O amor, ah, o amor…

em 20 de junho de 2010

~ O Amor ~

~ Gibran Kahlil Gibran ~

 

Quando o amor vos chamar, segui-o,
Embora seus caminhos sejam agrestes e escarpados;
E quando ele vos envolver com suas asas, cedei-lhe,
Embora a espada oculta na sua plumagem possa ferir-vos;
E quando ele vos falar, acreditai nele,
Embora sua voz possa despedaçar vossos sonhos
Como o vento devasta o jardim.
Pois, da mesma forma que o amor vos coroa,
Assim ele vos crucifica.
E da mesma forma que contribui para vosso crescimento,
Trabalha para vossa queda.
E da mesma forma que alcança vossa altura
E acaricia vossos ramos mais tenros que se embalam ao sol,
Assim também desce até vossas raízes
E as sacode no seu apego à terra.
Como feixes de trigo, ele vos aperta junto ao seu coração.
Ele vos debulha para expor vossa nudez.
Ele vos peneira para libertar-vos das palhas.
Ele vos mói até a extrema brancura.
Ele vos amassa até que vos torneis maleáveis.
Então, ele vos leva ao fogo sagrado e vos transforma
No pão místico do banquete divino.
Todas essas coisas, o amor operará em vós
Para que conheçais os segredos de vossos corações
E, com esse conhecimento,
Vos convertais no pão místico do banquete divino.
Todavia, se no vosso temor,
Procurardes somente a paz do amor e o gozo do amor,
Então seria melhor para vós que cobrísseis vossa nudez
E abandonásseis a eira do amor,
Para entrar num mundo sem estações,
Onde rireis, mas não todos os vossos risos,
E chorareis, mas não todas as vossas lágrimas.
O amor nada dá senão de si próprio
E nada recebe senão de si próprio.
O amor não possui, nem se deixa possuir.
Porque o amor basta-se a si mesmo.
Quando um de vós ama, que não diga:
“Deus está no meu coração”,
Mas que diga antes:
"Eu estou no coração de Deus”.
E não imagineis que possais dirigir o curso do amor,
Pois o amor, se vos achar dignos,
Determinará ele próprio o vosso curso.
O amor não tem outro desejo
Senão o de atingir a sua plenitude.
Se, contudo, amardes e precisardes ter desejos,
Sejam estes os vossos desejos:
De vos diluirdes no amor e serdes como um riacho
Que canta sua melodia para a noite;
De conhecerdes a dor de sentir ternura demasiada;
De ficardes feridos por vossa própria compreensão do amor
E de sangrardes de boa vontade e com alegria;
De acordardes na aurora com o coração alado
E agradecerdes por um novo dia de amor;
De descansardes ao meio-dia
E meditardes sobre o êxtase do amor;
De voltardes para casa à noite com gratidão;
E de adormecerdes com uma prece no coração para o bem-amado,
E nos lábios uma canção de bem-aventurança.

Para começar muito bem uma semana que será muito boa!

boa-semana-recados-04

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

17 comentários , comente também!

  1. O amor anda bagunçando minha vida, querida...

    ResponderExcluir
  2. Que lindooooo!
    Beijo, beijo e ótima semana pra vc tb!

    ResponderExcluir
  3. Oi querida...
    O amor ou a falta dele está me fazendo sentir uma dor ardida...
    Tenha uma semana iluminada!
    Bjos de luz...
    Adriana (Ata/SP)

    ResponderExcluir
  4. O amor é tudo...simplesmente! Espero que estejas melhor. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Ah... o amor.

    Lindo texto amiga.

    E ai me conta como vc está? Melhorou?
    Espero que sim.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Ahhhhhhh o amor!
    Sempre lindo e surpreendente!
    Eu estou no coração de Deus ( tenho certeza absoluta disso) e espero estar no seu também.
    Que postagem maravilhosa!
    Boa semana ... que seja cheia de muito amor.
    Ahhhhhhhhh o amor!
    Bjim

    ResponderExcluir
  7. Que lindoooooooooooo, minha amiga!!!
    Te desejo uma semana de muita paz e amor!!!!
    Beijossssssssssssssssssss
    Vero

    ResponderExcluir
  8. Maravilhoso Kalhil Gibran, adoooooro. Parabéns pelo post, ta massa!

    ResponderExcluir
  9. Elaine,

    Também estou esperando uma semana sensacional, não aceito nada menos que isso! E espero o mesmo para você.
    Beijos e ótima semana

    ResponderExcluir
  10. O Amor é assim mesmo, lindo e tão contraditório, eu morro de medo dele...


    Beijos com muito amor em sua vida, sempre.


    Mah

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto do amor. Mas do amor fraterno, de Deus, de mãe, dos amigos. Aquele outro amor, o carnal, desacredito, me dar medo.


    Beijos
    Mah

    ResponderExcluir
  12. Quando um de vós ama, que não diga:
    “Deus está no meu coração”,
    Mas que diga antes:
    "Eu estou no coração de Deus”.

    Perfeito. O amor e Deus. Inseparáveis.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. O amor é assim mesmo....são altos e baixos...

    Uma linda semana também!

    beijos com carinho!

    Bia

    ResponderExcluir
  14. Lindo texto!! Sem amor nada é possível! Tudo é feito com amor, tudo!
    Uma semana maravilhosa p/você também.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Line, tudo bem contigo?

    Tocante s palavras desse texto.

    Boa semana

    Beijao

    ResponderExcluir
  16. elaine..
    os textos do gilbran são fantásticos...
    este me inspirou...
    bjuivos no coração.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…