Outubro 2010 - * Blog Elaine Gaspareto *

A vida sem manual … mas ainda assim muito bem escrita

em 31/10/2010



Há blogs que nos cativam pela aparência; há blogs que nos cativam pela relevância. Há ainda os que nos cativam pela pessoa que os edita: sabe aquele blog onde o maior atrativo é o blogueiro? Então…

Há também aquele tipo de blog que nos prende e fideliza pela excelência da escrita.
Agora imagine um blog que consegue a proeza de reunir todos esses atributos e a eles acrescentar muitos outros mais, tais como humor fino e sofisticado, leveza no template, inteligência na forma de abordar assuntos espinhosos e sobretudo uma blogueira que, palavra de honra, eu gostaria de conhecer pessoalmente, tamanha a identificação. Até nas diferenças…
Quem é a blogueira que você precisa conhecer e tem a chance hoje?
Esta:image
Conheço o A vida sem manual, blog editado pela Patrícia Daltro há um certo tempo, quase 1 ano. Mas só me acheguei mais recentemente… que boba eu!
Trata-se de um dos blogs com a melhor escrita que existe. Não é um blog cute, é um blog bom ao extremo. Se a essência de um blog é a palavra, este é excelente em sua essência.
Tudo que ela escreve é bom, tanto que da próxima vez que você receber um email com um texto bem feito atribuído ao famoso “Autor desconhecido”, clique aqui e pergunte à Patrícia se o texto é dela. Vai por mim, as chances de ser são grandes.
Como este aqui, que tem mais de 2000 entradas na pesquisa Google.

Quanto ao blog:
O template que a Patrícia usa é muito simples, sem exageros, sem firulas. O forte do blog é a Patrícia, seu dom e seu talento. E sua doçura imensa…
Entendeu agora o selo que ilustra este post? Pois para mim a flor no deserto representa perfeitamente a Patrícia Daltro: bonita, delicada, meiga, sensível. Sobrevivemdo em uma terra árida, em meio à pedras duras e secas.
Mas sobrevivendo. Delicadamente…
Delicadeza… clique aqui e vem comigo aprender um pouco dessa arte tão escassa hoje em dia…
Vem!
s1406-nature
QUERO LER O POST COMPLETO

Azul e vermelho

em 30/10/2010

Àquela hora a prefeitura estava quase vazia. A moça vestida com sobretudo azul-escuro sobe calmamente as escadas gastas da entrada e segue decidida pelo enorme corredor de acesso.

Ninguém a intercepta, ninguém a questiona. Não precisa; todos sabem quem é ela e o que está fazendo ali àquela hora. Na porta envernizada de mogno antigo ela nem bate.

-Boa tarde, prefeito.

O homem alto e bem apessoado está de costas para a porta. Ansioso, agoniado pela demora dela.

-Venha cá.

Ela não se move. Alguns segundos, é tudo o que ele consegue esperar no jogo de gato-e-rato que ela sempre faz com ele. Quando finalmente ele se vira o sobretudo azul está aos pés da moça.

-AH!

Lá fora a tarde avança. Uma mulher vestida de vermelho segue decidida pela escada de pedras gastas que leva ao hall de entrada da prefeitura.

Àquela hora ela não deveria estar ali. O porteiro tenta:

-Vou avisar o prefeito que...

-Não precisa. E não adiantará mais.

Ela segue, rápida e decididamente.

“Lascou”, pensa o porteiro, enquanto interfona para a sala da secretária do prefeito. Mas é claro que ninguém atende. Ele então arrisca o número do gabinete do prefeito. Nada. “Lascou”, pensa outra vez, enquanto sobe correndo os degraus dos fundos.

No gabinete do prefeito o telefone interno toca. Uma mão masculina é estendida para tentar alcançar o aparelho mas a delicada mão feminina, de unhas longas e bem feitas, o impede:

-Não. O expediente acabou. Seu trabalho agora é comigo.

E inclina o corpo flexível sobre a mesa de mogno brilhante. Ele se inclina sobre ela:

-AH!!!

No corredor longo a mulher de vermelho pára diante da pesada porta de mogno envernizado. Respira fundo. Seus dedos tocam a maçaneta fria que gira com facilidade, em silêncio. Bem azeitada, a mulher pensa com um laivo de sarcasmo. Empurra a porta mansamente.

O sobretudo azul jogado no chão. Sobre a mesa antiga de mogno a moça é a primeira a vê-la. Olha a mulher nos olhos por uma fração de segundo antes de enrigecer o corpo flexível sob o toque do prefeito. A súbita mudança na moça custa a alcançá-lo. Ele segue a direção do olhar dela.

-Não se incomode. Podem continuar, eu espero.

O que ele pode dizer? Ocorre-lhe que qualquer coisa será um desastre, mas o silêncio é pior.

-Não posso explicar.

-Nem precisa. Mas pelo amor de Deus, se quer conversar, desça daí.

A moça recolhe as peças de roupa, e pensa: “Vou ter de vestir o sobretudo com esse calor!”

-Vá- diz o prefeito que até minutos atrás só queria que ela ficasse.

-Fique. Não me demoro- diz a primeira-dama.

A moça senta-se na cadeira de canto. Uma vez, nesse canto, nós...ela pensa.

-Sônia, eu sei que sou um ordinário...

-Pois saber disso faz de você um homem mais sábio do que a maioria dos homens desta cidade. Eles não sabem que você é um ordinário.

-Sônia, as eleições serão em três semanas...

-E você está com uma vantagem apertada nas pesquisas...

-Sônia...

-Vantagem esta que pode ruir se um fato novo aparecer.

-Sônia...

-E sua campanha toda baseada no homem impoluto, pai de família, bom católico.

-O que você quer? Sei que quer alguma coisa, senão não viria aqui. Flagrante nunca foi seu interesse. Diga logo.

Ele já estava de novo vestido e isso o tornava um pouco mais senhor de si. Conhecia a esposa. E temia o que viria.

-Simples. Você vai me nomear chefe de gabinete. E vai colocar meu nome no bairro de casas populares que vai inaugurar.

-O nome do bairro já está decidido, é uma homenagem ao meu pai.

-Seria, mas você, tocado pelo profundo amor que sente pela sua primeira-dama decidiu dar o nome dela ao bairro. Na verdade, aos dois. Vila Sônia I e Vila Sônia II.

-Não posso nomear parente.

-Pode sim. E vai.

E para a moça:

-Sabe datilografia, meu bem?

-Um pouco. Por que?

-Porque você acaba de ser contratada como a nova secretária do prefeito.

Ele olha desolado para a primeira-dama.

-Espero você para o jantar, querido.

Três meses depois a cidade assistiu entusiasmada a entrega das 1000 casas populares pelo prefeito recém-reeleito.

Ao seu lado a primeira-dama sorria, tão plácida em seu vestido azul discreto. Descerrou a placa onde se lia:

"Vila Sônia I"
Na ponta oposta do palanque a moça de vermelho sorriu discretamente. “Quem diria: secretária do prefeito!”
 
Nunca mais o sobretudo azul-marinho. E os finais de expediente aconteciam cada vez mais animados.
 
Embaixo, entre a multidão, o porteiro pensa:
-Vai um pobre como eu entender essa gente...
 

Mais um doa meus contos importados do Conto vidas

Parece real, né? Mas imagina… isso é coisa que non ecxistebarrinhas23_thumb1

QUERO LER O POST COMPLETO

Lojinha da Elaine

em 29/10/2010

image Espia a minha vitrine como está recheada!

 

Já pensou em qual presente de Natal dar para suas amigas queridas (assim quiném eu)? Que tal livros?

E se for livro bom de verdade? E se você pudesse pedir logo 2? E para completar pudesse pagar menos de 10 reais? Pelos 2 exemplares!

Impossível?

Peraí, que antes preciso dizer que o livro é este aqui:

image Para saber o quanto eu gostei do livro clique aqui ó!

Então… a linda e talentosa Loraine Pivatto terminou seu 2º livro e ele já está na fase de revisão e encaminhamento para a editora.

E para preparar o cenário para a chegada do novo trabalho ela está com uma promoção inacreditável!

São 2 exemplares de Perseguição digital por apenas… o valor do frete!

Já pensou? Dar de presente um livro bom de verdade e ainda por um preço assim, tipo digrátis?

Para reservar o seu envie e-mail para  loraine.pivatto@zipmail.com.br

Mas corre! A promoção vai até dia 31/10.

Você não vai deixar a chance passar, vai?

 

Falando em presente bom, bonito e com preço pra lá de convidativo eu quero te mostrar isso:

 image

Coisinhas lindas e fofas por um preço incrível! Mas tem que correr para que sua encomenda fique pronta a tempo…

Quer mais uma dica de loja virtual bem linda, cute, e com preços mais que justos?

image A Luci é uma artesã das mais talentosas e gentis, minha parceira no blog. Tem caixinhas, porta-jóias, sachês cheirosos, e muito mais! Clique no banner e faça uma amiga feliz. Pode ser eu… Ou faça a si mesmo feliz, dê a si um presente by Artes da Luci….

 

Agora deixa eu te mostrar mais um blog que entreguei ontem através do Me chama que eu vou! 

Este é o Heddy faz coisinhas

image

Escolhemos o template e daí eu:

  • Criei a caixinha Link-Me
  • Fiz e inseri o favicon
  • Configurei o feed
  • Inseri a assinatura
  • Coloquei alguns gadgets que faltavam, tipo Postagens relacionadas, Receber por email, caixa de pesquisa, contador de acesso
  • Coloquei uma flrzinha animada ao lado do título do post
  • Configurei os comentários para abolir as letrinhas chatas (sugestão da Fernanda Reali)

Fiz mais coisas, mas a lista é grande…

Ficou bonitooooo! Topa ir lá ver e dizer se gostou?

Vamos?

Quer dar um up em seu blog?

Me chama que eu vou!

Gostou da minha vitrine?

Caso você tenha algo para anunciar, ou esteja fazendo alguma promoção em seu blog (sem regras complicadas, please!) diz pra mim e semana que vem eu coloco você em minha lojinha.

Já pensou, você na minha vitrine?

Uau!!!

5

QUERO LER O POST COMPLETO

Je ne veux pas que cette plus

em 28/10/2010

image
Existe uma pracinha beeemm pequenininha aqui na minha cidade. Tem um banco de concreto e uma cobertura sobre este banco, mais um canteirinho em S. Dizem que custou 120 mil dinheiros.

Sempre que pego ônibus nessa “pracinha” penso nisso. Já até arranhei o banquinho pra ver se tem ouro por baixo da tinta verdinha…
Estou falando nisso porque quero te contar uma estória. É curtinha:

Um certo  servente de pedreiro foi contratado para trabalhar em uma obra de uma prefeitura. Ele teve a carteira registrada recentemente e pediu para marido um seu cunhado dar uma conferida nos papéis que recebeu, para ver PIS  e FGTS e mais umas coisas.

Marido olhou. Com o registro tudo certo pois ele foi registrado em nome de um empreiteiro. Mas pasme! A empreiteira que “venceu” a licitação e ganhou o direito de fazer a tal obra NÃO EXISTE!

Sim, isso mesmo! Não consta registro dela no CREA,  nem em nenhum outro orgão regulamentador da atividade. A empresa não existe!

E estão terminando a construção de um pronto-socorro (com hífen? sem hífen? Socorro!) e vão começar a construção de um cine-teatro!
Sem registro! Se pegarem a grana pública e sumirem como já ocorreu aqui em outra obra nada poderá ser feito porque eles não existem perante a lei! E venceram licitação!
Recentemente o servente da minha estorinha ajudou a descarregar um caminhão de tijolos para o cine-teatro. Mais de 6 mil tijolos. No dia seguinte, juro, os tijolos haviam sumido!
Ninguém viu nada, nem ouviu nada. O guarda não viu… 6 mil tijolos que eu ajudei o contribuinte ajudou  pagar! Sumiram na noite. Mistério…

Não existe meio ladrão, nem meio idiota.
Difícil é saber quem é o ladrão: prefeitura ou empreiteira?
Sim, porque  idiota já sabemos quem é…. elegem quem os engana.

O título Je ne veux pas que cette plus:
Eu não quero isso mais!
fp13
QUERO LER O POST COMPLETO

Como criar um blog: da concepção ao nascimento

em 27/10/2010

começar um blog

Um dia você está navegando pela internet e se depara com algo muito interessante: um blog! O dono do blog em questão foi legal e não retirou a navbar nativa do Blogger e lá está escrito: Criar um blog. Você pensa: “Epa! Dá pra criar um trem desses?” e, muito curioso, ou mais provavelmente curiosa, clica.

Se você já possui uma conta no Google, tipo conta de orkut, você é convidado a acessá-la antes de mais nada. Se nunca teve conta alguma no Google vai ver uma página assim:

image Agora é só preencher os dados pedidos e criar sua importantíssima conta Google, indispensável para ter um blog na plataforma Blogger/Blogspot.

Depois de criada a conta você verá esta página:

image E aí vem o primeiro problema: que nome dar ao blog-bebê? Você pensa, pensa, e mil ideias, todas boas, lhe aparecem. No item Nome do blog tudo dá certo pois o Blogger aceita blogs com o mesmo nome, mas quando a questão é o endereço, a URL do blog, aí a coisa complica. Achar um endereço disponível que combine com o que você quer e que não seja enorme, ou ridículo, é um exercício de paciência…

Importante: se possível escolha como url do seu blog o mesmo nome que o título do blog. Facilita para ser conhecido e acessado. Ou então coloque seu nome. Eu e a Fernanda Reali temos nossos nomes na url dos nossos respectivos blogs. E tem dado certo…

Depois de dar nome e endereço ao blog-bebê você precisa escolhar a cara da criança, a roupa que vai vestir e se terá um, dois ou mais braços e pernas… Nesta página:

image Normalmente as pessoas, apressadas e ansiosas, escolhem o 1º modelo. Mas a minha sugestão é procurar um pouco mais. Além das inúmeras opções do recurso Design de modelo nativos do Blogger ainda existem milhares de templates gratuitos disponíveis na internet. Um googlada básica mostra a variedade imensa que há… E para trocar o template por um disponível na net leia este artigo aqui. Indispensável, um dos meus melhores tutoriais…

Mas… pode ser que você não queira (ainda, porque cedo ou tarde vai querer) se aventurar tanto… Clique em Continuar e verá esta página:

imageAgora que seu blog foi criado clique em Começar a usar o blog e comece a usar (dãn)

Como assim, Bial?

Calma! Agora clique na aba Design. A seguir clique em Design do modelo.

Importante!

Nesta página você pode tudo! Mudar modelos, fundos, cores, layout.

Quer saber tudinho? Quer saber o que significa Modelo, Plano de fundo, Layout, Avançado? Quer saber como usar e deixar seu blog, mesmo usando apenas os recursos do Blogger, único e irresistível?

Semana que vem, neste mesmo horário, neste mesmo Bat-blog!

tisperando hein…

 

Quer ter um blog mas está achando tudo muito complicado?

Me chama que eu vou! 

barrinha2

QUERO LER O POST COMPLETO

Postagens no blog: muitas, poucas, nenhuma…

em 26/10/2010

CRIANÇA E COMPUTADOR Qual a frequência ideal para postar em um blog? Sempre, sempre mesmo, me faço essa pergunta.

Desde o começo eu tentei, e pasma, consegui manter o ritmo de 1 postagem por dia. São 365 posts por ano, 30 ou mais por mês, 7 por semana, todo santo dia…

Haja assunto, haja disposição… haja tempo. Meu para escrever e seu para ler…

Tenho leitores que estão por aqui todo dia, e que sabem mais ou menos até a hora que meus posts são publicados. São meus queridos e fiéis Top comentaristas, em torno de 20 pessoas.

Tenho também leitores que aparecem toda semana, 2 ou mais vezes. Amigos antigos, lá do comecinho do blog, que nem sempre comentam mas mandam e-mail, me encorajam, me animam…

Tenho leitores semanais, tenho leitores mensais, tenho leitores anuais… e tem aqueles que pelos mais variados motivos, jamais voltam. C’est la vie…

Onde quero chegar?

Em uma pesquisa Elaine de intenção de votos para saber qual a preferência do meu leitor.

Sim, porque eu noto que muitas vezes fica difícil acompanhar todos os posts em um blog que tem post novo todo dia.

Vejo blog bons, que postam a cada 2 dias, e a interação é muito boa. Parece que dá mais tempo para os leitores chegarem…

Por outro lado a essência de um blog é também a regularidade e a atualização. Mas não sei ao certo se precisa ser diária. De repente diminuir as postagens seja uma boa opção…

Bem, vamos à pesquisa?

É simples, não dói e vai ser legal…

Diz aí:

Sim, estou pensando em postar menos. E ler mais. E também dormir um tantinho mais, que bem ando precisando….

Tá  fácil não…

Importante!

Tem um monte de leitores novos acompanhando o blog!

Sejam muito benvindos, todos e cada um! Assim que der eu vou ao blog de todo mundo conhecer, tá?

Não desiste de mim, please?

fim do post12

QUERO LER O POST COMPLETO

Confiança

em 25/10/2010

Digitalizar0001 Há alguns anos atrás havia um homem. Ele tem 3 filhos, um menino e duas meninas. Na época da estória que vou contar a menina tinha uns 4 ou 5 anos.

Eles estavam morando em  uma casa que tinha uma janela sem janela, só a abertura onde um dia foi colocado um vitrô. Um dia ele colocou a menininha de pé no parapeito de onde seria a janela. Ele ficou embaixo, a menininha em cima. Ele dizia: “Pode pular, filhinha. O papai te pega.” Ela, naturalmente, estava em dúvida. Para ela o metro pareceria uns 10, dado o seu tamaninho. Ele dizia: “Pode vir que o papai te segura”. Ela pulou.

E no exato momento em que ela pulou ele se afastou para o lado. Ela esborrachou no chão. Imediatamente as lágrimas rolaram. Diante do choro da menina ele foi suscinto: segurou a menininha nos braços, olhou bem pra ela e disse: “Isso é pra você saber que não se pode confiar em ninguém nesta vida. Nem no papai.”.

A menina hoje é uma mulher, o tempo passou e eu jamais esqueci a coisa toda. Chocada e com uma raiva enorme eu sempre achei aquilo de uma maldade e crueza incríveis… jamais esqueci. E infelizmente o aprendizado torto perdurou por anos.

Confiança… confiar nas pessoas. Dar às pessoas razões para confiar na gente. Como isso é custoso neste mundo!

Eu tenho sérios problemas em confiar. Para me conquistar leva uma vida e meia, e para me perder é muito fácil. E isso é muito ruim. Viver desconfiada é muito ruim.

Eu tento não ficar na defensiva. E estou aprendendo. Aprendendo a separar joio do trigo, a entender que as pessoas são muito diferentes entre si, e que não é porque alguém te feriu ou traiu que todas as demais farão o mesmo.

Mas o aprendizado é árduo. E o histórico familiar é ruim. Mas eu estou dando a volta em uma estória de vida que tinha muito pra dar errado…

Ah, a menininha da foto? Adivinha… 1975. Espia o tamanho do vestido…

Diz que eu era linda?

4

Boa semana nova pra você!

QUERO LER O POST COMPLETO

Eu, o churrasco e o blog da Helena

em 24/10/2010

Então que eu passei a tarde de sábado modificando o blog da Helena Garcia.

E a noite e parte da madrugada comendo churrasco com meus dois irmãos, coisa mais rara de acontecer não há!

Gente, que delícia que foi… meus sobrinhos, meu marido churrasqueiro, meu irmão querido, minha irmã e o meu cunhado. Minha mãe não veio, pena… porque estava bom demais da conta!

Daí que não deu tempo de montar o post com a indicação da semana.

O que foi bom, de certa forma, pois me dá a chance de mostrar as artes que andei fazendo no blog Dia a dia corridinho.

Eu:

  • Coloquei favicon na barra de navegação (coraçãozinho);
  • Inseri um menu para facilitar a vida dos leitores;
  • Coloquei uma caixa de pesquisa;
  • Criei a página para os selinhos, a caixinha Link-Me, o banner dos selinhos, o banner da lojinha;
  • Coloquei o formulário de contato.
  • Inseri o simulador de frete para a lojinha virtual da Helena;
  • Alarguei o template para caber  as fotos.
  • Configurei o feed do blog e inseri a opção de as pessoas se inscreverem para receber os posts por email;
  • E coloquei a navbar transparente.
    Ufa!
    Ah, reduzi em cerca de 7 segundos o tempo de carregamento do blog.

Quer ver como ficou? Clica aqui ó!

O blog é uma delícia e ela faz uns trabalhos tão meiguinhos e fofos!

Você tem um blog e quer colocar alguns recursos legais?~

Não quer muita frescura, apenas uns retoques?

Quer tirar dúvidas e receber umas dicas sobre seu blog?

Me chama que eu vou!

bom_domingo_809

QUERO LER O POST COMPLETO

O troco

em 23/10/2010

 

Depois de quase 30 anos de casamento ela resolveu falar. Juntou a família: filhos, as suas respectivas namoradas, o irmão solteirão que morava na edícula, os pais já velhinhos. Sentaram-se todos em silêncio na comprida mesa da enorme varanda. Em absoluto silêncio. Era a primeira vez que ela pedia uma reunião de família.

Imaginaram algo grave, uma doença talvez. O pai, sempre serelepe e dado a galanteador talvez tivesse aprontado uma molecagem mais séria… conjecturas não faltavam.

À hora marcada ela entrou. “Como ela está luminosa!”-pensou o irmão solteirão. “Ai meu Deus! Lascou!” –pensou o marido serelepe e galanteador.

Diante de tanto olhares ela sentou-se, colocou as mão finas e elegantes sobre a superfície envernizada da mesa e contemplou sua família. Os pais que estavam juntos há 63 anos; os filhos já adultos e suas (eternas) namoradas; o irmão solteirão; o marido serelepe. No breve espaço do olhar ela viu passar diante dos olhos uma vida. Mas especialmente uma vida. A sua vida.Que merda.

Ela olhava a todos e todos a olhavam de volta, em suspenso, temerosos, imaginando porque o lhar luminoso, a roupa bem cortada e colorida, as unhas feitas, o perfume delicioso e o cabelo mais bem arrumado do que em qualquer outra ocasião. Cadê a mãe de avental? Cadê o cheiro de comida cozinhando no fogão? Cadê os olhos cansados? Cadê a mamãe???

_Muito obrigada por virem.

A voz serena, segura. Onde estaria a mãe de voz queixosa?

_Não quero protelar mais.

Protelar? Desde quando nossa filha bem casada e “do lar” usa palavras como protelar?

_Estou feliz que este momento tenha enfim chegado.

Feliz? Há quantos anos não a ouço dizer que está feliz? Será que, desde que nos casamos, alguma vez ela disse que estava feliz?

_Hoje, às 17 horas o navio Princess of sea deixa o porto. Ele vai cumprir uma rota extensa em alto mar, dando a volta pelos 5 continentes. Não retorna em menos de 18 meses.

Aí a sogrinha, cheia dos conhecimentos. UHHu! Mas e eu com isso?

_O navio é uma cidade flutuante e comporta milhares de pessoas, entre tripulantes e passageiros.

Minha irmã… também eu esperei anos para ouvir isso.

_E dentre o milhares de passageiros, todos desconhecidos, estarei eu. Saio hoje desta casa e depois que cruzar a soleira daquela porta jamais tornarei a fazê-lo outra vez. Estou deixando um advogado encarregado de cuidar da venda de tudo o que me couber na partilha de bens e claro, do divórcio que pedi há 3 meses, desde o caso do Ernani com a moça do petshop. Escreverei uma vez por semana para meus pais e uma vez por mês aos meus filhos. Não quero saber dos seus problemas com as namoradas e nem quero saber que meus pais continuam sem se falar quando estão sozinhos. Tomo hoje essa decisão porque não quero mais ser uma continuação da sua infelicidade, minha mãe: 63 anos juntos e há mais de 25 sem se falar quando a sós. Quanto a você, Ernani, quero dizer algo que esperei anos para dizer:

Aprenda a cozinhar a sua própria comida ou morra de fome, pouco me importa. Aprenda a cuidar das suas roupas ou ande nu, e dane-se. E finalmente: foda-se.

Ergueu-se. Calma, sem um fio de cabelo fora de lugar, apanhou a pequena valise de couro bege e lançou um último olhar a todos. Demorou-se um tantinho mais nos pais, sentados lado a lado sem se tocar. Dirigiu-se ao irmão:

_Cuide deles. Sei que cuidará.

Ele assentiu.

Ela olhou os filhos, já beirando os 30 anos.

_Cuidem-se.

Eles finalmente fecharam a boca. As noras não.

_Espere!

Ernani, rubro e trêmulo:

_Quem está pagando essa idiotice toda?

_Você. Há anos. Todo mês um pouquinho, todo dinheiro que eu conseguia desviar. A cada nova “amiguinha”, a cada nova humilhação, a cada grosseria, a cada desfeita eu aumentava a porcentagem do desvio. Juntei uma pequena fortuna. Que cresceu com as aplicações que fiz ao longo dos anos. E para arrematar hoje de manhã vendi os dois carros que você colocou em meu nome para burlar o fisco, e também vendi há duas semanas sua lancha. Também retirei todos os fundos da poupança e resgatei todas as aplicações que tínhamos em conjunto. Eu aprendi a lidar com bancos, sabe? E você sempre disse que eu era lesada demais até para ter um cartão de crédito.

_Sua, sua, sua…

_Ex mulher. Está com raiva? Me processe. Adeus.

E saiu. Em seu rastro um inebriante e delicioso perfume.

Nunca antes tantos queixos cairam ao mesmo tempo naquela varanda sombreada…

Conto importado do meu blog de contos, que anda mais abandonado que Brasília em época de 2º turno…5686

QUERO LER O POST COMPLETO

Amor que não cansa, nem se cansa…

em 22/10/2010

PICT1429 Depois de um dia muito cansativo e cheio de trabalho eu sento uns minutos antes de começar a  escrever este texto. Penso em falar sobre coisas que andam passando pela minha cabeça, mas uns olhos castanhos e umas patinhas peludas me fazem mudar de ideia…

Elas estão comigo onde quer que eu esteja. Se está frio, ou calor. Se é manhã, tarde, noite, muito noite… elas só entram em casa quando eu entro. Marido chama, a caminha delas é dentro de casa, mas elas ficam comigo. Enquanto digito elas descansam aos meus pés. E me fazem desejar poder ajudar mais…

Outro dia vi no blog Ame um bicho o resgate de um bode que foi castrado à faca, sem anestesia, pelo dono bêbado. Como comentei lá: eu queria 5 minutos com esse desgraçado. Eu e uma faca sem corte…

Sei de  animais sendo maltratados todos os dias; mutilações, espancamentos, abandono, fome, tortura. Sinto como se fosse em mim. Olho para minhas meninas e sinto um aperto no coração ao saber que outros olhos castanhos e outras patinhas peludas estão agora, enquanto você me lê, sendo torturados por quem deveria cuidar.

Nos meus resgates já ouvi de tudo: “Vai ajudar uma criança”, e “Vai cuidar de gente, tem tanto asilo precisando”. Sempre ouvi essas coisas de quem não ajuda ninguém, nem criança, nem idoso, nem animal. Quem ama, quem se compadece, jamais escolhe a quem ajudar, de quem se compadecer.

Amar é algo muito amplo, sabe? E pode sim ser praticado com os animais. Aliás eu sinto que com eles é até mais simples… eles aceitam amor, aceitam a gente…

Eu sou melhor, mais amável, mais amorosa, justamente pelo contato com os animais. Cachorros em particular.

 

Estou escrevendo este texto com lágrimas nos olhos. Falar deles me emociona…

E quero agradecer ao apoio e adesão ao projeto Me chama que eu vou! Já tem lista de espera, acredita?

E se você nem precisa dar um up em seu blog mas sente no coração o desejo de ajudar quem ajuda aos focinhos e bigodes clique aqui e faça uma doação… 1 real já ajuda…

Ou então clique aqui e compre um número da rifa. Só 4 dinheiros… e pode ajudar a salvar um focinho carente…

Se preferir diz pra mim e eu intermedio para você ajudar na rifa…

 

Ajudaí321

QUERO LER O POST COMPLETO

Trilha sonora

em 20/10/2010

Tem música que basta a gente ouvir a introdução para logo associar ao personagem ou filme do qual ela foi tema…Aposto que só de ler o começo você já lembrou de um monte, né?

Vamos recordar?

5- Pretty woman

Aos primeiros acordes a imagem da bela Júlia Roberts já enche nossa lembrança, né? O conto de fadas moderno sobre a prostituta Vivian ainda hoje é o filme mais lembrado da atriz. Ah, Richard Gere…

 

4- I will always love you

O guarda-costas nem é meu filme mais querido, mas a canção na voz de Whitney Houston é das coisas mais lindas que há… Inesquecível!

3- What a feeling

Eu lembro bem de ter visto este filme quando era menina, e a dança me impressionou de tal forma… a música ficou em mim pra sempre!

2-  My Heart Will Go On

Eu vi e revi este filme tantas vezes que já perdi a conta… a música me remete imediatamente à Rose. Muitos associam ao filme, eu associo à personagem, sempre.

1- Time of my life

Sexta-feira passada fui a um casamento lindo, e esta música tocou para os noivos entrarem na festa. Depois o trecho do filme foi exibido num telão. Chorei, de tão lindo que é!

Para ver a inesquecível dança clique aqui!

Agora vamos bater papo?

Diz pra mim sua trilha favorita. Tem muitas lindas, né?

QUERO LER O POST COMPLETO

O que é blog?

1248963585_interrogacao1 Ao longo de mais ou menos 65 postagens eu tenho falado de gadgets, recursos para blog, templates e layouts… Mas já pensou que muita gente não sabe sequer como começar um blog? Não sabe como criar um, não sabe o que é blog… não sabe como é bom!

Pensando nisso eu decidi criar uma série de postagens sobre o básico em termos de blogs: o que é blog, como posso ter meu próprio blog, passo a passo da criação de um blog e mais alguns tópicos que desenvolverei ao longo da série.

Para começar:

Blog orange O que é blog?

A palavra blog é relativamente nova. É uma contração de web log= weblog=blog.

O termo se refere a uma página publicada na internet que se diferencia de um site basicamente pela facilidade de publicação e atualização regular.

Os primeiros blogs surgiram como uma espécie de diário virtual, e muitos seguem ainda esta linha editorial. Mas os blogs evoluíram rapidamente e hoje são, em minha opinião, o meio mas interativo e interessante de divulgar ideias, serviços, produtos e tudo o mais que sua imaginação mandar!

Agora veja as perguntas mais comuns acerca de como criar um blog:

1- Qualquer pessoa pode ter um blog e publicar conteúdo nele?

Sim, qualquer pessoa com acesso à internet pode (e em minha opinião deve) ter um blog. Se você for menor de idade seus pais ou responsáveis precisam autorizar. E se seu filho menor quer ter um blog você precisa ler tudo o que ele escrever antes de ser publicado. Não está nos termos de adesão ao serviço Blogger, mas é apenas um conselho de quem já viu de tudo na blogosfera*.

2- Posso publicar o que eu quiser?

Em princípio, sim. Mas há que se ter responsabilidade sobre o que postamos. Lembre-se que você pode ser  responsabilizado legalmente por cada palavra postada em seu blog, seja nos posts* seja nos comentários*.

3- Tenho que usar meu nome real?

Não. Pode ser um pseudônimo, ou um nickname. E aí está um dos equívocos que se comete. Muitas pessoas agem de má fé e pensam que por usarem pseudônimos podem postar qualquer coisa, de calúnia e difamação a mentiras e disseminação de racismo e pedofilia, por exemplo. Mas não é assim! Mesmo usuários que se ocultam são facilmente localizados quando suas páginas são denunciadas ao Blogger.

Isso acontece porque o site Google assinou com o Brasil um termo de responsabilidade pelo qual ele se compromete a identificar usuários que cometam esses e outros crimes via internet. E como todos sabem o Blogger foi incorporado ao Google em 2003. Portanto é bom saber que anonimato integral não existe para quem quer cometer crimes virtuais.

Agora veja o que significam alguns termos muito usados por blogueiros*:

*Blogosfera: a esfera dos blogs, o mundo onde gravitam os mais de 200 milhões de blogs (apenas contando os que utilizam o subdomínio blogspot.com) existentes.

*Posts: postagens, aquilo que se publica em um blog.

*Comentários: a opinião do leitor, aquilo que ele tem a dizer sobre o post que leu.

*Blogueiro: aquele que bloga. Aquele que cria, cuida, mantém e publica em um blog.

*Sim, as pessoas me perguntam isso. Eu também quis perguntar lá no comecinho, quando tudo era muito estranho…

Interessante, né?

Semana que vem vou mostrar o nascimento de um blog, da concepção ao parto.

Você se lembra do seu começo? Digo começo mesmo, criação da conta e tudo o mais…

Você vem? Convida os amigos  e traz a pipoca…

barrinha9

QUERO LER O POST COMPLETO

Deus e o diabo na terra das eleições

em 19/10/2010

image Tenho assistido, pasma, à fogueira santa na qual se transformou uma eleição aparentemente fácil para o PT. E também tenho sentido muita vergonha alheia.

Depois da derrota (sim, Dilma foi “derrotada”) sofrida no 1º turno, acendeu-se a luz amarela no comitê de campanha petista. A pergunta era: Como recuperar os votos perdidos para Marina Silva? Claro, os 20 milhões de votos não vieram (totalmente) de preocupados eleitores interessados em salvar o planeta mas sim de cristãos evangélicos e católicos menos relaxados que viram na evangélica Marina Silva uma esperança. Sei de igrejas evangélicas e sei de padres católicos que se posicionaram à favor dela.  E se os fiéis escolhem seguir a orientação de seus pastores estão certos, do meu ponto de vista.O voto deve ser dado a quem melhor nos represente.

E eis que isso gerou um dos mais divertidos episódios eleitorais dos quais me recordo!

Agora a candidata Dilma precisa provar que é crente desde criancinha. Num espantoso tiro no pé o PT erra feio ao tentar mostrar uma Dilma que não existe, a Dilma católica cristã feminina. Que volta atrás em suas posições pessoais sobre aborto, por exemplo, que tem que se dobrar e assinar carta aberta aos evangélicos. O programa dela na tv usa palavras chave que não apareciam durante a campanha antes do 1º turno: família, fé, “presidenta”. Até terço pendurado em espelho retrovisor aparece… Agora o PT quer salvar a família. Daqui a pouco vão adotar o lema “Com Deus, pela família e pela propriedade”…

A meu ver o PT erra feio ao voltar atrás e tentar mudar aos 45 do segundo tempo. Vai perder votos dos eleitores que votaram na Dilma justamente pelas posições favoráveis a aborto e outros temas polêmicos, sobre os quais ela se compromete, agora, a não legislar. Perdeu a chance de marcar posição e peitar as igrejas.

Mas pode também ganhar votos pois o povo gosta de ser enganado e compra fácil uma versão mais light de políticos duas caras. Muitas caras, neste caso.

image

Em contrapartida vemos um José Serra com aura de santo. Que vai à casa de eleitores e lê a Bíblia com eles; um Serra coroinha desde criancinha. Parece que ele se candidatou à Bispo… um santo ele. Como diz o slogan da campanha: “Serra é do bem”. Vergonha alheia, é o que sinto. Tenho boa memória e bem lembro das mentiras dele, lembro dele assinando compromisso público afirmando que cumpriria mandato integral e voltando atrás 2 anos depois…lembro da truculência com que o PSDB trata oposicionistas. Mas agora ele é do bem… sei…

Dilma é tão católica (ou cristã) quanto a imensa maioria dos brasileiros: entra na igreja para ir a casamento (e olhe lá), batiza filhos e netos porque senão “fica pagão”, não sabe ao certo o que a Igreja diz sobre este ou aquele assunto e desconhece que sinal da cruz tem um jeito certo de ser feito. E as pessoas se preocupam com isso como se fosse fator decisivo para medir a (in)competência dela… O debate político virou rixa religiosa… como se apenas por ser ou não cristá ela fosse mais ou menos qualificada…

Serra? Idem. Sem tirar nem pôr.image

E ambos são o que todo político é: oportunistas. A chance caiu no colo de Serra. E Dilma, ao invés de ficar firme com suas convicções (certas ou erradas) deu, volto a dizer, um tiro no pé. Qual é a Dilma real? A do 1º ou a do 2º turno?

Nenhum dos dois é crente. Nenhum dos dois serve a Deus. Igual Tuma falando em Jesus no plenário e usando a imagem na campanha para o Senado. Falam porque acham que é isso que o povo quer ouvir. E estão certos: o povo acha bonito falar da Bíblia, dizer que tem fé. O povo pede pra ser enganado.

Então, amigo leitor, pode dormir sossegado: são ambos santos, ambos vão cuidar do Brasil, vão cuidar de você.

Ai, que medo…

 

image

QUERO LER O POST COMPLETO

Hoje é dia de Mahria

em 18/10/2010

image Sim, hoje é dia de celebrar o aniversário de uma das pessoas mais doces e gentis que eu tive o prazer de conhecer através do blog: Mahria, do blog Entretantas… Eu!

464 PRECISA-SE DE UM AMIGO Não precisa ser homem nem mulher, basta ser humano, ter sentimentos.
Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão.
Não é preciso que seja puro, ou todo impuro, mas não deve ser vulgar.
Pode já ter sido enganado ( todos os amigos são enganados).
Deve sentir pena das pessoas tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar aquelas que não puderam nascer.
Deve amar o próximo e respeitar a dor que todos levam consigo.
Tem que gostar de poesia, dos pássaros, do pôr do sol e do canto dos ventos. Precisa-se de um amigo que faça a vida valer a pena, não porque a vida é bela, mas por  se ter um amigo.
Precisa-se de um amigo que nos bata no ombro, sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo. Precisa-se de um amigo para ter-se a consciência de que ainda se vive.
Carlos Drummond de Andrade

Poucas vezes na vida eu quis tanto ter asas nos pés como agora… para voar até Açailândia, olhar dentro dos seus olhos, sorrir para você e dizer o quanto a amo, o quanto desejo que você resplandeça com a aurora.
Feliz aniversário, minha querida Mahria.


QUERO LER O POST COMPLETO

Me chama que eu vou!

em 17/10/2010

icone me chama Há muito tempo eu sinto no coração o desejo de escrever este post e dar este passo. Hoje chegou o dia. Finalmente.
Quando criei o blog eu não tinha grandes pretensões. Queria me expressar, saber mais de mim; daí o tom umbigocentrista que adotei desde o começo. Mas, mesmo sem pretensões, o blog cresceu. Agrada a muitos. Desagrado (eu, mais que o blog) a alguns. Só notas de $100 agradam todo mundo…
Mas, como eu ia dizendo, o blog cresceu e agora é a hora de fazer algo útil com ele.
Quando eu iniciei o blog os primeiros a me receber e acolher foram os blogs sobre animais. As gateiras, as cachorreiras… sem essas meninas eu talvez tivesse desistido. E um dos primeiros blogs que conheci foi o Adote um focinho carente, blog que tem por trás um projeto muito especial e corajoso.
Pois bem…
Fiz uma parceria com a Flávia, editora do Adote um focinho carente; parceria esta que consiste no seguinte e que servirá para dar início a um projeto:
Você tem um blog mas quer deixá-lo mais interessante, com mais recursos e charme mas tem medo do monstro html ou não sabe como mexer?
Me chama que eu vou!
Tem uma amiga (ou amigo) que quer ter um blog mas não sabe como fazer?
Me chama que eu vou!
Viu aqui no blog alguma customização ou gadget que gostou mas não conseguiu instalar em seu blog?
Me chama que eu vou!
Este é o meu projeto:
me chama
Veja bem: eu não crio templates. Poucos são os que os criam, a maioria adapta modelos existentes.Eu coloco roupa nova em seu blog. Crio um blog para você. Enfeito seu blog. Adiciono os recursos que você pedir. Troco seu template por um disponível gratuitamente ou por um dos modelos do Blogger. Respondo suas perguntas, resolvo seus problemas bloguísticos. Só não trago seu amor de volta em 3 dias…


Resumindo:
Você, ou alguém que você conhece, precisa de ajuda para dar um up em seu blog ou até mesmo para criar um blog?
icone me chama
 Envie um email e a gente combina sobre valores, prazo, etc...
Agora preciso de sua ajuda!
Divulgue aos amigos, conta prasamigas e sempre que alguém disser que quer ter isso ou aquilo no blog mas não sabe como:
me chama
QUERO LER O POST COMPLETO

Outubro rosa: toque seu corpo!

em 14/10/2010

la%C3%A7o cor de rosa Quando somos pequenos enfiam um monte de preconceitos em nossa cabeça: menino tira a mão daí; menina não enfia o dedinho aí! E vão pouco a pouco fazendo com que a gente perca a naturalidade em se tocar, em explorar o próprio corpo.

Daí a imensidão de mulheres que sequer sabem que parte do próprio corpo é mais sensível a uma carícia, onde gosta e onde não gosta de ser tocada.

Não estou fazendo apologia à masturbação. Cada um sabe de si e todo mundo que lê este blog é adulto.(você é adulto, né?) Estou falando apenas que uma penca de mulheres morre todo ano no mundo vítima do câncer de mama. Mulheres que jamais tocam os próprios seios, que sentem vergonha de fazer isso ou simplesmente sentem-se desconfortáveis demais para se tocarem.

Vivemos num mundo tão erotizado e ainda assim mulheres morrem por conta de diagnóstico tardio da doença e a imagem de uma mulher fazendo auto-exame ainda causa frisson. Curioso é que gente transando na novela é aceitável mas eu bem lembro do alvoroço que causou a peça publicitária que mostrava a Cássia Kiss nua da cintura para cima fazendo o auto-exame…

Quer comhecer um pouco mais sobre o assunto? Clique aqui para saber sobre câncer de mama feminino.

Mas o que muita gente não menciona é que homens também desenvolvem câncer de mama. Não imaginava isso? Então leia e se informe sobre o assunto. Afinal sempre tem um homem que a gente quer proteger dele mesmo, visto que homem é muito resistente a procurar médico.


Eu, que acabei de completar 37* anos, penso nisso e me toco sempre.
E você?

Agora um recado aos meninos: vocês gostam tanto dos seios das meninas, gostam de olhar, e quando são mais jovens (ah, os namorados!) vivem querendo uma chance de tocar. Adultos, vocês bem que gostam ( e nós também, claro) de pegar, mordiscar, lamber, tocar. Fale com sua garota, incentive-a a realizar o auto exame. Toque sua parceira, e se notar algo estranho arraste ela  atá o médico. Ajude sua garota a cuidar do que dá tanto prazer... ajude a salvar a vida dela!

*Atualmente 38... e aumentando.
E para não perder o costume amanhã tem uma novidade. Espere por mim!
De preferência ansiosamente…
 Este artigo é uma republicação.
QUERO LER O POST COMPLETO

Vitrine da Elaine

Este post é muito especial e importante para mim. É um post de divulgação e de vitórias. De divulgação de vitórias, aliás.

Para começar quero falar deste livro:

image É o primeiro romance da blogueira (fofa, linda, guerreira ) Sheila Mendonça que edita o Cantinho She. Não li o livro (ainda) mas leio o blog e conheço o dom que essa moça possui para lidar com sentimentos e palavras. Clique no link, ou na capa do livro, e conheça o blog dela. Gente, uma blogueira que realiza o sonho de publicar um livro merece ou não merece todo apoio? Que venham muitos outros mais!

barrinha lilás

Falando em blogueira que publica livro quero te mostrar este:

image É o 1º volume (chique isso!) das Histórias para criança ler, ouvir e sonhar, da querida Minéia Pacheco, que edita um blog com o mesmo nome do livro. São pequenos contos, fábulas lindas e encantadoras que ensinam de um jeito leve, delicioso e muito lúdico. Você tem criança em sua vida? compre, dê de presente a ela! Clique no link ou na capa do livro e… vai lá!

barrinha lilás

Agora a dica é sorteio simples, sem complicação!

image

A Bichos de pano comemora 6 meses de sucesso e está promovendo um sorteio muito legal! Clica no link e se joga! E ainda tem mais 2 opções de estampa para o ganhador escolher! Não tem sorte mas quer um kit pra chamar de seu? Clica no link e veja que é muito mais barato do que você pensa!

barrinha lilás

Agora, para terminar, eu quero te fazer um convite!

A Vanessa Anacleto, do blog Fio de Ariadne está promovendo um concurso muito interessante. Veja:

image O Fio de Ariadne promove o II Concurso de Contos com o tema  Conto de Fadas.

Escreva um conto inspirado em um conto de fadas clássico.  O escritor pode usar partes do enredo, arquétipos ou apenas o mote do conto . E atenção, este não é um concurso de contos infantis mas eles também serão recebidos. É só isso,  o resto é por conta do autor.

Instigante, né? Se você gosta de escrever, experimenta! Ano passado a vencedora foi a Patrícia Daltro, que nesta edição integra o corpo de jurados. Coisa chique, meu bem… Bora lá se inscrever e soltar a imaginação?

     ****                                                 ****

Sabe, eu penso no dia em que vou divulgar o lançamento de um livro meu…

Será?

fim do post-7

QUERO LER O POST COMPLETO


Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários