Homens, animais e a hipocrisia nossa de cada dia…

em 16 de novembro de 2009

animais Senta que lá vem polêmica. De novo.
Todo mundo viu as notícias chocantes do abatedouro de cães e gatos de Susano, cidade paulista. Não viu? Clica aqui e depois volta, eu espero…
Pois é… um abatedouro clandestino de cães, que fornecia carne para ao menos 5 restaurantes orientais , a maioria no bairro do Bom Retiro em São Paulo. O casal responsável pelo abatedouro foi autuado em flagrante e os restaurantes lacrados e multados. Mas já estão funcionando de novo. Horror. Horror?
Fiquei pensando…

Para nós ocidentais isso é muito chocante pois cães e gatos costumamos colocar no colo e tratar como filhos. Na parte oriental do mundo não é assim: eles são vistos como fonte de carne e pronto. Por uma questão cultural milenar alguns países do oriente tratam os bigodes e os focinhos exatamente como nós tratamos os porcos, as vacas e as aves “comestíveis”. Daí você pode dizer: mas é diferente! Pois eu digo que não é!
 Minha mãe tem uma pata bem branquinha, que toma banho, atende pelo nome e segue minha mãe por toda parte. No quarteirão seguinte ao meu uma vizinha tem um carneirinho que atende pelo nome e parece uma criança quando brinca com as outras crianças. Moro na periferia de uma cidadezinha do interior e cresci vendo vacas e cavalos e posso afirmar que eles não diferem em nada do poodle ou do siamês criados como bebês por muitas pessoas.

Não sou vegetariana. Infelizmente velhos hábitos custam a morrer, com imensa tristeza eu digo isso... Mas venho reduzindo gradativamente o consumo de carne e sonho com o dia em que abolirei definitivamente a carne do meu cardápio. Pois cada vez que abraço meus cachorrinhos eu me sinto hipócrita. Cada vez que eu ajudo um cachorro ou gatinho abandonado eu me sinto hipócrita.
Sei que é um tema espinhoso, mas eu penso assim.

Então deixo a pergunta:
Como é possível amar uns e comer outros?
59

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

26 comentários , comente também!

  1. Aii Laine acho super complicado esse assunto. E se formos ter que parar pra pensar messsmo temos que ser um tanto que frios.
    Laine a diferença é que os humanos possuem razao e sentimento e nao agem por extinto. Porque se nos fizessemos parte da cadeia alimentar de um boi por exemplo e este estando com fome encontrasse um de nós no caminho ele nao pensaria 1 vez antes de nos devorar vivos.
    DEUS quando criou os animais os criou para o homem para sustento do homem e nao o contrario entende =].
    O que eu nao acho justo é a forma como alguns lugares tratam os animais. Se tiver que fazer um abatimento esse deve ser sem sofrimento e isto é algo descrito nas leis ja. Eu acho tambem errado restaurantes orientais abusarem de suas culturas e tentarem implantar contrar a lei um costume que nao é nosso.
    Quero dizer que amo os animais, DEUS fez tudo direitnho cada coisa no seu cantinho, e nada nos deixou faltar, pode ver tudo esta no seu lugar =]

    ResponderExcluir
  2. Esse assunto é polêmico mesmo. Vi na TV e achei horrivel! É complicado, como vc disse em certos paises comer carne de cachorro é normal, enquanto pra nós é o fim do mundo! Mas jamais comeria...Beijos

    ResponderExcluir
  3. O que é certo ou que é errado em relação a esse assunto, é de difícil compreenção e concordância. Então, por via das dúvidas e da boa saúde, o correto mesmo seria todos sermos vegetarianos. Isso sim.

    Bjinhos em ti
    Mah

    ResponderExcluir
  4. Eu não acredito que Deus tenha criado todos os animais para nos alimentar, alguns sim, mas todos não.
    Podemos amar uns e comer outros, por que somos humanos. Da mesma forma pessoas matam em nome do amor.
    Sei não tema polêmico e complicado demais pra minha cabeça. Mas digo que sou totalmente contra matar cachorrinhos e gatinhos. Uma vez criei um coelho e minha sogra queria comê-lo, foi uma guerra só, pois eu amava o meu coelhinho e não deixei de jeito nenhum.
    Doce beijo querida...

    ResponderExcluir
  5. Elaine,
    Esse assunto pra mim não é polêmico, mas sim complicado mesmo.
    Analisando bem, o mesmo horror que sentimos ao saber que os orientais comem carne de cachorro e gatos, os Indianos devem sentir de nós brasileiros e do resto do mundo que come carne de vaca, que é um animal sagrado pra eles. Tudo é uma questão de cultura mesmo... Se analisado pelo lado religioso, eu creio que cada animal criado por Deus tem sua função e a nossa função com certeza não é comê-los.. viu como é complicado?.Melhor seria se não comessemos carne nenhuma, mas já nascemos nos beneficiando não só da carne , mas também do leite do aninal né? Difícil viu... como eu disse...é complicado...
    Bjs
    Marcia

    ResponderExcluir
  6. Oi querida já publiquei o selinho e o meme!
    Obrigada lindinha, adorei.
    Terno beijo...

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de ser vegetariana, já tentei, não consigo.
    Concordo que não devia haver discriminação, mas infelizmente, o que é superficial não dói tanto.
    Explico: é o animal criado para isso que é abatido. Não o meu animal o seu animal de estimação.
    É triste, mas infelizmente, é verdade.
    É como a criança de rua. Um desconhecido. Não é o meu sobrinho, o seu filho.
    Temos pena, mas sentimos de menos.
    No caso das nossas crianças amparamos. E dos animais, alguns comemos.

    Beijos mil!!!

    ResponderExcluir
  8. Ola, este é um tema o tanto quanto polemico e quando estava vendo essa notícia de meio-dia em casa levantei essa mesma questão que você levantou aqui para nós aqui isso é um horror mas em outro país isso seria normal por exemplo o que diriam os indianos se vissem a gente comer vaca (é lá que eles comem ne?)...bom não acho isso certo mas tem uma coisa nessa história que me chateou e não foi o fato de eles comerem mas sim de eles matarem esses bichinhos a machadada pelo amor de deus...querem comer e matar pelo menos que fizessem direito. Não posso falar muito sou carnívora de nascença e penso por um lado diferente do que você expos talvez sim sejamos hipócritas em fazer isso mas prefiro pensar que isso faz parte da cadeia alimentar pelo menos é minha opinião.
    Estou promovendo uma blogagem coletiva chamada contador de historias com o tema do mês "Pagando Mico" se desejar participar passa lá no meu blog mais tarde.
    Http://kriativa.zip.net
    ótima semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Elaine esse é um assunto polêmico, mas penso como você, muitas vezes me fiz essa pergunta, "como posso amar um e comer outro" é complicado, mas entendo o seu ponto de vista e faço dele o meu.

    Beijos!

    Ná!

    ResponderExcluir
  10. Eu também vivo este dilema, Elaine. Acho muito estranho amamarmos e cuidarmos de alguns animais e sacrificarmos outros para comermos. Queria (muito) ser vegetariana, mas ainda não consegui. Minha irmã é e se sente meuito bem, feliz e saudável. Isto é assunto que dá muito pano prá manga... grande abraço.

    ResponderExcluir
  11. Assunto bem polemico, mas diz tudo, nos somos hipocritas em sentir que o que eles fizeram é o fim do mundo, afinal temos grandes chacinas de frango, porcos, em qualquer frigorifico sem nada de proibições.

    Quando criança, meu tio e eu adotamos um carneirinho que ficou orfão, demos o nome a ele de Beco, .. um belo dia, meu pai matou o Beco e nao disse nada a ninguem, nos choramos por saber que Beco morreu, mas prometemos que nao comeriamos a sua carne, e meu pai fez a maldade de fazer minha mae preparar e proibiu ela de falar para meu tio e eu. Comemos a tal carne. Depois que terminas meu pai ria, como se fosse um trofeu e nos contou, choramos tanto, eu passei muito mal, era so uma criança e para mim, comer o Beto, era como se fosse qualquer outro animal de estimação.

    A anos, eu praticamente nao como carne, mas nunca consegui comer carne de bicho que eu conheci, sempre perguntava é bicho matado ou comprado.

    E eu tbm sonho em ser vegetariana, ainda nao aboli totalmente a carne da minha vida, o problema sao os embutidos...

    Bjooo

    ResponderExcluir
  12. Acho que temos sentimentos seletivos... Uns animais nós amamos, outros a gente tenta não sentir o mesmo amor. Hipocrisia disfarçada. Tive uma galinha de estimação e como a pata da sua Mãe, a minha me seguia e atendia pelo nome, já tive coelho também, ainda não sou vegetariana, mas não consigo comer galinha, coelhos, porcos... porque fizeram parte da minha infância, e estou assim como você comendo cada dia menos carne vermelha, vislumbro uma esperança de logo me orgulhar por ser vegetariana, porém será que as plantas também não sentem?!

    ResponderExcluir
  13. deixei meu carinho pra vc la nos meus pensamentos ok!bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oi querida.


    Parei de comer carne vermelha faz pouco tempo, influência de um amigo espírita. Impressionante como tudo em mim ficou melhor.Eu era carnívora total, depois de um dia que encontrei esse amigo, ele falou um pouco sobre isso e sei lá, fiquei com nojinho de carne vermelha. Faz uns 3 meses.
    Eu espero um dia conseguir ser vegetariana, por razões físicas, humanitárias e espirituais, mas por eqto como frango e peixe.
    Sei que sou hipócrita por fazer isso que vc diz, comer uns e amar outros, mas devagarinho chego lá.

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Olha, eu fiquei tão chocada que nem consigo comentar o fato. É bem polêmico esse assunto, mesmo...não consigo nem formar uma opinião sobre isso.

    ResponderExcluir
  16. Elaine,
    Nesse planeta, há vários países, várias culturas...
    Não que esteja justificando o mau uso do "comedor" da carne de cachorros e gatos, mas é que se para a gente isso é terrível, para eles é simplesmente carne.

    A gente não come carne de pato, de galinha, de peixe?
    Então? Há pessoas que comem carne de cachorro e de gato!!!

    Tem q ter estômago prá isso!

    Eu não como carne de coelho e nem de rã!!!
    Mas há pessoas q adoram... É a vida nesse país maluco!!!


    bjão

    ResponderExcluir
  17. Elaine, tenho pensado muito nisso ultimamente, há um ano comecei a criar um cachorrinho que eu amo muito e sempre penso em como posso amar tanto um e comer o outro, como vc disse. Estou empenhada em deixar de consumir carne, devagar vou chegar lá.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  18. é um assunto polemico! há lugares em que a vaca é sagrada! outros comem cães e outros bichos! um abraço prá vc, gosto muito de ler seu blog

    ResponderExcluir
  19. Elaine,

    Sou contra se as pessoas comiam a carne sem saber do que era, agora, se sabiam é outra história. Mas, ou muito me engano, ou a lei brasileira proíbe o abate de animais domésticos para fins... digamos ... comercial. Então é crime. Quanto ao consumo de carne, é um pouco de hipocrisia mesmo. E assumo minha culpa.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Oi Elaine,

    Raramente como carne, mas é bom parar e pensar nesse assunto...
    Deixa eu te perguntar uma coisa, vc conhece esse blog retrô?

    http://carissimascatrevagens.blogspot.com/

    Eu acho o máximo, aí lembrei de vc.

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  21. Elaine, sou muito bem resolvida com minha dieta com carnes (como de tudo: carne vermelha, aves e peixes), entendo que isto faz parte da minha condição de humana. Posso abrir mão? Sim. Mas acho antinatural.
    Quanto à questão do abate na cidade de Suzano, concordo totalmente com vc com relação à questão cultural. Na China é perfeitamente normal. Na Índia eles não comem carne de vaca, por ex...
    É dificil julgar a cultura de outros povos,
    Bj

    ResponderExcluir
  22. gostei do post e de sua reflexão. o respeito aos animais e adoção do vegetarianismo são condições para um salto espiritual da humanidade!

    ResponderExcluir
  23. OIE Elaine..
    já faz um tempinho que não apareço por aki, mas tá uma correria tão grande, ainda por conta daquele assunto com a vizinha...
    mas parece que agora ela vai mudar no fim do mes e então poderei ter um pouco de paz!
    bem, esse assunto é muito complexo...
    para os coreanos, chineses, etc...é cultural e habitual o consumo dessas carnes, mas como temos nossas criações de gado eles criam esses animais especialmente para o abate.
    para mim é "xocante" pois amo dogs...mas sou obrigada a aceitar os habitos de cada povo, seja ele contrário ou naõ ao que eu penso, infelizmente é a diversidade mundial.
    realmente nós somos contraditórios em relação aos nossos habitos alimentares, também penso em um dia não muito distante poder me libertar desse vício da carne embutido em nós desde nossos ancestrais.
    Sou uma demagoga??? acho que sim amiga...acho que todos nós o somos um pouco.
    um enorme beiju em seu coração.
    uivos de amizade.
    loba.

    ResponderExcluir
  24. Elaine, realmente, esse argumento que "Deus quis assim" é o pior de todos... Serve pra justificar toda e qualquer atrocidade. Que bom que vc trouxe essa discussão pro seu blog! Abração!

    ResponderExcluir
  25. Oi qrida.
    Gostei muito desse post e do assunto, acho que vou escrever sobre isso usando seu post como referência.
    Como te disse, parei com a carne vermelha faz pouco tempo, isso me levou a uma serie de reflexoes, gostei de ler sobre o tema aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi, Elaine...

    Eu concordo com vc e discordo de vc ao mesmo tempo, rs.

    Concordo quando diz que não dá pra comer uns animais e amar outros. Apesar de serem de espécies diferentes, são todos animais. Temos o exemplo clássico dos indianos, que certamente ficariam escandalizados se vissem a quantidade de carne bovina que consumimos.

    E discordo porque estou do lado oposto ao seu, não tenho bichinho de estimação e não gosto de animais a menos que sejam úteis para o homem (seja como comida, transporte ou qq outra coisa). Pra ser sincera, eu até que sobreviveria bem sem carne, não é algo relevante em minha vida.

    Mas enfim... respeito quem pensa diferente, cada um tem o direito de se posicionar perante essa questão como mandar a sua consciência. Só acho que às vezes a proteção aos animais é exagerada se comparada à proteção da vida humana, tem tanta gente morrendo de fome e muito cachorro 'gastando dinheiro'.

    Bjs

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…