Sempre livre

em 7 de julho de 2010

image
"Liberdade, essa palavra
Que o sonho humano alimenta;
Que não há ninguém que explique
E ninguém que não entenda..."
 
Estes versos de Cecília Meireles são muito apropriados para começar este post que eu ando querendo escrever faz tempo.
 
Hoje em dia, talvez o bem mais cobiçado e mais exaustivamente procurado seja a liberdade. Todos queremos ser livres, e mais: fazemos questão de ter esta liberdade reconhecida.
 
E fazemos questão também de deixar claro que respeitamos a liberdade de todo mundo, que não julgamos ninguém. É politicamente correto respeitar a opção sexual, a preferência partidária. a profissão de fé.
Na teoria é mesmo muito bonito mas e na prática? É lindo e funciona, desde que você siga a liberdade da maioria.
 
Respeita-se a opção sexual(se bem que eu pessoalmente deteste este termo) mas experimente dizer que você é virgem na sua roda de amigos do trabalho ou da faculdade ou que tendo um namorado ou namorada mantem-se ambos na prática da castidade. Mentiroso ou mentirosa é o mínimo do que vão lhe chamar.
 
Respeita-se a inclinação partidária mas experimente dizer que você não apóia o assistencialismo eleitoreiro do governo atual ou sua desastrada política de educação sexual e você será logo chamado de ignorante e retrógrado.
 
Respeita-se a religião como ideologia mas experimente viver realmente, no dia-a-dia a sua fé, seja ela qual for. Fanático, xiita,e mais um monte de coisas é do que vão lhe chamar.
 
A liberdade tão apregoada não é liberdade real, não mesmo. Você só é livre se for para seguir o estilo e a conduta permissiva que o mundo apregoa.
 
Liberdade só se for para ser igual. Diferente não pode. Dizer que não concorda com a legalização do aborto faz você parecer um idiota ou um monstro mas concordar que milhares de bebês sejam assassinados justamente no lugar que deveria ser o mais seguro de todos é ser moderno e esclarecido.
 
Outro dia eu li um comentário que dizia que a liberação do aborto beneficiará as mulheres pobres, pois elas deixarão de recorrer à clínicas clandestinas e terão a segurança dos hospitais para realizar a interrupção da gestação. Agora a desculpa para a legalização é o amparo aos pobres!
 
Interrupção da gestação, outro termo que eu detesto. Interrupção denota algo que foi temporariamente parado e pode ser retomado depois. Absolutamente não é o caso de um aborto. Matou, tá morto meu bem. Nova gestação, se houver, será outro bebê, outra pessoa e não a continuidade daquela gestação que foi "interrompida"!
 
Mas estou divagando. Falava de liberdade. E quanto à liberdade de estilo? Mostrar a bunda em saias tão curtas que dá para ver o começo do útero é ser livre; mas vestir-se com modéstia é ser ultrapassada, é ser recalcada. Será que é livre realmente uma menina que se expõe semi-pelada para ganhar um pouco de atenção?
 
Quando um autor de novela quer retratar uma beata ou uma mulher mal amada e amarga ele sempre a retrata com saia comprida e cabelo sem cor nem corte, como que frisando que a mulher livre é apenas aquela que usa decotes no umbigo e roupas tão justas que dá para ver o desenho dos rins.
 
Diz-se de uma mulher que ela é livre quando ela bebe, quando cai na balada e beija todos, quando ela transa com quem bem entende... Mas quando ela não faz nada disso, diz-se que ela é reprimida, recalcada e um monte de outros "rês".
 
Se uma mulher diz que gosta sim de ser dona de casa logo dizem que ela vive no século passado. Livre para ser independente, sim. Para ser o que quiser, não.
 
Se um homem diz que" fica" com um monte de mulheres ele está sendo livre. Se diz que é fiel e que vive para a mulher da sua vida ele é trouxa e viado.Entende o que eu digo?
 
É uma falsa liberdade, uma liberdade de mão única. E quem mais vive esta contradição é justamente quem mais briga por liberdade.
 
Ás vezes lutamos tanto pela liberdade que já nem sabemos o que ela é realmente.
 
Já pensou se a maçã verde decidisse que todas as maçãs teriam que ser verdes como ela? Ás vezes nos comportamos assim com as pessoas...

Republicação

fimdepost12

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

20 comentários , comente também!

  1. Oi, Elaine

    Você foi fundo no assunto. Muito bom.
    Quem realmente é livre numa sociedade? Julgamos e somos julgados o tempo todo, infelizmente.
    Gostei muito mesmo.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  2. Laine, tô aqui te aplaudindo, porque assino embaixo de tudo que vc escreveu. Eu sempre digo que a liberdade de hoje é pura Hipocrisia.


    O cartao já seguiu viagem, rs.

    Bjao

    ResponderExcluir
  3. Difícil comentar este post, Elaine, no qual eu concordo com vc em partes. Existem sim opiniões que estão na moda e comportamento socialmente aceitos e até esperados.
    Eu procuro ser uma pessoa aberta às possibilidades e às diferenças.
    Mas existes convicções que são pessoais, ou baseadas nas experiências que temos na vida e que mostram que nem tudo é preto ou branco... entre estas duas cores existem infinitas possibilidades de cinza.
    Já falei aqui uma vez que sou totalmente a favor do aborto, não só nas situações previstas por lei, mas em qualquer situação. Falar sobre isso levaria páginas... mas você foi sincera ao escrever e tenho q ser sincera ao responder :)
    Vc sempre me faz refletir,
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Linda reflexão.Tens razão...Pra ter a liberdade, há que saber o que ela significa(pelo menos pra nós) e saber usá-la. um beijo,tudo de bom,chica e lindo dia!

    ResponderExcluir
  5. Quanta verdade! Eu não tenho nem o que falar, você colocou completamente a minha opinião aí. Respeito todo mundo exige, mas nem todo mundo sabe dar, não é ? Eu nao entendo qual é a dificuldade em aceitar o diferente...
    Beijos, Laine.

    ResponderExcluir
  6. Ai que saudades de ti!!! Andei sumida...
    Elaine, realmente os tempos estão de cabeça pra baixo e os conceitos estão todos trocados!

    ResponderExcluir
  7. Que dizer? Apenas que a suposta liberdade se fabrica no nosso âmago, na nossa forma de ver as coisas. Somos livres quando ultrapassamos determinados conceitos, mas ficamos sempre reféns do que não entendemos mas queremos entender...
    Fica tanto por dizer!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Elaine, muito feliz com sua visita!!

    Obrigada mesmo, você é um anjo!!

    Eu ainda quero incluir duas coisas que não consigo de jeito nenhum, que um quadro com o que eu escrevo no twitter e o linkbar.

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Elaine!!!
    Muito interessante seu post sobre LIBERDADE...
    Acho extremamente difícil discutir esse assunto... pois como você mesma abordou... existem maneiras e maneiras de se encarar esse assunto...
    Já vi muita menina dizer... agora sou livre... estou curtindo vida...casamento não é pra mim... depois de uma decepção amorosa.. E de repente esse mesmo ser, adiciona uma comunidade no Orkut "Quero um amor pra toda a vida"...
    Ou gente grande.. barabada... rs.. que larga tudo... profissão... mesmo que já estabilizada ou até concursada... para se dedicar exclusivamente à casa, aos filhos... e ao ouvir questionamentos... se irrita... se chateia... faz bico... rs...
    Espera aí meu amigo... cada um é livre para ser e fazer o que bem entender... mas se algo te incomoda é porque nem tudo está tão bem resolvido assim, certo? ;)
    Na real... apesar de toda essa tal liberdade (quando não libertinagem)... acho que todos temos um desejo... mesmo que bem pequeno... escondido lá no fundo de um cantinho do coração...de termos uma vida simples... casa... filhos... família... um emprego que nos faça sentir realizadas...
    Resumindo... no fim das contas, o que todo mundo quer é simplesmente ser feliz!! ;)
    Uma linda semana pra você florzinha!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine!!!
    Muito interessante seu post sobre LIBERDADE...
    Acho extremamente difícil discutir esse assunto... pois como você mesma abordou... existem maneiras e maneiras de se encarar esse assunto...
    Já vi muita menina dizer... agora sou livre... estou curtindo vida...casamento não é pra mim... depois de uma decepção amorosa.. E de repente esse mesmo ser, adiciona uma comunidade no Orkut "Quero um amor pra toda a vida"...
    Ou gente grande.. barabada... rs.. que larga tudo... profissão... mesmo que já estabilizada ou até concursada... para se dedicar exclusivamente à casa, aos filhos... e ao ouvir questionamentos... se irrita... se chateia... faz bico... rs...
    Espera aí meu amigo... cada um é livre para ser e fazer o que bem entender... mas se algo te incomoda é porque nem tudo está tão bem resolvido assim, certo? ;)
    Na real... apesar de toda essa tal liberdade (quando não libertinagem)... acho que todos temos um desejo... mesmo que bem pequeno... escondido lá no fundo de um cantinho do coração...de termos uma vida simples... casa... filhos... família... um emprego que nos faça sentir realizadas...
    Resumindo... no fim das contas, o que todo mundo quer é simplesmente ser feliz!! ;)
    Uma linda semana pra você florzinha!!!

    ResponderExcluir
  11. Elaine,

    Cecília conseguiu definir o que é liberdade.
    Mas somos nós que insistimos em catalogá-la, em definir níveis e ações.
    Você só é livre se estiver no padrão, fora dele você é considerado minoria (que é a maioria) porém minoria em direitos, em condição. A farsa da liberdade começa a partir da Revolução Francesa e é apenas uma estratégia de manipulação. Não sei se o caminho é lutar pela liberdade, pois não acredito na existência dela, creio que hoje lutaria por respeito, esse me assegura minha existência.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. ELAINE QUERIDA...
    a liberdade dói!!! e como...
    não é fácil ser livre tendo moral, bons costumes, chegando na hora nos compormissos e usando as roupas que queremos , no minimo seremos chamadas de cafonas..
    mas eu nem ligo, eu me sinto livre por que sou livre na minha alma, lutei muito pra ser independente(GAVIÃO, CM DIZ O MARIDO REFERINDO-SE AO CORINGÃO)RSR, ESSA LIBERDADE EU CONQUISTEI, EU DIGO QUE SÓ FAÇO O QUE QUERO E QUANDO QUERO E DA MANEIRA QUE ACHO MELHOR, MAS CLARO QUE HÁ AQUILO QUE ESTÁ FORA DA NOSSA ALÇADA, DEPENDE DOS OUTROS OU DO TODO, COMO HORÁRIOS, COMPROMISSOS, MAS NO RESTO EU EXERÇO ESSA CAPACIDADE QUE ME VEIO POR MÉRITO E NÃO LIGO MESMO PRO QUE OS OUTROS PENSAM, DIGO AQUILO QUE PENSO E ACHO ,MESMO QUANDO MAGOO, AFINAL NÃO ME MAGOAR É UM EXERCÍCIO DA LIBERDADE.
    APRENDI A SER EGOISTA COM MEU PENSAMENTO E A ME RESPEITAR E DA MELHOR MANEIRA POSSIVEL ME FAZER RESPEITAR, NÃO É FÁCIL, MATO UM LEÃO POR DIA....
    TEM DIAS QUE ME REVOLTO EXATAMENTE COM AS COISAS QUE VC EXPLANOU...TB PENSO NESSA HIPOCRISIA QUE RONDA AS PESSOAS, ONDE SER LIVRE É UM LUGAR COMUM , É SER UNIFORME...
    LOGO EU QUE TENHO HORROR A ELES....
    MAS TAMBÉM APRENDI QUE CADA QUAL É DO SEU JEITO, RESPEITO...
    NO MAIS SABOREIO MINHA LIBERDADE COMO UM PICOLÉ DE CHOCOLATE, AOS POUCOS E VAGAROSAMENTE, ATÉ O FIM.
    ADOREI A POSTAGEM, VAI DAR O QUE FALAR...
    ADORO POLEMICAS...KKKKKKKK
    BJUIVOS NO SEU CORAÇÃO QUERIDA.
    TENHA UMA NOITE DE CÉU ESTRELADO.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Oie querida, passando por aqui... mas quero ler tudo com calma e colocar em dia, então volto depois de novo, beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  15. ELAINE CONCORDO COM TD QUE VC ESCREVEU AQUI... COM CERETZA AS PESSOAS ACHAM QUE LIBERDADE É ISSO...MAS LIBERDADE É SER FELIZ ASSIM COMO É A GENTE...

    AMEI O POST, ALIÁS GOSTO MUITO DE TD QUE VC ESCREVE.. PARECE QUE É TD QUE EU PENSO MAS NÃO CONSIGO ME EXPRESSAR ASSIM COMO VC!!!


    BJS

    ResponderExcluir
  16. Ah será que eu poderia mandar por e-mail para uma amiga?? Lógico com os devidos creditos para vc...

    bjs

    rofreirecroche.blogspot.com
    rosouzafreire@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Sem tirar nem por nenhuma vírgula. Desta vez concordo inteiramente com você. Se não falei ainda aqui, vou falar agora, sou totalmente contra o aborto.Todos tem o direito a maior de todas as liberdades, a de viver.


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  18. Rosari-bendizer São Paulo9 de julho de 2010 11:16

    Lindo texto como sempre Elaine. Que liberdade é essa que procuramos, que só vamos ser incluídas se formos de acordo com quem "acha" que é o convencional... AH esse mundo.
    Elaine quanto ao endereço para me enviar livros, serão super ben vindos!
    Passei por momentos apertados, por isso a demora em responder a todos.
    Rua Luiz Goes, 1497
    Vila Clementino - São Paulo - SP
    Cep.04043-350
    muito muito obrigada!
    Abraços Benditos :)
    Associação Bnedizer - OSCIP

    ResponderExcluir
  19. Esse post foi simplesmente perfeito. Concordo de cabo a rabo, nada a acrescentar!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…