As coisas que nós não vemos (mas que existem)

em 30 de maio de 2010

image Tenho uma coisa para compartilhar com você e quero muito saber sua opinião gentil porém sincera. Leia com atenção:

Lembra que eu comentei neste post aqui sobre meu sobrinho estar doente?

Então.

Sexta-feira ele passou o dia todo aqui em casa. Chegou lá pelas 8 da manhã e foi embora depois das 7 da noite.

Passou o dia muito bem, teve apenas um começo de febre e não vomitou. Mamou, brincou, dormiu. Absolutamente normal.

Daí eles foram embora. Eu saí com o marido e só falei com minha irmã no sábado, convicta de que o bebê havia dormido bem à noite.

Pois pasme! Ela me disse que foi incrível! Ela mal abriu a porta de casa e ele começou chorar descontroladamente. Daí foi o caos: choro ininterrupto, vômito, febre de 39 graus. Ninguém dormiu. Medicação nenhuma resolvia. Ela e minha sobrinha ficaram pasmas pois não parecia o mesmo bebê que passou o dia aqui em casa.

Agora vem a partilha que quero fazer.

A casa onde moram pertenceu à família do meu cunhado. Muitas coisas ruins ocorreram lá: irmão esfaqueando irmão, pai que espancava sistemáticamente a mãe, e o pior: o pai do meu cunhado era um tipo de feiticeiro, que praticava magia negra com o intuito de prejudicar as pessoas. Ele inclusive recebia dinheiro para fazer essas coisas.  Os 8 filhos são analfabetos pois ele não permitia irem à escola. A esposa vivia com ossos partidos. Ele morreu de modo horrível, com muito sofrimento.

Aliás sofrimento ali não faltou. Contam casos terríveis de agressões e violência. E muitas coisas ocultas.E tudo isso parece ter ficado impregnado na casa.

Sei que os mais racionais e céticos vão duvidar, mas apenas quem tem a sensibilidade para coisas espirituais vai entender.

Na sexta-feira mesmo minha irmã procurou o padre da nossa paróquia e ele se comprometeu a ir abençoar a casa e aspergir água benta. Aliás isso é muito bom, toda casa católica deveria ser abençoada por um sacerdote. Ou por um pastor, caso seja evangélica. Há mais coisas entre o céu e a terra do que suspeita a nossa vã filosofia…

Ela também ligou para os amigos do grupo de oração que ela ainda frequenta e eles entraram em oração pelo bebê. Sábado eles oraram com o bebê. E daí o bebê melhorou.

Crianças são extremamente sensíveis. Elas percebem coisas. Elas sabem. E por serem mais frágeis são mais vulneráveis.

Fisicamente. E espiritualmente também.

Daí a importância de orar pelas suas crianças. Orar enquanto elas dormem, orar no quarto delas. Consagrá-las ao Senhor Deus. A oração dos pais tem enorme eficácia pois alcança diretamente o coração de Deus.

E tios, irmãos, avós e padrinhos também têm esse poder de tocar o céu em favor das crianças.

Até porque, vai saber, né? O mal sempre está à espreita…

semana abençoada

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

49 comentários , comente também!

  1. Querida as crianças vêem coisas que não vemos mais por que perdemos a inocência e sensibilidade... elas sentem, vêem e por vezes sofrem com o que há no local... orações e benzimentos, nestes casos, são bem vindos...

    beijinssssss

    ResponderExcluir
  2. Acredito.
    Sim, crianças são mais sensíveis.
    A oração do Pai Nosso é poderosa num caso como esse.
    Obrigada pela sua visita ao meu blog.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Olá querida Elaine,

    Não li o post em que você falou de seu sobrinho não estar bem, mas o que nesta postagem consta, não dá para duvidar não.

    As crianças são mesmo sensíveis demais e percebem coisas que os adultos não.

    Quanto ao Padre abençoar a casa é muito bom. "Se Deus é por nós, quem será contra nós?" Isso é bíblico. Se Deus está presente na casa, nada demal acontecerá.

    Excelente post. Parabéns!
    Beijo no seu coração.
    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian


    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir
  4. Elaine, adoro seu cantinho. Estou sempre por aqui lendo seus posts, ora me divirto, ora me sensibilizo, e sempre aprendo muito com vc. Obrigada, querida.
    Menina, não tenho dúvidas que seu sobrinho está sentindo a influência do ambiente.
    Vc deve estar sofrendo também, vendo o sofrimento dele ne?
    Li seu post falando do seu amor por ele e me identifiquei muito pois também amo meus sobrinhos como se fossem meus filhos.
    Desejo a vcs tudo de melhor.

    ResponderExcluir
  5. Como eu entendo essas coisas...
    Sou bastante sensível também e sofro, desde criança, com a influência de ambientes pesados.
    Meus alunos, quando a coisa tá quente lá na escola, sentem também. E tem ocasiões em que eles só acalmam quando eu sento e oro com eles.

    ResponderExcluir
  6. Oi Elaine!!!
    QUE VOCÊ SÓ CONSIGA VER E PERCEBER AS COISAS LINDAS QUE A VIDA PODE LHE OFERECER.
    TENHA UMA LINDA E ABENÇOADA SEMANA.
    BEIJINHOS
    Ângela Guedes

    ResponderExcluir
  7. Elaine minha querida,
    vários assuntos:
    - Quanto ao recebimento do livro, já recebi sim e te enviei um email agradecendo e me desculpando pois queria colocar a foto dele no blog, mas não sei fazer isso e minha filha estava viajando.
    -Sobre o texto acima, volto reler com calma e nos falaremos sobre pois já passei por algumas situações semelhantes, e muito relutamos em aceitar qualquer coisa que não fosse do real.
    Família estritamente católica, com duas tias freiras, (irmã da minha mãe e outra irmã do meu pai ) já viu né!.
    - Quanto a promoção perseguição digital, já respondi o formulário e inclusive tenho o banner lá no blog. Indicação da minha querida amiga Riff.

    Estou em falta pois passei um sufoco dos diabos com minha filha do meio, um tumor que apareceu na tireóide, e quase morremos de tanta preocupação até que a biópsia ficasse pronta.
    Graças a Deus as coisas se acalmaram, não deu malignidade, nem acredito me sinto até mais leve. Isso tudo logo na sequência do recebimento do livro, portanto me perdoe a indelicadeza de não ter notado a falta de resposta ao email.
    Estou aos poucos tentando me atualizar quanto às visitas e até mesmo postagens mais frequentes.

    Fique com Deus.
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  8. Amiga, um fato incrível realmente!
    Me coloco no lugar de sua cunhada, que está passando uma barra, e quando é com um filho, como dói em nós.

    Nasci numa família católica, depois fui pra evangélica na adolescência e agora, adulta, me encontrei na católica novamente.

    Na fase que passei na igreja evangélica aprendi muitas coisas sobre isso tudo que você compartilhou conosco, e oque tenho pra falar é que façamos todas uma corrente de oração por essa familia, pois todos precisam, o nenem é o mais afetado porque as crianças como você mesma disse são mais vulneráveis, mas pode ter certeza que a familia toda precisa de nossas orações.

    Pode ter certeza que colocarei essa família, mesmo sem saber nomes, em minhas orações!

    Bjinhusss


    OBS: Tá rolando promo lá no blog, te espero!!!

    ResponderExcluir
  9. Amiga, um fato incrível realmente!
    Me coloco no lugar de sua cunhada, que está passando uma barra, e quando é com um filho, como dói em nós.

    Nasci numa família católica, depois fui pra evangélica na adolescência e agora, adulta, me encontrei na católica novamente.

    Na fase que passei na igreja evangélica aprendi muitas coisas sobre isso tudo que você compartilhou conosco, e oque tenho pra falar é que façamos todas uma corrente de oração por essa familia, pois todos precisam, o nenem é o mais afetado porque as crianças como você mesma disse são mais vulneráveis, mas pode ter certeza que a familia toda precisa de nossas orações.

    Pode ter certeza que colocarei essa família, mesmo sem saber nomes, em minhas orações!

    Bjinhusss


    OBS: Tá rolando promo lá no blog, te espero!!!

    ResponderExcluir
  10. Não vou comentar toda a história aqui contada. Não vou perder tempo com magias negras ou brancas. Mas numa coisa estou de acordo convosco. Rezar, pedir a Deus com muita fé e confiar Nele em todas as situações por mais difíceis que sejam, ajudam a resolver os problemas que nos afligem. Aliás, o mundo está na difícil situação que todos sabemos, por a humanidade viver de costas voltadas para Deus. Façam uma visita a este Site e vejam as orações para tratar o corpo e o Ispírito: http://www.verdor.org/texto/mantrasparaumavida.htm

    E vejam as orações começadas assim:
    SEJA FEITA A TUA VONTADE HOJE! DOU GRAÇAS A DEUS PELO DIA DE HOJE ETC.

    ResponderExcluir
  11. Olá amiga, eu sou muito sensível e sinto certas coisas de longe, principalmente com relação às pessoas. Tenho uma irmã que sente os ambientes. Eu acredito muito nisso e quando fiquei ruim da depressão, três dos meus bichos morreram, acredito que eles estavam me defendendo de algum mal que era pra mim.
    O mundo está cheio de coisas, boas e ruins e cabe a nós nos protegermos ou abrirmos a guarda. Eu abri a minha e o mal entrou e até agora tento me livrar!
    Reze por mim também, ainda preciso muito de oração!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Elaine
    As crianças tem uma sensibilidade fora do comum, eu acredito sim que o seu sobrinho tenha carregado as energias desse lugar que como você relatou, aconteceu várias tragedias.Por isso que sempre temos que orar e pedir a Deus ra todos nos para nos viver livres dessas energias ruins.Tambem além de orar temso que ter bom comportamentos, para que as más influencias fiquem bem longe.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    As crianças possuem magia que somente com a prensença delas já nos contagia e nos deixa cheios de alegrias e coisas incríveis ocorrem.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  14. Menina, isso é que é sintonia! Faça sim as batatas que vc vai gostar.

    ResponderExcluir
  15. Sabe amiga eu acredito em exatamente tudo que vc escreveu no post. Isso é muito sério !
    Eu sempre pedi para um sacerdote abençoar a minha casa e mais rezo todos os dias a oração de São Bento que é poderosíssima !
    Compra uma medalha de São Bento para a sua irmã. Vai ajudar tenho certeza !
    Beijos
    Luka.

    ResponderExcluir
  16. Elaine

    Sabemos que tudo pode parecer duvidoso, mas sempre encontramos respostas a situações adversas a nossa realidade.
    O fato que voce nos relata envolvendo seu sobrinho possui sua fundamentação lógica e espíritual, sabemos da força que muitos negam existir, mas, ela se faz presente em todos os momentos de nossas vidas, e saber lidar com elas é algo muito difícil.
    Acredito que o passo dado convidando religiosos para uma "limpeza" na residência pode ser suficiente, mas como vários estudos já apresentados, bom seria uma mudança e uma avaliação de perítos no assunto.
    Espero poder receber boas notícias quanto a fato.
    Deus abençoe seu sobrinho e sua família
    Um forte abraço
    Mad

    ResponderExcluir
  17. "Há mais coisas entre o céu e a terra do que suspeita a nossa vã filosofia". Verdade Elaine, a casa de sua irmã precisa ser ungida, foi muito bom ela ir pedir para o sacerdote que faça isso, porque precisa ser quebrada toda e qualquer maldição que possa existir, atráves dos seus antigos moradores. Eu acredito que essas coisas existam sim, mas Deus é MAIS e MAIOR.

    Beijos
    Mah

    ResponderExcluir
  18. Oi Elaine!

    Me indentifiquei com seu post, já aconteceu uma situação parecida com minha filha quando estavamos visitando familiares que praticam ocultismo... acredito também em maldição de família,infelizmente ninguém está livre.Só mesmo muitas orações para quebrar certas influências malignas.
    Seu blog é show! Vou te seguir, tá?
    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  19. O espiritismo diz que as crianças tem masi sensibilidade e que sao capazes de perceber mais os espiritos, eu que sigo fielmente essas tendencias fiquei arrepiada ao ler seu post. Fala pra sua irma acender um incenso de limpeza e orar dentro daquela casa. E se ela conhecer alguem que tenha uma mediunidade mais forte, de repente convidar essa pessoa pra fazer a limpeza do local. beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  20. Elaie, volta lá no blog e deixe mais um comentário, pois você virou seguidora e tem direito a mais um número ok?!


    bjinhussss e muito obrigada por ter participado!

    ResponderExcluir
  21. Elaine, querida

    Fiquei arrepiada com o que aconteceu. O bebê tinha ficado tão bem com vc, ainda comentei no post sobre o seu carinho maternal. O pior é essa casa. Tantas coisas ruins.

    A sensibilidade infantil é incrível. Existem muitos adultos assim também e talvez por ele estar vulnerável tenha sofrido.

    Mas Deus está com vcs e nada de mal vai acontecer.

    Que Ele os abençoe sempre!

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  22. Acredito que entre o céu e a terra tudo pode acontecer, acredito tb em energia dentro das casas, as vezes jogo água benta em casa.

    Espero que agora esse nenezinho esteja melhor, a criança é sempre sensível.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  23. Oi Elaine!
    Sem dúvida alguma as crianças são bem perceptivas! Captam toda energia de um ambiente e o refletem em seu comportamento! Orar sempre faz muito bem! Minha filha de 3 anos conversa aqui em casa com um "amigo". Ele pede coisas para ela, mas não sinto que seja do mal... Aliás, o mais engraçado é que a minha filha vive dando broncas nele! hahaahaha...
    Temos muita paz e nossa casa e um amor forte! Acho que isso atrai.
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  24. Nossa, lendo esse post parecia estar vendo a sinopse de um filme de terror! Não tenho dúvidas quanto a sensitividade das crianças. Realmente vcs precisam fazer um processo de purificação nessa casa.
    Mas pode ter certeza, onde o bem entra, o mal não consegue permanecer.
    Bjs
    Dani

    ResponderExcluir
  25. Elaine, concordo muitíssimo que crianças são mais vulneráveis as coisas que nós, adultos, não vemos, ouvimos ou acreditamos até. O ser humano conforme "evolui", perde alguns dos seus sentidos naturais, e gradativamente. E sexto sentido deveria ser usado sempre... mas de todos, é o que se vai primeiro conforme a gente cresce! Muita paz para o baby e muita oração nessa residência, com certeza! Bjs

    ResponderExcluir
  26. Fiquei chocada pela historia que você contou, só de pensar fico toda arrepiada. VAs tenho certeza que com orações e muita fé todo este mal vai desaparecer. E seu sobrinho vai ficar muito melhor. Tenha fé.

    ResponderExcluir
  27. Elaine,

    Eu por ser espírita, sei bem o que é isso...
    Lavar a casa com sal grosso tb ajuda viu?
    Mas sim... As crianças tem um poder enorme de sentir coisas e parece que seu sobrinho herdou isso de vc, pq vc tem uma força enorme dentro de ti, já sentiu isso?
    Em tua casa ele estava bem, ao chegar na casa dele ficou mal!
    Ele presentiu sim as influências ruins da casa... Mas se o pai de seu cunhado era um feiticeiro, o melhor seria (mesmo não acreditando, se for o caso) chamar um pai de santo para retirar qq coisa q ficou de ruim na casa...
    Padre não dá jeito não... Melhora, mas não sai...
    Vai por mim! Seria o caso de benzer e retirar tudo de ruim que ficou aí, só pai de santo pode fazer isso e livrar tudo e todos do mal que está nessa casa!!!

    Bjinhos de boa semana!!!

    ResponderExcluir
  28. olá Eliane! acredito plenamente no que disse...há muita coisa inesplicável e vai para além da ciência...a vida é bem melhor para os cépticos e para aqueles que não têm o dom de poder ouvir ou sentir certas "coisas"!
    entretanto tb tenho casos na família que sentem e ouvem coisas e o melhor é rezar benzer os credos todos os dias como faço! e principalmente ter sempre um animal perto de nós! os cães e especialmente os gatos sentem e veêm as coisas, não podem falar claro mas proteem-nos de coisas más! acredite porque antigamente os egipcios tinham os gatinhos como seus protectores de espiritos! e eu tenho um!
    beijinhos e tenha muita fé! mas em todo o caso se mudar de casa o amiente, haverá uma aurea mais positiva!

    ResponderExcluir
  29. Eu acredito que precise de uma oração, talvez, não sei, mas pode ser algum espirito que ficou na casa.

    ResponderExcluir
  30. Oi Elaine!
    Vim para te oferecer um selo "Este blog é apaixonante". É para os 2 blogs tá, pq eles são apaixonantes, rs.

    http://lucienedemedeiros.blogspot.com/2010/05/selinhos-fofinhos.html

    Bjs e ótima semana!

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. Bem, eu acredito nessas energias sim,mesmo porque minha filha tb foi vítima. Ontem mesmo estava vendo na tv um caso bem parecido de ghost envolvendo bebe e família.nesse caso tiveram que mudar da casa depois de esgotadas todas as possibilidades religiosas. Ficar bem atento e orar bastante. Muitas bençãos ao seu sobrinho viu! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  33. Oi Elaine, não li o outro post que vc fala de seu sobrinho, mas já deu pra ter uma noção lendo este...depois vou ler o outro...Olha sou Cristã..sigo Cristo (tento) e congrego numa igreja evangélica....mas Olha chame o Padre(eles as vezes são proibidos pelo Bispo) mas muitos fazem, uma quebra de maldição hereditária...Pois na autoridade do nome de Jesus, podemos tudo! o que acredito que seja é que a casa está habitada por espíritos maus...(existem muitos deles que são territoriais, ou seja não saem do lugar, se sentem donos do pedaço) e o menino tá sentindo isso, e isso o faz muito mal....na minha igreja já ví várias pessoas vomitarem, cair etc... isso acontece sim, devido as influencias...mas como ele é criança o Espírito Santo o protege, mas cabe aos pais, ou responsaveis tomar essa providencia, antes que ele cresça e comecem achar que é caso de psiquiatra etc... Vc teve a visão certa, agora basta tomar a providencia certa...Jesus diz em mateus 17:21 que há casta de espíritos que não se expulsa, senão por meio de Jejum e Oração.

    Beijos!

    E Que a paz esteja com voces.

    Joana Campos

    ResponderExcluir
  34. Oi querida! Bem, como espírita que sou é evidente que acredito, se puder peça para ela acender incenso e passar pela casa... rezando para o anjinho da guarda de seu sobrinho lindo!
    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  35. Oi,linda

    Claro que acredito!Isso é física quêntica,que já provou a existência da energia que atua sobre os seres de forma positiva ou negativa.A religião tem um explicação,mas aqueles que são céticos podem recorrer à ciência.
    As crianças são mais sensíveis e por isso mais vulneráveis.
    Orações e irradiações funcionam como catalizadores.
    A homeopatia costuma atuar melhor nestes casos.Fale com sua irmã,para procurar um bom homeopata!
    Bjus

    ResponderExcluir
  36. Perfeito, Laine.

    É isso mesmo. Há muita coisa ruim pelos caminhos e que nós adultos nao vemos. Lembro bem de quando Jesus expulsou uma legiao de demônios de alguém, imagina, uma legiao que estava fazendo mal àquele homem...

    Que bom saber que ele melhorou.

    Um beijao e boa semana

    ResponderExcluir
  37. Eu acredito que a oração é imprescindível, principalmente para crianças...

    ResponderExcluir
  38. Nooossa!
    Realmente as crianças são mais sensíveis.
    Vamos orar mais...
    ... e q tudo seja resolvido em nome de Jesus!
    Deus abençoe todos vcs!
    Bjim, ótima semana.

    ResponderExcluir
  39. Oi Elaine,

    O ambiente em que vivemos e a forma como nos comportamos influencia muito a nossa vida, já vi plantas morrerem em casas onde aconteciam muitas brigas, e aqui em casa mesmo um gatinho que tive antes da Flor morreu, acredito eu, porque na época a família estava passando por muitos problemas com um irmão meu e ainda para completar, a moça que me ajudava com mãinha andava em "terreiro", ela só trabalhou aqui por 1 mês e meio , quando descobri os hábitos dela entendi o porque do gato estar tão estranho, doentinho...e ela não gostava de gato, imagine, tinha medo! Acho que já era um sinal.
    Depois disso consagrei a minha casa à São Miguel, o arcanjo da proteção, acredito que só muita oração para combater essas energias negativas.
    Melhoras para o seu sobrinho, que Deus o proteja sempre.

    Beijos e força!

    Pati :)

    ResponderExcluir
  40. Há muito tempo li o livro "A vida secreta das plantas" (não lembro o autor).

    É uma espécie de documentário de experimentos feitos com alguns tipos de plantas e aparelho de medição de impulsos elétricos (polígrafo ou detector de mentiras).

    Muito interessante o tipo de respostas que o aparelho registrava a cada tipo de situações que as plantas eram submetidas (música, fogo, mutilações).

    Com muitos animais podemos perceber que existe alguma interação entre o que pensamos e a reação deles, principalmente se demonstrarmos medo.

    Lembro também de uma ocorrência excepcional, vivenciada há uns 30 anos. Levei minha mãe a uma cidade vizinha para consultarmos com um senhor cego, que seria vidente ou curandeiro (suas curas eram à base de chás).
    Eu até era bem céptico. O interessante foi que minha mãe levara consigo algumas mudas de roupa de um casal amigo, para que esse senhor recomendasse algum auxílio.
    Ele simplesmente ficou segurando aquelas peças de tecido e foi descrevendo uma série de problemas de saúde do casal. Muitos minha mãe já sabia, mas desconhecia que ela era estéril.

    Eu até pensei em telepatia, mas receber uma informação desconhecida foi discordante com essa versão, que foi confirmada pela amiga, mais tarde.

    É o caso de nós mesmos, às vezes, simpatizarmos ou não com alguma pessoa, sem mesmo conversar com ela ou sem saber qualquer característica de caráter ou personalidade. Nós “sentimos” se o indivíduo é legal ou não.

    ResponderExcluir
  41. ELAINE QUERIDA..
    nossa, fiquei muito intrigada com o que vc contou.,....
    realmente acho que a criança ve coisas alí que não são boas..
    o ambiente deve ser mesmo purificado pois as energias se concentram, sejam ela boas ou más..
    a criança tem uma sensibilidade maior e por ser espirito de luz e puro ela ve coisas que nós não vemos..
    a agua benta fará muito bem, mas orações sempre serão nescessárias e também uma boa limpeza na casa com "anil" em agua limpa, o azul purifica os ambientes e afasta espiritos ruins..
    limpa-se a casa toda e depois passa-se o anil nas paredes e azulejos e chaõ sempre com a agua limpa e o pano limpo, repete-se sempre quando se limpar a casa, ajuda muito pode acreditar..
    é algo simples e qualquer pessoa ou religião pode fazer..
    no mais amiga muita oração e fé para aqueles que partiram e em sofrimento e sem luz permanecem a obsediar a casa.
    as coisas vão melhorar e o nenem tb!!!
    também rezarei por aqui.
    tenha uma semana de paz, luz e felicidade.
    bjuivos no coração.

    ResponderExcluir
  42. Oi Elaine!

    Gosto desse tema, e acho que rende muito, acredito sim na sensibilidade da criança. E achei interessante a variedade de opiniões nos comentários. Não quero criar polêmica em seu blog, então se não se sentir a vontade pode recusar o comentário.
    Como disse acredito sim na sensiblidade, acredito que meu filho também tem a sua. Mas, não acho válido desmerecer religião. Creio sim que um padre tem condições de tirar esse mal, enfim, nãoconheço a fundo o espiritismo, mas ainda assim não acho que somente um Pai de Santo tem esse "poder". Deus tem... é assim que penso.
    E espero que seu sobrinho fique bem que essa energia ruim se afaste.

    Beijos e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  43. Voltei para ler os demais comentários (que eu ainda não tinha lido)sobre esse post "AS COISAS QUE NÓS NÃO VEMOS...". Gosto muito de saber a opinião de outras pessoas em temas assim, delicados.


    Beijos
    Mah

    ResponderExcluir
  44. Querida, eu acredito em Deus e acredito no bem e no mal. Criança é sim mais sensível. Espero que o pequenino fique bem.
    Que Deus abençoe vocês, sempre!

    ResponderExcluir
  45. Olá Elaine!! Olha, tudo que você escreveu tem sentido sim e as paredes tem vidas!! Uma casa que passou por tantas desgraças assim, acumula energias negativas e fluidos muito ruins e as crianças tem muita sensibilidade para captar tudo isso.
    O certo seria destruir a casa e fazer outra, assim disse uma vez uma benzedeira sobre a casa de minha avó.
    Infelizmente...
    Beijos e uma linda semana p/vc!!

    ResponderExcluir
  46. Olá Elaine,
    Já estou seguindo seu blog, tamanha é a paixão...
    Onde encontrar esses lindos separadores no final dos posts?
    Bjs

    ResponderExcluir
  47. Fui evangélica a vida toda, e hoje tenho um pézinho no kardecismo. Há muitos espírito menos evoluídos, de pouca luz, que ao desencarnarem, não quiseram aprender o perdão e optaram por ficar por aqui, obsediando quem os prejudicou. Tem espírito que não aceita a "morte" e toma o último lugar em que viveu como propriedade e não deixa ninguém se aproximar. além disso, algum espírito que o tenha prejudicado, pode ter reencarnado no mesmo seio onde viveu. E mesmo tendo alcançado o amor, continua sendo oprimido por aqueles que ainda tem ódio na alma. As crianças são as mais sensitivas. Sim, elas veem e sentem tudo. É necessário convocar os espíritos de luz, aqueles mais evoluídos para retirar estes seres maldosos de perto da criança. Não é necessário ter uma religião para isso. É necessário ter FÉ. esses espíritos menos evoluídos são altamente repelidos, e repelidos com força muito intensa quando o ambiente é de oração. Seja de pastor, padre, ministro, médium, a oração afugenta esses espíritos. Além disso, eles não sobrevivem num ambiente de amor. Assim, além de oração, é necessário muito amor onde essa criança vive.

    ResponderExcluir
  48. Eu creio sim em cada palavra que você escreveu, eu que vivo de aluguel, tomo muito cuidado quando mudo de casa, agora numa casa onde tinha magia então, eu mão moraria nela rsrs. Abençoar nossas casas e orar por nossos filhos é essencial. beijos

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…