Longe daqui, de Amy Bloom

em 13 de abril de 2010

Durante esta semana eu li Longe daqui, de Amy Bloom.
Veja um comentário que foi feito sobre o livro:
image Veja a sinopse:
Nos anos 1920, a jovem Lillian Leyb deixa a Rússia para trás após perder toda a família num sangrento e traumático massacre. Parte rumo à América dos sonhos, mas desembarca num mundo onde é obrigada a dividir pão e repolho com estranhos dentro de um cômodo sujo e apertado. Um dia, após receber a notícia de que sua querida filha Sophie pode ter sobrevivido, Lillian retoma o caminho de volta pelo Alasca rumo à Sibéria. Uma jornada de cores e sombras através dos Estados Unidos do começo do século XX. Longe daqui é um romance belo e arrebatador.

Eu comecei a leitura sem muitas ambições. Mas logo no começo eu me rendi. O livro é belo, denso e em vários momentos me fez chorar. Não é sentimentalóide, mas é tão sofrida a trajetória da heroína que é impossível não se envolver.

Imagine uma imigrante judia sozinha e sem grandes habilidades. Imagine o que ela não precisou fazer para sobreviver. E não me refiro apenas à prostituição. A passagem onde ela, tentando encontrar meios de voltar ao inferno gelado da Sibéria, é levada a fazer (ou tentar pois não é possível fazer fogo com lenha verde) sexo oral com um funcionário da estação ferroviária é muito triste. Em troca de 5 dólares. Fiquei imaginando se fosse comigo: ajoelhada em uma fria e suja estação de trem, com o pênis de um completo estranho na boca, com lágrimas nos olhos... Mas ela fez, e fez muito mais pela esperança de reencontrar Sophie.


A busca de Lillian pela filhinha é desesperada e desesperadora. O livro todo é um tapa na cara pois não tem final feliz. E ao mesmo tempo, tem… Em muitos momentos eu senti vontade de acalentar essa moça tão sozinha…
Nem poderia ser diferente. Nesta estória onde uma mulher enfrenta um mundo de preconceito, dor e violência, sempre suportando, sempre se curvando mas jamais desistindo, “happy end” está Longe daqui…

Em tempo:
A Carla Martins  postou uma resenha profissional sobre o livro, com informações sobre a autora e também sobre o fato de que a estória é inspirada em um acontecimento real.2720294_3qr2P

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

26 comentários , comente também!

  1. Li esse livro tem uns 4 meses e eu amei demais.
    Boa semana amiga.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Li esse livro tem uns 4 meses e eu amei demais.
    Boa semana amiga.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi querida!
    Este livro me enganou pela capa... como ela é belíssima, já peguei ele nas mãos várias vezes (eu me deixo levar pelo belo...) sem nem ler a sinpse...carmba...que história densa e triste, não sei se consigo ler pq sou SUPER chorona! Molóide mesmoooo!
    Sem final feliz? Como vc teve coragem, Elaine????
    Gosto de suas resenhas, tem sentimento:)
    BJks
    Alê

    ResponderExcluir
  4. Nossa,fiquei curiosa e ao mesmo tempo comovida com a sua resenha desse livro.
    Primeiro por que a personagem tem o mesmo nome que eu e também pq adoro ler.
    Será minha próxima leitura,obrigado pela dica!!!!Bjinhus e ótimo dia para vc!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Eliane tudo bem?

    Nossa, quero ler o livro. Anotado. Este ano se Deus quiser vamos na terrinha e ai vou comprá-lo, pois essas histórias assim é bom a gente ler para ser mais agradecida ainda por nao ter passado por isso.

    Um beijao e uma linda semana

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li, mas fiquei curiosa!beijos,lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  7. Li a resenha e me comovi.
    Me parece ser um livro maravilhoso.

    Beijos dsa Ana

    ResponderExcluir
  8. Li a resenha e me comovi.
    Me parece ser um livro maravilhoso.

    Beijos dsa Ana

    ResponderExcluir
  9. Li a resenha e me comovi.
    Me parece ser um livro maravilhoso.

    Beijos dsa Ana

    ResponderExcluir
  10. Fiquei tentada a ler, pois gosto de histórias assim. Transmitem uma força danada para gente!
    Ando precisando!!!

    Vou procurar por aqui!

    Valeu pela dica!!!

    bjão

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li, valeu a dica.

    Olhe o infinito…

    O céu azul, o mistério da natureza que nos dá todas as alegrias do mundo…
    Visite: Mensagens, Papel de Parede, Videos Bom dia!
    é a palavra mágica que faltava nesta manhã, e vem expressar à você,
    o maravilhoso amanhecer que lhe desejo, repleto de amor,
    prosperidade e paz…
    Hoje certamente, tudo dará certo,
    o seu caminho será suavizado pela brisa do ar,
    que chegará até você de mansinho,
    trazendo com ela o aroma das flores, que darão colorido ao seu dia.
    Tudo isso Deus coloca ao nosso alcance,
    para avaliarmos o magnífico presente de estarmos vivos
    e sobretudo podermos dizer:
    Bom Dia!!!
    Eu gosto muito de você e lhe desejo mil alegrias!!!

    (texto da net).

    beijooo.

    ResponderExcluir
  12. Elaine,

    Estou muito atrasado com os livros que tenho para ler, muito mesmo, e a cada dia novos e novos desejos de leitura se acumulam.

    Espero dar conta!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Oi Elaine, bom dia!

    Adorei sua resenha, muito instigante, fiquei curiosa :)
    Vou procurar o livro.

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  14. Nossa.. parece ser muito emocionante esse livro hein... Ok eu quero ler, mas sou mo coração mole..(eu choro até no filme Bambi!) entao com certeza vo derramar boas lagrimas nesse livro.. sahuashuas
    Bjao

    ResponderExcluir
  15. Este vai ser o proximo que vou comprar e ler.
    Adorei a sua sinopse.
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  16. Com certeza,vou querer ler,parece muinto interessante
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Com certeza,vou querer ler,parece muinto interessante
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. anotadíssimo! to terminando de ler "O Livreiro de Cabul". Longe DAqui vai ser minha próxima aquisição (tenho mais dois livros na fila...)

    ResponderExcluir
  19. Ainda não tive a oportunidade de ler , mas será minha próxima leitura.Em busca do desconhecido, talvez até conhecido,mas anônimo.Suas palavras me trouxeram uma grande curiosidade.

    ResponderExcluir
  20. Ainda não tive a oportunidade de ler , mas será minha próxima leitura.Em busca do desconhecido, talvez até conhecido,mas anônimo.Suas palavras me trouxeram uma grande curiosidade.

    ResponderExcluir
  21. Adoro dicas de leitura, mas minha pilha anda tão grande.....
    E gosto de histórias reais também, sempre tiramos lições importantes.
    Beijos Tempestuosos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  22. Oi Elaine! Quanto tempo menina! Estava com tanta saudade de visitar seu cantinho...

    Estou aqui na sala de pesquisa da faculdade, aproveitei para dar uma passadinha, coisa que não faço desde que comecei a estudar e trabalhar, td de uma vez só graças a Deus!

    Infelizmente com tanta coisa acontecendo, acessar a internet e blogar está impossível, nem um post de despedida consegui escrever ainda, mas ainda vou porque acho q é o mínimo a fazer.

    Enfim... Não sumi por má vontade não, quando tiver um minutinho, me mande notícias pois pelo menos email eu consigo acessar durante a semana em horário de almoço.

    Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  23. Ah não, não gosto de estória que não tem final feliz... fico triste demais.

    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  24. Fiquei curiosa por ler esse livro, parece mesmo muito bom!
    Bj

    ResponderExcluir
  25. Gostei muito da sua resenha, Elaine! Já ouvi falar desse livro, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…