Das maldades

em 25 de agosto de 2009


Não gosto de maldades.

E tem algumas que me fazem ficar muito triste. Ou muito irritada. Ou o que é mais comum, os dois juntos.


  • cavalo puxando carroça ao sol do meio-dia e ainda por cima levando chibatadas; minha vontade é retribuir as chibatadas no infeliz do carroceiro.

  • gente adulta incentivando criança a maltratar animais; será que esse tipo de idiota não percebe que criança maltratando animal = delinquente em potencial?

  • cachorrinho ou gatinho sendo colocado fora de casa para viver na rua quando nasce uma criança na família; como pode ensinar alguma coisa aos filhos se dá um exemplo de desumanidade desses?

  • criança sendo tratada como adulto; somos crianças por tão pouco tempo. Prá que roubar isso dos pequenos?

  • gente capaz de chutar cachorro faminto; isso realmente denota um péssimo tipo de gente, do qual eu quero distância.

  • cachorrinho ou gatinho idoso sendo abandonado na rua ou em abrigo por estar sendo trocado por um filhote; não tenho palavras...

E para encerrar:



  • dono de animal de estimação capaz de bater no bichinho que deveria proteger dizendo que é para educar.

Tem mais coisa que me deixa triste e irritada, mas a lista já tá grande... É que hoje eu vi algumas dessas coisas. Tem dia que parece que todo idiota resolve passar na porta da minha casa, sabe? Eu até entendo que tenha gente que não gosta de um cachorrinho ou de um gatinho, afinal cada um é cada um. Mas daí a praticar maldades é demais prá mim. Não é de admirar que o mundo está nesse buraco...

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

27 comentários , comente também!

  1. Poxa, Elaine, quanta sintonia!
    Considero um verdadeiro absurdo tamanha crueldade com seres tão amorosos, que dedicam tanto sentimento puro gratuitamente...
    Precisava dividir essa minha indignação e o melhor é ver que muita gente, graças a Deus, pensa igual a mim, a nós!
    Adotei o Scott sem saber como ele era, idade, tamanho. Quando me ofereceram ele, só disseram que precisava ser adotado. Não pensei duas vezes!
    Não sei se você viu uma reportagem ontem sobre um acidente numa rodovia no Rio, em que um carro bateu em um cavalo... Chorei tanto ao ver aquela triste imagem... Pra eles estarem soltos na Rodovia, os donos os soltaram, os abandonaram...
    Muita indignação!
    Bjs, querida e desculpa pelo desabafo...

    ResponderExcluir
  2. Quem sabe um dia - nada distante! - o ser-humano entenda que os animais são seus irmãos menores?

    (deu vontade de chorar só de ler o post :(

    ResponderExcluir
  3. Não existe coisa pior do que crueldade com animais... Talvez ainda incluísse nessa lista a seleção exagerada e compra de animais... Como ficar escolhendo raças quando há tanto animal precisando de adoção?
    É tudo muito errado e muito triste.

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre amei ter animais em casa. Hoje eu tenho uma cachorrinha York, de nome Cherry (Querida, em francês) e a trato com muito carinho. Eu a amo muito.
    Não gosto de pessoas que maltratam os animais. Se não gostam deles, então, melhor não tê-los.
    Eu fico com o coração apertado quando vejo o rostinho de um bichinho apanhando, o medo que ele sente! Anein!
    Tem gente que é sem noção...

    ResponderExcluir
  5. Elaine tenho 2 gatinhos que amo de paixão. Eles são a minha alegria! Um deles já está comigo a 11 anos! Faço da sua lista a minha tb, se me permites. Aliás, a Mimi, que está aqui a um ano, me foi doada justamente por um casal que teve seu primeiro bb... Qdo decidi que queria ser mãe (ainda não aconteceu...) a primeira coisa que quis saber foi se bb casa seria sinonimo de ter q me desfazer de meu gatinhos, porque se a médica me disesse que sim, eu tinha resposta pronta! E não farei isso nunca! Eu mesma fui criada em meio a gatos e nunca tive alergia, asma, pira ou seja lá o que for (quer dizer, uma pirinha ou outra talvez)e eles dormiam comigo na cama! E ainda é assim aqui em casa...
    Mana, o que a gente não pode fazer é se calar diante dos maltratos... Tem que botar a boca no trombone mesmo.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Elaine, detesto ver maldade em animais!
    Aqui a gata chegou entre os dois filhos, mas ficou com ciúme quando engravidei, me arranhou e tudo o mais, não bati, apenas fui deixando ela se acostumar com a idéia, nos primeiros meses, ela não vinha pra sala, nos quartos ela nunca entrou, não deixamos, pois temos renite (risos) e ela é peluda, e eu sei que é contraditório, mas acho que conseguimos conviver bem, evitando ela em nossas camas, rs.
    Hoje a gata é parte da família e meus filhos a adoram, jamais incentivaria violência contra animais, mas é o que você disse, por isso o mundo está onde está.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. olá Elaine...

    concordo c a sua lista. Já fiz um post sobre o assunto de maltratos com animais....

    tem selo e mem no meu blog.

    bjus perfumados.

    ResponderExcluir
  8. olá Elaine...

    concordo c a sua lista. Já fiz um post sobre o assunto de maltratos com animais....

    tem selo e mem no meu blog.

    bjus perfumados.

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente querida temos de conviver com estes "animais" a nossa volta.Mas se eles são capazes de fazer atrocidades com pessoas, imagine o que não fazem com os bichinhos...
    E assim caminha a (Des)humanidade.
    Beijos minha linda...

    ResponderExcluir
  10. Ter coragem de maltratar um animal revela uma parte da personalidade do dono. A pior parte.
    Uma vez, fomos na casa de uns novos amigos, para um churrasco. Eu já te contei que não sou muito fã de animais (apesar de ter um canil em casa!), não gosto de lambidas e pelos de cachorro nas minhas roupas, mas sou incapaz de fazer qualquer coisa de ruim para um animal. Mas, voltando ao assunto, nós na cada dos pretensos futuros amigos e o cachorro deles se apoiou na mesa do churrasco com as patas, o dono pegou um pedaço de pau com o qual ele estava atiçando o carvão e deu uma paulada no cachorro. Fiquei estarrecida, sem reação. A comida não descia mais pela garganta, eu ficava olhando para a cara do meu marido como dizendo "vamos embora já!" Não quero amizade com gente assim!!!!!
    Entendo vc perfeitamente,
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Uma das coisas mais cruéis desse mundo, maltratar animais.
    Não aguento isso e sinto mal estar só de pensar.

    ResponderExcluir
  12. Sabe aqueles dias que você acorda e pensa: " e se me acontecer algo hoje, quem vai ficar com meus anjos...", pois é hoje fiquei pensando que meus bebês ficariam desalojados, assim como meus pais idosos e irmã especial. Triste né, mas no mundo de hoje as pessoas não querem mais se responsabilizar por outro ser que não seja elas próprias, dá pena dessas pessoas porque jamais vão entender o significado de amar incondicionalmente. Beijos, desculpe o comentário deprê.

    ResponderExcluir
  13. Ai, que ódio! Agora fiquei até de mau humor.....por isso que digo: quanto mais conheços os seres humanos, mais eu gosto dos meus cachorros!

    ResponderExcluir
  14. Elaine,

    Agreção contra os animais é o pior tipo de covardia que se pode cometer: bater em um bicho que age por instinto natural, e, jamais, por maldade, é ridículo, e digno de mais atenção por parte da justiça.

    E pensar que existem muitos covardes à solta por aí.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. Elaine, agressão maior foi a minha, com o português. Aprende menino: é AGRESSÃO, e não AGREÇÃO.

    Desculpa :P

    ResponderExcluir
  16. Os animaizinhos são para ser admirados e para ser cuidados, não maltratados. Concordo em grau elevado.
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir
  17. Pois é, Elaine. Tem muita gente ruim nesse mundão.
    Eu adoro cães, muito mais que gatos, mas não os crio mais, para mim criar um bichinho num apartamento pequeno e o deixá-lo sozinho durante todo dia também é uma forma de maltratar. Prefiro não ter.
    Bjs e ótimo dia.

    ResponderExcluir
  18. Menina isso é horrível né?
    Dói na gente!
    Ah, o lance da fisio, ela não tem convênio...

    bjkas

    ResponderExcluir
  19. Revolta profunda ao ler o seu texto... eu tb odeio quando maltratam os animais =/

    Dá realmente vontade de bater na pessoa de volta.

    ResponderExcluir
  20. É revoltante!

    Infelizmente muita gente não se conforma em só "não gostar", é preciso maltratar também!

    Realmente não é de se admirar como o mundo está!

    bjks

    Obrigada pelo carinho ontem!

    ResponderExcluir
  21. Elaine, o ser humano está perdido em todos os seus valores, desde ético, caráter, tudo. Faz tempo que o ser humano se tornou um lixo ambulante.
    Essas maldades, especialmente com animais, que são seres indefesos, são algo que o cara vai pagar muito, quer seja por ele mesmo ou por alguém que ele ame, se é que isso seja possível. Odeio gente que maltrata animais e até já postei sobre isso. Cães e gatos só querem o amor de seus 'donos' e nada mais. Se eu presenciar alguém maltratando animais, vou prá cima e quebro um idiota. Não suporto ver nenhum animal sofrer. Seu post é sensacional porque mostra em você alguém com um coração imenso e seus leitores idem.
    Gosto de seu blog, pelos textos, pelo template muito meigo e bonito.
    Fique com Deus e protejamos os nossos animais. Beijo amigo.

    ResponderExcluir
  22. Não consigo nem expressar o que eu sinto ao ver as cenas que vc descreveu... é revolta, eu acho, com a humanidade... pelo fato do homem ter se tornado um ser tão arrogante a ponto de achar que o planeta e dele e os outros seres são intrusos... tudo isso que vc descreveu acaba com a harmonia do nosso planeta e nos leva a um fim que não gosto nem de pensar...

    Abraços e saiba que vc não está sozinha!

    ResponderExcluir
  23. Elaine,
    Eu tb odeio que maltratem os animais, mas o ódio impera no coração humano... A qtos isso vai levar a humanidade???

    Bjão

    ResponderExcluir
  24. Verdadeira e triste a sua postagem! Mas é o que mais vemos no nosso dia-a-dia, os animais sendo explorados e maltratados.Isso é revoltante demais.
    Se eu pudesse recolheria todos os que vivem desabrigados e daria um lugar digno e tb muita ração...mas infelizmente não tenho espaço e nem condições.
    Amo todos os animais!
    bjs

    ResponderExcluir
  25. Muitas coisas que não compreendo, a maldade humana é uma delas. Estou lendo o livro da Grace Olsson (blogueira) sobre os refugiados e saber que crianças são as mais afetadas nas guerras, ficam sem lar e são estupradas quase que diariamente. É triste!

    Beijus

    ResponderExcluir
  26. Essas maldades que vemos fazer com os bichinhos e com crianças, não dá praadmitir...
    Há tanta coisa que não gosto e uma das que mais me lembro agora:INJUSTIÇAS...beijos,chica

    ResponderExcluir
  27. Eu concordo com você, já disse que não gosto de gato, porém odeio ver alguém maltratando um e muito menos tenho coragem de maltratar.
    Quando o maltrato vem do dono é pior ainda!!!!! affff isso me irrita

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…