Como arrancar dinheiro do povo usando o nome de Deus

em 26 de abril de 2010

image
Sempre me perguntei o que leva as pessoas a darem dinheiro, dinheiro de verdade, para certas igrejas dirigidas por certos pastores que se apresentam em certas emissoras de televisão… Já pensou nisso?


Claro que não sou ignorante e sei que, para os cristãos, o mandamento do dízimo é muito importante; também a Igreja tem o dízimo e enriqueceu durante séculos através de doações substanciais. Sei que o dízimo é mandamento bíblico.  Mas não é disso que estou falando. Deixa eu tentar ser mais específica:


O pedido insistente de doações é “declaradamente” para manter no ar a divulgação da igreja em questão. Sábado eu parei por um instante e ouvi o pastor dizendo claramente que pedia, naquele momento, uma bênção especial para os patrocinadores do programa. Era uma transmissão ao vivo de um culto. E ele falava o tempo todo, instando as pessoas a se tornarem patrocinadores. Nos corredores havia obreiros atentos ao menor movimento, com boletos bancários em ambas as mãos, “oferecendo” com bastante empenho às pessoas… O pastor em questão dizia que se a pessoa sentisse no coração deveria se inscrever e daí seu nome estaria incluído toda vez que o líder da igreja fosse orar.


Fiquei pensando…


As pessoas vivem um tempo de insegurança tão grande, de tantos e tão variados medos, que a possibilidade de ter alguém orando por elas é muito acalentadora e reconfortante. Somos muito frágeis e tem quem consiga ter sangue frio para se beneficiar da fragilidade alheia.


Todos queremos segurança; e hoje em dia a maioria deseja a certeza de que tem mesmo alguém no comando das coisas. Uma pena, pois onde há temor não floresce o amor…


E eu acho que esses pastores eletrônicos (há padres que estão aderindo à prática) sabem disso. E se aproveitam para vender um espaço na oração do dia. Parece propaganda:
“Pague e estará protegido porque o pastor(ou padre, ou rabino, ou ‘bispo’…) vai orar.”


Eu, hein… parece a volta da idade média e da venda de indulgências que tanto foi motivo de crítica na Igreja medieval… parece que algumas igrejas protestantes resolveram copiar o que Lutero tanto criticou…esplinea

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

26 comentários , comente também!

  1. As pessoas que doam em troca de proteção,prosperidade ou sei lá o que mais, não leem a Biblia, ou nunca leram.
    A Biblia diz claramente que o perdão, a salvação é de GRAÇA.

    ResponderExcluir
  2. Elaine,
    Voltei, estava com saudades de tudo isso!
    Precisei "respirar" por um tempo pra absorver tudo o que passei nos últimos 5 meses.
    Adorei o tema, sinceramente não sou evangélica e não seria, pois simplesmente não concordo com a maneira que as coisas são impostas.
    Claro que não estamos aqui discutindo religião, mas se uma delas não me agrada, é a evangélica, salvo raras exceções!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Elaine,

    É absurdo o que se pode ver na tv. Tem pastor que cura tudo, mas tudo mesmo, e padres que benzem a água pela tv. Sei que é uma questão de ponto de vista, mas para mim já passou, a muito, do aceitável.

    Abraços e boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Falou bonito e assino embaixo. hehehe..

    ResponderExcluir
  5. Elaine, concordo contigo! A que ponto chega a desonestidade desse povo, se aproveitando da ingenuidade dos outros para encher o próprio bolso.
    No hotel em que trabalho, tem algumas camareiras que freqüentam estas igrejas e deixam lá uma parte de seus rendimentos (que já não é muito)... Mas quando estão doentes, não tem dinheiro nem para comprar um remédio... É revoltante!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Elaine

    Não sou de discutir religião por esses motivos. Cada qual acha que tem suas razões e o céu só pertence a eles. Uma vez tive que ouvir de uma pessoa que eu tinha meus problemas de saúde porque não era da "igreja" dela. Pode? Perguntei se os membros da tal igreja nunca ficavam doentes.
    Concordo com o post acima: falou bonito e assino embaixo.

    Bjs no coração!

    ResponderExcluir
  7. O ser humano tem a raiz do pecado, e tudo que ele fizer, vai existir coisa errada.
    Santo, só Cristo. E ainda assim foi criticado e morto injustamente!

    Dizimo é biblico, é lei e os fieis devem seguir.
    Independente do que fazem com o dinheiro, os 10% não é nosso, é do Senhor.
    DEVEMOS SIM ENTREGAR OS DIZIMOS!

    Enquanto muitos roubam de Deus os seus dizimos... o inimigo rouba deles próprios em remédios, prostituição e coisas mais... EM LIXO!

    Dizimo é lei de Deus!
    Oferta é semente, é graça.
    Dá quem quer e de coração... não é Obrigação

    Não axo certo rotular denominações... em tudo existe coisa errada. TUDO!
    É patrão roubando funcionarios, politicos roubando...
    O ser humano é errado. É a raiz do pecado!

    Leia na Biblia: Levítico 27:30 - Proverbios 3:9 - Deuterenômio 14:22-23 - Números 18:21 - Deuterenômio 8:18 - Malaquias 3:10 ...
    Quem crê, entrega.

    Quem está de fora não ve o que a igreja mantém: missionários no mundo todo, seminaristas, familias pobres, lares de crianças carentes, pessoas doentes...

    É hipocrisia julgar, pois existe um só juiz, um ÚNICO advogado, e este é Deus.

    LEIA:
    "Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
    Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão." - Mateus 7:1-5



    A nossa obrigação é dizimar;
    O que fazem ou deixam de fazer, não é problema nosso.
    Vão prestar conta com Deus!


    Que a paz esteja convosco.
    Em Cristo,
    Helen Ariane.

    ps: Seu blog mudou muito, está lindo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  8. "Marcos 16:15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura."


    Existe maneira melhor de levar o evangelho?
    A mídia que atinge mais pessoas é a TV.
    Doando ou pregando vc contribuirá com o evangelho!

    ;D

    ResponderExcluir
  9. Vc disse tudo.
    Eu vejo o que acontece aqui no Japão. A igreja Mundial, do Valdomiro sei lá o que, abriu uma filial aqui perto de casa.
    Nem preciso dizer que depois de um mês já dobrou de tamanho, adquirindo mais um predio na região.

    Toda hora chegam folhetos, jornais, propaganda da Iurd, Igreja Internacional da Graça, etc. No Japão é proibida a veiculação de programas religiosos (estado laico) mas... não falta material nem dinheiro para estas igrejas se promoverem.

    De onde vem tudo isso? Fora o dinheiro levado, a lavagem cerebral pesada...

    triste.

    ResponderExcluir
  10. Oi Elaine minha flor,
    adoro teus temas sempre tão polêmicos e reflexivos.
    Eu particularmente sempre tive um sério problema em relação ao dízimo, justamente por ver a forma com que este é pedido e em muitos casos parece-me até que fazem uma lavagem cerebral nas pessoas ao ponto de doarem até a única casa que teem.
    Hoje sou evangélica e vejo que não são todos os pastores ou padres que fazem desta forma.
    E o mais interessante é que eu estava ouvindo pelo rádio este culto que você assistiu pela tv, e pensei a mesma coisa que você!
    Onde já se viu boletos bancários para dar o dízimo, sabe que aqui no Rio tem umas igrejas na Barra que o dízimo é dado por cartão no débito automático!
    O mais interessante ainda que ao acabar o culto da minha igreja neste Domingo, fui visitar uma outra com meus filhos, e advinha qual era a pregação?
    Exatamente sobre tudo o que falou aqui.
    Muitos pastores e padres estão fazendo comércio de nossa fé, e acumulando fortunas.
    Eu levei muito tempo para entender que mesmo que existam os que fazem comércio da obra, a palavra chega e toca os que tem fé, pois Deus usa até mesmos os ímpios para chegar até nós e nos fazer ver a verdadeira face dele e aceitarmos que ele é o nosso único e verdadeiro salvador.
    Estes que usam a palavra para usurpar e enriquecer hão de acertar suas contas com Ele.
    Mas agora mudando de assunto tem um selinho para ti lá no blog.
    Docer beijo na alma e que Deus esteja consigo...

    ResponderExcluir
  11. Tudo...isto,só tem uma explicaçã:FALTA DE DEUS NO CORAÇÃO
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu também não concordo com esse tipo de pagamento. E às vezes passo por alguma estação de rádio evangélica (deixando bem claro que nao tenho nada contra) e sempre estão pedindo dinheiro. Não consigo entender o porquê disso.

    E sabe o que eu acho dessas pessoas que se apegam a algo que nem sabem o que é? É que elas não querem fazer nada por si, mas querem que os outros façam. Gente! Ninguém pode fazer nada por você! Se queres algo, faça por merecer, se apegue realmente à Deus e deixe de acreditar nessas bobeiras de salvação por dinheiro...

    Parece que estão comprando um pedaço no céu...

    P.S.: Elaine! Não é cobrança nenhuma você me seguir, até porque assim que te achei já virei sua seguidora xD
    Também percebi que temos muito em comum. E foi um prazer te conhecer.

    Um beijo e um lindo dia pra você!
    ;)

    ResponderExcluir
  13. eu acho o dízimo igualmente explorador. acho q uma igreja precisa se manter, mas a política do dízimo é exagerada. é dinheiro demais. acho q qq forma de tirar dinheiro de fiéis abominável. não importa a religião. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  14. É lamentável! Eu não sei como algumas pessoas se deixam levar e não enxergam que Deus, para abençoar, não pede dinheiro em troca. Por isso muitos evangélicos levam fama ruim, por essas atitudes ridículas e pela quantidade de fiéis que aceitam!
    Ótimo tema, eu sou totalmente contra isso, apesar de ser evangélica.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  15. Elaine, tem igrejas que já possuem até maquina p/cartão de crédito e débito. Já presenciei pessoas vendendo o carro para contribuir com uma igreja evangélica.
    Será que é isso mesmo que Deus quer de nós??
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Realmente, como alguem já comentou, eu também não seria evangélica.
    Nem vou comentar sobre quem faz isso, mas sobre a infelicidade e desespero de quem 'paga por um lugarzinho no céu'.

    Acho que temos que mandar boas energias, orações, luz... ( independente da religião ) a essas pessoas... E DE GRAÇA! rsrs

    bjs.

    ResponderExcluir
  17. Olá, hoje foi a primeira vez que entrei em seu blog. E quero te dizer que adorei muito. Todas as suas postagens são muito interessantes. Eu li uma postagem em que você estava pensando em desistir do blog. Espero que você tenha desistido pra sempre desta idéia. Eu agradeço a você por ter criado este blog.
    Meus parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  18. Elaine,

    Há algum tempo tenho falado sobre isso com amigos, a que ponto chegou o charlatanismo, a ilusão em nome da fé, o brincar com a necessidade e a ingenuidade do outro. Mas sabe por que existe o esperto? Porque do outro lado existe o bobo. É preciso que o povo acorde e tire a venda dos olhos pra que esse absurdo deixe de acontecer. Grande beijo p/ vc!

    ResponderExcluir
  19. Vai entender porque as pessoas ainda aceitam isso...
    Eles usam a fé do povo...
    É uma maldade!

    bj

    ResponderExcluir
  20. Elaine eu concordo totalmente contigo, mas preciso te parabenizar, pois escreveu de uma forma muito inteligente um assunto tão polêmico! Muito bom o texto! Adorei!
    Bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  21. Acabei de voltar do Centro Espírita que frequento, e o orador da noite explicava sobre a doação de órgãos...
    Tem gente que doa seus órgãos em troca do número de preces que pode obter a seu favor depois que morrer... O q dirá desses pastores que pedem dinheiro aos incautos...
    Eu concordo inteiramente com vc!
    Não é desse jeito que se chega ao céu... É pelo merecimento e pelas suas obras...
    bjão

    ResponderExcluir
  22. Polêmico esse assunto... eu aprendi que política , religião e futebol não se discute. Masssss como o blog é seu vc fala o que quer... assim como eu lá no meu rs.

    Então... eu concordo com o que vc disse, mesmo sendo Cristã, sou Batista e antes era católia (não praticante..) mas eu aprendi que nem tudo que tem no mar é peixe... tem tubarões, camarões, piranhas em fim... tem golfinho. tem coisa boas e coisas ruins , não podemos GENERALIZAR .
    Como disse nossa colega dízimo é bíblico e quem é nosso justo juiz??
    Eu sou contra e acho bizarro e fico indignada com Pastor em TV pedindo dinheiro e dizendo que quem der mais será abençoado... Deus ama quem dá com alegria... isso é bíblico também e não que da por obrigação...

    Enfim, é polêmico o assunto. Eu concordo com o que vc disse mas também concordo que não cabe a nós o julgamento.

    No fim só uma coisa importa de fato!

    bjs

    Flávia

    ResponderExcluir
  23. laini, fui da maranata minha vida toda. saí e não sei se volto. mas uma coisa vou te dizer: me orgulho de dizer que maranata nunca faz esse tipo de coisa. e sempre repudiei pedir dinheiro em púlpito. é coação. é ridículo.

    ResponderExcluir
  24. Fui evangélica toda minha vida. E sei que vou voltar porque mim sinto um peixe fora d'água longe de lá. Mas é absurdo, é terrível... sinceramente não dar pra entender porque alguns pastores fazem isso. Hoje tem uma igreja evangélica em casa esquina, é um verdadeiro comércio e até esconderijo para não somente falsos profetas, mas também para ladrões e traficantes. Uma pena, fico com meu coração entristecido.

    Parabéns e obrigado por tratar o assunto (que me diz muito respeito por sinal) de forma tão clara e sutil.

    Beijos
    Mah

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…