Quem você quer ser hoje?

em 14 de abril de 2010

image
Existe uma antiga lenda indígena que conta o seguinte:
Estavam um velho índio e seu aprendiz  conversando. O mestre dizia: “Dentro de mim existem dois cães enormes e igualmente fortes e corajosos. Um é mau e sanguinário, enquanto o outro é doce e protetor. Eles estão em luta constante para me dominar.”
O aprendiz indagou: “E qual deles ganhará a luta?”
“Aquele que eu alimentar.”- repondeu o velho índio.
Penso que eu, assim como você,temos mesmo dois cães lutando dentro de nós: um manso e outro violento. Já percebeu como às vezes criticamos nos outros o excesso daquilo que, em menor escala, temos em nós?

Veja o caso do casal Nardoni. Foi monstruoso o que eles fizeram, claro. Mas aquelas pessoas que estavam em frente ao fórum protestando e que soltaram fogos de artifício depois da condenação, assim como eu e você, também somos cruéis. Ou, melhor dizendo, temos o germe da maldade dentro de nós.

Se você é pai ou mãe com certeza faz ou sente vontade de bater, sacudir, gritar, amedrontar, beliscar, descontar a raiva e a frustração em sua criança.
Sei que muitas pessoas dirão: “Eu jamais arremessaria uma criança janela abaixo!”. Eu também não. Mas fui muitas vezes vítima de violência quando criança e sei que há palavras que doem e matam. E pais que humilham seus filhos? Que os diminuem, comparando com outras crianças? Os tapas, os castigos duros, as sacudidas, as ameaças… tudo isso é violência e pode sim descambar para uma tragédia!

Se o cachorro que eu mais alimento for o manso eu vou resistir e me controlar. Mas se for o cachorro mau…

Qual deles você vai alimentar hoje?2713900_diBju

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

30 comentários , comente também!

  1. Querida, sabe que eu tava aqui olhando os blogs e todo minuto atualizando esperando pelo seu post? E que lindo post! Conhecia essa estória e gosto muito. Há muito tempo venho exercitando isso em mim, alimentando o manso, se bem qu etem hora que perco a linha e tenho vontade de dar uns tapas em alguém.
    Sim, precisamos pensar,analisar...
    Te admiro demaisdaconta, viu?

    beijos e uma noite abençoada

    ResponderExcluir
  2. Concordo com tudo no post. Principalmente quando diz que o que incomoda no outro, temos também em nós. Isso em faz pensar, temos uma facilidade em resumir as pessoas a uma característica dela, seja boa ou ruim, e esquecemos que não é só aquilo. É um conjunto de características. Ninguém está livre de nada nem mesmo dos erros. Não sou santa, julgo também. Mas, considero errado demais falar do que não conhecemos. Tenho um lado explosivo, mas não sou só isso. E odiaria por exemplo ser citada como alguém a quem o mundo deve manter distância.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Uma bela reflexão, eu sou da paz, apesar de certas pessoas tentarem de tudo para me tirar do sério, tira apenas não uso de violência(isso não leva a nada), pessoas assim deixo que a vida se encarrega de dar as lições.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  4. Eu concordo com isso!! e espero estar sempre alimentando mais o meu dog manso.. mas claro que não deixo o outro morrer de fome... shauuashhusa sou meio estressada as vezes...
    Adorei o post!!
    E finalmente consegui ser a primeira a comentar hsahsahusa

    ResponderExcluir
  5. Verdade mesmo que todos temos um cão feroz e outro manso em nós. As vezes acho que nós mesmo não nos conhecemos, não sabemos do que somos capazes de fazer. O cão feroz precisa ser combatido, diariamente e de forma espiritual.

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  6. Eliane,
    Hoje quero alimentar o cachorro manso, pois o bravo já me dominou semana passada. Lindos os seus textos.
    bj e boa-noite

    ResponderExcluir
  7. Elaine,
    Eu alimento o manso mas muitas vezes o mal aparece.
    Alimentar o manso é muito difícil assim como ser manso e humilde de coração.
    Requer exercício diário.
    Beijos
    Luka.
    Vc descobriu meu nome né ? Rindo aqui !

    ResponderExcluir
  8. É certo, Elaine, que sempre vai aflorar o sentimento que mais for alimentado, portanto temos que sempre montar guarda na hora da refeição da alma e do coração.
    Que vença o bem!

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  9. Estar próxima de completar os quarentinha me fez aprender a alimentar o cão manso.
    Graças à Deus eu aprendi.
    Mas confesso que de vez em qdo jogo migalhas para o cão mau,afinal ninguém é perfeito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Acho que na maioria das vezes, eu alimento o violento...infelizmente!

    ResponderExcluir
  11. VERDADE amiga,concordo plenamente contigo!
    Eu costumo brincar dizendo que de vez em quando meu cachorro bravo dentro de mim mostra os dentes quando é maltratado,mas tbm abana o rabo quando é tratado com gentileza.
    Temos que ter o controle de saber "criar"esse cão,mas as atitudes alheias tbm tem que cooperar,pq assim como o cão,somos sensíveis e temos percepção de reconhecer quem nos quer bem.Sempre digo que se alimentarem com bondade,carinho e gentileza o cãozinho bom q tenho dentro de mim,ele jamais mostrará os dentes.
    Belo post para reflexão...Adorei!

    ResponderExcluir
  12. Amiga, nos casos Nardonis da vida, se levarmos em conta que não estamos nesse mundo para julgar ou criticar o próximo, você tem razão, porém , quando colocamos pra fora nossa indignação, nossa impotência diante dos fatos, não estamos deixando o lado cão bravo sobressair e sim colocando pra fora sentimentos que poderão futuramente nos fazer mal.
    Eu procuro alimentar diariamente o meu cão bom, e claro, sei que existe um cão bravo tb, mas ele é pequeno e eu não o alimento pra que ele não cresça e venha querer tomar conta da situaçao.
    Bjs carinhosos pra você

    ResponderExcluir
  13. Hoje navegando pela net, descobri seu cantinho !!! Maravilhoso !!! Amo ler tambèm...Jà estou seguindo, para mantermos contato...Bjim

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Elaine! Sempre achei a agressão a crianças e animais a atitude mais covarde que existe. Descontar as nossas frustrações em cima daqueles que não podem se defender é mesquinho demais. Sou cheia de defeitos, como qualquer ser humano, mas esse, felizmente, não tenho. Beijos

    ResponderExcluir
  15. QUEREMOS SER SEMPRE MELHORES, MAS NEM SEMPRE CONSEGUIMOS E ISSO FAZ PARTE DO NOSSO APRENDIZADO E CAMINHADA POR AQUI!BEIJOS,LINDO DIA!CHICA

    ResponderExcluir
  16. Concordo plenamente e prefiro alimentar o cão bondoso, apesar de que o cão mal esta lá esperando para dar seu bote ,basta você dar uma chance

    ResponderExcluir
  17. Bom dia Elaine!

    Eu sempre procuro alimentar o cão bondoso e protetor, pq ultimamente ando me policiando mto, para mudar minhas atitudes.
    Mas o outro cão aflora as vezes... Principalmente em dias de jogos de futebol!!!
    E assim nessa dualidade de personalidade que vou vivendo a minha vidinha!!!

    bjinhos

    ResponderExcluir
  18. É a mais pura verdade...dentro de cada um de nós existe o bem e o mal...um não consegue existir sem o outro...cabe a nós decidirmos para o qual vamos dar mais valor...bj.

    ResponderExcluir
  19. Quer saber porque vc é E-S-P-E-C-I-A-L???

    Te espero lá no meu cantinho.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  20. Realmente.é preciso alimentar mais o cão manso..... pois o mundo esta cheio de caes sanguinarios.
    Da medo ligar a TV.
    Só Deus para nos dar a paciencia e sabedoria necessaria para educar nos dias de hoje.

    bjs

    ResponderExcluir
  21. O manso, sempre....a vida é mais feliz assim, né? Muito legal e inspirador seu post de hoje. Amei!!!

    beijaaaao

    ResponderExcluir
  22. gostei muito da sabedoria deste post.
    realmente o cachorro que fica mais forte, que domina, é o que mais alimentamos.

    Ou seja, tudo está dentro da gente mesmo, parte de nós.

    E a gente, sem querer, sempre derruba comida para o cão bravo comer... e o bondoso fica esquecido.

    Gostei muito do post.

    ResponderExcluir
  23. Por isso devemos estar atento com o que falamos, com o que pensamos e como agiremos.
    Só assim faremos um mundo menos crel, menos cão bravo. Porque as minhas são todas doceis.
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  24. Acredito,que ser e querer o bem é sempre o ideal né? rsrsr
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Maravilhosa postagem, realmente o que faz a diferença é que cão alimentar, e muitas vezes alimentamos o cão feroz sem nem ter noção disso, depois reclamamos das consequencias.
    bjs

    ResponderExcluir
  26. OI Elaine, sabe que eu adoro esse seu cantinho né! e ele me ajuda a alimentar o cachorro manso. rsrs ainda bem né!

    Pois é amiga, sei bem como é ser agredida verbalmente e sei como isso machuca muito mais que uma bofetada.

    Por isso tento , me calar sempre que me irrito, pra não proferir palavras ruins no momento de raiva, pra quem quer que seja.

    Adoro seu blog, e vc é uma mulher que me inspira muito, obrigada viu por esse espaço lindo e sempre com assuntos muito bons.

    Por isso , que te deixei um selinho lá no meu blog, pega lá, é de coração.

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  27. Adorei a sua postagem e bem reflexiva mesmo! Não devemos julgar, pois sabemos que somos humanos e estamos propensos a errar todos os dias e cometar atos que as vezes nem nós achamos que seríamos capazes. Mas nós humanos somos assim mesmo,imprevisíveis e crueis em muitos momentos e é ai que está o perigo, porisso e digo que devemos nos apegar sempre em Deus e numa religião, pois ela nos acalma e procura na medida do possível nos conduzir sempre pro lado bom.
    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  28. SABE DE UM TEMPO P CA ACHO QUE TENHO ALIMENTADO O CAAO MAU DENTRO D EMIM,PELA INDIGNAÇAO COM SER HUMANO,NAAO CONSIGO OLHAR P UMA PESSOA SEM DESCONFIAR,TER SEMPRE UM PE ATRAS,ANDO COM MEDO DOS MEUS SENTIMENTOS......

    ResponderExcluir
  29. Sensacional! Bem eu odeio briga, apesar de já ter tido que enfrentar algumas quando inevitáveis, enfim, sempre procuro alimentar o meu lado bom... beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  30. OiEliana,
    Adoro seu blog, e toda vez que o visito, encontro coisas belas...
    Como esta lenda indigina...
    Esses dias, estava a imaginar justamento sobre esse nosso lado mau do ser humano. Tudo pelo caso recente do assassinato do empresario da York,pela sua companheira. Lembrei que todos nós estamos sujeitos a deixar que o lado mau seja alimentado, e por isso que acontece essas coisas horriveis, de hoje vemos diariamente na tv. Temos que sempre alimentar nosso lado bom, procurando sempre semear e paz...
    beijos boa noite.
    Jesumira

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…