Um pouco de amor – Beta e Leandro

em 31 de outubro de 2009

Para inaugurar a coluna nova do blog convido você a conhecer a história de amor da Beta. Linda, emocionante, fala de superar aquilo que parece não ter jeito…Ouça a música enquanto lê. Foi a trilha sonora do casamento dela com o Leandro…

Minha história da amor:
Trabalho em uma Editora de livros, a Editora
Muiraquitã. Um dia, ao fazer a propaganda de um livro sobre música no orkut, recebi a mensagem do Leandro em minha página pessoal. Ele queria comprar o livro. Então adicionei ele aos meus amigos e de vez em quando trocávamos mensagens. Acabou que ele não veio comprar o livro, quem veio à editora foi a madrinha dele.
Depois de um ano e pouquinho começamos a conversar no msn, então eu soube que ele trabalhava em frente ao lugar onde eu fazia curso de web design. Aí, como uma boa cara de pau que sou, fui lá para conhecê-lo rsrsrs.

Ele quando me viu fez uma cara muito engraçada (depois me confessou que quase teve um treco, porque não me imaginava tão bonita!).
Saimos uma vez para conversar.
Quando fomos nos despedir ele me tascou um beijo. Eu, idiota e estabanada que sou, não esperava esta ação, tirei o rosto da reta e dei uma senhora 'queixada' na cara dele! rs foi muito engraçado!
Mas ele não se intimidou e me beijou novamente. Aí a anta aqui deixou né?


Gente, que beijo foi aquele? Sem brincadeira! Senti meus pés saírem do chão, me tremia todinha, e não era nada tipo tesão não, era mais gostoso, mais leve, sabe?


Então resolvemos ficar juntos e começamos a namorar.


Sempre fomos muito, mas muito diferentes, em tudo! Só que gostávamos demais de ficar juntos.
Com um mês de namoro ganhei um anel de compromisso e uma música linda, com seis meses fiquei noiva e com onze meses nos casamos.
Foi tudo muito rápido, mas foi lindo!
Nos completávamos de tal forma que era até engraçado. Mas como éramos diferentes, brigávamos bastante (na realidade ele brigava comigo rs), mas fui mostrando a ele certas coisas, fui ensinando mesmo,  e ele foi se adaptando à sua nova realidade. Foram poucas as vezes que realmente briguei com ele, mas foram suficientes para que ele fizesse de tudo para eu não me estressar mais...rs


O meu casamento foi lindo! Todos da minha família participaram. Contei uma vez em uma blogagem coletiva sobre a história.Meu marido nunca teve muito contato com uma familía louca e enorme como a minha, nunca teve contato com várias crianças, mas até que está se adaptando bem!


O início do meu casamento foi bem difícil, vivíamos com grandes pressões e responsabilidades, algumas vezes nos desentendíamos pra valer; pensei em abandonar tudo e acabar com aquilo, mas eu o amava né? Então reuni minhas forças e comecei uma batalha feroz contra o gênio explosivo do meu marido e sua falta de fé em Deus e na 'vida'. E fui apresentando o amor de Deus a ele e como é bom ter fé. Ele foi se rendendo, aprendendo. Quando ele começava a se estressar eu começava a rezar, e dava certo! Ele ia se acalmando, se acalmando, era melhor do que brigar né? E eu sempre dizia a ele: Basta você querer, está dentro de você a decisão de ter uma vida feliz comigo ou não. A decisão foi realmente dele. Ele mudou.


Em abril faremos dois anos de casados. O tempo foi curto, mas passamos por muita coisa. Nosso casamento quase acabou sem mal começar, tive que aprender que ter paciência e perseverança é importantíssimo. Meu marido teve uma séria crise de pânico, estamos bem enrolados em contas, por conta da síndrome dele (gastamos demais com remédios e médicos). Mas estamos em paz.


Tudo isso serviu para que ficássemos mais unidos. Hoje vivemos em harmonia, o Leandro está mais leve, virou um brincalhão (ele era sério demais), sorri mais e aguenta tranquilamente minhas crises hormonais...rs
Quando eu chego em casa tarde da noite, morta de cansada, depois de um dia estressante de trabalho/estágio/faculdade, encontro o meu amor. Sempre ganho um enorme abraço e uma mãozinha para fazer a comida.


“No fim da noite ele deita no meu colo e eu me derreto fazendo carinho em sua cabeça.
Neste momento não existem brigas, contas, problemas, nada! Só eu, ele e o nosso amor, nossa harmonia e nossa vontade que dê certo!”

 
Agora estamos tentando encomendar nosso rebento! Tá difícil, mas esse é outro capítulo...rs

setulo

A Beta é dona e proprietária do blog Mix Cultural. Uma delícia de blog! Visite!

 

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

25 comentários , comente também!

  1. Linda história de amor!
    O amor é exatamente assim, feito de momentos suaves e bruscos, acertos e desacertos, de sim e de não e também de superação.
    Saber superar as dificuldades creio que seja a maior receita para que o relacionamento e o amor perdure.
    Parabéns a você e a Beta por partilhar conosco está linda história de amor e de vida.
    Beijos querida e tenha um fim de semana de muita paz...

    ResponderExcluir
  2. Elaine..
    amei a nova coluna..
    e que história linda da Beta e do Leandro..
    realmente casamento não é fácil, mas quando ha amor, fé, companheirismo e boa vontade tudo se ajeita e a coisa flui...
    felicidades aos dois e que o fruto desse amor venha em breve para testificar o poder de Deus e o milagre da vida.
    bjkas pra vc amiga, pro casal e um feriadão dos deuses...
    não vou viajar, então estarei presente como sempre por aqui...
    me deliciando com suas palavras.
    uivos de boa madrugada...
    loba.

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de enviar minha história...rsrsrs... me mande seu e-mail

    ResponderExcluir
  4. Elaine,
    Abriu a temporada de histórias de amor... rsrsrsrs... Desejo toda sorte do mundo a esse casal que como eu superaram muitas coisas para chegarem onde estão. Que o fruto desse amor venha para selar ainda mais essa união ...para a eternidade...
    Bjs
    Marcia

    ResponderExcluir
  5. ai,ai
    amo historias de amor

    linda essa
    que Deus abençõe ambos for ever.
    bejo

    ResponderExcluir
  6. Que linda história!
    Felicidades ao casal.
    Beijos.
    Ps. Também tenho uma linda história de amor, caso queira publicar.

    ResponderExcluir
  7. Vou te falar moça!
    Vc me fez chorar. E olha que eu não sou de ficar toda derretida chorando...rs
    Lendo minha história, enquanto ouvia a música que meu marido fez pra mim, com sua linda voz, foi demais pra mim.
    Chorei mesmo!rs

    Obrigada querida!

    Que Deus te abençoe!
    Beta

    ResponderExcluir
  8. sem palavras...lindo que estória em?!
    que Deus abençoe está união!
    bjussss

    ResponderExcluir
  9. Elaine,
    a Beta merece ser feliz!!!
    Essa história é linda demais e a gente vê claramente a mão de Deus abençoando esse amor...esse casal.
    O rebento virá, esteja certa, Beta!
    Quanto ao pânico, Jesus me curou de coisa pior, se é que se pode dizer assim, mas é a verdade. E vou orar para Ele curar seu marido também, pois ninguém precisa sofrer sempre; uma hora vem o fim de tudo, basta pedir e crer. Estou certa de que você tem fé para isto acontecer, minha amiga!!
    Bjs,
    amei conhecê-la através da blogagem sobre a violência, e amei conhecer um pouquinho de tua história...

    ResponderExcluir
  10. A história é muito bonita, principalmente por não ser um obra de ficção.
    Para ti desejo sque continue a ser o fósforo que acende em muitos corações a inspiração pra o amor e o bem.
    Lindo final de semana para ti.

    ResponderExcluir
  11. Elaine, linda história dessa moça! Realmente quando existe o amor e o querer, não há barreira intransponível. Taí a prova!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Linda a história deles. *-*

    E respondendo: É, eu tenho 13 anos mesmo, mas demorei muuuito tempo até pegar o 'jeitinho' de escrever no blog, nao é como escrever um conto, uma cronica ou um romance, nao é mesmo? Quando voce ve o Cacarecos daquele jeito, nem imagina que ele já foi preto com letras verde-limao *se esconde de vergona* HDSUAHDUSHDU

    Um beijo!
    =D

    ResponderExcluir
  13. Nossa...
    Foi aberta a temporada romântica na blogosfera!!
    Vou ter que contar a minha história tbem!!! heheheh

    Mas amada... linda a história, é incrivel como o amor tem o poder de transformar tudo né???E claro onde há amor Deus está sempre presente!!
    Desejo que vcs tenha muuuuitoo mais amor, e as adversidades que surgirem sejam todas superadas com amor, carinho e dedicação!!
    Boa sorte com o rebento!!
    Pratica colega, pratica que é bommmm!!! rsrssrsrsrsrs

    Bjos no ♥

    ResponderExcluir
  14. Obrigada por tantas palavras bonitas!
    Praticar para tentar gerar o rebento é ótimo! rs
    Mas é um pouquinho mais difícil para mim...
    Tenho ovários micropolicísticos, e não estou incluida nas estatísticas da mulheres que tem isto e engravidam fácil...
    Pra mim está sendo bem difícil e desgastante, mas não desisto...

    bj
    Beta

    ResponderExcluir
  15. Que história de amor mais bonita!! Tudo que é real é mais legal, né? A gente sente a siceridade, se identifica....
    Excelente ideia Elaine:)


    Querida, tá rolando a primeira promoção do blog. Tô tão nervosa!! Passa lá e dá uma força?
    BJ

    ResponderExcluir
  16. Abriu com chave de ouro a nova coluna, parabéns.
    o Amor/amar sempre é e será o melhor a fazer.

    Abraço!
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
  17. Que lindo.
    Amei ler essa história de amor.
    Tudo tão intenso e verdadeiro.
    Parabéns ao casal.
    Boa sorte para os dois.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Linda história de amor!
    Cheguei pelo Mix Cultural da Beta. Gosto do seu blog e acho interessante a ideia de aqui colocar histórias de amor.
    Se quiser poderei colaborar com uma real e outra de ficção.
    BJS deste lado do mar

    ResponderExcluir
  19. Berta, que linda história de AMOR. É isso mesmo, o comeco é difícil, tem que perseverar, ter AMOR e muita paciência.

    Sei que vcs vao superar sempre as crises pois, o AMOR é vencedor.

    Lindo te conhecer mais um pouquinho.

    Grande beijo

    ResponderExcluir
  20. Eitaaaa!!!
    Demorei de mandar e perdi a vez, não foi?
    Mas tem nada não. O post está pronto, só estava esperando Marido "aprovar", porque... sacomé a história não é só minha!

    Já tô mandando.

    Bjooo

    ResponderExcluir
  21. Querida Elaine,
    obrigada pelas boas-vindas! Acabei de ler esse post sobre o seu casamento e o seu amor... que linda história! Eu estou casada há 12 anos (completo agora em dez), juntos há 17, e convivência é realmente um aprendizado, que com a presença de Deus, se torna mais e mais agradável! Desejo de coração que Ele os abençoe e os una cada vez mais, aumentando a cumplicidade do casal! Eu começei a "blogar" há pouco mais de duas semanas... e estou me sentindo uma adolescente tb!!!! rsrsrsrs Adoro esse coloridinho, "piscas", gliter...kkkkkk Meu marido sempre diz, brincando: "vc não tem mais idade para isso..."kkkkkkk Não temos idade limite! Somos aquilo que queremos ser, e eu preservo em mim o mesmo coração de criança de anos (alguns!!!rsrs) atrás...
    Bjks
    Venha visitar quando quiser, sempre será tb bem-vinda!
    Si

    ResponderExcluir
  22. Meus olhos se encheram de lagrimas rsrsrs.
    Que linda história, amo saber e casais que deram certo, de saber como venceram e vencem a cada dia.
    parabéns a Beta e ao Leandro, e que esse amor se fortaleça cada dia mais, para que quando o rebento vier seja apenas um maravilhoso complemento para essa linda história de amor rsrs.
    Deus os abençoe cada vez mais.


    Elaine parabéns pela iniciativa, minha história tbm dá um post rsrsrs, se quizer me convido rsrsrs.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  23. hahahaha aí meu Deus... a minha tá nascendo!!!! Bjinhos da Madrasta!

    ResponderExcluir
  24. muito lindo é bom saber que a pessoas capazes de amarem mesmo é bom sentir um bom beijo eu sei já senti e não levantei voo porque não tinha asas parabéns ao amor beijinhos boa semana

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…