Preciosa

em 19 de abril de 2010

Quero compartilhar com você o impacto que tive ao ler Preciosa.

Tomei conhecimento do livro ao ler as matérias sobre o Oscar 2010.

A história de Claireece Precious Jones – uma adolescente negra, obesa, analfabeta e que é molestada pelos pais – relatada no livro “Preciosa” (editora Record, 2010), da escritora Sapphire, foi adaptada, ano passado, para o cinema pelo diretor Lee Daniels e contou com produção da conhecida apresentadora de televisão norte-americana Oprah Winfrey. O vídeo que ilustra a postagem é o trailer do filme.

Como sempre prefiro o livro ao filme fui atrás da obra. E estou abismada, impressionada e profundamente tocada com o que li.

image

Preciosa é baseada nas experiências vividas pela autora Shappire enquanto professora em uma escola alternativa do Harlem nos anos 80. Mas isso não chega nem perto de explicar o que o livro é.

Preciosa tem 16 anos e está grávida. Do 2º filho. Ambos de seu pai. A primeira criança nasce durante uma violenta surra que ela leva da mãe na cozinha de casa.

Vou contar uma coisa que você só vai ler lá pelo final do livro de 192 páginas: o primeiro episódio de estupro aconteceu quando Preciosa usava fraldas, na cama da mãe, ao lado da mãe. O pai montado na mãe masturbando o bebê depois de ter afastado a fralda dela…

Tem uma passagem no livro onde Preciosa diz que devem ser poucas garotas que têm na memória o pênis do próprio pai enfiado na boca. Conforme o livro avança descobrimos, ela e eu, que ela está enganada.

São mais e mais relatos de violência, de abuso contra crianças e não me refiro a abuso sexual tão somente. Há todo tipo de violência, e a personagem da mãe de Preciosa é muito terrível, um soco no estômago. Certeiro. Duro. Avassalador.

Daí que você deve estar pensando que o livro é sofrido. É. Mas é, na verdade, uma emocionante estória de redençaõ, de volta por cima, contra tudo e contra todos. Não há como não amar essa menina, querer fazer com ela o que nunca ninguém fez: abraçá-la.

Li o livro na noite de sábado, de uma vez, sem parar, algumas vezes esquecendo de respirar, muitas vezes com lágrimas embaçando a leitura, o coração entre aflito por saber que tudo isso acontece a agradecido por eu ter sido preservada do pior da vida.

Pois é isso que eu pensei o tempo todo: eu sou uma abençoada!

O livro todo é uma fábula, quase um “conto de fadas”.  Quase. Mas não se iluda: anos 80, Harlem, incesto, gravidez adolescente,  drogas,  prostituição, aids… não é uma mistura que termine bem.barra31

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

30 comentários , comente também!

  1. Oi, Elaine! Via a entrevista com o elenco do filme no programa da oprah, baixei-o, mas não consegui assistir. Terei que baixar novamente para tentar vè-lo. Os trechos que a Oprah passou são muito tristes. No site tem. oprah.com

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa Elaine!! Adorei a Resenha e agora quero ler o livro!! ;D Preciso de um livro que me faça sentir abençoada também!! Bjao

    ResponderExcluir
  3. Estou super curiosa pra ler essa obra.


    Bjos

    ResponderExcluir
  4. OI Elaine
    Boa noite.
    Triste e cruel demais .
    O pior é que essa história é verdadeira e acontece a toda hora. Hoje , agora mesmo está acontecendo com alguma criança ou mesmo com uma pessoa mesmo adulta ,mas indefesa e inocente.
    O pior é que essas pessoas estão sendo agredidas,machucadas , por quem tem o dever de protegê-las e defendê-las.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, eu nem li e já fiquei chocada, acho que não tenho condições de ler um livro assim.
    É mto forte pra mim.
    Bjuuuuus!

    ResponderExcluir
  6. Já li algumas resenhas sobre esse livro, mas acho que não tenho coragem de ler, não. parece ser muito forte.. :S

    Bjs, ótima resenha

    ResponderExcluir
  7. Eu estou doido pra ver o filme...nossa. Deve ser muito bom.


    abraços de luz e paz.


    Hugo

    ResponderExcluir
  8. Ai amiga
    Esse,com certeza não vou ter coragem de ler,pois o que você relatou até aqui,para mim já é o bastante,de duas uma,ou estou muito sensível,ou o livro é fortíssimo
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. O que pouco que li aqui, chocou, não vou conseguir ler esse livro.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  10. You’re simplythe Best
    Minha querida ,
    Venho comunicar que seu texto já se encontrar
    Postado em nosso blog , queremos agradecer a honra que você nos deu
    com a autorização do seu texto
    Boa sorte
    http://simplythebest01.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Elaine

    Nova por aqui, mais uma seguidora!

    Adorei o seu comentário sobre o livro e mesmo morando num lugar tão difícil "de novidades", quando viajar vou tentar encontrá-lo. Fiquei com muita vontade de^conhecer a história desta menina.

    Bjs no coração!

    ResponderExcluir
  12. Elaine, embora prefira temas mais leves, fiquei curiosa para ler, até porque de ficção nada tem esse conto, pois nossa realidade já se aproxima de forma assustadora à resenha.

    Obrigada pela dica.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Oi querida!
    Eu li e resenhei Preciosa bem na época do Oscar. É tocante, né? Tinha horas que eu tinha vontade de jogar o livro longe. Mundo cão.
    Fiquei passada com a família dela...com o preconceito nas escolas americanas, com o que o destino prepara para a gente de vez em quando. Pior que vc não fica com a alma lavada no final... fica com uma sementinha de esperança e só.
    bjks
    Alê

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho o filme aqui mas ainda não vi. Pq queria ler o livro antes de ver o filme.
    A história dela é muito triste, a força, a superação.

    E a atriz do filme, a Mo'nique. O irmão dela confessou que a violentou...
    q mundo é esse, né? Eu me assusto com essas coisas, é muito triste.

    Bjos, um bom dia pra vc, querida Elaine

    ResponderExcluir
  15. Deve ser um filme bom,mas forte...beijos e obrigado pela dica por lá!(a dos SEGUIDORES) chica

    ResponderExcluir
  16. Como você tambem prefiro os livros ao inves dos filmes vou ver se encontro por aqui este livro. Deve ser bem interresante mas um tanto quanto pesao.

    ResponderExcluir
  17. Ouvi falar sobre o filme e o quanto foi emocionante. Com certeza o livro é muito melhor, mais detalhado, mais real, mais chocante. Vou ler sim e só depois verei o filme. Sempre faço assim.
    Beijos Elaine e uma linda terça-feira p/vc!!

    ResponderExcluir
  18. eu quero muito ver esse filme. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  19. Somos abençoadas!
    Bjos na alma. Te amo, viu?

    ResponderExcluir
  20. Nossa, parece bem tocante mesmo. É nesses momentos, que a gente pode avaliar a sorte que teve na vida, em não ter que passar por nada disso!
    bj

    ResponderExcluir
  21. Oi Elaine!
    Também conheci o livro com a premiação do Oscar, mas ainda não me animei a lê-lo.
    Vai entender?
    Ótima resenha..adorei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Meninaaaaa......to pra ver o filme há tempos!!!!!

    Quero ler o livro também, mas minha fila de leituras está tão grande que acho que vou assistir ao filme antes.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Caraca eu tava doida pra ver o filme, não sabia que tinha o livro. Eu gosto sempre de ler o livro e assistir o filme, geralmente o livro é muito melhor.
    Agora to mais curiosa ainda. bjs

    ResponderExcluir
  24. Ai que estória mais triste meu Deus, eu esqueci de respirar só lendo esse post, imagine. Eu fugo de estórias tristes, mas é preciso ler e "saber que tudo isso acontece a agradecido por eu ter sido preservada do pior da vida."

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  25. Amiga, nem li seu post para ter omenos possível de informação, pois estou doidinha para assistir o filme. Nem vou falar em ler o livro pois tem uma pequena montanha aqui e eu ando com pouco tempo para ler.
    Sobre o post anterior, eu li mas não comentei porque ando muito pensativa sobre isso e qq hora quero escrever sobre. Concordo demais com vc viu?

    beijo e bom feriado

    ResponderExcluir
  26. Oi Elaine,

    Eu vi triller. Parece ser um bom filme. É mto dramático sim. E olha... sua resenha tá tão boa que até dá vontade de ler o livro... Vou procurar aqui para comprar...

    Esse tipo de violência é mto comum aqui tb no Brasil, principalmente no interior do Brasil!
    E mto chocante as vezes...

    Bjão

    ResponderExcluir
  27. EU FICO IMAGINANDO O QUE PASSA NA CABEÇA DE UM PAI QUE FAZ ISSO COM SUA PROPRIA FILHA,IMAGINAR CARNE DA SUA CARNE,DEVE SER HORRIVEL E TRAUMATIZANTE,ESSE LIVRO DEVE ABRIR EM NOSSA MENTE COISAS QUE NEM IMAGINAMOS QUE O SER HUMANO E CAPAZ DE FAZER ........

    ResponderExcluir
  28. Sem palavras - pasma e quero ler o livro.

    Fui

    ResponderExcluir
  29. consegui este filme para assistir somente agora(é q estou no Japão)mas lendo seu post fiquei mais curiosa em ler o livro.Sabia algumas coisas do filme,vi algumas noticias do oscar,mas nw sabia que era baseado em fatos reais.Viu como aqui fico desinformada,mas vou ver um e ler o outro,ja providenciei a compra do livro,valeu pela dica valiosa!As vezes é bom assistir ou ler algo chocante pra gente lembrar do ditado popular UNS RECLAMAM QUE COMEM BANANA,MAS HA MUITOS QUE COMEM A CASCA DA BANANA...

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…