
Importante!
O primeiros dados demoram uns dias para serem enviados. Sem pressa, tá?
Depois de tudo pronto, quando você clicar em Minha conta, lá no alto do seu painel do blog, você  verá a opção Google Analytics. Clicando sobre ela verá os relatórios sobre seu blog, atualizados dia a dia. Esteja sempre logado, certo? E para ver os relatórios clique em Visualizar relatório, lá na página do Google Analytics.
Gostou?
Quer ter em seu blog mas achou complicado?

E faço pra você!

Este é o penúltimo artido da série Como administrar um blog. Para ver os artigos anteriores acesse:
Administrar o blog- Parte 1
Administrar o blog- Parte 2
Administrar o blog- Parte 3
Semana que vem tem mais. Vamos descobrir um monte de coisas sobre editor de texto.
arabesco-m
QUERO LER O POST COMPLETO

Minha declaração de amor

em 18/01/2011

Domingo passado, contrariando minha convicção pessoal de não dar Ibope pra manchetes sensacionalistas que exploram a desgraça, eu assisti a uma reportagem do Fantástico, aquela sobre o pai que cavou debaixo de 4 metros de lama até chegar ao filhinho de 6 meses e conseguiu manter o bebê vivo e espantosamente bem. E tendo ao lado os corpos da esposa e da sogra.

Nem preciso dizer que chorei horrores, vi no rostinho do menininho meu sobrinho de 1 ano, chorei e pensei muito…

Há pessoas que se agarram à vida. Pessoas que amam tanto viver e se agarram com tanta força à vida! Que lutam contra adversidades incríveis, que vencem todos os dias e que não desistem. Pessoas com doenças graves, pessoas como esse pai, que se agarou à vida tanto sua quanto do bebê.

E há quem desista de viver. Uns dão o passo fatal, se atiram nos braços do fim. Outros fazem ainda pior: desistem de viver. Deixam a vida amornar, deixam a vida passar. Acostumam-se à não-vida. Abdicam da felicidade porque acham que ela não existe. Deixam literalmente a vida levar, sem se envolver sequer com a própria vida... Não levam a vida, não vivem. Fogem da vida, com suas dores e suas glórias.

Eu quero viver! Jamais quero desistir de viver! Jamais quero sentar e ver a vida passar ao largo de mim! Quero muito viver e ter na vida e da vida tudo o que ela tem!

Então, minha declaração de amor é para a vida, a minha e a sua. Essa coisa linda e misteriosa, que começa misteriosamente e misteriosamente se mantém, essa dádiva, esse dom que é a vida!

Sei que há muitas pessoas que, passando por momentos ruins, pensam em desistir da vida do modo definitivo. Mas eu digo que ainda que esteja ruim, ainda que esteja uma merda, ainda que haja dor demais e alegria de menos, ainda assim viver é a melhor coisa que podemos fazer!

Vida! Eu amo você, com toda a garra do meu coração, com todas as minhas forças, com toda a minha convicção. Quero ficar junto a você pra sempre (sim, aquele que ama a vida e a busca jamais morrerá) e quero que a vida em mim seja cada vez mais fértil e generosa!

Vida, eu amo você!!!!ivy_bar37

Este texto faz parte da Blogagem coletiva proposta pela Nilce em comemoração ao aniversário de 1 ano do blog A vida de uma guerreira. Clique no link e veja os demais participantes. São textos lindos e que vão encher seu dia de amor!

bom dia20

QUERO LER O POST COMPLETO

Esclarecimentos sobre a Rifa Solidária e um nascimento: tem bebê na área!

em 17/01/2011

  

Vamos esclarecer algumas dúvidas que surgiram ou que possam eventualmente surgir?

1- Quero ajudar, mas não sei fazer nada.

Compre números da rifa, e assim que os itens do Blog Bazar Solidário estiverem disponíveis compre algo. Pode também doar algo, ainda que tenha sido feito por outra pessoa. E divulgar a rifa e o bazar são fundamentais para o sucesso. Posso contar com você?

2- Como faço para comprar meus números da Rifa Solidária?

Clique sobre este botão e acesse o formulário:

Nele estão contidas as informações e o número da conta da Luci para depósito do pagamento.

Um pedido importante: antes de escolher seus números veja esta tabela:  Ela lista aqueles que estão disponíveis. Ou não escolha e confie um dos muitos prêmios está reservado para você!

3- Estou sem grana, não sei fazer nada mas quero ajudar.

Sim, você pode! Ajude a divulgar! Por favor, ajude a divulgar muito! Blogs, twitter, orkut, facebook… Temos a missão de arrematar 1000 números! E com sua ajuda vamos conseguir!

Para encerrar: caso você tenha enviado email para mim oferecendo ajuda e ainda não recebeu resposta diga nos comentários. Devido ao meu pulso ferido a Luci está respondendo aos emails que chegam pra mim, além dos que chegam pra ela… Daí você imagina o tanto de email pra responder… E infelizmente algum pode ter passado, ou eu ter esquecido de encaminhar. Desculpa eu? E diga nos comentários que a gente tenta corrigir.

 

Ah, e o bebê?

É este:

Espia lá que coisinha mais cute-cute… não vá deixar o bebê sozinho, hein!

Não entendeu nada do que estou falando? Clica aqui e leia o post para entender tudinho, se animar e ajudar a salvar vidas humanas e vidas dos animaizinhos.

QUERO LER O POST COMPLETO

Para salvar vidas- Rifa Solidária - Você pode ajudar! Vem!!!

em 16/01/2011

Vi no Twitter pessoas retuitando pedidos de ajuda. Isso tudo é muito bom. Mas precisamos ir além. Palavras são boas, mas acompanhadas de gestos elas são poderosas!

Todos nós estamos muito tristes com a tragédia que desabou sobre a região serrana do Rio de Janeiro. Vemos blogs postando a respeito, vemos no Então, depois de secar as lágrimas e passar 2 noites sem dormir pensando, eu propus à Luci Cardinelli algo mais prático. Propus a ela porque ela foi das primeiras a agir concretamente no sentido de ajudar as vítimas via blog e twitter. Ela topou na hora, e agora a proposta é para você  
Leia com atenção.
Com o objetivo de arrecadar dinheiro para a compra de comida e artigos de 1ª necessidade que ajudarão as vítimas das enchentes e deslizamentos de terra do Rio de Janeiro nós estamos lançando uma rifa.
Serão disponibilizados 1000 números, de 0001 até 1000, pelo valor de R$5,00 cada número.Todas as pessoas que desejarem ajudar podem adquirir um (ou mais) destes números. Para fazer isso é simples:Preencher este formulário aqui e reservar seu(s) número(s).Em seguida retornaremos seu email e informaremos o número da conta que receberá os depósitos do pagamento. Após a confirmação do pagamento seu(s) número(s) escolhido(s) será marcado. Caso algum  número escolhido não esteja mais disponível você poderá escolher outro. Mas isso é o de menos, certo? Você já é um ganhador apenas por ajudar!!!


Atualização: O número da conta já está disponível no próprio formulário. É só escolher, pagar e avisar à Luci Cardinelli neste email: artesdaluci@gmail.com.

Os prêmios desta rifa ainda estão sendo listados. Temos muitas pessoas, arteiras talentosas e pessoas generosas, que estão disponibilizando seus trabalhos. Assim que a lista de presentes estiver completa eu e todos os envolvidos na ação divulgaremos amplamente.

Atualização: em breve colocaremos “no ar” a lista de prêmios a serem sorteados! Aguarde!Enquanto isso, compre números da rifa! Divulgue!

O sorteio será feito pela Loteria Federal de 02/02/2011 (quarta-feira). Este sorteio define os 5 primeiros ganhadores. Os outros 5 ganhadores serão definidos na extração de 05/02/2011 (sábado). A relação dos prêmios será divulgada assim que definirmos as doações. Faremos kits de prêmios, pois tenho certeza que muitos mais serão doados!

Para adquirir seu(s) números clique sobre o botão:
Rifa Solidária

Caso queira ajudar na divulgação esta parte do post pode e deve ser copiada e postada em todos os blogs! Vamos agir, gente! Aproveite e leve o selo da Rifa Solidária. São 2 tamanhos, escolha qual se adapta melhor ao seu blog:


Link-Me

Como inserir?
Copie o conteúdo da caixinha, vá ao seu painel de controle do blog e clique em Design. Agora clique em Adicionar gadget e escolha a opção HTML/JAVASCRIPT. Na janelinha que abrir cole o código que você copiou da caixinha. Salve.
Sua divulgação e ajuda podem significar a comida para alguém hoje!
Divulgue, copie o post e poste em seu blog, leve o selo, peça ajuda prazamigas, compre números da rifa.
Vamos transformar dó e pena em solidariedade e atitude!
QUERO LER O POST COMPLETO

Eu e o doutor (e meu trabalho mais recente)

em 14/01/2011

Aqui na minha cidade existem 2 ortopedistas que atendem na Santa Casa de Misericórdia: o Dr. Vítor e o Dr. Massahiko (que na minha meninice eu jurava se chamar Massarico).E ambos têm estilos bem diferentes: enquanto o Dr. Vítor gosta de fisioterapia para tudo, até para perna quebrada, o outro gosta de operar. Tudo. E eu fui atendida por este que gosta de operar.

Daí que a fissura no pulso é o menor dos males. A vida toda eu tive uma dor na mão direita, mais específicamente no dorso da mão. Uma bolinha do tamanho de uma bola de gude foi crescendo, doendo… eu fui ao médico, ele queria operar. Com alguns antiinflamatórios a bolinha sumiu. Isso foi há 3 anos atrás. Mas a tal bolinha voltou. É uma espécie de hérnia que se instala entre os ossos dos dedos médio e indicador, no dorso da mão, há uns 5 cm. do pulso. Um pouco em função do meu trabalho: 25 anos cobraram o preço.

E caso eu faça a cirurgia o resultado é uma incógnita. Pode inclusive reduzir a mobilidade da mão. E a tal bolinha volta porque ficar sem usar a mão é impossível.

Claro que o outro médico sugere fisio. Claro que eu concordo com ele. Até porque a possível cirurgia talvez trouxesse mais dano que solução.

A fissura no pulso é devido ao esforço, e aparentemente uma coisa está ligada à outra. Antigamente a gente dizia que “a munheca abriu”, lembra? Abriu e trouxe de volta a bolinha…

Então agora serão, a princípio, 4 sessões de fisioterapia. Pela mixaria de… 150 dinheiros por sessão. Vai ver eles usam ouro na fisio…

Dói muito (no bolso inclusive), os exercícios doem ainda mais. Não gosto disso não, sabe?

 

Mas como nem só de dor a gente deve falar eu quero te mostrar um blog lindinho que entreguei ontem.

louise Ele pertence à minha leitora mais jovem. Sim, a Louise tem apenas 12 anos e lê meu blog desde o começo dele. É uma menininha muito linda, filha da Marise. Ela é de uma inteligência espantosa para a idade, sabe coisas de computação que eu não sei, é linda demais e de uma gentileza única. Quando pedi a ela que me dissesse o que queria no blog ela foi certeira! Sabia exatamente o que queria! Coisa rara mesmo entre nós blogueiras com um pouquinho mais de 12 anos…

Foi um dos blogs mais lindos que fiz, delicado e suave. E foi dos que mais gostei de ter feito. Estou feliz mesmo!

Passa lá… uma blogueira tão jovem bem que merece um apoio, né? E veja que blog lindo ela tem!

sni05

QUERO LER O POST COMPLETO

Dádiva

em 12/01/2011

Você tem medo?

Eu tenho, muitos. Muitos mais do que imaginava quando comecei a formar esse post em minha cabeça.

Eu tenho medo de ventania. Já vi minha casa, quando eu era pequena, ser destelhada. Tenho medo de bichos que voam. Tenho medo de cobra, que não voa; se bem que dizem haver uma serpente colombiana que voa… pavor! Tenho medo de ficar doente de verdade. Tenho medo de ficar sem um tostão. Tenho medo de perder a memória. Tenho medo de ficar muito velha e depender dos outros. Tenho medo de chuva. Tenho medo de gente má.

Tenho medo de ser atingida por um raio, tenho medo de multidão. Tenho medo de gente dona da verdade, tenho medo de gente “boazinha”. Tenho pavor de perder todas as minhas seguranças.

Medo…

E o mais engraçado a respeito do medo é que a gente alimenta ele. Daí ele cresce e fica maior do que a gente…

Estava pensando nisso enquanto via as reportagens sobre os deslizamentos em Teresópolis. Tenho um medo imenso, maior que tudo, de passar por algo como aquilo. Olho o rosto das pessoas e me vejo ali, sinto o horror, sinto a desesperança. Sinto o desamparo de quem perde tudo.

Olho à minha volta e vejo minhas coisas, coisas simples como um livro, um enfeite, um objeto qualquer. E vejo como essas pequenas coisas dão a sensação de segurança… E sinto pelas pessoas que perderam tudo… e tantos perderam a vida…

Mas sabe? Vendo coisas pavorosas como essa tragédia no Rio eu sinto uma ânsia muito grande de viver. De ser feliz, de ser melhor, de fazer algo pelas pessoas, mesmo que seja um pouquinho. Eu sinto que amanhecer viva é uma dádiva.

É tão comum, afinal acordamos vivos todos os dias… que esquecemos que é uma dádiva. Que deixamos passar a dádiva sem perceber que é uma dádiva.

Você amanheceu vivo hoje? Então você já começou o dia bem…

weddings-peach-roses-cake-decor-lg

Você já fez sua postagem do Blog Retrô? Hoje tem sorteio via Loteria Federal entre todos os inscritos que postaram!

Espia só!

loteria federal de 12/01/2011  O 1º prêmio é o nº 07.611. Olha ali na sidebar a quem pertence o número 11. O presente é um livro surpresa!

Semana que vem tem mais sorteio! Se você ainda não se inscreveu, dá tempo. Vamos juntos até o fim de janeiro de 2011!

Blog Retrô

Vem!

QUERO LER O POST COMPLETO


Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários