Agosto 2009 - * Blog Elaine Gaspareto *

Quando setembro chegar...

em 30/08/2009

!!!!Bom dia!!!!
E não é que agosto está dando adeus?
Foi bom prá você? Digo, este mês?
Pois ele acaba hoje...
E vem chegando um mês novinho, com tantas possibilidades!
Agosto foi bom? Que bom. Tomara que setembro seja melhor.
Agosto foi ruim? Então vamos fazer de setembro o melhor mês do ano? Prá compensar, sabe?
Eu tenho muitas coisas à espera de quando setembro vier: meu aniversário(mandem presentes), aniversário de 1 ano do blog (teremos presentes) e a época do ano que eu mais gosto: primavera!
Então já sabe: amanhã eu vou postar uma novidade para começar a comemorar o aniversário do Um pouco de mim.
Você vai participar, né?
Olha lá hein! tô contando com você!
E aí embaixo tem uma mensagem prá você repassar para quem seu coração mandar; copie e deseje bom dia para alguém especial! Vai, faça um lindo ou uma linda sorrirem hoje!

QUERO LER O POST COMPLETO

Jámêvú...

Hoje nós vamos passear juntos pelo mundo dos blogs pois tem um blog bem jovem que você com certeza vai gostar. Vamos embarcar? É que hoje a gente vai viajar muito... Do Pará à Floripa.
Conheci o blog que te apresento agora durante esta semana. A Ivana que me achou, para falar a verdade. Você gosta de gente bem humorada, que escreve textos leves, divertidos e que a gente lê com um sorriso no rosto? Então vai gostar de conhecer essa paraense arretada, "amaciada no açaí" e que vive em Floripa desde 98. O Jámêvú é bem colorido e tem uma navegação boa, e a Ivana é muito atenciosa com os leitores do blog. Destaco o post É proibido amar sem amor, Quem quer pegar galinha não diz "xô" e para rir de verdade: Pótóca. Ficou querendo saber o que significa Jámêvú? Vai ter que visitar a Ivana... E correr o risco de rir demais nesse domingo abençoado!
Agora, lê aqui:
A Carla publicou uma resenha do livro da Renata Nogueira que merece ser lido. Tanto o post quanto o livro, claro. 
A Déia postou um texto que me fez chorar e refletir...
Madame Mim também me fez refletir...bora lá refletir junto!
O Luciano fez uma pergunta bem pertinente neste post. Passa lá e diz sua opinião...
!!!!!Bom domingo prá você!!!!!!
QUERO LER O POST COMPLETO

Um pouco sobre mim, e muito sobre o blog

em 29/08/2009


1.Tem algum(ou mais de um) blog que te ajudou a blogar quando iniciou (dicas, receptividade, incentivos)?
Não exatamente. No começo eu sequer sabia o que estava fazendo. Comecei o blog como um canal de desabafo mesmo, e achava que ninguém jamais leria os meus textos. Quanto a dicas, tudo o que eu aprendi foi lendo metablogs que ajudam a blogar.

2.Qual foi  sua fonte inspiradora?
Para dizer a verdade eu não tive bem uma fonte inspiradora, mas sim uma mola propulsora. Em setembro do ano passado eu estava com uma leve depressão, já praticamente saindo dela na verdade. Escrever foi mesmo uma válvula de escape.

3.Blogar é muito gratificante quando: percebo que não estou sozinha em meus gostos e opiniões. Por exemplo: eu gosto de animais e me corta o coração vê-los maltratados. Mas no meio em que eu vivo isso é considerada uma extravagância, algo que "só a Elaine mesmo prá se importar com isso". No mundo dos blogs eu encontrei um monte de gente que não só compartilha meu ponto de vista como inclusive é mais radical e atuante do que eu. Não é gratificante quando: percebo que na blogosfera também tem idiota mal humorado e grosseiro. Mas desses eu me afasto tão logo os identifico.

4.Quanto tempo você  dedica ao seu blog? Em que horário você gosta de blogar?
Não tenho um tempo específico para o blog. Acho que blogo o tempo todo pois tudo o que acontece comigo ou à minha volta eu logo penso em como ficará em um texto. Acho que é característica de blogueira iniciante, esse entusiasmo. Quanto ao horário para postar de fato, sempre à noite.


5. O mundo da blogosfera seria mais interessante "se":
Hum, deixa pensar... Acho que os milhões de blogs já são suficientemente interessantes. Mas a qualidade melhoraria se as pessoas fossem sempre sinceras e educadas. Mas daí o mundo seria melhor, né?

6.Seu coração blogueiro não se engana quando (referente a outro blog ou blogueiro):
Graças a Deus não costumo me enganar com as pessoas. Quando aparece um blogueiro novo aqui no blog eu procuro conhecer. Raramente os mal-educados voltam. Outro dia inclusive eu disse isso para a Alethéa, que raramente me engano em relação às pessoas. Quando rola aquela afinidade pode crer que é gente do bem.

Quem me convidou para responder esse meme foram  a Laura e a Tyna.
 E eu repasso para a Alethéa, o Vagner, a Ivana, a Rosana e a Alexandra.
Update: Com selo!!!
QUERO LER O POST COMPLETO

Sem palavras...

em 28/08/2009

Minha irmã está esperando um menininho. Lembra que eu falei dela aqui? Não lembra, ou nem sabe do que estou falando? Clica aqui que você entenderá...
Daí que chegaram esses mimos lindos que uma certa Aprendiz de Anjo enviou. Peraí que eu preciso falar da Ana: sabe aquelas meninas meigas, que a gente tem vontade de conhecer pessoalmente e que ainda por cima são propriedade de um bichinho(no caso dela de três gatinhos fofos)? Essa é a Ana. É ou não é de comover o coração alguém ser tão generoso assim com alguém que sequer conhece?



Olha o capricho...




Imagine esses recheadinhos de neném!

Veio tudo numa caixa toda arrumadinha, e até os papéis de seda foram aproveitados..

Ana, minha gratidão para sempre.

Miemocionei...

QUERO LER O POST COMPLETO

Ele e seu jeitinho de ser...

em 27/08/2009

Ele tem manias. Muitas. E dos tipos mais estranhos e variados. Exemplo? Senta que lá vem estória:
Ele não come carne moída. Eu faço almôndegas, que ele gosta muito; pega as bolinhas e amassa até elas virarem...carne moída.
Ele jamais lê um livro inteiro. E me dá tantos livros de presente que tenho uns 12 na fila.
Ele dorme muito tarde, tipo 1 ou 2 da manhã, todo santo dia. E acorda lépido e fagueiro às 6 para o trabalho. Mas no sábado ele dorme antes das 11 da noite.
Ele não gosta de molho branco. Nem de creme de leite. Mas se derrama por chantilly.
Ele liga a tv, o som do computador, o computador e o som do rádio ao mesmo tempo. E dorme com tudo ligado.
Ele faz a barba de madrugada.
Ele me conta os enredos das novelas como se falasse de gente real.
Ele fotografa até pardal mas fotografá-lo é uma luta...
Ele nunca entra numa briga. O que aliás me deixa louca de raiva.
Ele toma sorvete numa velocidade digna do Guiness...
Ele é assim, o amor da minha vida....
QUERO LER O POST COMPLETO

Palavras, as boas e as más

em 26/08/2009




Todos nós temos as nossas palavras preferidas. E temos aquelas que detestamos. Não é? Não me refiro ao sentido das palavras simplesmente. Se fosse assim seria correto falar em sentimentos preferidos. Mas eu digo palavras mesmo, palavras que a gente gosta ou acha bonita.


Minhas palavras preferidas são:


Temperamento.


Fiel.


Bonita.


Sentir.


Amor.


Cor-de-rosa.


Pressentimento.


Luminoso.


Água.




Palavras que eu não aprecio:


Fome.


Medo.


Incapacidade.


Tormenta.


Improbidade.


Sequazes.


Quais são as palavras que você mais gosta? E quais as que você não gosta de jeito nenhum? Hein? Diz aí!
QUERO LER O POST COMPLETO

Das maldades

em 25/08/2009


Não gosto de maldades.

E tem algumas que me fazem ficar muito triste. Ou muito irritada. Ou o que é mais comum, os dois juntos.


  • cavalo puxando carroça ao sol do meio-dia e ainda por cima levando chibatadas; minha vontade é retribuir as chibatadas no infeliz do carroceiro.

  • gente adulta incentivando criança a maltratar animais; será que esse tipo de idiota não percebe que criança maltratando animal = delinquente em potencial?

  • cachorrinho ou gatinho sendo colocado fora de casa para viver na rua quando nasce uma criança na família; como pode ensinar alguma coisa aos filhos se dá um exemplo de desumanidade desses?

  • criança sendo tratada como adulto; somos crianças por tão pouco tempo. Prá que roubar isso dos pequenos?

  • gente capaz de chutar cachorro faminto; isso realmente denota um péssimo tipo de gente, do qual eu quero distância.

  • cachorrinho ou gatinho idoso sendo abandonado na rua ou em abrigo por estar sendo trocado por um filhote; não tenho palavras...

E para encerrar:



  • dono de animal de estimação capaz de bater no bichinho que deveria proteger dizendo que é para educar.

Tem mais coisa que me deixa triste e irritada, mas a lista já tá grande... É que hoje eu vi algumas dessas coisas. Tem dia que parece que todo idiota resolve passar na porta da minha casa, sabe? Eu até entendo que tenha gente que não gosta de um cachorrinho ou de um gatinho, afinal cada um é cada um. Mas daí a praticar maldades é demais prá mim. Não é de admirar que o mundo está nesse buraco...

QUERO LER O POST COMPLETO

Dia de fúria




Eu não gosto de sentir raiva, sabe? De jeito nenhum. Mas isso não quer dizer que eu consiga sempre ser boa e paciente. E tenho momentos de raiva intensa. Mas eu acredito que os sentimentos por si só não são bons nem ruins. Bom ou ruim é o que fazemos a partir dos sentimentos. Eu posso amar profundamente mas se meu amor não me move sequer a sorrir para a pessoa de que vale esse amor? O mesmo com a raiva; por si só ela não faz bem nem mal. O problema está em saber controlar a raiva. Pois raiva descontrolada gera maldade. E é isso que eu não gosto. Não gosto em mim, não gosto quando vejo nos outros...


Hoje eu comecei o dia com raiva. Muita. A ponto de perder a voz. Pode parecer exagero mas passei o dia sem dizer uma palavra, de tanta raiva. E raiva é muito debilitante.


Uma pessoa de quem eu gosto muito, mas muito mesmo, precisou fazer uma reforma urgente na casa dela; ela não tinha dinheiro e está com o nome sujo. Marido tem crédito em uma loja de materiais para construção e emprestou o próprio cadastro para a pessoa. A meu pedido. Ele foi na loja, negociou as parcelas e fez tudo o que podia. Semana passada venceu a 1ª parcela. Jacaré pagou? Nem a pessoa. Que teve a cara de pau de ir até a loja com metade do valor da parcela e dizer que exigia uma nova negociação pois não tinha conseguido guardar todo o valor. Marido recebeu uma ligação hoje dando conta do fato. Ele, que é um gentleman, nada me disse. Nem precisa, né? E tem mais: um cheque dele voltou por causa dessa mesma pessoa, que foi ao supermercado e disse que buscaria o cheque pré-datado um dia antes do vencimento. Você foi? Nem ela. O cheque foi devolvido pois marido não imaginava que ele seria depositado. Ele resolveu facilmente com a gerente do banco mas imagina só o transtorno? E de novo fui eu que intercedi... Se arrependimento matasse...
Mas agora, só de contar em palavras eu me sinto melhor... Blog-terapia rsrsrs
QUERO LER O POST COMPLETO

Vende-se, ou sobre sermos inteiros.

em 24/08/2009


Que as pessoas estão cada vez mais desconfiadas em relação umas às outras não é novidade para ninguém. Que as relações estão cada vez mais ralas e superficiais é evidente. E que o ser humano virou artigo vendável é bem um fato do nosso século XXI.

Vende-se de tudo, e não é propaganda de loja de departamento não. Outro dia eu vi uma matéria sobre amigo de aluguél. Isso mesmo, assim como se contrata "acompanhantes" e personal-tudo agora se contrata também um amigo para sair.
Depois de comprar sexo agora tenta-se comprar e vender amizade. Mas é apenas um arremedo de amizade pois óbviamente amizade não se compra. E penso eu que sexo também não. O que se vende por aí é um triste e patético arremedo de sexo pois só quem nunca passou pela delícia de fazer sexo verdadeiro para acreditar que o sexo comprado é o artigo genuíno.

Mas voltando ao tema: parece que as pessoas estão em liquidação. Desde a garota nua na revista vendendo a si mesma até o homem cheio de marra vendendo sua própria sensibilidade para posar de machão, sendo para os outros aquilo que não quer ser de verdade.

E essa obsessão em se auto-vender tem gerado pessoas mais-ou-menos. Mais-ou-menos felizes, mais-ou-menos realizadas, mais-ou-menos inteiras.
Outro dia li um texto sobre isso. No texto o autor dizia que a gente pode ter uma casa mais-ou-menos, um emprego mais-ou-menos e até uma saúde mais-ou-menos. Mas nunca devemos nos contentar com uma vida mais-ou-menos. E jamais podemos nos deixar curvar ao ponto de sermos pessoas mais-ou-menos...


Todo começo de semana eu penso muito em como ser melhor. Não para os outros, mas para mim mesma. Sendo mais inteira para mim eu vou, lógicamente, ser melhor para quem está à minha volta. E ser mais-ou-menos não está nos meus planos. De jeito nenhum...

Boa Semana nova para você!
Que esta seja uma semana realmente maravilhosa!
QUERO LER O POST COMPLETO

Blog bom e notícias frescas...

em 23/08/2009

Vamos passear? Me dê a mão e vem comigo conhecer um blog lindo demais! Indicação minha, então pode confiar...



O blog que eu vou te indicar hoje é um blog feminino. O que não quer absolutamente dizer que seja um blog para mulheres apenas. Trata-se de um blog com conteúdo extremamente diversificado, bem escrito, bem clean e muito fácil de navegar. A Lidiane é uma menina muito fofa, além de ser uma celebridade no mundo dos blogs... Além de ser um blog pessoal o Bicha Fêmea trás também uma série de entrevistas com outras blogueiras que possibilita conhecer muita gente interessante. E sabe um blog variado, que fala de decoração a relacionamento? Então, é esse!

Clica aqui e conheça o Bicha Fêmea e sua editora Lidiane. Vai por mim que você vai gostar...

E pelo mundo mágico dos blogs:A Gi está comemorando 1 ano de blog! Passa lá e deixe seu recadinho para ela! Clica no selo:

Com o tema "Dormir aqui e amanhecer em outro lugar" o Vou de coletivo lançou a blogagem para o mês de setembro. Clica aqui para participar. Vale a pena, viu? Interagir com outros blogs é uma delícia!
O Vagner postou uma crítica bem interessante sobre a programação da tv brasileira. Você concorda?
A Elaine (esta mesma que vos fala) tem um blog de contos/crônicas (qual é mesmo a diferença?) e convida você para conhecer. Já conhece? Então corre lá que tem lay novo e conto fresquinho...
QUERO LER O POST COMPLETO

Mulher de fases

em 22/08/2009

Eu sou assim. E tem dias que a poesia diz tudo o que eu quero contar...

E como eu não sei fazer poesia mas gosto muito, deixa um pouquinho de poesia para ensolarar meu sábado frio. Deixa, vai! Só um versinho!
QUERO LER O POST COMPLETO

Você tem um tempinho para falar comigo?

em 20/08/2009


Desde que o homem aprendeu a contar o tempo que o tempo parece cada vez menor. Quanto mais recursos a gente cria para fazer as coisa mais rápido mais o tempo fica pouco para o muito que se quer fazer. Comecei a pensar nisso vendo que um dos motivos mais alegados para deixar de comentara em blogs é a falta de tempo. No entanto, o dia continua tendo as mesmas 24 horas de sempre. E hoje existem muito mais recursos do que antigamente: microondas, computador, máquina para fazer de tudo (até pão!), carros e telefone. Mas parece que o tempo nunca é o bastante. Dormimos menos e sempre estamos com sono pois o tempo de sono sempre é pouco, trabalhamos mas parece que nunca é o suficiente, interagimos com menos pessoas mas o tempo continua rareando...

As pessoas de mais idade parecem viver o tempo de modo diferente, com mais calma, mais leveza...talvez por saberem que o tempo que se gasta com a vida é um tempo precioso. As crianças e os jovens têm uma percepção mais acelerada do tempo, talvez por terem o tempo todo pela frente...

Será que perder tempo lendo, pensando, meditando, ficando à toa ou olhando o tempo realmente é tempo perdido?

Quais as coisas que mais tomam seu tempo? E no que você gostaria de gastar mais seu tempo?



Vídeo mandado pela Carla. Valeu, menina!

Será que eu deveria gastar meu tempo com menos divagações? Mas já que não dá para dormir direito, bora lá colocar as minhas meditações no blog...
QUERO LER O POST COMPLETO

Canto na madrugada (e um pouco do meu avô)

em 19/08/2009


Na casa que faz fundos com a minha tem um passarinho que canta todos os dias às 3 horas da tarde e todas as madrugadas às 3 horas, pontualmente. Sei disso porque passei as três últimas noites ouvindo sem conseguir conciliar o sono de tanta dor na coluna, tanta dor que eu só consigo ficar sentada já que deitar é uma tortura.
Mas voltando ao passarinho... Não faço ideia de que passarinho seja pois se tem uma coisa nesta vida que eu jamais farei essa coisa é ter passarinho engaiolado. Ele canta de um modo tão triste que me corta o coração. Só quem nunca ouviu um canto livre de um pássaro livre para acreditar que não tem diferença... Vou te contar uma estória:

Meu avô, pai de minha mãe, criou um neto que viria a ser meu padrinho de batismo. Foi ele que me fez esse relato. Quando meu primo/padrinho era um menino e vivia na fazenda onde nosso avô era colono ele amava caçar. 

E vivia trazendo pássaros em alçapões de madeira para colocar em gaiolas. Meu avô sempre o fazia soltar mas o menino não desistia e toda semana ele aparecia com um passarinho novo. Então um dia meu avô disse para minha mãe preparar um dos quartos vazios da casa, disse a ela que pusesse água e comida lá dentro e fechasse o quarto. Ela assim o fez e meu avô esperou. 

Lá pelo fim da tarde de domingo meu primo/padrinho retornou da caçada com o costumeiro passarinho preso no alçapão. Desta vez meu avô nada disse. Observou o neto preparar a gaiola e depositar o bichinho lá dentro. Quando terminou o menino se sentou para a janta. Meu avô pegou o neto pelo braço e fez com que ele se dirigisse ao quarto que havia sido preparado. Meu avô disse:

"Carlo, de hoje em diante você vai viver neste quarto. E nunca mais vai sair daqui."
O menino ficou pasmo:
"Mas eu não fiz nada, vô. Eu não posso ficar preso."
"Eu sei que você não fez nada mas eu decidi que quero você só prá mim e então você vai ficar aqui. Todo dia eu venho colocar água e comida prá você e vou deixar que veja o quintal da colônia onde os meninos brincam depois do serviço."


Meu primo tinha então uns 12 anos. Viu que meu avô não estava de brincadeira. Começou a chorar:
"Mas eu preciso andar! E eu gosto de ser livre! Se me prender eu vou morrer!"
Meu avô Antônio olhou para ele e disse:
" Pois cada passarinho que você prende também quer ser livre. E o canto que você quer só para si será a coisa mais triste do mundo pois será um canto de morte. É isso que você quer?"

Meu primo tem hoje mais de 60 anos. Mas guardou as palavras para sempre e jamais prendeu outro pássaro em toda a vida. Ele me contou que até o cavalo dele andava livre...

É deste homem que eu herdei esse amor à liberdade e aos animais. Meu avô nunca bateu em um cachorro e nem em um cavalo. Castigava as 7 filhas mas jamais castigou um animal pois dizia que as pessoas sabem o que fazem quando estão errando mas os animais não.

Meu avô...Morreu quando eu tinha 4 anos mas tenho uma vaga lembrança de seu rosto. Mas sinto que sua herança ficou em mim...Além do sobrenome, já que eu sou um dos dois netos que foram registrados tendo Gaspareto no nome... Apenas 2 netos numa multidão de mais de 100. Todos os demais levam apenas o nome dos pais.
E na noite fria o canto a
inda me parece mais triste...
QUERO LER O POST COMPLETO

Dos comentários no blog

em 17/08/2009


Vamos fazer uma partilha? É apenas uma pequena amostra dos comentários deixados no post anterior. Refletem a opinião da maioria dos comentaristas. E um pouco da minha própria opinião também... Em itálico os comentários e em fonte normal minhas "considerações".

Lembrando que é tudo sic.


Uma Mulher de Fases disse:Elaine, duas coisas que eu não gosto.Quando o formulário que temos que preencher pedem muitas informações, e outra é quando tem aquelas palavras todas retorcidas pra poder confirmar o comentário.Isso me deixa com preguiça.Eu sempre comento por onde passo, por isso tento ver os blogs amigos num momento em que eu tenha tempo de ler e me expressar!Beijos
Laritz disse...
Adoro suas reflexões sobre a blogosfera. Sempre me fazem pensar e buscar ser uma blogueira mais "bem educada"... rsrsrs...Vamos lá: muitas vezes eu não comento por falta de tempo mesmo. Passo para ler, aí vejo que o quadrinho de comentários exige muitos dados ou aquelas palavrinhas retorcidas que sempre me fazem errar. Aí deixo pra voltar mais tarde e acabo não voltando por falta de tempo!Aliás, pq vc não cria uma campanha pelo fim daquelas palavrinhas de confirmação tão chatinhas?Beijos!

O campeão de reclamações é o formulário que pede confirmação de palavras. Acredito que 100% dos blogueiros perdem a paciência com aquelas letrinhas incompreensíveis. Como já teve gente me dizendo que não sabe como tirar, é simples: no seu painel de controle você clica em Configurações. Na página que abrir você clica em Comentários. Daí é só selecionar a opção Não exigir confirmação de palavras e salvar. Tá feito. Outra dica é optar pela janela pop-up pois ela abre mais facilmente.

Rosario-SP disse: Elaine, gosto e tenho inveja de blog produzidos como o seu(brincadeira). Tenho limitações com essas tecnologias, quando ganho um selo fico aflita e pedindo para minha filha me ajudar, mas ela trabalha com isso o dia todo e muitas vezes faz trabalhos extras em casa, então já viu né é qd dá. Mas tenho preferencias por blogs simples, que contam seus momentos, suas angustias, e eu procuro dentro do possível postar algo bacana, uma vez que me falta um pouco de cultura, pois estudei muito pouco. Não deixo comentários qd acho que a blogueira está viajando... meio fora da realidade. Gosto do seu blog e de você. E nos dias limitados não consigo teclar, apenas leio qd alguém me ajuda. Bjs:)

Margarida Piloto Garcia disse: Tantas circunstâncias nos afastam do comentário!Por vezes o tempo escasseia, noutras são pormenores técnicos, noutras ainda os temas passam mesmo ao lado.Quando não interessa prefiro seguir em frente em vez de deixar crítica pouco construtiva.Quando vejo afinidade ou sinto emoção tento comentar.E vou aprendendo mais e mais com o que busco e sigo.É o caso do seu sem dúvida.

Rosana Ibanez disse...É verdade, muitas vezes passamos pelos blogs e não comentamos. Costumo comentar todos, mas existem alguns temas que as vezes sou leiga no assunto e pra não dar "bola fora" prefiro me calar. rrssBeijão p/ti.

Este é outro motivo comum: falta de afinidade em relação ao post lido. E também dificuldade em entender o que o autor quis dizer, além do receio de ser mal interpretado/a.


La Sorcière disse: Elaine, eu sempre comento. Sempre. Me sinto absolutamente frustrada quando passo um tempãp escrevendo uma resenha, pesquisando alguma curiosidade sobre o livro e o autor, faço mil revisões antes de postar e a pessoa simplesmente passa batido, sem deixar nehum comentário, ou pior: chega no nosso blog, fala como o blog dela é bom e pede para irmos visirar, sem deixar nenhuma opinião sobre o nosso....acho até falta de educação!! Quer se spresentar e apresentar um novo blog? Tudo bem! mas quando a gente entra na casa de outra pessoa, cumprimenta o dono e pede licença para entrar, não é???Interessante sua pergunta!Já aconteceu de eu não conseguir comentar, mas foi por problemas na internet....detesto formulários grandes de comentário....mas encaro!Bj

DESASSOSSEGADA disse...
Criei meu blog a um ano... Uma vez eu fiz um comentario em um determinado blog em um post que gostei muito a dona do blog foi um tanto quanto grosseira comigo isso que eu havia elogiado o post...Entao passei um ano lendo muitos blogs sem coragem pra comentar mesmo porque achava meu blog fraco não sei escrever bem não sou escritora e nem pretendo ser.Em julho tive coragem e comentei no blog da Amanda (conversa de botas batidas) ela foi muito amada e me respondeu gentilmente, passou a me visitar e com ela veio a Rê outra fofa que passei a ler e alias ambas escrevem super bem e são humildes e sempre respondem os comentarios. As vezes eu não comento por medo de ser ofendida ou mal interpretada.

Alethéa Casal disse...O que faz com que eu não comente: - textos muuuuuuuuuito longos, prolixos e redundantes;- formulários de comentários que não abrem direito;- se eu ver que o dono do blog respondeu outro comentário de forma não muito elegante;- se eu tiver uma opinião muito diferente da pessoa (aí não vou caçar briga, né? rs).Abraços, seu blog é um 'chuchu' mesmo!

Mais uma questão recorrente: falta de educação do autor do blog. Gente, eu já fui destratada em um blog do qual gostava e isso realmente trava a gente! A dica é ser educada e gentil sempre. Mesmo que não concorde com o comentário feito. Uma vez uma leitora minha foi indelicada com a Renata Nogueira reclamando com ela por não responder aos comentários no Vem ni mim lili demorada; a Renata foi de uma delicadeza ao responder que me encantou! E uma dica pessoal minha: não deixe comentário falando do seu blog, mas sim fale do post lido. A propaganda feita sem consideração pelo autor do blog podeter efeito contrário...



Gerly disse:Basicamente falta de tempo mesmo. Ou, no pior dos casos, net lenta, Aff!Tbm já li posts que fiquei sem palavras e achei que não dizer nada seria melhor, ou posts que não tem a ver comigo, então deixo passar em branco.Mas meu maior problema é mesmo a falta de tempo.Beijokas!
Luciano A.Santos disse...
Elaine,O grande vilão desta história toda, ao menos no meu caso, é o tempo. Leio os blogs que acompanho no trabalho, e nem sempre dá pra deixar um comentário, por mais que eu queira fazê-lo. Pobre tempo: andamos culpando-o demais...Abraço.

Como disse o Luciano: o vilão tempo! A vida corrida muitas vezes não deixa a gente dizer tudo o que gostaria... E prá isso eu não tenho dica não... Mas eu faço assim: mesmo sem tempo eu tento visitar todos os blogs que acompanho e muitos dos que me acompanham ao menos uma vez na semana.


E para sintetizar:
Rosi disse...
Confesso que as vezes não comento porque não tenho palavras à altura do texto.Confesso também que as vezes não comento porque o dono do blog simplesmente não retribui o comentário/visita.E finalizando, alguns formulários simplesmente não funcionam.

Conhece aquele ditado:''Atirei no que vi e acertei no que não via"? Aconteceu comigo. Renata Nogueira e Sheila, muito obrigada pelo toque. E para a alegria da Madame Mim o cachorrinho foi-se. Doeu mas foi preciso rsrsrs. E junto com o cachorrinho foi-se um monte de bichinhos... Sabe porquê? Porque nada dificulta mais os comentários do que uma página que não carrega rapidamente. Quer saber quanto seu blog demora para carregar? Clique http://www.websiteoptimization.com/services/analyze/ e faça a averiguação. É de graça.

E uma última dica minha: descobri recentemente que tudo o que está publicado em meu blog é responsabilidade minha. Isso inclui os comentários, inclusive os anônimos. Existem blogueiros enfrentando acusação de racismo por conta de comentários deixados em seus blogs. Portanto, cuidado! Tudo o que está publicado em seu blog é sua responsabilidade. Mesmo que tenha sido dito por outra pessoa.


E para sabermos mais um pouco sobre motivos para não comentar nos blogs vote na enquete bem no começo do blog. Também é "de grátis"...
Vota, vai...


Da próxima vez que eu postar sobre blogger será para falar do gadget Seguidores... Vai pensando aí!
QUERO LER O POST COMPLETO

Por que você não comenta?


Quando estamos navegando pelos blogs é comum a gente deixar um comentário para expressar nossa opinião acerca do post lido, para cumprimentar o editor do blog, para contestar, para concordar... Mas é muito mais comum a gente não deixar comentário algum e ir embora tão calado quanto chegou. Já aconteceu de eu ter pessoas acompanhando meu blog e jamais ter recebido sequer um comentátio delas. E eu também já fiz isso, na maioria das vezes por pressa. Já li posts dos quais gostei mas por algum motivo o formulário de comentários não funcionou e eu fui embora sem dizer nada. Já li posts sobre os quais simplesmente não tive nada a dizer. Já li posts que expressavam um conceito muito diferente do meu e fui embora sem comentar para não provocar briga. E já deixei de comentar em blogs que eu gosto, de blogueiros dos quais sou amiga por falta de tempo, pura e simplesmente. Pensando nisso, e seguindo uma inspiração tirada do My Blog Series eu pergunto: Se você já está no blog, se clicou no link e leu o post por que não comenta?

As 5 respostas mais interessantes irão entrar numa enquete na sidebar do blog. Participe deixando sua resposta nos comentários deste post aqui! Além da enquete que farei amanhã, eu vou publicar as respostas num post especial. Acredito que as respostas poderão nos ajudar a ter blogs cada vez mais interativos.

Diz aí:

O que faz você não comentar em um blog?

QUERO LER O POST COMPLETO

Indulto do dia dos pais e uma pergunta sem resposta.


Ontem, assistindo a uma reportagem na tv eu conheci o Gilvan. É um bandido preso por estupro e roubo que obteve o indulto do dia dos pais e pôde então saiu da cadeia por 7 dias. Ao sair da cadeia ele foi a um shopping da cidade e caminhou pelo estacionamento. Esperou. A pediatra Rita de Cássia saiu do shopping onde havia acabado de comprar presentes para o dia dos pais com a filhinha de 1 ano e 8 meses, entrou no carro e aí foi abordada pelo Gilvan, que a mandou para o bando de trás, pegou o ticket de estacionamento e saiu calmamente rumo à saída da cidade. Quando estava à 60km. do shopping ele parou o carro e tentou estuprar a pediatra, que reagiu. Irritado, ele passou o veículo sobre a vítima, que não resistiu. Ele abandonou o carro num acostamento, com a menininha dentro e fugiu. Imagens do circuito interno de tv do shopping identificaram Gilvan, que depois de preso tinha apenas uma coisa a dizer: "Eu sou inocente." No interrogatório ele confessou, deu detalhes técnicos que só a polícia conhecia e disse que não conseguiu resistir ao impulso pois uma força dentro dele o impelia...Agora a polícia é unânime em afirmar que Gilvan tem problemas mentais tão graves que simplesmente não pode viver em sociedade.

Fico pensando...

Indulto de 7 dias? Sem fiscalização? Para um estuprador confesso? E que foi avaliado por 2 psicólogos antes de ser agraciado com o benefício? Sinceramente? Sou 100% contra indultos. Sou 100% contra benefícios para bandidos. Sejam eles de que tipo forem. Pena deveria ser cumprida e pronto. A Comissão de Direitos Humanos da OAB diz que é direito dos bandidos por bom comportamento. Mas e os humanos direitos que vivem a sua vida com dificuldade e luta, tentando ser honesto e viver dentro da lei? Rita de Cássia deixou uma menininha, um marido e uma pergunta: Quem foi que pagou a conta dos Direitos Humanos que beneficiou Gilvan? E os direitos da menininha que agora está sem mãe? E Rita de Cássia? O que terá passado? E seus direitos humanos?
Anseio por um mundo onde pessoas de bem poderão andar pelas ruas sem medo... Mas parece que esse mundo anda cada vez mais distante...



Mas porque hoje é 2ª feira e apesar de tudo a vida segue:



Gifs Grátis para seus scraps!!




QUERO LER O POST COMPLETO

Blog bom de verdade (e mais algumas coisinhas...)

em 16/08/2009

Estamos começando mais uma semana! É hora de conhecer mais um blog que vale a pena. Vamos passear?
Quero apresentar a você um blog que eu mesma não conhecia até pouco tempo atrás. Trata-se de um blog delicioso de ler, bem escrito, sem erros e sem exageros. Um blog com posts muito interessantes, mas também um blog pessoal,que faz jus ao nome, assim como o meu. A Rosi é que faz a diferença no blog. Sabe uma pessoa gentil e atenciosa? Então, ela é assim.
Então já sabe, né? Hoje é domingo, dia de visitar uma pessoa que você vai apreciar com certeza. Clica aqui, ó
! Estes são alguns dos bons posts que eu li nesta semana...
Dentro do tema Como ter um blog legal a Rosi postou um artigo prá lá de proveitoso. Leia. Quem passou a dica foi a Lidiane.

O
Hugo falou sobre um tema muito polêmico e do meu ponto de vista lançou uma luz sobre o assunto. Vale a conferida, com certeza.

O Danilo, que eu conheci por acaso,
está lançando um livro e presenteará um leitor de seu blog com um exemplar. Independente disso, o blog dele é muito bom e você vai gostar de conhecer.
O Joéliton deu a dica de como publicar seu livro, aquele que você sonha em publicar mas acha muito difícil. Confere que é de grátis...
QUERO LER O POST COMPLETO

Se eu fosse...(selos e memes da semana)

em 14/08/2009

Recebi este selo e o meme da Estela e vem com uma brincadeirinha: dizer 5 desejos materiais e 5 características minhas.
Eu desejo: um carro para o marido, um computador para minha afilhada, um emprego fixo para meu irmão, terminar minha casa e comprar uma máquina de costura nova.
Eu sou: franca, medrosa em relação a tudo que tem mais de 4 patas, apaixonada por móveis novos, boa ouvinte e viciada em livros.

Este selinho já é bem famoso entre os blogs, então vou repassar apenas para uma amiga: Raquel, é seu!



Este selinho tão expressivo eu o recebi da Cíntia e a regra é simples: indicar 5 blogs onde a amizade é virtual mas o carinho é bemmm real e dizer porque escolheu estes blogs.

Lá vai:

Gi ♥ Além de muito gentil e atenciosa, essa loira é de um bom humor impecável e sempre tem uma palavra gentil para dar aos amigos!



Ana Ela tem 3 blogs lindos (mas eu sempre falo do Anjogatos)e hoje eu quero deixar este selinho para ela botar no blog que preferir. Essa moça é uma fofa, além de ser apaixonada por bichos como eu!

Karin Uma das primeiras a acompanhar meu blog e a primeira pessoa a quem eu dediquei um selo! E é uma cachorreira- mãe- de- cachorro como eu!


Sheila Essa mulher de fases tem sido uma das boas surpresas que o blog tem me trazido: inteligente, amiga e com um jeito bem dela de se expressar!


Alexandra La Sorcière é um dos blogs com o layout mais delicados que eu conheço; e isso eu posso dizer da dona. Sabe aquelas surpresas boas, gente inteligente e que partilha uma paixão com seus leitores? Então, é ela!


Recebi este meme da Luciana e achei muito revelador. Então:
Se eu fosse:

um mês: Setembro
um dia da semana: Segunda-feira

uma hora do dia: 21:00
uma estação do ano: Outono

um planeta: Terra

uma direção: Norte

um móvel: Cama

um pecado: Orgulho


um sentido: Olfato

uma pedra: Esmeralda

uma planta: Macieira


uma flor: Rosa vermelha

um clima: Frio

um prato: Macarronada

um instrumento musical: Violão


um elemento: Fogo

uma cor: Verde

um animal: Cachorro

uma música: Summertime

um sentimento: Paz

um lugar: Minha casa

um sabor: Cítrico

uma palavra: Tolerância


um verbo: Aprender

um objeto: Banco

uma parte do corpo: Olhos
um número: 7

um símbolo: Cruz

E repasso para a Cíntia, para a Damáris e para a Beta. Era para ser 5 mas vai só 3, tá? Fugindo à regras...








Fui convidada pela Tyna para participar deste meme.
Então vamos lá:
Apelido que mais gosta: Tenho apenas um, e somente minha irmã e minha mãe é que usam: Laine. Se bem que meu irmão, de 34 anos, ainda me chama de Tata até hoje. Gosto dos dois, igualmente.
Melhor qualidade: Ser honesta. Se gosto, gosto, se quero, falo e por aí vai...
Cor preferida: Depende da fase. Ultimamente ando numa fase cítrica, mas preto é fundamental. Gosto de verde e azul também.
Um xingamento que o(a) irritaria: Vagabunda. A conotação é de doer...
Agora, meus indicados:Laura, Cláudia, Helinha, Paulinha e Andréia.


QUERO LER O POST COMPLETO

One of Us (Um de nós)

Se Deus tivesse um nome, qual seria?
E como você o chamaria na sua frente?
Se você se encontrasse com ele em toda sua glória
O que você perguntaria se tivesse apenas uma pergunta?
Sim, sim, sim Deus é maravilhoso
Sim, sim, sim Deus é bom
Sim, sim, sim...
E se Deus fosse um de nós?
Apenas um desajeitado como nós
Apenas um estranho no ônibus
Tentando voltar para casa?
Se Deus tivesse um rosto, como seria?
E vc gostaria de vê-lo, se vê-lo significasse
Que vc teria q acreditar em coisas como paraíso
E em Jesus e os santos e todos os profetas?
Sim, sim, sim Deus é maravilhoso
Sim, sim, sim Deus é bom sim, sim, sim...
E se Deus fosse um de nós?
Apenas um preguiçoso como nós
Apenas um estranho no ônibus
Tentando voltar para casa?
Volte para o paraíso sozinho
Não, chamando ao telefone
Não, apenas tentando voltar para casa
Ninguém chamando ao telefone
Exceto pelo Papa talvez em Roma...

Uma melodia linda com uma letra que dá o que pensar, né não?

Sempre tive isso na cabeça: 
Se eu pudesse olhar Deus frente a frente o que diria a Ele? 
E se tivesse a oportunidade de fazer uma única pergunta, o que perguntaria? 
Quer saber? 
Eu perguntaria: " Estou conseguindo Te agradar?". 
E se pudesse olhar para Seu rosto por um momento, o que será que eu veria?
E você, o que perguntaria se pudesse?
QUERO LER O POST COMPLETO

Menininha minha

em 13/08/2009


Ela é de uma paciência e afetividade incríveis! Todo mundo na vizinhança conhece a Menininha. Ela não pode ver um vizinho no portão, seja gente seja cachorro, que ela já corre fazer festinha, balançando não apenas o rabo mas sim o corpo todo, como se estivesse requebrando. Tem gente que fala com ela como se fosse uma pessoinha, e ela parece mesmo compreender. Crianças são o fraco dela: chega a chorar quando vê alguma e os meninos que soltam pipa no campo em frente minha casa já sabem: tem que brincar com a Menininha. O melhor amigo dela é o Pluto, um mestiço de labrador gigante, que dá bem uns 5 dela. São amigos desde quando ela era apenas um bebê que apareceu na minha rua, tendo sido abandonada apenas com uns 15 dias de vida. Gosta de comer tudo o que a gente come e já roubou um bolo de chocolate todinho( leia aqui!)...Hoje ela completa 2 anos comigo. E tem me ensinado que:

Não precisa morder se um rosnadinho já resolve; comer e dormir é muito bom, especialmente perto de que gosta da gente; se seu amigo está emburrado, vai até ele e chama prá brincar; mesmo que você seja linda, mansa e amorosa vai ter gente chata que não vai gostar de você. E que é melhor ser feliz do que ser brava

Sinto que ela é mesmo parte da minha vida, e que não importa o que aconteça ela sempre estará comigo. Fico pensando...

Como é possível alguém criar um cachorrinho ou um gatinho e depois, diante de uma mudança, de uma dificuldade financeira ou de um bebê novo na casa simplesmente se desfazer do bichinho, como se ele fosse uma coisa qualquer... Quantos animais a gente não sabe que foram criados por uma família e depois abandonados à própria sorte. Vou te contar um segredo: em tempos de vacas magras marido e eu já ficamos sem comprar carne, leite, pão, suco, e outras coisas mais para que não faltasse ração para nossos amiguinhos. Imagine um cãozinho ou um bichano que viveu a vida toda com alguém que de repente o abandona?

Mas a minha Menininha é o xodó desta casa. E da vizinhança também, já que ela é muito mais sociável do que a dona. Puxou ao dono...

QUERO LER O POST COMPLETO

A música da minha vida, promoção e notícias de família

em 12/08/2009

O Olavo segue com as comemorações pelo 1º aniversário do Traços de um homem e a proposta desta vez é: A música da minha vida. Como é impossível citar uma música apenas, e como a cada passo da minha vida a música vai mudando, eu vou postar aqui a música que marido mandou para mim num carro de mensagens em 1994. Detestei o carro, gostei demais da música e casei no ano seguinte. Nos comentários do blog do Olavo eu deixei a música da lua de mel mas quem disse que eu achei o vídeo? Então lembrei desta "serenata" e postei aqui.

Para quem não conseguir ouvir o endereço é:
http://www.youtube.com/watch?v=RKlcN3ukxO4&feature=related










A Carla está realizando uma mega promoção no blog dela! Se você é chegada/o numa promô, e ainda por cima quer conhecer um blog sobre livros muito bom clica aqui! Mas clica mesmo pois a promoção acaba dia 15! Corre, vai! Nas palavras dela:

"É a primeira promo que faço, e já começo com o pé direito: depois do sucesso de Marleu & Eu, John Grogan conta sua história de vida muito antes de conhecer seu cachorro, em De Volta para Casa. "

Então, como diz a Lidiane: se joga, bonita!





E a notícia mais esperada do ano (eita exagero!)




Não comentei nada porque estava aflita demais. Mas desde sábado minha irmã esteve internada pois a gestação está bem complicada. Fui visitá-la no domingo e fiquei com o coração apertado de vê-la lá naquele hospital... Na segunda-feira ela passou por uma ultra e deu para ver que o bebê é um menininho! Ela já teve alta e agora é aguardar... Rezem por ela e mandem presentes pois meu mais novo sobrinho está a caminho!

QUERO LER O POST COMPLETO

Sobre o que as palavras realmente querem dizer

em 11/08/2009


Você sabe usar as palavras? Quando escolhe uma para dizer o que quer dizer ela diz exatamente o que você queria dizer quando a escolheu? Vixe que essa frase ficou confusa...vou tentar explicar o que estou pensando:

Quando a gente gosta muito, muito, muito de alguém ou de alguma coisa a gente tem o hábito de dizer: "Te adoro!" ou "Adoro sorvete de morango!" Sei que é uma maneira de falar mas adoração só é devida a Deus e qualquer coisa que a gente goste muito a gente só gosta e não adora. Mas como usamos a palavra a toda hora ela vai perdendo sua real dimensão.E tem outra coisa: amar. A gente diz amar com uma facilidade tal que o verbo acaba perdendo sua expressividade. Amamos o tempo bom, o carro, a praia no verão, o vestido lindo, as sandálias demaisss que vimos na vitrine, amamos a cor do esmalte, a tintura do cabelo, o gelado da coca-cola...E apenas gostamos de pessoas. Li esta frase outro dia e fiquei pensando:
Se as coisas são para serem usadas e as pessoas amadas então porque amamos as coisas e usamos as pessoas?
E eu completo que usamos também o gatinho, o cachorrinho, o passarinho, enfim, coisificamos tudo o que é vivo e que deveria ser amado e não usado e colocamos nosso coração naquilo que deveria ser apenas desfrutado pois é coisa. E o mundo hoje ensina a usar os sentimentos dos outros. E o mais triste é quando a gente usa os sentimentos de um amigo, do amor da nossa vida, dos filhos, dos pais... Usa para se dar bem, usa para se justificar....
Nossa, comecei falando das palavras e olha onde fui parar...
Você sabe usar as palavras? Ou acaba falando aquilo que não pretendia dizer?
QUERO LER O POST COMPLETO

Blogagem Coletiva: Minha comemoração marcante

em 10/08/2009



Em 1995, mais precisamente no dia 22 de dezembro eu fui a um casamento lindo, com um noivo muito jovem, lindo e vestido de branco que estava muito nervoso no altar esperando uma noiva que entrou na igreja sozinha e extremamente sorridente. Fui ao casamento por que a noiva era eu.

Depois da cerimônia (sobre a qual falarei outro dia) nós fomos direto para a casa da minha sogra, onde iríamos morar numa parte nos fundos. Na casa da minha sogra estava preparado um jantar para parentes e padrinhos e a festa só terminou por volta das 4 horas da manhã. Então tiramos a montanha de presentes de cima e caímos na cama.

Dormimos ouvindo as risadas dos parentes que vieram de longe para o casamento e ficaram para passar a noite.
Acontece que o dia seguinte, um sábado, era ante-véspera de natal e a família foi ficando...
Resumindo: mesmo nos cômodos do fundo era impossível um momento que fosse a sós, e daí já era Natal.
Então, no dia 25 eu tive uma crise de gastrite que me deixou de molho por 4 dias e então, adivinhe?
Já era praticamente ano-novo e a casa estava cheia de novo. Mas desta vez toda a família iria passar o ano-novo na casa do irmão mais velho do marido e nós dois decidimos não ir. Foi uma reclamação só: a família vai inteira, onde já se viu, vão ficar sozinhos, e por aí ia-se desfiando um rosário de reclamações...
Mas marido ficou firme e eu então, só faltei desabar de alívio quando o último parente de foi...

Jantamos juntos naquela noite, pela primeira vez sozinhos depois de casados: ainda lembro nitidamente da mesa posta com as louças brancas de borda vinho, do champanhe que eu bebi praticamente sozinha já que marido é abstêmio, da casa silenciosa e do medo imenso que eu sentia de que alguma coisa desse errado...
Então, depois de quase 10 dias de casados, numa noite de ano-novo linda e infinitamente especial, com fogos de artifício pipocando pela cidade toda e a cabeça meio altinha pelo champanhe...

Ahanm!!! Achou que eu ia contar detalhes, né?
Esqueceu que sou uma menina discreta?
Digo apenas que marido tinha na época 21 anos, era (ainda é) lindo, alto, moreno de cabelos bem negros e os olhos castanhos mais quentes que eu conheço...
E que a família retornou dia 2 de janeiro de 1996 para encontrar a mesa do jantar de ano-novo ainda posta...

Quando o Olavo propôs essa blogagem coletiva para celebrar o aniversário do blog dele eu pensei: Eita 1996! Aquilo sim foi começar um ano com o pé direito!
QUERO LER O POST COMPLETO

Vamos prá Bahia?

em 09/08/2009


Quero te apresentar uma amiga: me dê a mão e vem comigo que nós vamos prá Bahia.




A Bel foi uma das primeiras pessoas a quem eu me afeiçoei no mundo dos blog. Sabe aquela menina gente boa, atenciosa e divertida? Então, é ela. O blog dela é muito bem escrito, sem firulas nem nada sobrando: sem gifs, sem música tocando e sem poluição visual (ela não é adepta de selos). É um blog limpo e a Bel passa essa impressão também, sabe? De pessoa limpa, do bem. Ela está vivendo uma estória de amor linda, tem dois filhos e é apaixonada por fotografia.O blog dela é bem diversificado, mas sobretudo é bem pessoal. Você vai gostar da Bel, pode crer. Aliás, Bel para os amigos pois agora é Anabel Cavalcanti Mascarenhas. O primeiro selo personalizado do meu blog foi ela quem fez de presente! Na verdade ela fez com duas opções de cor e eu amo aquele selinho, pois tem a minha marca lá.

Então clica aqui e faz uma visita. Vale o clique, pode confiar.






Estes são posts que eu gostei de ter lido, e acredito que você possa gostar também.




A Nina postou uma carta que é uma declaração de força ,valor e amor próprio que toda, repito, toda mulher deveria ler. Você é mulher? Então, querida, se joga!



Falando em mulher, a Grazi deixou uma receita simples e deliciosa no Delírios Gourmet que vale a pena você conhecer.


O Vagner comemorou 1 ano de blog dia 06/08. Ganhou presentes e o blog está de cara nova. Vale a visita.


Outro que está em festa é o Olavo. Tá rolando um monte de coisas no blog dele e amanhã tem blogagem coletiva comemorativa.
QUERO LER O POST COMPLETO

Nasceu e você precisa conhecer!

em 08/08/2009


Todas as vezes que me sento para escrever um post eu penso em quem vai ler este post. Não era assim: quando comecei eu escrevia apenas para mim, já que acreditava de verdade que ninguém jamais leria o que eu escrevia. Mas o tempo passou e hoje são mais de 190 pessoas que acompanham o blog e portanto, de vez em quando leêm o que eu escrevo. Então eu penso sempre: o que escrever?



Tenho uma linha de postagem que eu tento seguir sempre aqui no blog: falo de mim, do que eu faço e do que fazem a mim, do que me dizem ou do que eu digo. Como a Laura diz na apresentação do blog dela e eu "copiei": tenho um blog umbigocentrista. Este blog é mesmo um pouco de mim. Tanto que eu, que gosto de viajar e criar estórias baseadas em vidas, especialmente vidas alheias, precisei criar um blog apenas para abrigar meus contos e crônicas. Acontece que meus escritos não cabiam aqui, já que muita(oi?) gente lia e acabava confundindo conto com minha vida mesmo, e isso não é bom. Daí então eu criei o Conto Vidas. O título é uma sugestão da Ana e eu amei deste a primeira vez que ela falou nele. Ela na verdade sugeriu como título de um livro mas será que serve um blog?




Assim sendo, de vez em quando eu vou postar um conto neste blog novinho, que está apenas no começo mas terá vida longa pois imaginação é uma coisa que anda me sobrando...
QUERO LER O POST COMPLETO

Selos da semana

em 07/08/2009



Olha que selo lindo! Recebi da Alexandra e da Andréia.
Responder às perguntas:
Por que este blog é lindo?
Porque tem cores lindas, textos sinceros e comentaristas de primeira categoria.

Qual é a palavra mais linda?
Liberdade e carinho.
Qual o sentimento mais lindo?
A gratidão....



E indico os lindos blogs: Nadica demais, A menina dos olhos de mel , Entre mãe e filha e Bicha Fêmea









Recebi este selo da Bernadete e da Nana. Tem meme:




Mania- guardar lataria e produtos de limpeza com os rótulos sempre prá frente, alinhados (não ria!)
Pecado capital- orgulho
Melhor cheiro do mundo- terra molhada pela chuva
Se o dinheiro nao fosse problema: montaria uma biblioteca e um abrigo para animais
Caso de infância- caí de um balanço alto e não tenho mais coragem nem de subir em cadeira
Habilidade de dona de casa- arrumação e cozinha
O que nao gosta de fazer em casa- passar roupa
Desabilidade como dona de casa- fazer pão e rosca
Frase - Viva e deixe viver
Passeio para a alma- um bom livro
Passeio para corpo- uma noite de sono sem sonhos
O que me irrita- barulhos de porta batendo e pinga-pinga de torneira
Frase ou palavra que eu uso muito- fique com Deus; olá; calma, calma
Palavrão mais usado- jamais digo palavrão, acho que as palavras têm alma
Desce do salto e sobe o morro- animais sendo maltratados e gente sofrendo injustiça
Perfume que uso-Hit
Elogio favorito- Como você é inteligente!
Talento oculto- nada em mim está mais oculto, tô botando tudo prá fora
Não importa a moda não usaria nem no meu enterro- roupas coladas ao corpo e botas(nem junto nem separado)
Queria ter nascido sabendo- nadar e andar de bicicleta
Sou extremamente- feliz,perfeccionista,paciente, tolerante, determinada, teimosa, tímida e franca

Vou indicar todos os que ainda não fizeram o meme pois andei vendo e muitos amigos já postaram.







Este é o selo comemorativo pelas 10000 visitas do blog Eu vou gritar prá todo mundo ouvir, da Sônia Regina.


Parabéns, querida.




Recebi este selo da dona do Desabafando e sonhando e a regra diz que eu devo indicar 10 blogs(vou de 8) nos quais vale a pena ficar de olho! E depois conferir se os indicados cumpriram a regra. Essa parte eu vou confiar cegamente nos seguintes amigos: Desassossegada,
La Sorcière, Sonhadora, Sheila, Minha vida, Tyna, Kariny e
Jade Amorim. São blogs nos quais realmente vale a pena ficar de olho!


Eu recebi este selinho da Bernadete e tem uma regrinha simples: indicar 6 blogs que tenham "coração". Vou indicar as queridas Ana, Nana, Gata Lili, Claudinha e Nice. Todas gateiras e com um coração enorme!


Este é o selo que recebi da Tyna. Como muitos blogueiros /as já foram presenteados com ele, deixo para todos os que me visitam.
É isso. Como disse uma vez, ainda chego a 1 milhão...
QUERO LER O POST COMPLETO

Relíquias



Lembra disso ?Não, não foi há um século atrás...

Esse está na moda mas também é bem velhinho...




Não sei de que época que é mas faz tempo, né?


Também correndo riscos , infelizmente... E virando relíquia.


QUERO LER O POST COMPLETO


Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários