A campainha mal assombrada ou Imaginação fértil da Elaine

em 10 de setembro de 2009


Vou te contar um caso acontecido comigo. Mas você precisa prometer não rir. Senta que lá vem coisa:


Ontem choveu horrores aqui. E marido foi assistir jogo do Brasil com amigos. Daí então eu fiquei sozinha e como tenho muito trabalho atrasado resolvi trabalhar até mais tarde. Eram umas 10 horas da noite, chovia e eu estava na garagem costurando. Sim, eu trabalho muito mesmo...
Mas eu ia dizendo que estava chovendo, eu trabalhando e sozinha em casa. Então ouço o toque da campainha: "din don", bem pausado. Vou atender, pensando qual maluco iria tocar a campainha debaixo do dilúvio. Como sou mulher doida corajosa e destemida abri o portão. Nada. Ninguém. Trote na chuva, pensei. Voltei a sentar e quando ia começar novamente a costurar: "din don" apenas uma vez, bem pausado. Levantei, já meio cabreira, abri o portão e só chuva. Sentei, religuei a máquina e "din don" beeemm devagar. A esta altura eu já estava meio gelada. Medo. "Tem alguém rondando a casa". Então, de novo: din don. Olhei pelo olho mágico: niente. Se não é gente é o que? Adeus coragem de trabalhar! Desliguei tudo, corri prá dentro. Din don outra vez. Um medo imenso, daqueles de paralizar. Medo de quê? Sei dizer não...
Foi assim até mais de meia noite quando marido chegou. Eu, acordada, apavorada, com a cabeça cheia de caraminholas, com o din don ressoando dentro do coração e nos ouvidos. Marido:
"Amor, você tá acordada? Viu o jogo? Brasil ganhou."
Eu, gelada, aterrorizada:
" Marido, a campainha..."
Marido:
"Você viu? Tá com a tecla presa. Fica tocando de minuto em minuto... Na hora que eu saí o Valmir(amigo do futebol) tocou e ficou presa. Achei que você ia soltar a tecla. "

Agora me diz:
Eu mereço?

Agora vou lá no Conto Vidas liberar esse excesso de imaginação...

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

38 comentários , comente também!

  1. Aaaaiiii, eu teria morrido de medo!
    Marido muy amigo, hein?

    ResponderExcluir
  2. Aaaaiiii, eu teria morrido de medo!
    Marido muy amigo, hein?

    ResponderExcluir
  3. rsrsrsrsr...

    De início eu prometi não rir, senti medo junto com as linhas que lia!
    Mas ao terminar não rir era meio difícil.. Também sou assim, qq coisa encho a cabeça de caraminholas,e ainda acredito em alma de outro mundo, mesmo "dizendo" que não!
    Me assusto até com fio d cabelo quando cai em meus olhos rsrsrsrs


    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Elaine!! Que horror!! Eu não ri não! Tá, eu ri só um tiquinho e foi bem lááááá no finalziiiinho.
    Mulé, mas até saber que era problema de "tecla presa", eu já tinha pulado a janela e saido correndo na chuva e ainda gritando: socoooooooooooooooorroooooooooooooooo!!!!Sangue de Jesus tem poder!

    ResponderExcluir
  5. Elaine, que história doida...
    Se fosse comigo morreria de medo!
    Eu ri, mas foi de nervoso rsrsrsrsrs

    Beijos **********

    ResponderExcluir
  6. kkkk
    Impossível não ri, desculpe, tadinha de vc, o medo faz coisa amiga, faz agente ver, imaginar, deduzir...

    Bjinhos em ti
    Mah

    ResponderExcluir
  7. Elaine querida, tive que rir! Não teve jeito, rsrsrsr
    Eu também sou medrosa... por isto te entendo perfeitamente, mas que foi engraçado, ah! foi!!!
    Beijos no coração...

    ResponderExcluir
  8. hahahahah
    Não tem como não rir, mas que foi estranho no começo foi!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  9. Já percebeu que a culpa é sempre do maridão? Ê maridão!! hehehehee...

    =)

    ResponderExcluir
  10. Elaine,
    como vc pediu para não rir, eu não ri não...
    Mas, no desenrolar da história, como sou Espírita pensei em outra coisa para esses toques de campainha. Porque eu já tive uma experiência dessas e resultou em uma notícia não muito boa!
    Gente! Eu iria ficar com um pouco de medo sim... Mas nada sério...
    Vou narrar essa experiéncia no Ideias de Milene na semana que vem!
    Depois passo aqui para vc ler ela, tá?

    bjão

    ResponderExcluir
  11. Desculpe, mas tenho que rir agora. Eu teria me borrado de medo. rsrsrsr Eu esganava meu marido kkkk bjussss

    ResponderExcluir
  12. Confesso, eu ri !!!
    HAHAHAHAAHAHAH !!
    Imaginei a cena quando o marido chegou e a cara de pavor, olhos arregalados, tentando dizer que há algo "mais" na casa. E ele com a maior tranquilidade do mundo, aponta : ah, a campainha tá emperrada !!!
    E vira as costas, indo se sequer pela chuvarada que pegou, comentando o golaço do jogo do Brasil !!
    hahahahaah

    ResponderExcluir
  13. hahahahaha foi inevitável não rir.. eu já tava ficando apavorada kkk bjks

    ResponderExcluir
  14. Ah, não dá para não rir! kkkkkk!
    Tadinha, de vc, eu teria morrido de medo!
    Bjim, bom final de semana!

    ResponderExcluir
  15. Rir eu juro que não ri, mas você não disse nada quanto a gargalhar! Beijos.

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Eu tb ficaria assim. Muito engraçado, mulher tem uma imaginação...

    Ah, como de costume hoje lá no Mundinho tem entrevista especial. Passa lá.

    Bjs e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  17. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK o fantasma da campainha foi ótemooooo, lá em casa tem o fantasma da lâmpada da cozinha buuuuuuuuuuuuuuuuuuu ki meda!
    Bjinhos da Madrasta!

    ResponderExcluir
  18. ADIVINHEIIIIIIIIIIII!!!! no segundo din - don, eu pensei: Será que a féla da campainha não está com a tecla presa?

    UI! Acho que vou jogar na megasena...huahauhauhauahau

    beijos!

    ResponderExcluir
  19. Marido vacilou. Não dava pra avisar, ou melhor, arrumar antes de sair?!
    Por favor, não pede para não rir, é até maldade. Fiquei com complexo de culpa (não deu para não rir).

    **********

    O "Pense na resenha" aconteceu porque eu via imagens e situações engraçadas, diferente das que eu posto no "Deus cuida de mim", ficava querendo postar mas sem querer bagunçar.
    Honra, prazer, alegria, satizfação em ter você seguindo -sempre almejei isto no "Deus cuida de mim".

    Um final de semana de bençãos para ti.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Hahahaha! =D

    Quando você contou que a campainha tocou a noite toda, já passou pela minha cabeça que era algum defeito! Normalmente em dias de chuva, pode acontecer inclusive de dar algum curto...

    Mas a cabeça da gente prega cada peça, não é não?! =^^=

    Ainda bem que não era nada demais!

    bjinhu

    ResponderExcluir
  21. rsrs...

    Eu prometi que nao ia rir..mas sabem como é ne..rsrs

    Acabei me acabando de rir aqui..

    Bem que dizem, cada um com os seus fantasmas..

    Bjinhossss

    ResponderExcluir
  22. Elaine

    Me orienta como é esta carta! Escrevo para mim e poto no meu blog!

    Me orienta!

    Beijos
    Elaine Crespo

    ResponderExcluir
  23. Tem um presente pra você no meu blog! Passa lá!

    ResponderExcluir
  24. E só a noite ele te falou isso? Depois de todo medo que vc passou?
    Fala sério! Dá vontade esganar não é?
    Um beijão

    ResponderExcluir
  25. Vc fez prometer que não ia rir....mas desculpe

    tive que rir
    ahahahahahhahahahahahahahaha

    ResponderExcluir
  26. Ioeeeee,
    Olha eu aqui ...
    Sumi né lindona/
    Me desculpe, feriado foi uma loucura e logo após fiquei dodói, rs...
    Também com aquela chuva, rs...
    Mas, cá estou firme e forte ...
    De manhã li seu psot mas deu pane no meu google e não consegui comentar de jeito nenhum, então cá estou novamente comentando, rs...
    Bom, de manhã qdo comecei a ler seu post ogo imaginei ser a campainha travada, rs...
    Aqui sempre acontece isso, mas a minha é aquela campainha de bateria pilha sabe?
    Vira e volta qdo venta um pouco mais forte minha campainha dispara feito louca, rs...
    Minha única opção é tirar a pilha e deixar a campainha desligada ...
    hehehehe
    Ma,s não tenha medo bicho papão não toca campainha, rs...
    Lindona, tenha um fim de semana maravilhoso e o nosso níver está chegandooooooooo abafa, rs...
    Te adoro,
    Um beijo enorme,
    saudades de tiiiiiii

    ResponderExcluir
  27. Desculpa linda, mas não tem como não rir!

    hahahahaha

    Bjkas

    ResponderExcluir
  28. Elaine,

    Rsrs, e quem não tem medo de campainha?? Ainda mais na chuva.

    Quanto à sugestão que me pediu, você já pensou em atribuir notas a cada um ao invés de se escolher apenas o "favorito"?

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  29. FALA SÉRIOOOOOO!
    JURO QUE EU RI SÓ UM POUQUINHO... PQ JÁ PASSEI APUROS PARECIDOS E..CONFESSO TAMBÉM TER MORRIDO DE MEDO.
    MAS TENHO UMA HISTÓRIA BEM ASSIM:
    -Estava na casa de um casal de amigos, eu e meu marido, numa sexta feira deliciosa comendo pizza, bebendo vinho, e no alto da conversa, risos, escutamos um barulhos enorme na porta da sala, um estrondo que pulamos na mesa, eu e minha amiga então, já rapida ficamos apavoradas. Nossos maridos levantaram e foram até a porta e qdo iam abrir, eu gritei_ NÃO ABREEEE!, e ai veio o silêncio, eles olharam na janela e viram só um vulto. Eu e minha amiga já subimos correndo a escada e ficamos no quarto , logo em seguida eles também subiram. Depois de 10 minutos,nada, medo,e silêncio, resolvemos descer, primeiros os homens, descemos agachados, se rastejando, até a hora do meu amigo se irritar e abrir a porta. Foi quando ele caiu na gargalhada, encontrou o jornal no chão que o entregador tinha arremessado e feito aquele enorme barulho na porta! AI FOI SÓ RISADA O RESTO DA NOITE!!

    ResponderExcluir
  30. KERIDAAAAAA
    JÁ ME INSCREVI PELO BLOG ANONIMA.
    BJS KERIDA E MTO MEL PRA TI!

    ResponderExcluir
  31. Desculpa mesmo, mas...hahahahahhahhahahahahahaahaahahaha...UFA!!!

    ResponderExcluir
  32. Elaine, ri muito, desculpa, mas não deu prá segurar, até pq eu estava na maior expectativa por um ser mal assombrado!!!!!KKKKKK
    Agora, na boa....como vc conseguiu ficar até a meia-noite sozinha???
    Eu tinha saido correndo no meio da chuva berrando e gritando desvairadamente!!! Ou ligado no celular do marido, da minha mãe, da policia, do padre.....
    Bjs ;)

    ResponderExcluir
  33. eu nem vou rir de vc elaine porq se fossse comigo nem estaria em casa,mas vo li confessar uma coisa é só eu abrir o chuveiro que ouço alguem me chamar,bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  34. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk desculpe, mas, não tem como não rir... e, você não "matou"o maridão? Eu acho que seria minha atitude mais normal naquele momento.

    Bjs

    ResponderExcluir
  35. voce é muito corajosa! no segundo "toque" sem ninguem eu já teria ligado pro marido, vizinhos, policia e tudo mais! gosto muito de ler seu blog! curto suas palavras e seu amor pelos animais

    ResponderExcluir
  36. Falando sério... não deu nenhum puxãozinho de orelhas no maridão, rs,rs,rs, eita mulher corajosa e amorosa!

    ResponderExcluir
  37. ola amiga nossa que horror eu juro hahhaha ai nossa so me da vontade de rir mas confesso que de inicio eu teria um ataque de pánico
    mas sendo voce uma mulher de coragem nossa
    amiga que delicia eu to aqui de lágrimas de rir desculpe a serio mesmo mas a sua forma de contar cada pedaço dessa historia tão especifica
    tão real que nos prende a respiração ate o fim
    beijos minha querida e bom carnaval olha talvez foi isso mesmo ja penssou!!!! voce é fantastica

    ResponderExcluir
  38. Ai flor, tadinha!!! Me desculpe mas eu ri... tentei mas não consegui segurar, não fica muito brava, tá? Estou lendo vários post´s e estou adorando muito o blog. Adorei o jeito de escrever e a forma que você divide sua vida aqui! Parabéns por ser mulher forte e corajosa e enfrentar a vida de frente!
    Lisa
    http://artesflordelisa.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…