Novembro 2010 - * Blog Elaine Gaspareto *

A hora da virada

em 29/11/2010

Desde que começaram as notícias sobre a ação policial no Rio eu pensei algo que depois li aqui e ali: É a hora da virada. Se a polícia e o governo firmarem as decisões e não voltarem atrás é agora que o Rio será devolvido aos cariocas.
E pensando nisso, eu pensei na vida…

Já percebeu que tem mesmo uma hora em que a gente precisa dar uma virada na vida?
Às vezes pode ser o trabalho, ou a família, ou o amor… tem coisas que vão se somando, se juntando, se tornando uma máfia na vida da gente, e quando vemos estamos sufocadas e atoladas. De trabalho, de tristeza, de culpa, de dor. Um buraco sem fim e sem fundo… Quem nunca esteve, ou está, assim?

Mas… enquanto não tem terra por cima ainda é tempo de dar aquela virada! Vou te contar uma coisa:
Eu, quando tinha uns 32 anos, tive uma crise séria. Atolada de trabalho, com problemas financeiros, grupo de oração para coordenar e mais um tanto de coisas, como mãe, irmã, e por aí vai… Eu chorava a todo momento, escondida, claro. Eu rangia os dentes enquanto dormia, quando dormia. Acordava no meio da noite agoniada, sufocada. Quanto mais trabalhava mais dívida tinha, mais agoniada ficava. Isso durou anos…

Até que um dia, em função da coordenação do grupo de oração, eu fui participar de um encontro com profissionais da saúde. Houve um workshop e o tema era qualidade de vida. A terapeuta era muito boa, e eu aprendi algo para a vida!
Todos nós precisamos de um momento no dia para nós, para estarmos conosco. Fazendo algo para nós, ou fazendo nada.

Eu aprendi isso, e faço até hoje: pode cair o mundo, pode ter pressão de todo lado, mas das 11:30hs. até o meio dia e meia eu sou minha, todos os dias. Eu entro em meu quarto, apago tudo, e fico comigo. Eu cochilo, eu leio, eu penso. Eu me dou pra mim.

Marido já se acostumou. Pode tocar telefone, pode tocar campainha, pode cair a casa.
Depois volto à luta. Feliz, renovada. Esta foi a minha virada em um período muito ruim. Pode parecer pouco mas foi definitivo.
Voltei a ler, voltei a pensar. Decidi viver melhor. Deixei a fábrica, passei a trabalhar só em casa.
Faço almoço, cuido de casa, fico com meus cachorros. Ganho menos, mas sou mais feliz.

E falando sério:
Tem coisa mais urgente do que ser feliz?
sflow2a
QUERO LER O POST COMPLETO

Pequenos…

em 28/11/2010




Uma das coisas mais interessantes que existem neste louco e espantoso mundo paralelo chamado blogosfera é a possibilidade de conhecer uma pessoa baseando-se naquilo que ela escreve.
Pára e pensa comigo: a gente sabe os gostos, os desgostos, sabe se a pessoa cozinha bem ou só engana, sabe se gosta disso ou daquilo. Mesmo que o blog seja, sei lá, sobre física quântica, ainda assim a alma da pessoa aparece nas frestas do texto, e se não aparece nas linhas aparece certamente nas entrelinhas.
E entre linhas e entrelinhas eu quero convidar você para conhecer um blog que tive a felicidade de encontrar (na verdade fui encontrada)recentemente e que quero compartilhar com você!
Ispia:selo-carla
Pequenos barulhos internos é o blog editado pela Carla Farinazzi e como ela mesma diz:“nasceu da minha vontade/necessidade de escrever, uma compulsão que me acompanha há muito tempo. Versa sobre meus pensamentos, o que sinto e qualquer coisa que me surpreenda enquanto vou vivendo... Qualquer coisa que me toque. Sem pretensões...”
Sabe um blog sem nada sobrando? Um blog cujo diferencial é a palavra escrita, palavra esta que foi antes pensada, sentida, mastigada, digerida; palavra que a pele absorveu e o coração decifrou.
Estou poética? É que os textos da Carla me fazem sentir isso que descrevi.
Não é um blog para ler com pressa, de improviso. É um blog que precisa ser lido e cujos textos precisam ser digeridos e aprofundados.
Falando assim você pode pensar que a Carla é tipo uma intelectual. Até é, mas é a doçura em forma de menina. Culta sim, mas sem uma gota que seja de esnobismo. Pessoa com raiz, sabe como é?
Dentre os posts do blog (todos bons demais da conta) eu destaco estes:
São exemplos apenas, o blog todo precisa ser lido e virar livro urgentemente!!!
E ela diz que eu escrevo bem… Bem escreve ela, que me faz perder tempo de sono, lendo, chorando, rindo…
Então… topa mergulhar?
ButterfliesandPatterns_8153-795112

E para aproveitar a viagem o Selo comentarista excelente desta semana vai para:

Chica
A Chica é a minha comentarista excelente da semana. Do mês. Do ano. Comentários simples, curtos e bem pessoais, ela sempre, mas sempre mesmo, consegue me fazer dar um sorriso. E serve este selo também como um presente de aniversário pois a querida Rejane (sim, o nome dela é Rejane) fez aniversário esta semana.
Chica, o selo é seu; apenas um carinho simples em quem é carinhosa comigo desde que nos conhecemos há mais de 1 ano. Obrigada por sempre estar me honrando com sua presença em meu blog!
É isso… duas blogueiras de primeira categoria para visitar e um domingo inteirinho para viver!
  Eita vida boa!!!!!
QUERO LER O POST COMPLETO

Voar num limite improvável

em 27/11/2010

Sonhar
Mais um sonho impossível
Lutar
Quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender
Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite improvável
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão
Virar esse mundo
Cravar esse chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
E amanhã,  esse chão que eu beijei
For meu leito e perdão
Vou saber que valeu delirar
E morrer de paixão.

 
E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão

Ouvi um trecho desta canção assistindo ao Clandestinos. Lembrei o quanto a música tem força, e o quanto ela pode inspirar as grandes lutas de todos os dias…

Há dias de dor, e dias em que desistir parece tão mais fácil. Deitar e dormir até que tudo passe… todos nós já sentimos isso em um momento ou outro.

Mas é preciso

Romper a incabível prisão
Voar num limite improvável

Sabe por quê?

Porque por mais raso que você esteja se sentindo tenha a certeza:

Fomos feitos para voar!

Ouça a canção e inspire-se! É de arrepiar!

O dia que te espera é um presente! Basta abrir!

bom_fim_de_semana-15573[1]

QUERO LER O POST COMPLETO

Tá tudo dominado!

em 26/11/2010

image

Adivinha quem é a mais nova dona e proprietária de um domínio pra chamar de seu? Espia lá no navegador…

Sim, Um pouco de mim agora é .com!

Comprei o domínio há uma semana, e ontem configurei. Apenas $14.90 por ano e eu configurei em 5 minutos. Sem pane, e o único efeito colateral foi o sumiço do meu blogroll… e meu sumiço dos blogtolls alheios…. Sim, em muitos blogs o meu link sumiu… mas acho que volta…

Mas vamos começar do começo?

A Deborah, do blog Delícias mil e humm, me perguntou quando personalizei o blog dela, se eu sabia como tirar o blogspot do título. Falei do domínio, mas disse que nunca havia feito. Dias depois a Geórgia, do O que elas estão lendo, me fez a mesma solicitação. Dei a mesma resposta mas a ideia surgiu e voilà! Agora somos .com!

Não vou fazer nenhum tutorial pois há muitos bons pos aí, inclusive indico o que segui do Dicas Blogger. E tem o que a Meri fez no SPA, que  tem até setinha indicativa, um show!

Dadas as boas novas, vamos ver meus trabalhos entregues?

Este é o Jámêvú da Ivana: image Eu misiofereci para fazer um cabeçalho para o Jámêvú, e daí ganhei a oportunidade de fazer tudo… A Ivana disse que queria um blog com a cara dela, e menos a cara do Blogger, e que não gosta de muitos enfeites…

Pensei, pensei, e como ela é uma menina linda, doce, meiga e muito elegante nas coisas que diz eu achei que as sempre-vivas na lateral dariam um charme ao blog. Usei tons de verde e o cabeçalho ficou uma graça. Favicon, uns ajustes como por exemplo centralizar os títulos da sidebar e do post, e só. Sem muita coisa, simples e elegante como a Ivana.

Falando no blog: se você não conhece precisa conhecer. A Ivana é divertida, bem humorada, doce. Você vai se apaixonar e fazer uma amiga paraense que mora no sul do Brasil. Bora lá? E diz se gostou…

 

Agora este:

image

Meu pequeno doce é o blog da Alessandra. Ela é estilista (sim, meu bem, além de costurar ela cria!) e suas peças são postadas vestindo a mais linda de todas as modelos: Camila, uma menininha linda demais, mestiça japonesa como diz a mãe. Visite o blog e espia as poses da mocinha!

A Alessandra deseja expor suas peças e com isso formar uma possível clientela; daí eu escolhi coluna do post mais larga e com fundo branco para destacar as fotos. Usei tons de rosa-bebê e o cabeçalho transparente ficou bem delicado. Inseri o menu com submenu e mais umas coisinhas… Um background delicado e o resultado você confere clicando aqui ó!

 

Falando em coisinhas fofas este blog a seguir não fui eu quem montou; apenas ajudei a Géssica com o favicon e o menu com submenu. A Géssica é muito talentosa, e eu apenas organizei os códigos que ela inseriu sozinha!image O blog é lindo demais, e tem de tudo! Clique aqui e conheça! Se você gosta de blogs alegres e de blogueiras simpáticas vai estar em casa!

Agora um sorteio:

A Fernanda Reali está sorteando fofuras no blog dela. Quando eu digo fofuras não vá pensando que ela está se sorteando, não! Mas é quase isso! Uma maletinha recheada e uma caneca by La Pomme com o logo do blog dela, ou seja, uma Fernandinha em sua casa! Sem regras, sem complicação. Vai dizer que tu vai ficar de fora? Clique aqui e vá direto ao post do sorteio!

 

Gostou? E aí, tá a fim de ter um domínio pra chamar de seu mas tem medo e não sabe comofaz? Quer ter um botão retuíte e não sabe colocar? Um menu? Um gadget qualquer? Um recurso legal e ainda não sabe como?

Me chama que eu vou!

97

QUERO LER O POST COMPLETO

Design: o desenho de seu blog como você nunca viu!

em 24/11/2010

Conforme eu prometi semana passada, e promessa é dívida e dívida eu pago quando posso, eis-me aqui para pagar o que devo…

Hoje vamos conhecer intimamente (ui!) a aba Design de seu blog!

Para começar quero explicar uma coisa importante: antes de disponibilizar o recurso Design de modelo o Blogger denominava a aba Design como Layout. Alguns tutoriais mais antigos trazem Layout, mas agora o chique é dizer Design, para significar exatamente a mesma coisa… e nós somos chiques, benhê

E o que é Design, em termos blogueiros?

Design é o ‘desenho’ do blog, a forma como ele é distribuído em seus elementos de página e disposição das colunas, tanto coluna do post (wrapper), quanto a sidebar.

Agora vamos mexer no Design?

Para começar clique, lá no painel de acesso do seu blog, na aba Design.

Veja como é meu Design do blog de testes:

image Neste blog de testes a sidebar está à esquerda. Eu tenho feito alguns blogs mais leves com sidebar à esquerda, mas quando o blog é mais pesado o ideal é que a sidebar seja à direita sempre. Sabe por quê?

Porque os códigos html (linguagem que o computador entende) que fazem seu blog existir são lidos de cima prá baixo  e da esquerda para a direita. Isso quer dizer que a página começa a carregar do topo sempre à esquerda. Então, se sua coluna dos posts está, assim como o meu Um pouco de mim, à esquerda, quando alguém abrir seu blog a primeira parte dele que vai aparecer serão os posts. Daí, mesmo que existam muitos gadgets na sidebar o leitor não fica esperando demais para ler… ele vai lendo enquanto o resto dos blog, à direita, carrega. Mas se seu blog é levinho isso é irrelevante.

*Para saber o tempo que seu blog leva para carregar leia este post: Como ser um blogueiro legal em 14 passos.

Agora vamos olhar a aba Design:

Para começar você vê a navbar nativa do Blogger. Atualmente existe a opção de escolher uma navbar transparente, tanto claro quanto escuro. Como a Meri disse uma vez já não é mais consenso entre os metablogs que a navbar seja obrigatória. Mas prudência nunca é demais, e o Blogger oscila muito de postura. Eu tenho 2 dicas sobre a navbar: uma para ocultar definitivamente e outra para brincar de esconde-esconde. Se houver interesse eu posto o PAP qualquer dia. Por enquanto, para mudar a cor da navbar clique em Editar.imageDepois de escolher clique em Salvar.

Continuando:

Agora veja os Elementos de página, ou Adicionar um gadget.

*Gadget é o nome que é dado aos recursos, nativos ou não do Blogger, que podemos adicionar ao nosso blog sem necessitar mexer no código-fonte do mesmo.

Então… aí está um dos maiores problemas de muitos blogs: excesso de gadgets.

Quando digo excesso eu me refiro a coisas pesadas, que travam a página e a sobrecarregam. Exemplo? Animações em flash, contadores, relógios, calendários, players, slides. E dezenas de selos…

Se você não vive sem esses acessórios eu recomendo que eles sejam sempre colocados ao final da sidebar, jamais no topo da coluna do post e jamais no começo da sidebar. Se um deles travar, estando no começo do blog, todo o resto trava e não abre. E lá se foi um leitor… E cuidado onde pega os contadores de acesso ao blog: eles são os campeões em se tratando de vírus.

Assim como há coisas dispensáveis  na sidebar dos nossos blogs, há coisas que não podem faltar! Veja a lista:

  1. Caixa de pesquisa: para adicionar (este ou qualquer outro gadget nativo do Blogger) clique em Adicionar um gadget, role a janela que abrir e encontre Caixa de pesquisa. Configure a seu gosto e insira no blog.
  2. Arquivo do blog: vai por mim, facilita a vida do leitor.
  3. Marcadores: se um leitor entra em seu blog e gosta de certo assunto ele pode ficar mais tempo lendo e se envolvendo com seu blog se encontrar o assunto que o cativou bem à mão. Insira marcadores em seu blog, relacione seus posts por assunto. Exemplo? Se você quiser ler todos os meus artigos sobre Dicas para blogs basta clicar no item de marcador Dicas para blogs. Facilita, né?
  4. Opção de contato: pode ser um formulário,  pode ser seu email, ou o email do blog. Eu sugiro um formulário, pois deixar um email exposto assim é arriscado.
  5. Tradutor: sim, a blogosfera é internacional! E sem tradução eu não teria comentários em russo… sim, eu tenho um leitor russo mesmo… e certamente você também tem leitores que não falam português.

  Estranhou a falta do desejado Seguidores? Ele é importante, mas não é indispensável. No Wordpress não tem, e há blogs muito bons vivendo sem…

Para terminar:

Há gadgets que não são nativos do Blogger. Normalmente esses gadgets são inseridos em forma de código HTML/JAVASCRIPT. Para inserir qualquer código externo ao Blogger basta escolher esta opção HTML/JAVASCRIPT e colar o código do gadget desejado na janela que abrir. Simples e sem dor…

Dentre os nativos do Blogger os gadgets mais comuns são:

  • Imagens - é assim que colocamos imagens em nossa sidebar;
  • Texto -  quando queremos deixar algumas palavras na sidebar, como boas-vindas por exemplo;
  • Lista de blogs, ou blogoll - os blogs que gostamos, que seguimos ou não. Todos podem ser colocados em nosso blogroll. Basta adicionar o gadget e ir seguindo as indicações na tela.
  • Lista de links -  tanto pode ser na sidebar quanto em forma de Linkbar, ou barra de links sob o cabeçalho. Não é menu, é LinkBar. Está no meu palnejamento ensinar o PAP de uma LinkBar…

Certo?

Com este artigo nós encerramos a primeira parte da série Criar um blog.

Semana que vem vamos falar sobre Como escrever e postar em um blog.

Será bão… vamos nos divertir muito…

 

Este artigo faz parte de uma série: Criar um blog.

Veja os artigos anteriores:

Parte 1

Parte 2

Parte 3

*E para complementar o assunto Gadgets essenciais para seu blog siga o link e leia mais do assunto, de um outro ponto de vista, desta vez pela visão das Doces verdades.

linezl0

QUERO LER O POST COMPLETO

Cyberbullying: a agressão em seu blog

em 22/11/2010

Uma das minhas fontes de ideias mais abundantes são os meus leitores. Sério, eu tenho uns 20 posts prontos esperando para serem escritos, todos baseados em ideias que me dão. Sem saber…

E o que quero falar hoje é uma reflexão que brotou de alguns comentários que recebi semana passada.

Eu falei aqui sobre algumas coisas que andam me chateando como blogueira; foi um desabafo dolorido e que não será o único. E, para minha surpresa, algumas pessoas relataram casos de agressão muito ruins e graves. Coisas que magoam e desanimam a gente! Veja:

Casa Corpo e Cia.:Adorei esta sua iniciativa sobre os coments e não engolir sapo. Outro dia recebi um comentário me chamando de porca, relaxada e por aí vai.”

Para quem não conhece a Rejane é uma moça linda e talentosa, uma Barbie linda e loura. Atribuo o comentário maldoso que ela recebeu como inveja feia e suja. E imagino o quão equilibrada ela precisou ser…

Veja este outro:

“Edna Santos: Eu, com o blog ainda novo, já recebi comentários que meu blog era fraquinho...etc e q se fosse eu deletaria o blog. Me abati, mas depois raciocinei com mais clareza e tá lá meu bloguinho.”

Agora me diz que tipo de criatura se dá ao trabalho de agredir assim alguém a quem nem conhece? E mesmo se fosse íntima… A Edna venceu a agressão, e o Inquietude total está lá, lindo, firme e forte.

 

Quando escrevi sobre bullying o Lufe (obrigada moço, a ideia veio de seu comentário) fez um comentário  via email que me moveu a escrever este post para complementar sobre o tema bullying. Sim, porque o que a Rejane e a Edna relataram, e que muitos de nós já passamos, é bullying blogueiro.

A criatura acessa um blog, e se dá ao trabalho de comentar para agredir. Dizer grosserias, ser cínico, ser sarcástico, ser maldoso. Com a intenção de fazer o quê? De fazer o mal, sem dúvida.

Não é discordar, pois discordância é bom desde que seja de modo gentil e educado. Tem gente má, e gente má faz maldades. Na vida real e  na vida virtual.

Há uma coisa acerca dessas criaturas que entram nos blogs alheios para fuçar e soltar veneno: são pessoas com o olhar treinado para a miséria e o feio, e com o coração destreinado para o afeto, a gentileza e a educação.

Imagino que muitos blogueiros passem por isso, de conviver com esse tipo de bullying, ou cyberbullying. Que, embora não seja praticado fisicamente tem efeitos devastadores pois mexe com a nossa psique, com nossa emoção…

Eu, devido ao Me chama que eu vou!, tenho acesso a muitos blogs. Quando começo a olhar, eu tenho o maior respeito. O coração da pessoa está ali. Em cada frase, em cada enfeite, em cada coisinha. Tenho respeito, e me sinto entrando no coração da pessoa pois ali ela colocou horas de dedicação e expôs sua alma em palavras e imagens.

Por isso é que não devemos aceitar ninguém fazendo cyberbullying em nossos blogs, nos agredindo, nos pressionando, nos censurando. Meu blog é meu, seu blog é seu. E merece respeito…

Falando nisso: avatar pornô não! Se você recebeu a visita disso aqui relate ao Blogger. É spam, tem vírus no link do “seguidor”, além de ser uma agressão à beleza dos nossos blogs… Fala sério…

Sugiro que você leia estes posts abaixo relacionados sobre bullying. São relatos importantes e que podem contribuir para ajudar crianças, adolescentes e adultos:

Caso tenha mais links me avisem, ok?

QUERO LER O POST COMPLETO

Comentaristas excelentes e um presente-surpresa!

em 21/11/2010

Meus comentaristas excelentes desta semana são mesmo especiais; claro, você dirá…
Sim, mas quando conhecer vai ver o quanto elas são especiais!
A primeira é leitora recente aqui do blog. Ela me foi  dada de presente pelo Alexandre, que além de ser ele mesmo um comentarista excelente ainda me presenteia com leitores e comentaristas bons, mas bons de verdade.
Minha primeira  comentarista excelente de hoje é:
 
Essa  moça bonita da foto é a editora do Agenda Ilustrada, um blog lindo e cheio de estilo. E ela é também minha comentarista excelente desta semana.
Os comentários dela são inteligentes a tal ponto que me fazem parar para pensar. Frases bem construídas e sobretudo sem uma nota que seja de grosseria ou deselegância são o fundo de cada comentário dela. Se você conhece vai concordar comigo, e se não conhece vai querer tê-la comentando seus posts. Vai por mim, ela é do tipo que agrega valor ao blog que visita!
Macá: o selo é para você. Muito obrigada por ser aquele tipo de leitora que todo blogueiro sonha em ter: inteligente, sensível, honesta e muito elegante.
 
E minha outra homenageada do dia é:
image
A Valéria é daquelas comentaristas que são capazes de tirar qualquer blogueira-em-crise da crise. Ela não economiza nas palavras, ela não deixa um “blz seu blog, visita o meu aí…”. Jamais! Ela lê o que escrevo, tudinho! Ela sorri pra mim quando estou triste, ela me abraça com palavras, ela me encoraja com seu exemplo. Ela discorda de mim, ela é gentil, ela é franca. Ela escreve de madrugada e eu leio de manhãzinha. Ela é mesmo minha comentarista excelente, além de ser Top!
Valéria: o selo é para você, por suas palavras sábias e por seu modo de me inspirar sempre! Seja falando, seja calando.

 Sabe, eu estive pensando…
Faz tempo (1 mês:(  rsrsr) que não sorteio nem um presentinho aqui no blog…
Pode isso???
Então vou sortear agora, uai. Na verdade já sorteei, não eu, mas a Loteria Federal.
Na extração de ontem, dia 20/11/2010 o 1º prêmio foi o número?
Então, o comentário deste post que tiver o número sorteado ( que ainda não sei qual seja) ganha um exemplar do livro (lindo, eu tenho um!) Caminhar é preciso, cedido gentilmente pela Beta.
E aí? Sabe o número sorteado? Comentaí, de repente você é o ganhador e nem sabe…
*Se o ganhador viver fora da pátria amada mãe gentil precisará ter um endereço de entrega aqui, ok?
QUERO LER O POST COMPLETO

Fogo!

em 20/11/2010

sexo_29_MVG_mul_sexo1 Ao mesmo tempo que colocava a água para ferver ela falava ao telefone:

- Agora? Sei não, acabei de chegar em casa…

Do outro lado ele responde:

- Diz que posso! Quero tanto ver você!

- Tá, meia hora e daí você vem. Só para conversar, viu?

-Meia hora, entendi.

Com a chaleira a meio caminho do fogão ela pensa: “ Fiquei maluca?”

Do outro lado da cidade ele pensa: “ Vou fazer com que ela fique maluca por mim!”

Meia hora depois, exatamente, ele chega:

Ela abre a porta da frente e nem sequer tem tempo de falar. O beijo dele é arrebatador, urgente, definitivo.

Ela bem que esboça uma resistência mas o beijo fica mais profundo, mais íntimo, deixando-a com as pernas bambas, o coração disparado, a pele arrepiada.

Meio desajeitadamente eles cambaleiam juntos, até que as costas dela batem na parede fria do corredor. Aquilo a desperta. Um pouco.

- Não! Eu quero conversar com …

Ele não responde. Olha fixamente, profundamente, bem dentro dos olhos claros dela. Os dele são um poço escuro, e na firmeza do olhar escuro dele ela sente que está perdida. Definitivamente perdida.

A mão direita dele afasta um punhado de cabelo do rosto dela. Como é possível que apenas um toque leve faça meu coração disparar desse jeito? –ela pensa.

Os olhos escuros dele têm um brilho tão quente e tão sensual que a fazem tremer de novo. Louca! Claro que não seria apenas conversa…nunca foi. Duas forças, duas labaredas é o que eles sempre foram!

Ele sente o pulso acelerar quando afasta os fios de cabelo dos olhos dela. Nunca uma mulher o afetara dessa forma, tão intensamente.

O que eu vou fazer com você? – ele pensa. Estava dominado, enfeitiçado. E tanta conversa só havia dificultado as coisas entre eles. Chega de conversar, não é isso que vai resolver.

Ele inclina levemente o corpo e a beija outra vez, com a mesma intensidade mas também com uma urgência que a incendeia! As mãos dela estão no peito dele. Descem lentamente, sobem outra vez. Ela sente o coração dele disparar debaixo dos seus dedos. Os beijos dele queimam sua pele, espalham calor e uma fome louca, desesperada.

Quero este homem! Meu Deus, eu quero tanto!

- Vem! – ela toda é uma chama.

- Diga. Diga o que quer. Diga que sim!

Há um brilho intenso nos olhos claros. Ele pode ver a fome, a urgência dela se igualando à sua. Já vira essa fome antes. Sabe que assim que for satisfeita ela o porá para fora. Do quarto. De casa. Da vida dela. É agora ou jamais:

- Diga o que sabe que tem que dizer!

O beijo dele é ainda mais íntimo. As mãos dele agora avançam pelo corpo dela. Fogo!

- Diga!

- Que droga! Pàra de falar e vem! – ela o puxa com força, enfia as maõs pela abertura da camisa.

Ele não a afasta, ao contrário, intensifica a intimidade. Toca o corpo dela da mesma forma com que ela o toca. Afasta a blusa cor de rosa dela… desce os lábios pela pele arrepiada do pescoço, sempre descendo…

- Diga! Ela sente a pele úmida, toda ela é uma coisa só, os olhos vidrados de desejo.Quando a boca dele roça de leve o seio esquerdo ela inclina ainda mais o corpo, num convite claro.

Não, não é só desejo. Se fosse seria simples. Não tem mais jeito, estou perdida.

- Sim! Eu volto a viver com você!

Ele não responde. Nem precisa. A mão roçando a pele nua das costas e a boca que se fecha sobre os seios dela são tudo o que ela precisa ouvir…

 

Um conto pra inspirar seu sábado…

barra10a

QUERO LER O POST COMPLETO

Sorteio, boa ação e minhas artes por aí…

em 19/11/2010

Este é um dos momentos que mais gosto do blog:

Divulgação!

Vamos?

image O blog Artes da Luci está completando 3 anos! E adivinha? Os presentes são nossos! Gente, são tantas coisas fofas e cutes que não vou nem mostrar aqui senão o post fica grandão! Corre lá e se joga, é sem complicação e sem regras chatas! Uma delícia de promoção feita por uma delícia de blogueira! Clique aqui e sinscreve!

 

Você acredita em fada-madrinha? Não, nunca viu? Então clica aqui que você verá não uma, mas muitas fadas-madrinhas!

image

Trata-se de um projeto muito lindo que conheci através da Clau Finotti. Veja o que são as Fadas Madrinhas:

Somos um grupo de amigas que se aproximaram pela afinidade por atividades solidárias. Nosso grupo não tem finalidade religiosa, política, e não é vinculado a qualquer empresa. Somos apenas pessoas que acreditam que ao fazermos nossa parte, podemos tornar o mundo um lugar melhor. O objetivo desse blog não é o de nos promover e sim divulgar nosso trabalho e encontrar pessoas que também gostem de ajudar ao próximo. Estamos em Itumbiara/GO. Contato: acreditoemfadasmadrinhas@gmail.com

Então… de repente você pode doar um brinquedo que fará uma criança dar risada… nem 5 dinheiros por uma risada… tão fácil…

Vai dizer que não pode enviar 5 reais por uma risada????

Sério, vamos ajudar a fazer o Natal em Itumbiara o melhor que já houve? A blogosfera pode!!! Você ajudando, então… nem se fala!

 

Agora vou mostrar minhas artes por aí! Veja!

Meu primeiro pretinho!

image

Quando a Mylla pediu para personalizar o Ideias de Milene ela fez poucos pedidos, mas disse que não abria mão do fundo preto. Ai… ai… Todo mundo sabe que fundo preto não é meu preferido…

Mas este! Ah, ficou lindo!

A Mylla andava meio tristinha, com um começo de depressão. Daí escolhi trabalhar o tema borboletas para alegrá-la e dar a ela uma ajudinha para se redescobrir! E  voar!

O background é fosco, o que ameniza o escuro. Favicon animado: uma borboletinha batendo asas, e mais umas coisinhas. Dei uma organizada na sidebar, configurei o feed e coloquei as postagens em slide.

Dá uma olhada e diz se meu primeiro pretinho básico ficou tão bom quanto eu e a Mylla achamos?

 

Mais um:

Este é o  Blog daTeca image Ela é leitora antiga aqui do blog, uma das primeiras. Então foi um prazer mexer no blog dela… que me pediu um blog em tons suaves, delicados. Este foi o 1º blog que eu usei imagens manipuladas, e o cabeçalho ficou uma graça! O favicon é um mini beija-flor, e a caixinha link tem animação, mas bem suave.

A assinatura é animada! Custei mas aprendi! Coloquei menu com efeito hover, gadget de opção de fonte e tamanho de fonte, além de uma mensagem de boas-vindas que muda automáticamente conforme a data, coisa muito legal!

Fiz mais coisinhas, e o blog ficou lindinho, suave e elegante como a Teca. Agora quero sua opinião, tá?

 

Falando em opinião: Olhe a navbar do meu blog. Não achou? Passe o mouse lá, acima do cabeçalho. Viu? Agora a barra de navegação do Blogger aqui no Um pouco de mim é auto-ocultável! Legal, né?

Agora olha a assinatura animada:

Isso e todas as coisinhas que ando mostrando você pode ter no seu. E muito mais!

Quer fazer em seu blog? Me chama que eu vou!

QUERO LER O POST COMPLETO

Configurações: o “cérebro” do blog

em 17/11/2010

question mark Conforme prometido semana passada hoje vamos remexer no cérebro do blog! Calce as luvas (sim, calce, pois o verbo serve para pés e mãos) e mãos à obra!

Lembra aquele blog de testes que criamos semana passada? Vá ao seu painel e

Quê? Não tem blog de testes?

Tudo bem, esta parte pode ser feita em seu blog oficial mesmo, pois tudo pode ser revertido a qualquer momento… Se algo der errado seu blog será deletado em 3…2…1! Brincadeirinha…

Falando sério:

Vá ao seu painel de acesso ao blog e clique em Configurações. Abrirá esta página:

image É nela que está todo o segredo de funcionamento de seu blog.

Vamos conhecer:

1- Básico: nesta aba você encontra as configurações básicas de seu blog:

  • Escolha do título (não é o endereço http);
  • Descrição do blog;
  • E mais umas coisinhas.

Vá olhando e se familiarizando. Quando tiver mudado o que quiser clique em Salvar configurações. Pode ser revertido a qualquer momento.

2- Publicação: aqui é a parte onde você pode configurar seu blog para que ele tenha um domínio próprio. Claro que isso só pode ser feito após você comprar seu domínio. Mas isso é assunto para outro post. Ou se quiser saber já comofaz pergunte à Tati Pastorello pois ela acabou de conquistar um domínio para chamar de seu!

3- Formatação: esta parte é muito interessante, pois muito do funcionamento interno do blog está aqui.

  • Número de postagens: o ideal, se seus textos são longos como os meus, é que este número não passe de 6. Se forem textos curtos, como os da Renata Nogueira, podem ser mais posts por página. Lembre-se: quanto mais posts na página inicial mais demora para carregar.
  • Formato de data: conforme você quer que apareça em seu blog;
  • Formato de Fuso horário: já aconteceu de você programar uma postagem e ela sair em um horário errado, diferente do programado? Se não for um dos bugs do Blogger pode ser que sua configuração de fuso horário esteja errada. Aqui é o lugar de arrumar.
  • Modelo de postagem: se você deseja que uma mensagem apareça ao final de seus posts é aqui que ela deve ser colocada. Pode ser um alerta anti-plágio, um alerta anti-cópia não autorizada, etc. Se quiser uma imagem para “fechar” todos os seus posts ela pode ser inserida aqui também. Mas o que você colocar só aparecerá se o post for editado pelo editor do próprio Blogger. Se você usa o Windows  Live Writter o método é outro.

Depois de tudo conforme você quer não esqueça de Salvar as configurações.

4- Comentários: aqui é a parte que eu espero mais a sua atenção! Tudo o que se refer aos comentários em seu blog é decidido aqui! Veja:

  • Comentários: aqui você decide se vai exibir ou não os comentários de seu blog.
  • Quem pode comentar: aqui você define se seus comentários serão livres ou se é preciso ter conta google, por exemplo. Pense bem, pois permitir que Qualquer um comente abre seu blog para comentários anônimos. E isso é uma faca de dois gumes…
  • Posição do formulário de comentários: aqui você escolhe como o seu formulário aparecerá. Eu sempre sugiro janela pop up, mas na pesquisa que fiz esta opção empatou com Postagem abaixo incorporada. Lembre-se apenas que abrir uma janela demora menos do que abrir uma página inteira…
  • Padrão de comentários: aqui você decide se vai exibir ou não os comentários. Sim, há blogs que não são abertos aos comentários e isso é decidido nesta aba.
  • Mensagem do formulário de comentário: você sempre se perguntou como é possível deixar uma mensagem para seus leitores antes deles comentarem? É aqui! Escreva sua mensagem, ou se tiver escreva os Termos de uso e normas para comentar em seu blog. Sem exageros, tá? Senão pode soar antipático…
  • Moderação: eu uso. Evita que engraçadinhos falem besteira sem que eu tenha tempo de apagar. Mas há blogs muito visitados que não usam. A escolha é sua. Logo abaixo você deve colocar seu email. Assim, toda vez que seu blog receber um comentário, seja ele moderado ou não, você receberá um email informando. Isso permite que você saiba sempre quem comentou, mesmo em posts bem antigos.
  • Exibir uma confirmação de palavras: Marque Não. Todo mundo odeia confirmação de palavras. Só faz a gente perder tempo. E afasta leitores.

Tudo ok? Salve. Vamos pular alguns itens que interessam pouco no momento, tá?

5- Permissões: aqui você define quem administra seu blog. Se você deseja ter mais um autor postando com você aqui é o lugar de onde pode ser enviado o email de convite. Para isso basta clicar em Adicionar autores. O convidado recebe um email e aceita o convite. Daí ele é um co-autor de seu blog. Também aqui você pode conceder privilégios de administrador ao co-autor de seu blog. Essa parte é importante para blogs compartilhados. Mas atenção! Tenha cuidado com quem deseja ter como co-autor! Confiar é aglo sério, tá?

Também nesta parte você determina se seu blog é público ou aberto a convidados apenas. Depois de tudo ok, salve.

Agora você conhece a mente de seu blog, como ele pensa e reage.

Semana que vem vamos conhecer a anatomia do blog: vamos mergulhar na aba Design.

Traz uma lupa? Vamos precisar… são umas letrinhas pequenininhas…

DEDO 0011

Este artigo faz parte de uma série: Criar um blog.

Veja os artigos anteriores:

Parte 1

Parte 2

Item-211708-500

QUERO LER O POST COMPLETO

Bullying: quando o agressor é seu filho

em 16/11/2010

image

Fui convidada pela Patrícia Daltro a falar sobre o tema do selo acima, e aceitei na hora. Porque não só este blog, mas esta blogueira, somos ambos contra toda forma de opressão.

E bullying é isso: opressão. Bullying é uma situação que se caracteriza por atos agressivos verbais ou físicos de maneira repetitiva por parte de uma ou mais pessoas contra uma ou mais pessoas ou grupos. O termo inglês refere-se ao verbo "ameaçar, intimidar".

Já postei sobre bullying neste post e agora quero falar outra vez, pois cansei de ver crianças e adolescentes serem tanto vítimas quanto causadores desse tipo de crueldade.

Imagine a cena: seu filho ou filha de 8 anos chega em casa coberto de bosta. Chorando e ferido, tanto no corpo cheio de escoriações quanto no coração. E, chorando, pede que você nunca mais o obrigue a ir à escola. Seu coração se contrai, não é? Toda a dor dele tomam você, e a vontade de defender seu filho é sem tamanho…

Agora imagine esta cena: seu filho ou filha de 8 anos chega em casa rindo, com as roupas limpas e as mãos molhadas. Ele, ou ela, falando com o coleguinha que veio passar a tarde em sua casa, diz: “Aquele viadinho agora vai aprender que quem manda é nóis! Quero ver ele (ou ela) ficar se mostrando por causa de nota boa! Daí você pergunta e seu filho diz que ele e uns amiguinhos da mesma sala fizeram uma brincadeira com outro colega da mesma turma. Você pesquisa mais e descobre que a galerinha jogou merda no colega que tira boas notas e é “queridinho” da professora. Seu coração se aperta.

Ou não?

Qual mãe (ou pai, como bem lembrou o Rogério Pereira) sofrerá mais?

Já pensou nisso?

Crianças praticam bullying contra crianças, seja na forma física, seja a agressão psicológica. Adolescentes fazem isso a outros adolescentes, e às vezes de forma tão sistemática e cruel que levam a vítima ao suicídio.

Crianças e adolescentes que praticam bullying são deste planeta, não são alienígenas que desembarcaram aqui para tocar o terror. São filhos de pais normais, são irmãos, são netos.

E a família muitas vezes acha graça, ou diz que é bom a criança saber ser forte e se defender, fazer com os outros antes que façam com ela…

Eu penso muito nisso… sobre como nós reagimos diferente quando o agredido é alguém que amamos, e quando o agressor é alguém que amamos…

E quem protege um agressor porque ele é filho, ou sobrinho, ou irmão, está plantando uma árvore que dará amargos frutos…

E para espalhar a reflexão sobre Bullying e cyberbullying eu quero repassar o selo e o convite para 3 escritoras de primeira, sendo que 2 delas são mães e portanto farão textos muito mais completos que este meu, e a terceira é professora:

Meri Pellens, Valéria e Pandora(ou tia Jaci rsrsr)

Meninas, agora é com vocês!

E quero também deixar o convite para todos que desejarem postar sobre o assunto. É mega importante, pois o tema é amplo e precisa  vir à luz!

Bora participar?

ha

QUERO LER O POST COMPLETO

Eu, blogueira sob tensão…

em 15/11/2010

sob tensão

Quando eu criei o blog minha intenção era escrever. Só isso. Eu amo colocar as ideias em palavras, e isso me alivia, me acalma, me faz ver as coisas mais claramente. Escrevia quando ninguém lia, eu nem sabia que era possível alguém ler. Mas com o tempo a coisa aconteceu, e eu comecei a ser lida. Que legal!

Mas daí a coisa cresceu de verdade, e os 10 leitores do começo viraram 1000. E eu pirei.

Comecei a não dar conta. Não de escrever, pois isso é natural pra mim como respirar. Mas toda a parte “social” de ter um blog: responder comentários (nunca dou conta), retribuir visitas (nunca consigo), responder emails dentro do prazo (eu tento, mas não consigo) e todas as outras coisas que foram surgindo. E daí perco o sono, a pressão me faz sentir dor de cabeça. Dor no corpo.

Para você entender o quanto é difícil pra mim vou descrever minha rotina em um dia comum:

  • Acordo às 6 horas da manhã;
  • Dou uma geral em mim;
  • Dou uma geral na casa, aquelas coisas que temos que fazer todos os dia;
  • Cuido das minhas meninas;
  • Planejo o almoço;
  • Começo o meu trabalho às 7 e meia.
  • Trabalho direto até 10 e meia, daí faço o almoço;
  • Almoçamos e se der eu leio os emails.Entre comentários e outras coisas… mais de 100 e respondo quando dá. Quase nunca…
  • Volto para o trabalho e vou direto até 8,9 da noite. Sim, você não leu errado.
  • Paro a máquina, tomo banho e daí vou ver os assuntos mais urgentes do blog e de outras coisas online. Nesta casa não há janta.
  • Vou dormir na cama, pois em cima do teclado eu já estou dormindo faz tempo…

E isso todo dia, de segunda a sábado. Faxina? No sábado quando eu faço #alocka e largo tudo para socorrer minha casinha. Senão é tudo no domingo: faxinar, lavar e passar… ah, não, passar eu nem passo mais. Sem feriado este ano, desde abril.

Essa é a rotina em um dia comum. Em dias complicados, de entrega de pedido ou de coisa urgente que precisa ser despachada pela fábrica o turno vai até 10, 11 horas.

Eu amo meu trabalho, então sem reclamação. é só uma partilha, ok? Dou graças a Deus por ele.

E quando eu consigo um tempo para estar na net eu gosto de ler outros blogs, gosto de ler sites de notícias, gosto de ler resenhas. Gosto de escrever para relaxar e desestressar.

Então…

Em vez de pirar e deletar o blog eu resolvi relaxar. Respondo quando dá, visito quando dá, comento quando dá. Senão eu enlouqueço com a pressão.

Se não me der prazer eu desisto de blogar.

E tem outra coisa: não vou mais aceitar comentários assim: “Estou te seguindo, vê se me segue também”, ou ainda: “Vê se me faz uma visitinha, tô te esperando faz tempo e você nem me dá bola”. Cara, daí é que não rola mesmo! Citando a querida Tati Pastorello: sou turrona! Não faça isso comigo. Na verdade não faça com ninguém.

E se eu receber outro comentário ou email mal educado, sobre este ou sobre qualquer outro post meu, dizendo que sou sem educação ou me agredindo de graça vou postar aqui com link para o agressor. Anônimos nem serão lidos, eu deleto na hora. Aliás estou tirando esta opção dos comentários.

Citando um post da Patrícia Daltro: o X vermelhão é cortesia da casa. Não vou mais ser boba e engolir grosseria porque quem tem contato mais pessoal comigo sabe que não sou grossa nem mal educada, mas minha paciência acabou.

 

Infelizmente este post tinha que sair de mim, essa pressão estava me consumindo.

Estava com medo de escrever o que me ia na alma, vê se pode? Medo de escrever em meu blog!!!  Se for assim, pra quê ter blog???

E ando farta de grosseria. De antemão peço perdão aos leitores do blog que nada tem a ver com meu #mimimi de hoje.

Graças a Deus são a imensa maioria…

Agora voltamos à nossa programação normal…

image

QUERO LER O POST COMPLETO

Sobre amar…sobre acolher

em 13/11/2010

image Um dos meus posts mais acessados é este: Quando sua criança é diferente das demais. E por causa dela eu recebo muitos emails, para meu espanto.
Um desses emails me tocou tanto que eu pedi à autora licença para postar no blog. Claro que vou resguardar a pessoa pois ela é relativamente conhecida nos blogs e pediu que eu fosse discreta. Serei.
Este é um trecho do email:

“Elaine, meu filho de 17 anos resolver rolar. Estou desesperada. Não durmo, não como, choro muito. O pai dele nem sonha, já pensou? Minha amiga, me ajude! Eu tenho medo, ele vai sofrer. Tenho medo. O que eu faço?”

Disse a ela o que vou repetir aqui.
Francamente eu não sei. Não vivi essa realidade, nem tenho filhos. Tudo o que digo eu o faço de fora, olhando e observando a vida. E às vezes a gente enxerga melhor a árvore de fora da floresta…
Deixa eu contar uma coisa:

Eu tenho um amigo muito querido, de longos e tortuosos anos. Um menino que conheço desde quando ele tinha 14 anos. Hoje é um homem de 30 anos. Inteligente, gentil, sabido, meigo, que faz um molho de palmito delicioso. Que lê muito (inclusive meu blog, e vai se reconhecer na hora), blogueiro, ativo na Igreja, bom filho. Cheiroso, bem vestido. Homossexual. Desde quando? Desde sempre, eu acho.
Disse que ele é ativo e atuante na Igreja e sua orelha deve ter ardido pensando que isso é impossível. Bem, não é impossível. Mas não é assim um mar de rosas. Como poderia?

Não há sofrimento maior do que não poder ser de fato aquilo que se é. Nem é possível fugir de si mesmo para sempre. Eu sempre disse isso ao meu amigo, e é realmente o que penso.
Penso também que homem (ou mulher) algum escolhe ser assim ou assado. Você escolheu ser homem ou mulher? Poderia ser gay se escolhesse? Eu não. E acho que homossexuais também não escolhem.

Não estou dizendo que é certo, nem que é errado. Estou emitindo uma opinião muito pessoal, de quem não sabe todas as respostas e nem conhece toda a verdade. Mas quer aprender.
E aceitar as diferenças é parte do árduo aprendizado que é a vida. Sei apenas uma coisa, com toda a certeza que há em mim: bondade, gentileza, caráter e afeto não se definem pelo que fazemos, e com quem, na cama. Sempre digo isso.

E claro que sei o quanto deva ser difícil para os pais. Mãe alguma pega seu bebê no colo e pensa: “Quando ele crescer quero que seja gay” E sabe porque? Porque as mães sabem, elas e os pais sabem o quanto ser diferente causa sofrimento. Porque o mundo em que vivemos é cruel, habitado por pessoas que descontam naqueles que são “diferentes” suas frustrações.

Eu tenho 4 sobrinhos: 2 meninas e 2 meninos. Sou muito próxima dos 3 filhos de minha irmã, madrinha de 2 deles. Amo aos pequenos muito mais do que posso dizer. Quando seguro o Luís Otávio e ele sorri pra mim meu coração se ilumina. E quero que ele seja feliz. Que seja bom, que seja honesto e gentil.

E se for gay? Quero que ele seja feliz, honesto e bom. Eu sempre estarei aqui para ele. E para os outros.
Pois no mundo não faltarão quem os ataque.
 

608289q08o3aylgm
QUERO LER O POST COMPLETO

Minhas artes por aí e umas perguntinhas

em 12/11/2010

A postagem de hoje é muito especial, pois vou mostrar minhas artes por aí afora e também responder algumas perguntas que me chegam a respeito do projeto Me chama que eu vou.
Antes, as artes: todas lindas, feitas com carinho, afeto e açúcar para os blogs ficarem bem docinhos, pois de amargo basta o jiló…
Veja:
Jamile Salim Este blog ficou tão bonito! A Jamile disse que gostava de corujas, de azul e branco e… só isso…
Daí fui às personalizações… Destaque para a corujinha do cabeçalho e da caixinha Link-me. Deixa eu contar que acho corujinhas uma coisa muito fofa? Então, eu acho sim…
O blog da Jamile está começando, e como todo blog-bebê este bem que merece a sua visita…. Dá uma olhada e diz se não ficou bonito demais!

E por falar em beleza:
Artes da Lidi Este é o blog Artes da Lidi. Ela me pediu um blog leve, meigo, delicado. Ela me pediu…ela! Delicada que só vendo! Dei uma estudada nas postagens, li o perfil da moça, li uns comentários e acertei de primeira.
O fundo do blog é de coraçõezinhos bem delicados e claros, e o cabeçalho ficou bem delicado também. Fiz as coisas de sempre, e descobri um jeito de fazer mensagens animadas! Ficou tão bonitinho esse blog…. minha porção meiga se deliciou…
Bora lá visitar e dizer o que achou? Clica aqui.

Falando em porção meiga e feminina quem andou descobrindo a sua foi a Dama de Cinzas.
Já falei dela algumas vezes por aqui… mas antes deixa eu te contar que a bonita me dava um certo medinho… que boba eu! Ela é uma querida, gentil, educada e divertida.
Agora que já rasguei seda para minha celebridade preferida espia só o blog, um deles, aliás:
 Um blog pra relaxar, ou não! Neste eu me realizei, fiz de tudo! Até um menu que nunca tinha tentado eu consegui. Cria um efeito bonito, e dá para fazer com imagens! Clica na imagem que você vai ver ao vivo!
No background eu coloquei delicadas flores brancas… sim, ela deixou… sim, ela gosta de margaridas… sim, levei um susto quando ela quis as flores…
Inseri mais alguns recursos, e voilà! Um blog pra relaxar, ou não!
Também mexi e remexi no Confissões ácidas. Mudei muita coisa, mas discretamente para não ofuscar a dona do blog. Dá uma olhada e me diz se gostou. Dos dois, tá?

Agora vamos ao Pergunta pra Elaine?
Recebo muitos emails sobre o Me chama que eu vou! Então, para evitar ter que responder a mesma coisa várias vezes vou fazer isso aqui, certo?
Misegue!
1- Você arruma os blogs de graça?
Não, absolutamente não! Todo trabalho que faço só é feito depois que o interessado aceita efetuar uma doação ao projeto Adote um focinho carente. Depois de efetuar a doação envie um comprovante de depósito.
2- Qual o valor da doação que preciso fazer para ter meu blog customizado por você?
Depende de você, da sua possibilidade e especialmente do seu coração. Mas, citando a Joana Campos: “Não seja mão-de-vaca”. Sério, você sabe o quanto pode doar. E o mais importante é divulgar o Adote um focinho carente, chamar a atenção para o projeto.
3- Já ajudo uma outra instituição/projeto/ong. Preciso mesmo fazer a doação?
Sim; se você já ajuda outro projeto, parabéns. Mas minha parceria é com o Adote um focinho carente.
4- Detesto gatos e cães. Não concordo em doar dinheiro para eles.
Passar bem, então.
5- Não quero mudar meu blog todo, só adicionar umas coisinhas… pode ser?
Sim, claro. Será como você quiser.
6- Quero que você me ensine, particular e individualmente por email, como fazer isso, ou aquilo (insira aí qualquer pedido). Tenho que doar mesmo assim?
Sim. Todo o meu trabalho voluntário é feito no blog, e pode ser pesquisado na aba Dicas para blogs. Pedidos particulares eu atendo conforme meu tempo permite, e se posso te ajudar peço que você me ajude também.
7- Quero apenas que você faça um item (Link-Me, cabeçalho, favicon, assinatura, etc e tal). Tenho que doar assim mesmo?
Sim. Apenas uma doaçãozinha…
8- Sou obrigado a fazer a doação?
Não, claro que não. Mas meu trabalho em seu blog está diretamente vinculado a essa condição.
9- Quero melhorar meu blog, mas tenho medo de que ele perca a “minha cara”…
Isso não acontece porque farei apenas aquilo que você aprovar e/ou pedir. Podemos trabalhar juntos.
10- Quero um template exclusivo, com logomarca exclusiva e um desenho  exclusivo feito para mim. Você faz?
Não. Não crio templates. Não faço identidade visual, não faço logomarca exclusiva. Mas posso indicar 1 designer profissional, que pode criar para você um template exclusivo. E também criar sua identidade visual:
banner_templates Ela já criou alguns templates muito bonitos, e ela mesma é uma doçura de menina. Tudo o que citei acima (logo, identidade visual, etc) ela faz. E bem feito.
Certo? Acho que respondi às perguntas mais comuns. Se tiver outras, pergunte.
Bora lá visitar os blogs que citei acima?
Dá cá sua mão!barra40
QUERO LER O POST COMPLETO

Prece

em 10/11/2010

Senhor, por pior que seja o
meu dia, faça com que ele
termine, e não eu.
Amém.

Tá fácil não…

QUERO LER O POST COMPLETO

Como deixar meu blog lindo e bem arrumado

icone_blog Antes de começar eu quero relembrar com você o 1º artigo desta série Como criar um blog. Se você não leu clique aqui e leia, é importante… eu espero…

Tic tac

Tic tac

Tic tac…

Agora vamos ao post de hoje?

Para começar vamos de trabalho de casa? Sim! Vamos criar um blog de testes!

Como você leu o artigo que indiquei ali logo acima já sabe criar uma conta Google caso não tenha uma. Também já sabe criar um blog. Então mãos à obra! Bora lá criar um blog de testes. Já tem um? Não! Quero um bebê-blog-de-testes novinho em folha… Vamos lá, criaremos um juntos!

 

Criou? Deu nome ao bichinho? Fez todos os passos que o artigo que indiquei pede? Então agora sim!!!

Clique, lá no painel de acesso dos seus blogs, na aba Design. Lembre-se que é Design do blog que você criou para testes!

Agora vai abrir esta página:

image Clique em Designer de modelo. Vai abrir esta página:

image Ela é uma das coisas mais legais do Blogger! Aqui você vai dar um banho de loja em seu blog!

Para começar clique em Modelo. Aparecerão os muitos modelos disponíveis. Vá olhando, e escolha um para começar. Vai, pode escolher!

Agora vamos mexer no Plano de fundo. Pode clicar. Aparecerão tantas opções que dá para se divertir muito!

O quê??? Não gostou de nenhum plano de fundo nativo do Blogger e deseja colocar aquela imagem que você vem guardando há tempos? Simples!

Se o modelo que você escolheu já possui plano de fundo clique em Remover imagem. Se não tem imagem, beleza. Vamos ao próximo passo. Clique em Nenhum, que aparece dentro da janelinha no lado esquerdo da tela. Vai aparecer esta janela:

image Clique em Fazer upload da imagem. Encontre em seus arquivos no seu computador a imagem que deseja ter como plano de fundo. Clique em Selecionar arquivo e espere a imagem carregar.

Se for uma imagem já no tamanho da tela (cerca de 1600px por 1800px ela preencherá todo o fundo. Porém pode ser que seja uma folhinha, ou uma rosinha pequeninha e que você queira que ela se repita por todo o fundo do blog. Vamos por partes. Antes de mais nada clique em Concluído.

Agora vamos posicionar sua imagem:

Clique em Alinhamento se quiser uma imagem apenas, fixa em um canto da tela, ou no centro.

Porém, se quiser que a imagem se repita clique na seta abaixo de Alinhamento. Vá clicando nas opções para entender como é simples…

Depois de posicionar a imagem como deseja clique em Layout. Aqui vamos definir se seu bebê terá 2 colunas, ou 3, se terá footer... Vamos definir a largura das colunas e sua posição. Vá mexendo e vendo a coisa mudar na sua frente! É muito legal!

Agora vamos colorir, enfeitar e botar roupa no bebê-blog!

Clique em Avançado. Dependendo do modelo que você escolheu lá no início de tudo as opções podem variar, mas em geral nesta fase você pode trocar todas as cores e algumas fontes (tipos de letra). Mexa e vá vendo como fica. Explore o recurso.

Está tudo ok? Clique em Aplicar ao blog.

Pronto!

Nasceu um blog-de-testes-bebê, e já com roupa nova e colorida!

Por hoje chega, certo?

Semana que vem vamos aprender como configurar o cérebro do blog. Vamos mexer nele por dentro! Ui!

Você vem, né? Traz luvas…barrinha_gatinho

Importante!

Sempre me perguntam se explicar tudo assim, bem didáticamente, não “tira” clientes do Me chama que eu vou!.

Não, não tira. Pelo contrário: eu ganho. Sempre ganho. Quanto mais a gente dá, mais a gente recebe.

Né?

2720294_3qr2P

QUERO LER O POST COMPLETO


Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários