Traída

em 21 de fevereiro de 2010

image Há tempos eu quero falar sobre uma coisa e acho que vai ser agora. Senta que lá vem polêmica.

Você perdoaria uma traição? Não de amigo mas de homem/mulher mesmo, traição do seramado. Vou te contar uma estória:
Há alguns anos eu trabalhei numa fábrica e o motorista de lá ficou meu amigo. Ele era casado, a mulher bonita e os filhos já chegando na adolescência. Mas em certo momento ele começou um caso com a esposa do dono de uma outra fábrica para a qual ele prestava serviços. A mulher em questão era bem do tipo piranha, sabe? Algo assim meio piriguete, muito diferente da esposa dele.

Foi um escândalo! Todo munda sabia, e um dia a esposa pegou a amante de tapas em plena praça central da cidade, uma coisa terrível! A piriguete apanhou da esposa e da filha do amante. Ele então perdeu a família, foi morar em uma pensão e enfim, lascou-se.
Daí eu perguntei a ele porque havia traído a esposa. Ele me contou a estória toda, do ponto de vista dele claro, e disse que parte da culpa fora da esposa. E quer saber? Eu concordei com ele…
E é aí que entra o que eu quero abordar: acredito sim que quando há traição a culpa é de ambos. Sei muito bem das minhas falhas enquanto esposa e sei também que ninguém está imune a uma tentação.

E respondendo a pergunta que fiz no começo do post: sim, eu perdoaria uma traição pois não acho que algo ocasional destrua anos de um casamento bom. Mas não perdoaria deslealdade. Perdoaria o sexo pois acho que sexo é muito superestimado mas não perdoaria ser enganada por anos a fio, por exemplo. Isso é crueldade, deixar todo mundo saber antes de você, continuar dormindo e acordando do seu lado e te enganando. Entende a diferença?

E você? Perdoaria?
E para amenizar a polêmica tem uma musiquinha bem gostosinha para acompanhar você enquanto diz oi prá mim:

b

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

54 comentários , comente também!

  1. Olha, perdoar eu não perdoei...não sei perdoar, ate tentei.Mas eu tbm me questionei, me perguntei: onde foi que eu errei?Pq ele passou a olhar pra outra?...conversamos e resovemos que daríamos uma nova chance...mas perde-se a confiança.


    Um beijo...gostei da proposta.

    ResponderExcluir
  2. oi Elaine!!!

    Para falar a verdade não sei se perdoaria....acho que se ele me falasse antes de que tudo acontecesse, tipo assim, não estou aguentando de tesão por aquela pessoa e preciso fazer um sexo sem compromisso como ela, talvez eu até aceitasse, não sei bem, agora se eu ficasse sabendo de tudo só depois...acho que não perdoaria. Como disse não sei.
    Tenho um amigo do trabalho que fala abertamente que ele e a esposa frequentam clube de swing, como os dois curtem muito sexo e sabem que não conseguiriam ficar curtindo só a relação deles, eles saem juntos e se divertem de cuca fresca e coração limpo. Acho que a lealdade que existe entre eles é admirável, e o amor é visível, quando eles se olham parace coisa de filme, só acho que eu não conseguiria viver assim.

    ResponderExcluir
  3. Hum...acredito que perdoaria sim...pois, já fui perdoado.


    abraços


    Hugo

    ResponderExcluir
  4. Elaine, acho complicadíssimo opinar sobre isso. Porque acho que as pessoas não deixam de ser interessantes só porque casamos. Não! Elas continuam bonitas, interessantes e com coisas que tem a ver com a gente. Não vejo problema em reconhecer isso. reconhecer no outro alguém que potencialmente poderia "ter a ver". O perigo é dar corda para isso e dar corda é uma opção. Vc só dá corda se quiser.
    Não sei se eu perdoaria. Doeria demais, me entragar novamente seria muuuuito difícil e eu sou danada de vingativa, ia querer dar o troco!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Elaine!

    Nossa, adoro posts polêmicos rsrsrs...
    Já fui (tráida) se é que essa é a palavra exata a se usar. Perdoei sim, mas não consegui mais manter o relacionamento, pois, como você disse relacionamento bom não se joga fora, mas no caso estava num momento tumultuado. E olhar pra ele, depois disso e imaginar ele com outra, não era nada fácil...
    Mas, acho que cada caso é um caso, e quando o amor vale a pena, tem que ser perdoado sim!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Eu sou mais do Magal...Se te pego com outro te mato,srsrsrs...
    Sério agora: não admitiria a falta de coragem de me falar claramente pra me dar opção de sair dessa.. Eu teria nojo até de encostar nele.E se descobrisse a piranha, ah!!!o sangue iria ferveeeeeeeeeeeer,rsrs...beijos,chica

    ResponderExcluir
  7. Pela experiência de vida que eutenho, creio que só se sabe qual será a atitude quando você está diante dela. Muiitas vezes eu tive atitudes diferentes da que eu achava que teria se determinadas coisas me acontecessem. Falo de coisas diversas.
    Eu já fui traída e tentei perdoar, recomeçar. Porém há um fator muito importante que é perder a confiança.
    De qualquer forma, cada caso é um caso. Não dá para generalizar.

    beijo grande e uma semana abençoada! :)

    ResponderExcluir
  8. é, acho que não perdoaria.. bom, não sei.. é, eu acho que teria de ser perdoado, mas não perdoaria.. é muito complicado, sabe? ;x e eu sendo confuso do jeito que sou.. pronto. mas é algo em que se pensar.. :x

    adorei seu blog, coloquei ele no 'blogs que frequento' do meu blog

    passa lá quando puder :*

    ResponderExcluir
  9. Não sei não, se acontecesse hoje não perdoaria. Falar que perdoa é fácil mas não me sinto capaz de perdoar de verdade....mas aprendi que minhas verdades são passageiras, elas mudam conformo vou vivendo...beijos

    ResponderExcluir
  10. NÃO, não perdoo tipo continuar a relação marido e mulher. Mas só vivendo pra saber, né?

    Acontece que se fosse eu a trair sei que tbm ele não perdoaria, certo?

    E não se trata só de sexo, não, ou de lealdade e amor, mas de saúde tbm, AIDS, etc e tal, e... possibilidade de filhos extra conjugal. Porque basta uma vez só para a gente se ferar tbm e pegar uma doença braba. Camisinha previne, mas nada é 100%.

    E tem mais, perdoar perdoa-se, mas a confiança se perdeu. E sem confiança nenhum casamento resiste.

    Posso ser careta e dura demais, mas é isso.

    Bjos na alma!

    ResponderExcluir
  11. Eliane, apesar de achar que tens razão, na prática, eu não perdoaria não. Sou ciumenta e não aguentaria saber que meu marido beijou, tocou, se divertiu com outra, se sentiu atraído a ponto de me deixar de lado e se envolver com outra... Nossa, eu não conseguiria mais olhar para ele sem imaginar ele com a outra pessoa. Seria o inferno.

    ResponderExcluir
  12. Sei lá! É muito complicado ar uma opinião sem o fato acontecer de verdade. Se tu me perguntasse isso há 20 anos atrás eu te responderia, sem pestanejar que não. Não perdoaria. Mas hoje, depois de 25 anos de casada e depois de ter aberto mão de muitas coisas em benefício do casamento e do meu filho, não sei se abriria mão das minhas coisas em benefício de outra. Tipo egoísta mesmo...Acho que eu ia me fazer de boba e fingir que não tinha visto. Mas, com certeza, a relação ia mudar muito depois disso. Sei lá, só tô achando mesmo...
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Fiquei curiosa sobre detalhes da história, já que vc diz que "deu razão a ele", que a culpa foi da esposa.

    Meu ex tb conseguiu convencer "a opinião pública" de que a culpa foi minha, mesmo ele tendo me traído por muito tempo com uma pessoa "completamente diferente de mim" (a meu ver, pra pior hehehe) e eu ficando na minha, cuidando dos filhos, estudando e trabalhando, isto é, respeitando a relação que tínhamos.

    É muito fácil falar que "perdoaria" ou não, numa hipótese aparentemente remota. Acho que a pergunta deveria ser: sendo traída, vc perdoou?

    E a essa eu respondo: Perdoei, sim, a traição. Mas não deu pra continuar o casamento, isso são duas coisas completamente diferentes. A confiança foi quebrada, como um cristal raro, impossível de consertar.

    E ainda tentei manter uma linha educada no relacionamento com ele, já que temos dois filhos. Mas ele conseguiu fazer tanta m*****, uma atrás da outra, e nem uma convivência pacífica está sendo possível.

    Graças a Deus ele não mora mais na minha cidade, hj está casado (não com a dita cuja com quem ele me traiu, essa deu um pé na bunda dele) e desejo que seja muito feliz, quanto mais feliz ele estiver, melhor pra mim!

    Bjo, querida!

    ResponderExcluir
  14. Eu bem que tentei perdoar, mas não consegui...com o tempo acabei retribuindo com traição.... e gostei e quis experimentar mais....e me separei...
    Acredito que o problema não é traição, mas sim a deslealdade....a falta de cumplicidade....pq sexo é só sexo mesmo...enfim, difícil explicar...chega uma hora em que acaba....


    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Elaine querida a minha resposta esta aqui

    http://wwwomeudesassossego.blogspot.com/2010/01/eis-questao.html

    Bjos

    ResponderExcluir
  16. Ah e eu perdoei sim uma traição se perdoaria novamente?? Não sei... Não me arrependo mas nao sei depende muito do tipo.

    bjos

    ResponderExcluir
  17. Olá! Cheguei!rs... Não acho o tema polêmico não,acho que cada caso é um caso.Complexo demais.É difícil julgar sem o histórico de quem trai e de quem é traído.Cada um tem uma maneira particular de agir e de reagir de acordo com seus traumas e dramas.Concordo com sua opinião sobre a lealdade.O homem as vezes trai pelo desejo sexual e isso não modifica o sentimento que ele tem pela pessoa que vive,ele trai pelo corpo e não muda a vida dele,agora, quando tem uma mulher fixa fora de casa por mais que uma reles saída, aí ele tá envolvido,está traindo sim. Complicado perdoar.A maioria das mulheres quando traem é por envolvimento ou curiosidade (tem as safadas tambem)mais generalizando,existe algo naquela pessoa que precisa e é traição também. Para mim existe um vazio,uma carência e uma insatisfação e para não ter o trabalho de resolver isso consigo mesmo é mais fácil se jogar nas oportunidades oferecidas por fora. A satisfação é momentânea e muitas vezes se arrisca tudo e se perde.No meu caso me senti mais traida pela amizade, a fulana era minha "melhor amiga" e prima dele de segundo grau, ela também era casada com o primo irmão dele. Foi uma dor gigante. Fazíamos tudo junto os quatro,um amor fraterno de família sabe? Hoje sem a emoção e pudesse voltar no tempo,teria feito muita coisa diferente. Já foi, dei a volta por cima e isso não faz mais parte da minha vida passaram-se muitos anos e o tempo se encarregou de levar isso embora rs... Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  18. Olha Elaine eu vou dizer por mim, porque como já disseram acima esse é um assunto meio complicado e cada um sabe o que é melhor pra si.
    No meu caso eu não perdoaria de jeito nenhum. Quando comecei o meu relacionamento com meu segundo esposo a primeira coisa que eu deixei claro foi que se acontecesse de ele se interessar por outra mulher, que ele conversasse comigo a respeito. Dei abertura total para que ele expusesse tudo o que estivesse acontecendo com ele. Essa coisa de dizer que o erro dos dois é errado, sabe porque? Porque nenhum de nós está livre de mesmo estando num relacionamento, encontrar uma outra pessoa que pode mudar o rumo de nossas vidas. Então por exemplo se eu estou casada e encontro outra pessoa pela qual eu me apaixone o meu esposo tem culpa disso também? Claro que não...pessoas não comandam sentimentos de ninguém, e ninguém está livre de acontecer isso.É claro que alguns facilitam né? mas não é regra geral. Eu sempre falei pro meu esposo que caso aconteça isso com ele , que ele venha até mim e me conte. Eu prefiro sofrer com a verdade do que com uma traição. Então é porisso que eu não perdoaria não...A verdade mesmo que dolorida é melhor que ser enganada...até porque depois que se descobre acaba mesmo né? Se não for o casamento é a confiança.
    Desculpa o comentário longo
    Bjs carinhosos e linda semana
    Márcia

    ResponderExcluir
  19. Vixi menina que coisa mais louca...Eu, ja fui traida, machucada, fiquei um verdadeiro caco, sofri feito uma condenada mas...hoje, não sei se concordam comigo, eu vejo que tirei uma bela lição de tudo que passei (embora eu tenha botado o pé na sepultura de tanta dor, é verdade)eu descobri que não morro mais por causa de ninguém. Posso até "morrer de fumo, bala ou vício..." como diz o Caetano em sua linda música, mas aprendi a gostar mais foi de mim mesma e perdoei de verdade, hj minha relação é bem mais legal que antes. Não sou dona de ninguém, não quero mais controlar ninguém e nem quero uma alma aprisionada e nem aprisionar alma alguma. Somos humanos, e na vida tudo épossível, temos apenas que aprender a ver as coisas de ângulos diferentes...aprendi também a usar minha visão periférica, isso também ele que me ensinou,kkkkkkkk. Adorei opost, um super bj amiga.

    ResponderExcluir
  20. Elaine,
    acho que não perdoaria.
    Não consigo ver a diferença entre sexo e lealdade.
    Lealdade para mim neste caso é não ser traída por aquele a quem amo e confio, pois sou incapaz de trair.
    Creio que se ele está interessado em outra mesmo que seja por puro prazer, já é um sinal de que o amor não mais existe, pois quando amamos de verdade não sentimos sequer tesão por outra pessoa.
    Não importa de quem é a culpa. O que realmente importa é que se não amas mais termine o relacionamento. É mais justo, limpo e digno. O mínimo que uma pessoa pode esperar da outra depois de anos de uma relação é o respeito.
    É isto.
    Beijos minha linda e fique com Deus...
    Ah! Estou muito feliz que vais participar de minha coletiva, você não poderia faltar de jeito nenhum!!!
    E é claro que podes postar no sábado.
    Obrigada por tudo Elaine, você é uma amiga muito especial.
    Beijo na alma e tenha uma linda semana...

    ResponderExcluir
  21. Eu perdoaria , mas não esqueceria jamais concordo com vc Mas não perdoaria deslealdade.
    Querida tem selinho pra vc
    http://selosmeme.blogspot.com/2010/02/obrigada-querida-pela-indicacao.html

    ResponderExcluir
  22. Ñ pq junto c/ isso vem desconfiança... E se já xegou ao ponto d trair ñ ta satisfeito c/ o q tem em ksa, e se ñ ta satisfeito pq continuar?Mais ñ m rebaixaria d bater nem envolver meus filhos nisso c/ a amante...

    Boa semana bela polemika...Depois posta algo sobre a maioria das opinioes...eu fikei curiosa pelo menos...

    bju

    ResponderExcluir
  23. Eliane, acho que o problema nao está em perdoar o problema é que se perde a confianca. Eu já passei por uma traicao, perdoei mas a confianca estragou muita coisa e preferi deixá-lo ir, até porque nao tinha como retornar. Eu nao pude ter filhos no primeiro casamento e ele teve com uma colega de trabalho. Qdo pinta uma crianca na jogada, fica difícil aceitar a pessoa de volta. Foi complicado. Perdoei, mas a confianca precisei trabalhá-la por um tempo. Hoje sou casada, tive dois filhos e tenho plena confianca no marido. Se eue pular o muro vou perdoá-lo é claro, e vamos ver como fica daqui prá frente. Engracado que semana passado encontrei com uma amiga que nao a via há 10 anos e escrevi sobre isso no blog. E novamente te digo que a falta de confianca é que estraga a massa.

    Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  24. Elaine, eu acho que para haver perdão, primeiro tem que ter arrependimento. A pessoa que traiu tem que estar arrependida do que fez, para que a outra possa perdoar. Para mim, fiedelidade é tão importante, quanto a lealdade. Eu poderia perdoar, mas não sei se continuaria junto, imagina seu marido sair depois de uma traição, você confiaria que ele não faria de novo? E viver insegura é uma coisa que eu não sei fazer. Oito ou oitenta, ou tá comigo ou não tá. Sem meio termo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Ai Elaine... não sei... acho que isso é tão do momento, tão de cada relação. Tem casos que isso é a gota d´água, não a razão principal... o relacionamento provavelmente não vinha bem, todos percebiam e simplesmente o caso só veio a finalizar a relação.
    Mas isso é tão caso a caso. Quando era mais nova, falava que não perdoaria nunca, mas hoje, já mais flexivel, respondo que não sei.
    Beijos
    lelê

    ResponderExcluir
  26. Elaine, polêmico mesmo esse seu tema, rs. Acho um grande erro as pessoas pensarem em traição como "onde foi que eu errei?", ou "faltava alguma coisa". Discordo que exista falta de qualquer coisa e muito menos "culpados". Não há culpa... Acho que não é premeditado, sei lá... É difícil realmente... a alternativa de "culpar" alguém, acaba sendo menos dolorido pra todo mundo.
    Eu não sei, claro que tudo depende de como e porque, mas acho que eu perdoaria.
    Bjks

    ResponderExcluir
  27. Hum díficil hein, não sei...
    Costumo dizer, se quizer escapar que escape, mas depois nesse prato não comes mais.
    Lógico que faço td para agradar meu marido, mas HOMEM É HOMEM...
    AAA E MULHER É MULHER RSRS.
    Bjs e boa semana

    ResponderExcluir
  28. Eu vou confessar uma coisa pra você. Já fui uma amante, rs \o/. Mas foi por pouco tempo. Odiei a experiência. Não gostei de colaborar para uma traição. Não sou santa, mas não queria ser puta. Hoje quero ser amante daquele que quer seu meu amante também, mas sem ninguém esperando por ele ou por mim em casa. Quanto a perdoar, concordo com suas condições em genero, numero e grau. Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Eu não perdoaria , sabe pq eu não conseguiria seguir minha vida pensando no que ele pode ta fazendo e tal ..
    bjokassss

    ResponderExcluir
  30. Muito difícil falar sem passar por isso... sei não, acho que não perdoaria não, ainda mais com todo mundo sabendo... aff...

    ResponderExcluir
  31. Ai, situação dificil..tenho q pensar, vou passar a pergunta!

    ResponderExcluir
  32. Querida Elaine, perdoar significa não reter no coração nenhuma mágoa, ressentimento, rancor ... nenhum sentimento negativo desse tipo, então eu te digo que perdoar, sim, eu perdoaria, porque simplesmente não sei sentir outra coisa senão AMOR pelas pessoas e por tudo a minha volta ... mas é importante separar o joio do trigo. Perdoar não implica continuar no lodo, ou seja, no caso, não implica continuar ao lado do parceiro que te traiu, foi desleal, falso e etc, porque perdoar não é também clicar num botão e apagar da memória toda as coisas ruins que aconteceram. Então, eu perdoo de todo coração porque todo ser humano é passível de errar, mas depois de ter sido enganada, feita de boba e etc, eu não poderia continuar com a relação porque acabaria a confiança e sem isso fica impossível uma convivência saudável.
    Bjs com xeros e amaxos :)
    Angel.

    ResponderExcluir
  33. Querida Elaine, perdoar significa não reter no coração nenhuma mágoa, ressentimento, rancor ... nenhum sentimento negativo desse tipo, então eu te digo que perdoar, sim, eu perdoaria, porque simplesmente não sei sentir outra coisa senão AMOR pelas pessoas e por tudo a minha volta ... mas é importante separar o joio do trigo. Perdoar não implica continuar no lodo, ou seja, no caso, não implica continuar ao lado do parceiro que te traiu, foi desleal, falso e etc, porque perdoar não é também clicar num botão e apagar da memória toda as coisas ruins que aconteceram. Então, eu perdoo de todo coração porque todo ser humano é passível de errar, mas depois de ter sido enganada, feita de boba e etc, eu não poderia continuar com a relação porque acabaria a confiança e sem isso fica impossível uma convivência saudável.
    Bjs com xeros e amaxos :)
    Angel.

    ResponderExcluir
  34. Eu acho traição algo muito injusto com outra pessoa. Sou mais a favor de quando uma pessoa se interessa por outra e é comprometida, então que primeiro ela termine um relacionamento pra iniciar outro.
    E se há algum problema conjugal, a melhor coisa então é conversar e dizer aonde o parceiro está errando, e aonde ele pode melhorar pra continuar a relação. Caso não há alternativas então eles se separam, assim evita constrangimento e dor. Imagina a mulher esta em casa cuidando dos filhos, lavando roupa, se matando, e o marido com outra. Ou o marido trabalhando duro pra sustentar a casa e a mulher com outro. Isso é muita falta de consideração. Se sentir atraida por alguem é inevitavel as vezes...mas sei la, acho que quando a gente se compromete, temos que ter respeito pelo parceiro.
    Eu perdoaria sim, todo mundo erra. Mas não sei se eu conseguiria manter o relacionamento. Precisaria de um bom motivo.

    ResponderExcluir
  35. Tá ai uma pergunta que não saberia responder...
    Como você falou, precisamos mesmo ouvir as duas partes e com certeza nessa história, ambos tem uma porcentagem de culpa, com certeza. Mas isso não é motivo para se ter o relacionamento com outra pessoa durante anos, traindo a esposa e ainda a mesma sendo alvo de comentários, pois todos sabem, menos ela. Não teria sido menos covarde da sua parte, sentar e conversar com a esposa? Por um fim no relacionamento? Tentar melhorar?
    É fácil correr pros braços de outra não é mesmo??
    Nada justifica a traição. Nada
    Beijos e ótima semana

    ResponderExcluir
  36. elaine, confesso que ficaria doente só de pensar na possibilidade da desconfinça. compliquei???? juro; não sei o que faria. depende de muita coisa, muita análise, muita conversa. de uma coisa eu tenho certeza: daria ao menos o direito à defesa. perdoar seriam outros 500...

    ResponderExcluir
  37. Elaine,
    Já perdoei uma vez... Mas o relacionamento nunca mais foi o mesmo!
    Então... Terminou!

    Nesse, combinamos que se um traísse o outro, terminaríamos... Ele não perdoa!
    Mas de verdade? Ainda não sei!
    Só qdo pintar vou saber...

    A confiança nesse caso vai pro beleléu!

    bjão

    ResponderExcluir
  38. Pois é amiga,
    que assunto polêmico, eu já fui traída pelo meu esposo e perdoei. Não me arrependo, pois hoje somos muito felizes, e sei que para ele não teve importância foi apenas um caso, após tudo o que aconteceu ficamos mais unidos.
    Beijo grande,
    Lilian.

    ResponderExcluir
  39. Eu não perdoaria, porque se outras mulheres estão despertando o interesse, é porque o respeito acabou e sem respeito não há amor que resista!
    Bj

    ResponderExcluir
  40. Por que os homens traem?
    Muitos dizem que é por causa da tentação, outros são cafas mesmo, outros por carência, outros por que a mulher não está nem aí e libera, enfim, são vários motivos.
    Se eu dou tudo o que ele quer, faço tudo o que ele gosta, não deixo faltar nada e mesmo assim ele me trai...Tchau, não perdoaria não.
    Vai pentear macaco!rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  41. ola minha querida eu para te ser leal tenho que falar um pouco mais
    eu ja fui traida ...sim!!!!!!!! alias eu tenho
    essa carta no meu blog traição mas quer saber? eu no momento que soube que ele propio me contou eu me lembro de tomar algo forte martini para ser mais exata ele me dice que estava embriagado e que tinha pago uma rapariga e me deu o numero eu telefonei!!! ai surgiu ela dizendo que sim que na noite anterior tinha estado com ele eu tinha o meu filho com 6 meses de vida nas minhas maõs chorei ri estava tonta do alcool mas sabe!!! depois de termos conversado eu lhe perdoei e ainda hoje estamos juntos apesar de meu casamento ter ruido eu vou aguentado cada dia que passas no silencio dai eu escrever coisas tão deprimentes no meu blog ~
    eu nao tenho familia e ele tem udo e se eu saio nao tenho dinheiro para dar aos meus filhos tudo o que merecem o que eu nao ive amor de pai e mae nos damos bem somos amigos não faltamos ao respeito estamos criando nossos filhos numa redoma de bem estar educação e alegria mas para mim o amor acbau
    minha querida assim como eu perdoei acho normal agente perdoar uma falha afinal somos humanos e uma vida que se viveu tanto tempo juntos nao se apaga assim ho !!! como o passar de uma borracha
    mas quanto ao caso de nosso amigo aqui bem burrinho foi ao deitar um casamento e uma bela esposa agora ficou só que vale a traição?
    minha querida beijinhos e boa semana

    ResponderExcluir
  42. Eu perdoaria. Em todo caso, acredito que uma relação sem Deus, sem Jesus Cristo não vingue. Para tudo em nossas vidas deve-se ter Deus a frente, para estar batalhando por nós. O inimigo é traiçoeiro, ele sim é enganador, e o valor de uma família no céu é muito grande, é algo mto importante. E o valor dela no inferno tmbm. Um casal que hora, que é benção, é uma bomba no inferno.
    Então, o diabo, faz de tudo para desunir, atenta, menti, engana, ilude.
    Mais, para isto temos Jesus que nos ajuda em nossas fraquezas, e em tudo que se chegarmos a ele, ele nos auxiliará.
    É difícil, ser esposa, ser esposo. Muito difícil, e uma família sem Deus, fica suscetível ao ataque no feioso.

    Paz e amor.
    Tenha uma semana abençoadíssima.

    ResponderExcluir
  43. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ri mto do video.
    Ah Elaine, traicaum eh assunto complikdo... seja de relacionamento afetivo ou de amizade.
    Eu admito q sou ruim msm, naum perdoo, principalmente de amigo, no entanto, vc me fez refletir sim, com ctza, no kso amoroso, a culpa eh sempre de ambos, qndo algum se descuida, descuida de dar atencaum e tem tbm o lance da tentacaum ai q tu flw... eh barra.
    Mas traicaum de amizade eh q nunk entendo e nunk entenderei, mtas vzs surge gratuitamente, por inveja msm...
    Boa semana pra ti anjo

    ResponderExcluir
  44. Eu não perdoaria mesmo!
    1º que quem trai não ama! 2º se o meu marido me trai eu não tenho culpa dele ser safado!
    Acredito no amor acima de todas as coisas, o amor é fiel, não arde em ciúme, não se ufana, nem se ensoberbece!
    Se há traição não há amor, eu morreria se chegasse à pensar que meu marido me engana, eu já gosto quando as "piranhas" da vida, vem para cima!
    E tem mais, traição virtua tb é traição!!
    Ahhhh Deus livre meu casamento dessas coisas ruins!!

    beijos

    ResponderExcluir
  45. Acho que tudo é muito relativo e depende da situação.
    Já perdoei e hoje entendo melhor todo esse emaranhado que é viver e se relacionar.
    Concordo quando vc diz que não aceitaria ser traída por anos e ser a última a saber e que o problema é dos dois. Não só de quem traiu.
    bjs e uma ótima semana

    ResponderExcluir
  46. Não perdoaria. Não saberia confiar de novo.
    Mas a gente só sabe mesmo se viver a situação. Acho que depende muito do grau de arrendimento, dos motivos, do momento vivido pelo casal. Cada um é um. Mas a abordagem foi da traição de um homem sobre a mulher. O contrário nem é muito questionável. Dificilmente um homem perdoa a mulher, isto é fato.
    Bj

    ResponderExcluir
  47. Bonita historia de traición, pero yo, jamás perdonaría. Me gustó mucho cómo escribís, un saludo cordial desde Bs. As.

    ResponderExcluir
  48. putz...só vivendo pra saber...
    só estando na pele e analizando a situação toda...

    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderExcluir
  49. Não perdoaria jamais.
    Pois qdo se trai é pq tem insatisfação no relacionamento. Então é onde entra a honestidade, termina a relação, e Pt saudação. Mas nunca trair. Traição é um ato de covardia. E covardia é fraquesa.

    Bjos no ♥

    ResponderExcluir
  50. Ja fui traida, ja perdoei. Mas não acho que se deva perdoar. O relacionamento nunca mais é o mesmo. Acaba após uma traição, mesmo aparentemente continuando por anos. Também discordo quando um homem trai e poe a culpa na esposa. Poxa ele é desleal e a culpa é dela?


    Bjs
    Mah

    ResponderExcluir
  51. Sinceramente,eu não perdoo ,seja ela qual for,pode me chamar de burra ou insensível,seja o que for,não perdoo.
    Traição é sempre um tema complicado de falar,cada pessoa pensa de um jeito,é difícil,mas mesmo assim não perdoo.
    bjs Elaine e boa semana

    ResponderExcluir
  52. elaine...
    é polemico isso e pessoal de amis..
    acredito que perdoaria sim..
    não se se já fui traida pelo meu marido, acredito que nem pois else é um homem muito integro nesse ponto, mas já o fui por outros namorados e também já trai...
    aprendi com o edson que traíção é um ato covarde...
    mas cho que há casos e casos, realmente deslealdade eu não perdoaria jamais..
    o edsinho diz que o homem trai pra permanecer no casamento e a mulher pra sair dele , é uma teoria boa...
    espero não passar por essa experiencia, eu sofreria muito.
    bjuivos no coração.

    ResponderExcluir
  53. Adorei o jeito que vc coloca os assuntos tropeçei sem querer no seu blog PARABENS vc tem um jeito proprio de falar beijos

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…