Linda, jovem e amarrada

em 5 de agosto de 2009


Hoje eu conheci a Melissa. Ela é bem jovem, linda, alegre, espontânea e gosta de estar com outras pessoas. E estava amarrada a um orelhão que fica em frente à minha casa.

Melissa é uma mesticinha de mastin napolitano enorme, deve ter apenas uns 5 meses, preta e branca, uma coisa de tão linda!

Quando fui atender a vizinha que veio entregar meus produtos de beleza (oi? sou uma diva!compro Avon) vi a Melissa. Pergunta a vizinha: "Você conhece essa cachorrinha?" Claro que quando se trata de cachorro sou a primeira a ser consultada num raio de muitos metros...Não, não conhecia. Fui até o orelhão e vi que a bebezinha estava de coleira, de roupinha e amarrada. Ela é bem grande, mas cheguei perto e ela já foi me pulando, me lambendo, rindo e querendo brincar, um doce! Desamarrei e aí começa a parte que me deixa § Ø ☼ ↕ da vida.
Estava eu já pensando no que fazer com aquela criaturinha quando estaciona uma moça ao nosso lado e pergunta: "Você vai ficar com ela?" Por um segundo pensei que a moça do carro a tivesse visto, se apaixonado e a quisesse. Respondi: "Não, eu vim desamarrar e ver o que aconteceu." A moça do carro disse: " Fui eu que amarrei ela aí."

Para resumir:
A moça do carro, Simone é o nome dela, disse que a cachorra late muito. Mas minha filha, disse eu, você queria que ela miasse? Simone disse também que sofre de insônia e só consegue pegar no sono às 5 da manhã, que é bem a hora que a Melissa começa a latir. Então a Simone simplesmente pegou a cachorra, colocou dentro do carro e amarrou no orelhão. Quando eu a encontrei eram mais de 8 horas da manhã e ela estava lá desde as 5!

Falei para Simone que é proibido por lei abandonar animais em via pública, sendo que aqui em minha cidade tem outdoors espalhados pela cidade informando da tal lei e das penas previstas. Ela deu de ombros e disse que o quintal dela é pequeno, que a cachorra late muito, que isso, que aquilo. Perguntei porque ela pegou a cachorra então? Ela respondeu que é do irmão dela, que trabalha à noite e ao chegar em casa fez um estardalhaço ao notar a falta da Melissa. Ela disse que a cachorra havia fugido mas ele desconfiou e botou todo mundo para procurar. A Simone então ficou arrependidinha e voltou para resgatar a Melissa. Falei um monte! A Melissa ficou toda feliz ao rever a Simone, já foi pulando prá dentro do carro, uma linda!
Mas estou arrependida de ter deixado-a levar a cachorra. Vai saber se dá uma doidera nela e a maluca faz alguma maldade, Deus me livre! Sei que quem sofre de insônia pira de vez em quando mas é apenas uma cachorrinha-bebê! E maltratar os outros só piora nossas dores, nunca cura nada.

Ah, mas eu anotei a placa do carro, quer dizer, eu decorei a placa do carro que tenho memória boa demais: COX 5202. Tá registrado!
Mas que eu devia ter ficado com a Melissa e chamado a polícia eu devia.
Né não?

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

37 comentários , comente também!

  1. Querida amiga passando para oferecer-te um mimo com todo meu carinho!!!
    Beijinhos querida.
    Volto amnhã para ler teu texto cm dedicação!!!
    Doces beijos para ti...

    ResponderExcluir
  2. Nossa...tinha escrito um post gigante e sei lá o que fiz....perdi tudo!!!
    Infelizmente, vejo isso direto no meu trabalho....a veterinária que trabalha no setor de Zoonoses do município onde trabalho, diz que os moradores ligam pedindo que seus cachorros sejam recolhido pela zoonoses (detalhe = o destino final destes cachorros é a eutanásia), ele fica maluca! Explica sobre posse responsável, dá lição de moral no dono....mas fatalmente vamos encontrar este cachorro abandonado nas ruas e vamos ter que recolhe-lo de qualquer jeito.
    Por que que pega para criar então????
    Excelente post....gerou indignação dentro de mim!
    Bj

    ResponderExcluir
  3. nossa..como pode existir gente assim? tão sem coração de abandonar um bichinho! Que dó, acho que vc deveria ter ficado com a Melissa sim!

    ResponderExcluir
  4. Passando na correria pra desejar um bom meio de semana!

    ResponderExcluir
  5. Nós tivemos uma cachorra linda que apareceu na casa da minha madrinha aqui em BH . Papai a levou pra Santo antonio. Ela era muito educada e de raça. Durou anos até morrer de velhice.
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir
  6. Caraca... e se essa mulher pega a cachorra e abandona num outro lugar, só para o irmão não achar??

    Que doideira!!

    essa coisas me revoltam tanto!!

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Acho que eu teria feito um B.O. e ficado com a cachorra, uma pessoa assim não merece ter um anjo sobre sua responsabilidade. Porém é muito fácil dizer isso hipoteticamente, vai saber o que o coração dita na hora em que as coisas acontecem. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Como é bom conhecer lindas pessoas.
    A vida é feita de grandes e pequenos jardim. as flores somos nós quem as cultivamos e as regamos.
    Com carinho
    Sandra
    Tem um coração e um abraço no blog para vc. Uma interação de amigos e Curiosa.
    Te espero.
    sandra

    ResponderExcluir
  9. Guria, tô passada!

    Eu não consigo entender, não entra na minha cabeça isso das pessoas se desfazerem de cães e gatos como se fossem NADA, uma coisa sem a menor importância! Já ouvi cada história! Mais triste ainda quando são velhinhos e são abandonados porque começaram a dar trabalho e despesas demais.

    As pessoas deveriam entender, de uma vez por todas, que cachorro late e gato mia, que podem custar a aprender onde fazer xixi e cocô, que vão ficar velhinhos, vão precisar de cuidados especiais e que vão morrer um dia; mas num dia, se São Francisco de Assis abençoar, bem distante!

    Imagino a angústia que você ficou, Elaine... eu também ficaria!

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  10. maldade né. Pra que ter o bicho então! Eu ficaria muito P da vida tb!!!

    ResponderExcluir
  11. Deveria existir uma lei bem severa p as pessoas q maltratam os animais. Fico P.. qdo vejo essas coisas!

    ResponderExcluir
  12. Essa moça nunca deveria ter feito isso e sim ter procurado alguém confiável para dar a cachorrinha. Pura maldade! Odeio quem judia de animais. É fácil judiar de quem não pode se defender, não é mesmo?
    Beijos e lindo o seu blog!

    ResponderExcluir
  13. aaaaaaaaaa como eu ODEIO quem faz isso.. é q nem nego q qnd cachorro da cria.. pega tds filhotes enfiam numa caixa e deixam em alguma praça por ai..
    dói meu core!!!!!!!
    muito!
    vc devia pelo menos ter pegado o telefone desse irmão e contado tudo pra ele!!!
    kisses

    ResponderExcluir
  14. Como pode uma coisa dessas? E se ela voltasse e não encontrasse mais a cachorrinha???

    Passei para contar que finalmente consegui colocar o selinho na lateral do blog. Ficou uma graça!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Tem maldade pra tudo né Elaine,
    acho que quando ela lhe perguntou o q iria fazer com a cadelinha, ela estava querendo era te dar a cadelinha, hihihi

    Parabéns!pelo seu selo no blog do nosso amigo Olavo, vc merece mesmo!
    =D
    Cada amigo que recebe estes selos ou prêmios especiais fico muitooo feliz, é como se fosse comigo.

    Bjokas saudosos!

    ResponderExcluir
  16. Preciso dizer alguma coisa pra você saber o que eu penso da história que contou? Não, né?

    Só digo que, enquanto lia, minhas mãos ficaram frias, depois suaram, depois me arrepiei toda... e anotei a placa do carro!

    Beijocas e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  17. Elaine,
    minha linda, vc não sabe o quão feliz fiquei ao saber que vc nasceu no memso dia que eu, ou seria eu nasci no mesmo dia que vc? rs...
    Menina que coisa rara isso, eu adorei, não é por menos que fomos um com a cara da outra, rs...
    Elaine, vc tem qtos anos posso perguntar? rs... Se for indelicado de minha parte me desculpe ok? rs...
    Agora qto ao seu post, vc deveria ter chamado a poícia para ela aprender que animais não são abandonados no primeiro ato de dificuldades. Basta discilpinar. Se late, ensine-a latir pelas coisas certas. Eu tinha 2 cachorras, uma micro toy e outra pit bull que era do meu ex marido, mas menina ficquei louquinha com as duas, pois as 2 deram cria junto comigo, acredita? rs...
    Eu tinha a Lindinha que era a poodle com 3 filhotes e a Fiona com 9 filhotes, eu pirei. Com o Pablo bebezinho, cuidar das cachorras, dos filhotes com noites e noites sem dormir, e o meu ex marido não ajudava de forma alguma, só eu. Mais para frente memso aguentando, veio a separação, aí eu decidi dar a pessoas que realmente cuidasse delas. Me arrependi um monte, mas eu estava ficando cansada demais sabe? E sei da importânica, Elaine, eu escolhi tanto para ver para quem eu ia dar, e graças a Deus escolhi certinho, pois as duas escolhidas amam as cachorras ...
    Minha linda, tenha uma tarde abençoada e adorei saber um pouco mais sobre vc,
    Um beijo enormeeeeeeee

    ResponderExcluir
  18. Olá Elaine,
    cheguei aqui através do teu outro blog que sigo,fiquei feliz com o que li,me lembrei que ja estive aqui outras vzs através do blog da querida Ester,que cachorro fofo
    bjs
    Mari

    ResponderExcluir
  19. Mas que mulher chata esta hein? Se ela ficar um minuto com a Ana Carolina, a cachorra. Ela pira de vez.

    ResponderExcluir
  20. Que situação heins fro..rsrs

    Colocando-me no lugar da dona da cachorra: eu jamais faria isso que ela fez, eu sou uma apaixonada por animais!..

    então..

    se essa pessoinha teve coragem de fazer isso uma vez.. o que se pode esperar dela..? sempre o pior..

    Bjus.. (devia ter ficado com a Melissa)...

    ResponderExcluir
  21. Se eu fosse vc num deixava ela levar a cachorrinha não. E se ela voltasse e não encontrasse mais a pobrezinha amarrada ao orelhão?! Se fosse aqui no Rio, ela ouviria em alto e bom som a famosa frase que usamos: "Já era amigo, perdeu!", com aquele jeito malandriado q só nós cariocas sabemos fazer.rs


    Uma pena vc não ter ficado com ela. Tomara q a meliante não faça outra maldade com a bichinha.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  22. O que mais tem é gente estressada e infeliz descontando nos animais. Que pena ela não percebeu que o problema não estava em Melissa, mas na insônia dela. Que pena ela não viu que se acordasse cedo e levasse Melissa pra passear no final do dia seu sono viria logo.

    Vc fez o que deveria ter feito. Espero que o irmão realmente receba Melissa de volta e ela seja feliz. Peça a Deus por isso, faça a sua parte.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Ai acho que era realmente o que vc deveria ter feito, odeio quem maltrata animais,ainda mais cães,só lá em casa temos 5 e de jeito nenhum alguem maltrata algum na minha frente, acho um absurdo quem pega os bichinhos e depois quando aparece qualquer problema seja latir ou qualquer coisa eles abandonam o pobre bichinho.Mas se deus quizer a melissa vai se dar super bem, e a dona simone que não tenha mais nenhum problema com ela não é.
    Beijinhuxxxxxx

    ResponderExcluir
  24. Olá Elaine!

    Que história tão triste! Quando estava a ler ainda pensei que no final ficava com o cachorinho...aposto que fiacria melhor entregue, contigo...

    Bjs Susana

    ResponderExcluir
  25. Também acho, se não tem paciência , não pega.

    Morro de dó disso,mas, confesso não tenho paciência... por isso prefiro que fiquem com quem goste...

    Fiquei com dó da Melissa!


    Tem selinho pra vc aqui
    http://presentesememesparatyna.blogspot.com/

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá Elaine,
    Pessoinha sem noção essa.

    Obrigado pela dica, acho que tá resolvido. Foi só uma rebeldia. Ta indo e vindo, aparecendo e sumindo.
    Mas valeu a dica, mais uma vez...
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  27. Oi querida:
    Tem selinho para vc lá no blog!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. GURIA MAS QUE VACA,DEVERIAM AMARRAR ELA TBEM NUM POSTE,AI QUE ODIO,SE FOSSE EU IA DAR UMA POPRRADA NELA SO P APRENDER

    ResponderExcluir
  29. Na verdade Elaine, você deveria ter amarrando a Simone no orelhão e levado a Melissa contigo. Agora até eu fiquei pensando se esta louca vai ter coragem de abandonar a Melissa de novo...droga viu!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  30. Penso como você!Antes de pegarmos qualquer animal é preciso pensar que assumimos compromisso com uma vida que depende de nós.Na dúvida não o devemos fazer.

    Sou louca por cachorros e sempre os tive mas como a alguns anos moro em um pequeno apartamento optei,mesmo contra a vontade da Gabi, por não os ter!!!

    Fez muito bem em anotar a placa,agora eu acho que esta moça,na primeira oportunidade vai se livrar da pobre Melissa.Tomara que ela encontre com você novamente!

    Tem selo comemorativo como presente em meu blog!

    Beijos!!!Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  31. Elaine, vou repetir exatamente o que Uma Mulher de Fases comentou. Uma das características de uma boa pessoa é gostar dos animais. São Francisco de Assis que o diga, né? Carinhoso beijo. Manoel.

    ResponderExcluir
  32. credo... me irrito com certos tipos de atitudes.

    uma pessoa que nao cuida do seu bichinho de estimação, não deveria nem de pensar em ter um.

    ResponderExcluir
  33. Ia dizer que tu tinha que ter chamado a policia, mas agora pensei em outra coisa.
    Pq tu não identifica o endreço dela pela placa (no site do detran é facil ou em alguma delegacia tu tbem consegue), e pede para alguma sociedade protetora dos animais, ou algum canil social ir lá e pegar a cachorrinha?
    bjos

    ResponderExcluir
  34. Nessas horas da vontade de ser um justiceiro e acertar uma pessoa que tem a caacidade de fazer isso com um animal..
    Seria bom ligar para uma entidade e relatar o problema.. se possivel, vá tb com essas pessoas..
    abraços

    ResponderExcluir
  35. sua doida! como deixou essa tal de simone levá-la embora? na primeira oportunidade ou briga com o irmão ela vai amarrá-la embaixo de uma ponte. gente assim não tem noção. o fim maltratar ou abandonar animais. eu fico puta com um "bichos" desses.

    ResponderExcluir
  36. Por isso é importante a castração...os termos de adoção e a chipagem,porque ai sim um ser destes toma juizo..só tomará quando for penalizado severamente.
    educar as crianças é um modo de amenizar o problema.
    quarde a placa e denuncie a listas de proteção animal..a galera pode ajudar indico na qual faço parte: libertacaoanimal@yahoogrupos.com.br
    abraços

    ResponderExcluir
  37. Joga a placa na busca do site do DETRAN que vc vai saber quem é e onde mora o dono do carro. E não custa mostrar que tá de olho, né?

    Bjooo

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…