Luto, e muita tristeza.

em 3 de dezembro de 2009

imagesa Sabe quando eu disse aqui que esta semana andei tendo uns pressentimentos ruins? Fiquei com muito medo que fosse algo relacionado à minha irmã, ou ao bebê dela, mas louvado seja Deus, não era.
Mas então, que a gente não deve mesmo duvidar desses insights que às vezes rolam…
Quando minha Loirinha morreu eu, na mesma semana, adotei um casal de filhotinhos. Muito pequenininhos, pesavam menos de 300 gramas cada… vacinei, vermifuguei, dei nome e tudo ia bem. Eles, em 1 mês cresceram e ficaram lindinhos, enchendo a casa de alegria e acalmando minha tristeza pela perda de minha cachorrinha.
Mas nesta quinta-feira, em meio à alegria pelo nascimento do meu sobrinho, aquela sensação horrível, de presságio, se confirmou: o machinho, num momento em que me descuidei, saiu portão afora e  foi atropelado por uma moto. Morreu em meus braços, quase que instantaneamente. Só tive tempo de pegar seu corpinho ainda com vida e aconchegá-lo para que morresse…
Assim, um dia que deveria ter sido apenas  de alegria se transformou em um dia de muita dor…
E se você que está lendo vai dizer que eu estou sendo besta por chorar a tarde toda por um filhote de vira lata nem perca seu tempo me criticando. Estou triste demais, com os olhos inchados de tanto chorar, me sentindo imensamente culpada por não ter seguido minha intuição e francamente não quero críticas. Porque hoje eu percebi o quanto sou sozinha: não há um amigo para quem eu pudesse ligar e ser consolada; todos iriam fazer pouco do meu sofrimento… apenas marido veio correndo me ajudar…
Só quero colo… e que essa dor passe.
Acho que tão cedo não volto a postar, pois pela primeira vez penso em desistir do blog...

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

70 comentários , comente também!

  1. Ai, que triste! :(

    Eu jamais iria dizer que você está sendo besta por chorar a tarde toda por um filhote de vira lata; nunca passei por algo assim, mas deve ser mesmo muito ruim. :(

    Não sei direito o que escrever, mas só queria expressar meu apoio... sinto muito pela sua tristeza, espero que vc fique bem...

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oooow, querida, fica assim não!
    Quero dizer, não fica assim triste, achando que está sozinha. A tristeza pelo filhotinho você tem todo o direito de sentir! Amor é amor, seja por quem for, e ninguém tem nada a ver com isso. Manda passear quem vier com coisa.

    Mas, como aquela menina da historinha, que olhava pela janela e só via o lugar onde o cãozinho havia sido enterrado, olhe mais adiante. Nasceu uma flor ao lado...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Elaine,
    Faço minhas as palavras da Fernanda...apenas acrescentando que amo meu cachorrinho a ponto de nem querer pensar em um dia perde-lo...porisso entendo sua dor. Já perdi três e não aceito muito até hoje. Tenha seu tempo...chore, pense... mas volta logo tá?
    Bjs no coração.
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Elaine, meu amor... meu coração acelerou ao ler esse post... compreendo sua dor, e sou solidária a ela...
    Meu anjo, vc tem sim amigos pra onde correr, querendo conversar estou por aqui..
    Mas por favor, não desista daqui, sei que meu pedido parece egoísta, pq sentiria sua falta, mas não seria eu a única... dê um tempo se quiser, mas volte, e saiba que não está sozinha!


    Beijos e fique bem

    ResponderExcluir
  5. Elaine, meu amor... meu coração acelerou ao ler esse post... compreendo sua dor, e sou solidária a ela...
    Meu anjo, vc tem sim amigos pra onde correr, querendo conversar estou por aqui..
    Mas por favor, não desista daqui, sei que meu pedido parece egoísta, pq sentiria sua falta, mas não seria eu a única... dê um tempo se quiser, mas volte, e saiba que não está sozinha!


    Beijos e fique bem

    ResponderExcluir
  6. Oi, Elaine!

    Não acho que devam achar vc boba o besta por ficar triste por um cachorrinho q.q. que seja, cada um de nós tem seus valores e dores pelas coisas. Sinto muito por ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Elaine, besteira seria não chorar pela vida de um vira lata que se foi (aliás, quem gostava de raça era um cara chamado Hitler, né?).
    Pensa que ele está com os anjinhos.

    bjs

    PS: estou chorando tb - força aí, tá?

    ResponderExcluir
  8. Elaine, a pessoa que lhe criticasse por você chorar morte de uma criatura amada seria a besta. Compartilho sua tristeza e faço votos de que fique bem. Só lhe peço: não abandone este trabalho lindo que é o seu blog. Você é muito querida pela blogosfera para isso. Ok ?

    Um beijo no seu coração, e que a dor passe logo.

    ResponderExcluir
  9. Como te percebo, é mau demais perder os esses nossos amiguinhos!!

    Beijinhos e força*

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Antes de mais parabéns pelo nascimento do teu sobrinho.
    Tenho muita pena que este dia fique ensombrado por este triste acontecimento!
    Ninguém te vai criticar, só mesmo quem tiver coração de pedra ou nunca perdeu um amigalhote de quatro patas!
    Eu sempre chorei a perda dos meus gatinhos ou dos cães que nós dávamos abrigo cá em casa. E olha que muitos foram atropelados, exactamente como o teu.
    Percebo essa tua tristeza...dá um tempo...e depois volta!!!!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. Sei muito bem como te sentes. Dedicamos a esses bichinhos tanta atenção e eles nos dão tanto carinho que é inevitável que essa linda união exista.

    Desejo que fiques bem pra poder curtir a alegria da chegada, com saúde do Luis Otávio. Um beijo e tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  12. Elaine !
    Vc pode me ligar sempre que quiser.
    Mesmo sem te conhecer pessoalmente eu te consolo.
    Vou te dar meu número depois.
    Eu entendo seu coração. Qdo meu cachorrinho morreu de câncer eu chorei, chorei e me acabei de chorar. Já tem 6 anos e ainda choro quando a saudade aperta.
    O Mel era meu terceiro filho.
    O que fazer se amamos os bichos assim ?
    Oh ! Vc não está sozinha não ! Não fala assim.
    Fica bem !
    Te espero aqui devolta e postando porque eu adoro passar aqui e ler seus posts.
    Beijos de fada.
    Luka.

    ResponderExcluir
  13. Ah ! Esqueci de dizer que tem selinho pra vc lá no blog.
    Passa lá !
    Luka.
    http://quemlefazseufilme.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Elaine, muita calma nessa hora...
    Desistir do blog, nem pensar! Pelo amor de Deus! E nós que te gostamos tanto? Como ficaríamos?
    Minha amiga querida, imagino a tua dor e compreendo... Nós que amamos os animais de uma maneira tão intensa sofremos demais quando eles nos deixam... E imagina dessa maneira que foi... ô querida, vai passar... Chore sua dor, chore tudo o que tem pra chorar... Mas vai passar...
    Estou aqui para um colo virtual ou para o que mais precisares. Conte comigo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Elaine jamais te criticaria. Sinto muitíssimo e sei que dói e dói muito.
    Nestas horas não existem palavras que confortem nossa dor.
    Fique com Deus minha amiga e agarre-se na alegria do novo serzinho que veio para dar-te mais alegrias e renovação.
    Luís Otavio vai iluminar tua vida e fazer-te sorrir novamente.
    E por favor nem pense em desistir do blog, pois se desistires deixará toda a blogosfera muitíssimo triste.
    Beijo na alma querida...

    ResponderExcluir
  16. Oi querida,tenha calma,os dias vão passar e essa tristeza ficará mais leve.
    Eu sei que deve doer demais.
    Não desista do blog não,eu sou prova viva,que nos meus piores momentos,foi o blog e as pessoas que conheci por intermédio dele que me ajudaram a sair da turbulência.
    Respire fundo e pense que o tempo desse serzinho junto a você era esse.
    Fica tranquila.Vou ficar mandando energia positiva para vc.
    Se eu pudesse estar aí para batermos um papo,jogar conversa fora,dar umas risadas.
    Não desista do blog,por favor.
    Beijos e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  17. Elaine,
    Que triste!
    Não desista não!
    Estamos aqui com você e não tem besteira nenhuma em chorar, afinal se você chora é por que tem amor, algo raro hoje em dia.
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  18. O Elaine..
    Nem pense em desistir do blog. Que isso amiga? Sei que nessas horas não adianta dizer nada, pq nada nos conforta diante da perda! Mas lembre-se das alegrias que ele te deu, e da troca de carinho que houve entre vocês. Chora, faz bem, alivia.
    Qdo voltar a postar a gente vai estar aqui e te receber com mto carinho! Mas não nos deixe tá??
    Fica com Deus
    Bjos no ♥

    ResponderExcluir
  19. Elaine, querida. Eu já sofri essa dor com um gatinho, lindo, que havia adotado, já adulto. Não se culpe por n advinhar com quem poderia ser. Pense na alegria que teu baby teve durante o tempo que esteve ctgo. Isso pode ser um acalanto.

    Essa noite, o meu gatinho dormiu fora. E eu n dormi direito... Pela manha, ele n voltou. Qdo estava saindo para trabalhar, no meio da manha, la tava ele miando no portao, que costuma pular num segundo. ja foi me dando um aperto no coraçao...

    O médico acha que ele foi atropelado ou sofreu um acidente com algo pesado caindo sobre ele. Esta se arrastando de um jeito que dá dó. queria k ele sarasse logo. assim como kero que teu coraçao tb.

    bjo linda.

    ResponderExcluir
  20. Elaine, chora por seu bichinho o quanto queira. Apesar do meu post falando sobre pessoas tratarem animais como filhos, eu também amo muito os animais e sofri cada vez que perdi minhas cadelas, uma com 13 anos e outra com 9, em épocas diferentes.
    Não gosto de cães na cama, ou dentro de casa o dia todo, mas trato com carinho e amor. E quando eles se vão, a gente fica como se perdesse um membro da família. Sei bem que é assim.
    Sua dor vai passar, sabe disso.
    E não fica pensando que foi um presságio, foi apenas coincidência, tanto que você tinha receio que fosse algo com a sua irmã.
    Elaine, acalme-se e pense que há mais bichinhos por aí querendo uma casinha linda como a sua para morar.
    Sofra hoje, sua dor é só sua.
    E quanto a ter amigos, pode me mandar email, chorar o quanto quiser em meus ombros, mesmo a gente não estando perto fisicamente.
    Se eu pudesse abraçá-la agora...saberia que tem em mim uma amiga de verdade. Senti assim desde a primeira vez que li você.
    Adoro aquele cachorrinho da foto quando você comenta.
    Fica bem. Boa noite.
    Amanhã é outro dia.
    Luís Otávio espera por você. E sua irmã e os ooutros sobrinhos. E marido.
    Cuide-se! Bj

    ResponderExcluir
  21. Elaine, se você tem a sensibilidade de chorar por um cachorro, que força interna não terá para lutar pela vida!

    E para transmitir vida!

    Seu sobrinho está aí, trazendo uma nova luz; e sua irmã precisando de você.

    Que eles te tragam força.

    Deus te abençoe e muito carinho pra ti :*

    ResponderExcluir
  22. ELAINE;vc e muito especial menina
    n de atençâo a comentarios maldosos
    por favor n deixe de conversar comigo(viu ja te adotei)
    nâo tenho blog,mas todo dia vc esta
    na minha casa;fique com DEUS
    bjo no teu coraçâo

    ResponderExcluir
  23. Ai, Elaine...
    Você tem um coração enorme, lindo, nem de longe é besta... Bobo quem pensa assim...
    Ai, como queria ir aí te dar um abraço... Também estou com lágrimas nos olhos ao imaginar a cena descrita... Tô com o Scott aqui no meu colo...
    Queridona, a gente tem que chorr tudo que puder pra levantar a cabeça e ver que tem outros seres que dependem muito da sua alegria...
    Fique com Deus.
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Amiga, quando li seu primeiro post que estava indo para o hospital e seus sentimentos, eu gelei aqui e nem consegui comentar nada, só rezei.
    Mais tarde vi que você havia atualizado o blog e qu efalava do nascimento do Luis Otávio e respirei aliviada. Mas a meleca do blogspot tava com algum problema e eu não consegui entrar em nenhum blog.
    Agora quando li o título do seu blog eu gelei... achei que era ele. Mas graças a Deus não era.
    Porém é uma perda e imagino sua dor. Eu não tenho nenhum amiguinho assim, mas sei que nos apegamos e temos amor por eles. Nãoé o fato de ser um animal que impede de você sofrer, ainda mais nessas condições.
    Receba meu carinho.... e se quiser, me mande um aemail para luci.cardinelli@gmail.com que eu lhe passo meu fone e quando quiser conversar estarei aqui.
    beijo com muito carinho

    ResponderExcluir
  25. Ai Elaine que tristeza!!!!!!!!!!!!!
    Sei o quanto vc está sofrendo, dói demais perder nossos amados bichinhos!!!!
    Poxa amiga espero que São Francisco apazigue seu coração e que logo vc esteja melhor!!!
    Se precisar de um colo ofereço o meu
    Bjs e fica com Deus!!

    ResponderExcluir
  26. ELAINE...
    quem iria critica-la por seu sentimento de perda pelo filhotinho??
    só um insencivél ignorante...
    nossa amiga...sei o quanto dói...
    só quem tem essa ligação com os cães pra entender a dor..
    mas não se mortifique pelos outros...desculpe, vc não está só como pensa...mesmo não nos conhecendo sinto imenso carinho por vc e sei que outras amigas e amigos também sentem o mesmo..
    te peço no profundo do meu egoismo,,,,não nos deixe...
    precisamos de vc e gostariamos que vc precisa-se de nós...
    gostariamos de poder preencher esse vazio de alguma maneira e fazer vc se sentir melhor..
    força minha querida...sinto muitissimo sua perda.
    um enorme beiju em seu coração...
    uivos de tristeza.
    loba.

    ResponderExcluir
  27. Elaine, compreendo vc inteiramente.
    No início do ano perdi uma gatinha e chorei mesmo. Sempre q perco um bichinho eu choro e sofro tbm. Tem gente q se ri achando bobagem, mas não percebe como nós q somos solitários no mundo "real" nos apegamos a eles como à quase um filho. E vc então q não tem filhos deve ser mais apegada ainda. Por isso eu lhe deixo meu abraço carinhoso. Fique bem. Dê-se o tempo q precisa e depois volta, ok?
    Bjo na alma!

    ResponderExcluir
  28. Minha amiga, só quero aqui te deixar um abraço bem apertado e imagino como estás te sentindo.É muito triste ver um filhote morrer.
    Um beijo no teu coração. Vou te enviar por e-mail o meu telefone e o meu skype, estarei aqui sempre que precisar de um ombro pra chorar.
    Rosani

    ResponderExcluir
  29. Elaine
    Eu JAMAIS criticaria voce por esse sentimento, a perda de um animalzinho, em que depositamos tanto carinho, é sempre doloroso e triste, uma pena que as pessoas nao compreendem o que sentimos... quando pensamos que essas coisas fofas, criadas com tanto carinho por Deus e para que abrimos nosso coraçao, sao tao frágeis, e tao sucetíveis a esses inconsequentes atos humanos, ficamos sem palavras...
    Que a sua filhotinha preencha voce de alegria, amor e carinho, pois é assim que nos reerguemos de uma perda.
    Minha mae Pati manda um beijo e diz que assim que puder também vai comentar.

    Um beijo e uma abraço apertado o// \\o
    Lua

    ResponderExcluir
  30. oi sinto muito deus estou arrepiada por favor reconsidere nao se va embora como é que eu fico? sei que esta sofrendo e nos somos seus amigos eu ja a tenhono meu coraçao por tudo que me tem ajudado com mns que me manda pesso-tenao vas tu adoras o teu blog e de serta forma o teu loirinho nao iria ficar feliz porque tambem voce dedica esse blog aos animais com tanta ternurinha fique por fvor beijos no seu coraçao tambem na vida real nao tenho ninguem seja forte desus lhe abençoe beijos

    ResponderExcluir
  31. À um ano atrás minha kalopicita(passarinho) morreu e sofri muito com a perda dela, hoje tenho um cachorrinho(amo ele demais).

    Entendo a dor que vc está sentindo Eliane,mas não se culpe.

    Deixo aqui o meu carinho pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  32. Bem triste mesmo.
    Nada de achar que é algo besta ou errado chorar pela perda de um cachorrinho.
    Quem dera mais pessoas tivessem esse amor que vc tem pelos animais, teríamos um mundo muito melhor.

    Sinto muito, meus sentimentos.

    ResponderExcluir
  33. Oi querida...
    Só quem ama animais é q conhece essa dor... Até hoje sinto saudade do Guide e nao tenho nem mesmo coragem de outro cachorrinho... Por isso sei bem o q vc está sentindo...
    Peço a Deus que traga paz ao seu coraçao e nao desiste nao do blog, apesar de quase nunca comentar seu bloguinho enche meu dia de alegria viu?
    Chora sim, tudo q vc tiver direito...
    Muita paz e um beijo no seu coraçao!
    Elen e Duda

    ResponderExcluir
  34. Tente Outra Vez
    Raul Seixas

    Veja!
    Não diga que a canção
    Está perdida
    Tenha em fé em Deus
    Tenha fé na vida
    Tente outra vez!...

    Beba! (Beba!)
    Pois a água viva
    Ainda tá na fonte
    (Tente outra vez!)
    Você tem dois pés
    Para cruzar a ponte
    Nada acabou!
    Não! Não! Não!...

    Oh! Oh! Oh! Oh!
    Tente!
    Levante sua mão sedenta
    E recomece a andar
    Não pense
    Que a cabeça agüenta
    Se você parar
    Não! Não! Não!
    Não! Não! Não!...

    Há uma voz que canta
    Uma voz que dança
    Uma voz que gira
    (Gira!)
    Bailando no ar
    Uh! Uh! Uh!...

    Queira! (Queira!)
    Basta ser sincero
    E desejar profundo
    Você será capaz
    De sacudir o mundo
    Vai!
    Tente outra vez!
    Humrum!...

    Tente! (Tente!)
    E não diga
    Que a vitória está perdida
    Se é de batalhas
    Que se vive a vida
    Han!
    Tente outra vez!...

    ResponderExcluir
  35. Elaine, eu sei muito bem o que vc está sentindo. Pois sou como vc...
    Me apego fácil e amo os animais...
    E choro quando perco um bichinho... choro muito mesmo... e o pessoal ficam rindo de mim...
    Mas deixa pra lá o que dizem... O importante é o interior... o sentimento. Seu coração é lindo! E vc é uma pessoa de verdade...
    Não abandona o blog não... Sei que dói... Mas tudo passa e a vida continua...
    Seu filhotinho está no céu, num lugar lindo! Podes crer...
    Que Deus te dê conforto!
    Um linda noite!
    +---- ABRÇÂO -----+

    ResponderExcluir
  36. Oh meu amor, não se sinta culpada, não somos perfeitos, a ponto de seguir "sempre" nossa intuição. Imagine fazer pouco do seu sofrimento. Nada que eu dizer vai diminuir sua dor. Mas Deus sim. Ele pode consertar um coração partido, se lhe levarmos os pedaços. Leve os pedaços do seu coração para Deus ele vai consertar e lhe dar o colo que você tanto está precisando.

    Bjs
    Sua Amiga Mah

    P.S
    Vou deixar por email o número do meu telefone, para quando você se sentir sozinha e quizer a companhia de uma amiga.

    ResponderExcluir
  37. Oi querida,vim te visitar pela primeira vez, através de umaamiga Elen mãe da Duda eli esse triste texto, se que é muito difícil, pois já perdi três que amava muito tb, é realmente como se estivesse perdendo uma pessoa, o sentimento é o mesmo.Peço que não desista de nada pq a dor passa, e fica as maravilhosas lembranças, logo agora que queria começar a te seguir!! Gostei muito do seu cantinho e fui muito bem indicada. Bom, se quiser me visitar e me seguir serámuito bem vinda, Fique com Deus e bj grande.

    ResponderExcluir
  38. Minha amada , sinto muito por vc , fico imaginando sua dor , eu chorei só de ler seu texto . mas lembre-se que o outro cachorrinho que ficou precisa de vc
    Sinto muito mesmo , vc e muito fofa . vou te mandar meu e-mail com telefone , quando precisar e só me ligar
    bjs meu anjo

    ResponderExcluir
  39. Olá!
    Eu AMO animais e fiquei comovida com seu post.
    Realmente dói muito quando a gente perde, ainda mais numa situação trágica como essa.
    Quando a minha cachorrinha mais velhina morreu eu fiquei uns oito meses chorando frequentemente a ausência dela e ainda hoje evito pensar muito porque naturalmente acabo ficando muito triste com a saudade.
    Não há nada de besta em expressar seu sofrimento...isso só demonstra que vc deve ser uma pessoa de bom coração!
    Não desista do seu blog!
    Com certeza a sua filhotinha vai te dar muitos momentos de alegria pra serem contados aqui.
    Força pra vc, um beijão!
    :)

    ResponderExcluir
  40. Elaine, minha querida amiga.
    Sei muito bem o que significa a perda de um amigo de 04 patinhas.
    Quando o meu se foi, com quase 09 anos, fiquei totalmente desolada, eis que veio para o aconchego de nossa casa com 04 mese, e durante muitos anos, talvez tenha sido um dos meus melhores amigos de todos os tempos.
    Sou solidária com sua dor.
    Aos poucos, ela vai se tornar menor, tal como a minha. O tempo é um santo remédio para muitas coisas. Você vai ver.
    Mas, não abandone seu blog. Quem sabe, ao escrever, você não encontrará mais consolo para alma ?

    Muitos beijos

    ResponderExcluir
  41. Elaine é claro que não mereces crítica, mas sim solidariedade e carinho. Sei bem o que estás sentindo, pois perdi há pouco uma gatinha amada e ainda choro muito por ela. No caso dela foi doença, mas também me culpei, pensando que talvez se a tivesse levado em outro vet ele poderia ter curado e coisas assim... Dá um tempo para ti mesma, se precisas disso, mas não desiste do blog; tem tanta gente aqui que te admira e tem tanto carinho por ti. Acho que depois de um tempo vais sentir que ele pode te ajudar e não o contrário. Fica em paz. Um abraço apertado

    ResponderExcluir
  42. O minha miga,
    que coisa mais trsite ....
    Mas, não se culpe, se vc não conseguiu evitar, era justametne para acontecer.
    Vc só teve esse pressentimento pois Deus te preparou para algo que ia acontecer.
    Vc não tem culpa alguma, pelo contrário, cuidou tão bem, alimentou tão bem e tenho certeza que deu amor prá dedéu por esse cachorrinho.
    Minha amiga que vc fique bem logo, e que essa dor passe o qto antes viu?
    Um beijo enorme dentro do seu coraçãozinha para que ele se encha um pouqinho de amor tá?
    Com carinho,
    Gi

    ResponderExcluir
  43. Oi Elaine!!!
    Sinto muito pelo que aconteceu... È sempre muito triste perder um bichinho de estimação, lamento muitíssimo amiga.
    Beijinhos
    Ângela

    ResponderExcluir
  44. Compartilho contigo as lagrimas que sairam de meus olhos...

    ResponderExcluir
  45. Sinto muito amiga. Acho que uma pessoa que criticaria essa dor,seria insencível demais e nem mereceria sua atenção! Eu tb sinto essas coisas, só que não sei daonde vem e o que é, só sei que algo irá acontecer.Qdo Harry Potter (meu gato) morreu atropelado nem fui trabalhar, chorei vários dias e minha filha tb. Temos o Koda na imob(SRD) enorme que passa pela grade do portão que ninguém acredita que ele consegue. Vai pra rua correndo e a gente atrás. Temo pela vida dele e o Alex dono da imob está providenciando uma tela forte,ele já foi atropelado qdo pequeno. Não se culpe, eles são danados e escapam mesmo. Você fez de tudo, cuidou, amou e pra onde ele foi sabe disso.Fique com Deus e peço que Ele aquiete seu coração.
    PS: Diante de tudo,vem junto pra compensar a alegria do nascimento. Parabéns pelo sobrinho,que ele traga muita alegria a sua família toda. bjs

    ResponderExcluir
  46. Elaine...

    Minha opinião é a seguinte,
    não se compara mesmo a felicidade do nascimento do Luís Otávio, com a morte do seu machinho cachorrinho...
    Uma coisa é totalmente diferente da outra.
    São sentimentos opostos...
    Não tem como comparar!
    Vc está feliz, sim, e está triste, sim... E SÓ QUEM VIVE ISSO, SABE O QUE É!

    Não há espaço pra críticas, soluções ou qq coisa desse tipo nesse momento...

    E conte comigo, essa amiga virtual, escreva pra mim, liga pra mim, que da forma q puder, te darei meu colo!!!

    E qto ao seu blog q eu tanto adoro, cabe só a vc decidir o q é melhor pra VC!!!!

    Bjssss
    com mto carinho
    da Li

    ResponderExcluir
  47. Bom dia Elaine, fiquei em choque quando vi o titulo do post. Passei o dia pensando em sua irmã e no Otávio, dai o susto. Fico feliz por ela e pelo bebê. Felicidade e tristeza em uma mesma pessoa é complicado, mas acho que você perdeu um filho então não se envergonhe de ter chorado ou de estar com o coração pesado. O bebê perdido foi amado e isso ninguém nunca poderá tirar dele. Fico triste, mas sei que este ano você teve muitas perdas, então vou entender e esperar até que seu coraçao esteja em paz. Fique com Deus e me escreva se precisar de um ombro virtual. Beijos e abraço apertado.

    ResponderExcluir
  48. Poxa Elaine, que tristeza!! Eu nunca iria criticá-la por isso, ao contrário, os nossos bichinhos também são nossa família e pode ter certeza que nos amam com sinceridade! É horrível como tudo aconteceu e consigo sentir as suas dores, pois já ocorreu fato indêntico comigo, mas a minha cachorrinha que acabava de ser atropelada além de ter morrido em meus braços, me mordeu com força, pois as suas dores eram terríveis. Nunca esqueci aquela cena. Não desanime minha amiga, a vida nos prega muitas peças, mas devemos estar preparadas e seguir adiante, pois infelizmente o espetáculo continua...
    Beijo no coraçao e conto com você de volta viu?

    ResponderExcluir
  49. Você tem amigos sim! E eu sou uma!!

    Você tem sentimentos lindos e sentir amor e tristeza pela perda de seu cão, não é bobagem!

    Que Deus acalme seu coração e te conforte! Ele vai descansar em paz, estou aqui em meio à lágrimas por não poder fazer mais por vc, queria te ligar, falar com você, como não tenho outros contatos, além de blog, e-mail e orkut, deixo aqui meus sinceros sentimentos e envio para vc as melhores vibrações... conte comigo e nunca pense em acabar com seu blog!!

    beijos

    ResponderExcluir
  50. Elaine,

    Eu sei bem o que vc está sentindo, já perdi um cachorro e sei que é uma dor muito, muito grande. Hoje tenho o meu Johnny (postei sobre ele ontem)e nem gosto de imaginar que um dia possa acontecer algo de ruim com ele.
    Um animal de estimação é um companheiro muito fiel e eu te digo: chore sua dor, sim. Não se importe com críticas, pois só quem passa por isso sabe como é.

    Quanto ao Blog, essa é uma decisão que só cabe a vc, claro, mas como eu já te disse, vc foi uma grande inspiração para que eu criasse o meu, e acredito que pra muitas pessoas também, pois vc escreve com o coração!
    Espero que continue, pois adoro seus posts.
    Mais uma vez, sinto muitíssimo pelo seu filhotinho, que Deus possa confortá-la.
    Um grande beijo!!

    ResponderExcluir
  51. Elaine,
    Quando era pequena, os meus cachorros morriam,eu passava o dia inteiro, então fiz uma promessa de que não teria mas cachorros não queria mais chorar.mas quem gosta de cachorrinhos sente não tem jeito.
    Elaine vai passar querida...
    beijos

    ResponderExcluir
  52. Olá minha querida, espero que hoje esteja se sentindo melhor.
    Quando quizer, saiba que estamos todas aqui, te esperando.
    Grande beijo, fica com Deus.
    Elaine Maria.

    ResponderExcluir
  53. Elaine !
    Cadê vc ? Tô com saudade !
    Fadinha, volta pra blogosfera. Vc faz falta aqui.
    Beijos de fada.
    Luka.

    ResponderExcluir
  54. Manda essa gente que critica dar uma volta... Não tem que criticar, muitos animais fazem melhor companhia que algumas pessoas.
    A gente ganha afecto à mesma por isso é mais do que normal sentires-te triste.
    Força*
    Um beijo*

    ResponderExcluir
  55. Nossa Elaine!! Que triste isso tudo!!!
    Menina do coração lindo vc vai superar mais essa, pode acreditar!!! Deus vai te dar o conforto necessário pra passar por esse momento e sair dele vitoriosa!! Confia!!!
    Olha... num desiste do blog não!... A gente gosta tanto, tanto de você!!!!!!

    Fica na paz de Deus!
    Xêrosss
    Raquel

    ResponderExcluir
  56. Imagina....eu teria ficado tão arrasada quanto! Só quem tem um cachorro sabe como é.

    Nossa, tenha força e aproveite, agora, para fazer o bem para um outro cachorrinho. Adote mais um e depois manda a foto pra eu ver!

    ResponderExcluir
  57. Ô... dizer que não fiques triste é bobagem. Sei bem que dor é esta. Não é bobagem não...já passei por isso.

    ResponderExcluir
  58. Aí Flooor, não fique se sentindo culpada, Deus é sábio!

    E outra, acho que ninguém aqui jamais te críticaria por isso, imagina, escrevi alguns dias atrás meu sofrimento porque vi um cachorrinho perdido na rua, e chorei, e muito! Imagina nessa situação que tu passastes.

    Floor, fica bem aí. Nessas horas não sei o que te dizer, porque meu coração dói cada vez que vejo alguma coisa de ruím com os bichinhos - principalmente com os cachorinhos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  59. oi elaine! não te culpo não... a gente se apega mesmo de verdade a essas coisinhas lindas e qnd eles se vão é como se fosse alguem da familia q estivesse partindo! fique bem! estou de volta ta??? beijoss

    ResponderExcluir
  60. Respeitar a dor alheia é o mínimo que devemos fazer, seja lá qual for o motivo.
    Sinto muito pelo cachorrinho!
    Não desiste do blog não, hein!!
    Beijão

    ResponderExcluir
  61. Vc tem todo o direito do mundo de se sentir assim, isso só prova que vc é uma pessoa mais do que especial. Não abandona a gente não, estamos aqui prá te dar força! Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  62. Ahhhh nunca imagine que vc esta sendo besta por chorar por um cão.
    Eu tenho duas e não imagino minha vida sem elas.
    Acredito ate que minha mãe possa ficar doente quando elas partirem, elas são parte da família!!!!Que Deus te conforte e guarde o seu cãozinho num lugar bem especial.
    beijos

    ResponderExcluir
  63. oi so passei para te dizer obrigada por estar aqui presente e e de louvar o seu sentimento pelo o seu lindo cachorrinho nao é besteira chorar so mostra o ser maravilhoso que voce é sinto muito beijos
    parabens pelo seu lindo selinho
    voce merece felicidades tudo de bom xauuu linda

    ResponderExcluir
  64. http://anovacela.blogspot.com/2009/12/o-gato-que-voltou.html

    Eh longo o post, mas leia... me desculpe se estiver sendo inconveniente.
    Bjos

    ResponderExcluir
  65. Mas bah, guria.
    Já perdi um cachorrinho assim, seu nome era Bethoven, até hoje lembro...
    Agoratenho o G e o Fred, dois amigões.
    Solidariso-me com sua tristeza;

    ResponderExcluir
  66. querida,
    tristeza não se mede, avalia ou julga. tristeza, dor de perda só merece colo e respeito.
    bjs e força.

    ResponderExcluir
  67. Vc não é sozinha minha querida ..olha quantas pessoas vieram pra lhe dar uma palavra de conforto e creio que se pudessem estariam ai com vc pra lhe ajudar a suportar essa dor...Sei o quanto um animalzinho nos faz bem...nossa!!quanta alegria eles nos trazem , por vezes são a única companhia que temos...falo isso por mim...tenho uma poodle (Pandora) que já tem 10 anos , e nem gosto de imaginar o dia em que ela se for...aiii triste d++, mais a vida tem que seguir seu rumo.

    Por isso não desista do seu blog nem dos seus amigos que aqui estão...eu tô chegando agora mais pretendo ficar também.

    Fica com Deus e tenha certeza que Ele nos ampara em todos os momentos.

    ResponderExcluir
  68. Elaine, deixei no Mães um post sobre um felino que faleceu, de uma amiga.

    Se quiser e puder, leia.

    Bjos

    ResponderExcluir
  69. Oi Elaine, o comentário é um pouco tardio, mas eu sei o que é a dor que você sentou e ainda vai sentir por muito tempo.Eu já passei por isto, ele tinha 13 aninhos, chegou lá em casa com 1 mês, tive que autorizar uma eutanasia, ele teve um cancer na perninha, muito invasivo, não tive coragem de deixar ele definhar aos meus olhos. Até hoje me pergunto se fiz a coisa certa, não sei, acho que fiz certa para ele, e errada para mim. O tempo é o melhor remédio, fica a saudade boa, e ainda a gente pode olhar as fotinhos e os videos deles. Hoje tenho a Yoko e o Max, e a saudade do meu amadinho Bob.Para gente como nós, que amamos animais, pode ter certeza, depois da tempestade o sol sempre nasce, e só abrir os olhos.
    Força e luz para você.
    Bjs.
    Sônia Santanna.

    ResponderExcluir
  70. Ainda bem que não desistiu, ne? Mas por outro lado, pena que eu não te conhecia ainda, pq comigo você poderia chorar e se desesperar à vontade!
    Lá em casa acontece o mesmo. Um dos meus gatos morreu na clínica onde estava internado. Eu recebi a notícia chegando no trabalho e cheguei aos prantos. Meu chefe me perguntou o que foi e qdo eu disse que um dos meus gatos tinha morrido me olhou como se eu fosse um ET. F***-se! Chorei, choro e meu filho chora ate hoje por cada um dos gatos que morreram ou simplesmente fugiram e nao voltaram.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…