Junho 2009 - * Blog Elaine Gaspareto *

Assim seja!

em 30/06/2009









QUERO LER O POST COMPLETO

O post mais legal de todos(parte 1)


Esta é para você, blogueiro/a que passa por aqui neste belo começo de semana...

Qual seu melhor post? Qual foi o post que você mais gostou de ter feito até hoje? Aquele que mais te deu satisfação, ou então aquele que você achava que não ia agradar ninguém e acabou rendendo...

Qual o post do seu próprio blog que você mais gostou?

Deixe o link nos comentários e dia 01/07 eu vou fazer um guest post com todos os links que vocês me mandarem. Todos os links indicados poderão ser então lidos e os cinco mais votados irão participar de uma enquete para escolher o melhor post! E tem um prêmio!!! Um áudio-book "O caçador de pipas"!

Participe, vai! Alegre meu dia com seu post preferido!!! E caso seu post esteja entre os mais votados divulgue em seu blog. A enquete será postada dia 04/07 e ficará "no ar" até dia 09/07.





Não sabe como mandar link? Faz assim:

Escolha o seu melhor post e clique sobre o título. Vai aparecer na janela do seu navegador o endereço deste post em seu blog. Então você copia tudo o que aparecer em seu navegador: isto é o link para o post que você escolheu e é este endereço que você cola nos comentários aqui!
QUERO LER O POST COMPLETO

A paz que eu procuro...

em 29/06/2009




Em todos os lugares, em praticamente todos os países, quase todas as pessoas "de bem", todos querem a paz...Você quer paz? Eu também. Então se a paz é algo que todos queremos, por que ela não existe? Sabe o que eu acho? Que a paz começa dentro da gente. Porque é dentro do coração que começam também as guerras...


Então hoje, dia em que começamos mais uma semana de trabalho e portanto de contato com pessoas talvez tão diferentes de nós, vamos plantar a paz? Paz nas palavras, paz no olhar, paz nos gestos, paz na voz. Se alguém tentar te roubar a paz, não permita. Ao contrário, reparta sua paz com esse alguém... Falar com educação, sorrir e não agredir nem com palavras nem com olhares, dizer palavras boas e sobretudo exercitar a tão desgastada paciência...


Tenha um dia de paz!




Espalhe paz por onde você passar!


Vamos espalhar paz por aí? Hein? Topa?
QUERO LER O POST COMPLETO

Este blog merece ser visto!

em 28/06/2009

Em todas as minhas andanças pela blogosfera eu vou garimpando blogs muito legais. Às vezes eu adiciono aos favoritos, às vezes eu assino o feed, noutras eu linko ao Um pouco de mim... E agora me veio a ideia de falar um pouco desses blogs que eu vou conhecendo ao longo do tempo e que têm algo a dizer. Uns são pessoais, outros são poéticos, outros literários...Então, uma vez por semana e sempre aos domingos eu vou colocar aqui um pouco de um blog legal e interessante de se ver. Venha passear comigo; você vai gostar!


Um dia eu estava assistindo ao programa Direção Espiritual apresentado pelo Pe. Fábio de Melo e ele começou a falar de um livro que o havia interessado muito por conta do relato que o livro trazia. Pois bem, um belo dia estou eu pulando de blog em blog, aprendendo ainda o que seria isso de blog e eis que me deparo com o blog da autora do livro que o Pe. Fábio citara em seu programa. Foi assim que eu conheci a Renata e o seu Vem ni mim lili demorada. O blog tem o mesmo nome do livro que ela escreveu após passar por uma situação que só mesmo uma mulher de fibra poderia passar sem pirar...e ainda tirar da experiência força suficiente para um livro!

O blog dela é bem escrito, e o ponto forte são os comentários acerca de fatos, fotos, notícias e curiosidades em geral, sempre com um humor fino e delicado. E a Renata foi a primeira pessoa a acompanhar meu blog, isso quando eu nem sabia o que estava fazendo(ainda não sei...) e sempre foi muito gentil. Apesar dela dizer que é meio antissocial "bloguísticamente" falando...
Então já sabe, né? Hoje é dia de conhecer mais um blog legal. Vale a pena o clique. Aqui, ó!

E aqui eu indico algumas coisas muito boas que eu li durante a semana:
O Vagner escreveu um texto que foi o mais gostoso de ler esta semana. Fala do seu encantamento pelas...mulheres. E fala com tanta paixão que a mulherada vai se derreter. Eu amei!

A Marina falou de um sonho neste post aqui. Sonho meu, e tenho certeza que sonho seu também...

A Gaby elaborou um post imperdível sobre violência doméstica inspirada neste post meu. Não deixe de conferir.

A Helô postou uma poesia linda e...bem, corre lá e veja! O blog todo aliás...


A Carla escreveu sobre preconceito e discriminação. O post é uma coisa de lindo, e as amigateiras vão amar! Leiam, tá?

A Talita publicou uma entrevista...comigo! Não leu? Ah!!! Tudo bem, lê aqui!
QUERO LER O POST COMPLETO

Selado e carimbado...

em 26/06/2009




Este selo eu o recebi da Laura e tem regrinhas:

5 características minhas: leal, sincera, teimosa, determinada e paciente(marido não leia!)
5 desejos: ter saúde, ter trabalho, ter dinheiro, ver o mundo em paz e quando morrer ir para o céu.

5 blogueiras(os) para receber o selo e responder ao meme:
  1. Orgulho de ser, da Nade;
  2. Espelho, da Rejane;
  3. Blog da Gi, da Giselle;
  4. Vem desfrutar do amor de Deus, da Márcia e
  5. Patinhas Virtuais, da Tânia.





Este selo veio da linda Cíntia, e também tem regrinhas:




Exibir a imagem do selinho no blog.
- Repassar para dez amigas blogueiras
- Avisar as pessoas que receberam o mimo.
E os blogs muito mágicos que indico são:

  1. Lírico, do Vagner: um blog lindo de um menino lindo.

  2. Gule anda, do Luciano: super bem escrito.

  3. Cuidado por Deus(Deus cuida de mim) , do Marcone: sensível e que faz pensar.

  4. Joéliton dos Santos, do Joéliton: uma delícia de ler.

  5. Prá ler no banheiro, do Francisco: textos bem feitos e um humor fino e inteligente.



Eram 10, mas eu sou a quebradeira de regras oficial dos blogs...




Este selo foi um presente do Olavo e eu quero repassá-lo à 3 amigas muito queridas:




  1. Ana, do querido Anjogatos;

  2. Lulu, do delicioso O admirável mundo novo da Lulu

  3. Lygia, do Sobre amores e anjos.

QUERO LER O POST COMPLETO

Moça de família...


Você é uma moça, ou um rapaz de família?
Então, daí que eu não sou, nunca fui... Ainda bem que marido não se importou com isso...E antes que você pense abobrinha, vou clarear:

Sabe quando um menino ou uma menina começa a namorar e os pais dessa pessoa fazem perguntas sobre o/a pretendente a parente? Perguntas do tipo: "Os pais vivem juntos?", "Ela/ele estuda?", "A família mora onde?", e por aí vai...Poi se eu fosse medida pela minha família eu estava era perdida: pais separados e que não se falam, irmão querendo separar dia sim dia não, primos na cadeia, prima de caso com homem casado, prima com filho de homem casado, prima sendo pega em flagrante pelo marido com amante dentro de casa, prima dando tiro em marido na saída de motel, tio preso por tráfico, tio morto pelo tráfico, prima processada pela Receita Federal (já falei que tenho umas 50 primas, né?), tia largando o marido por amante 20 anos mais jovem...Chega, né? E dá para ver que assunto para o blog não faltará jamais!

Mas antes que você pense que só tem doido na minha família eu vou logo dizendo que a maioria é gente comum, tá? Gente boa, que trabalha e não rouba/mata/trafica/se mete em roubada.

Ah,porém para manchar ainda mais o clã, tem um vereador...

QUERO LER O POST COMPLETO

Das coisas que eu gosto...

em 25/06/2009

  • falar com Deus
  • ler
  • cozinhar
  • blogar
  • dormir
  • trabalhar





          Pena que não dá para fazer tudo:




                Se leio, não blogo; se blogo não durmo, se durmo não trabalho; se não trabalho vou cozinhar o quê?; se não leio, não aprendo; se não aprendo vou blogar o quê?; se não durmo não consigo nem pensar! E se não converso com Deus tô lascada!!!




          Oh, dúvidas! Decisões...

                Um post mais levezinho pra contrabalançar...
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Dores e humilhações...

            em 24/06/2009



            Contrariando a minha regra pessoal de vida que reza jamais me meter em vida alheia eu fui falar com minha prima. Que prima? Essa aqui.


            Então, eu fui, ou melhor dizendo, ela passou pela minha casa para deixar umas roupinhas de bebê para o nenê da minha irmã que vai nascer e a gente conversou um pouco.


            Ela ainda traz as marcas da última briga e eu senti meu coração apertar ao olhar para o rosto dela... Como não sou muito de rodeios eu perguntei por que ela ainda estava com um homem do qual ela própria diz ter medo. E só a resposta já daria uns muitos posts...


            Ela diz que quando se tem filho a gente não é mais tão livre como quando não existe criança. Contou que a maior ameaça dele é sumir com a Bruninha, e que não há nesse mundo polícia que ache ele; que o mundo é grande e a 'gente" dele o apóia. Além disso tem o fato de que ele é mesmo muito violento e ela fica com medo de enfrentá-lo...Tem outra coisa: nós vivemos em uma cidade pequena, onde oportunidades de emprego são pequenas, especialmente para uma mnulher com mais de 40 anos. E isso assusta. E por incrível que pareça ela diz que ser separada é ruim para uma mulher. Ouve sempre dizer que ser sozinha é ruim, e os pais sempre viveram juntos, e ela não tem coragem de ser separada...Ouvi tudo, pasma e ainda mais triste. Disse a ela sobre a possibilidade de denúncia em caso de violência física e ela disse algo que eu não pude rebater: "Eu chamo a polícia, a polícia vem, e depois: A polícia não vai viver dentro da minha casa sempre. Chega uma hora que serei eu e ele. E aí?" Falei da minha tia, que quer ela de volta para morarem juntas e ela disse que isso não daria certo pois a casa nunca seria dela, e ela e a filha seriam sempre hóspedes. Eu a compreendi.


            Antes de ir embora ela me olhou e disse algo que eu ainda agora não consigo deixar de ouvir: "Laine, cada um vive a vida do jeito que ela chega. Não era isso que eu queria, eu também queria ser alegre. Mas ele é assim.E o que eu posso fazer?"


            Então eu segui o conselho de uma querida que leu o post sobre esse assunto e disse que se ela precisasse de qualquer coisa, fosse que hora fosse, que me dissesse. Ela foi embora e eu fiquei pensando se fiz bem, se não teria sido melhor ficar quieta...Poi sei que além da humilhação se ser vítima de violência, ainda por cima tem a humilhação de saber que os outros sabem, e que se é motivo de pena...

            Gostaria de poder ajudar de fato...Gostaria de poder fazê-la ver que ela vale mais, merece mais...
            Ah, meu Deus.
            QUERO LER O POST COMPLETO

            "Mas eu te mordo de ciúme..."

            em 23/06/2009

            Ciúme, eu sei
            É bobeira que a gente tem...
            É a dor desconfiada
            De saber que o que é da gente
            Possa ser de outro também...


            Dizem que o ciúme é a justa medida do amor. Eu não acho. Talvez por não ser mínimamente ciumenta eu tenha receio de quem justifica o ciúme dizendo-o inseparável do amor. Inseparável do amor é a lealdade, mais até do que a fidelidade; inseparável do amor é a tolerância, a amizade, o cuidado com o ser amado. Ciúme é perigo, pode apostar. Até porque normalmente o ciumento tem mais amor a si próprio do que ao outro. É o medo de perder, o medo da rejeição pública, medo de ser só. Mas nós somos mesmo imperfeitos, então é preciso vigiar. Não vigiar o outro, mas a nós mesmos... Acesso de ciúme deixa acuado quem deveria se sentir apenas amado...
            Você tem crises de ciúme?
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Vida de cachorro

            em 22/06/2009

            Então, eu quero levar vida de cachorro porque tem hora que o bicho homem me estressa...

            E aí, bora levar uma vida de cachorro?





            E já que hoje é uma segunda-feira cheia de novas chances e de novas possibilidades:


            Afinal, hoje é o dia para ser mais feliz do que ontem, mesmo sendo segunda-feira!

            QUERO LER O POST COMPLETO

            Minha música, meu momento...

            em 21/06/2009

            Fui adolescente nos anos 80. Isso por si só já valeria um blog, de tanto assunto que dá. A maneira como aqueles anos moldaram toda uma geração, o quanto artistas surgidos naqueles anos até hoje são uma baita referência para tanta gente. Basta lembrar que foi a década de Legião, Cazuza, Barão Vermelho...E para desespero dos críticos: Menudo, Michael Jackson, Madonna... Tudo o que lembro dessa época tem trilha sonora...Vou contar um desses momentos, com a trilha sonora que ele teve, e ainda tem em algum cantinho da minha memória afetiva.

            Get this widget Track details eSnips Social DNA

            Foi um pouco depois que esta música estourou que eu me apaixonei pela primeira vez. Você lembra do seu primeiro amor? Eu lembro... Ele era 11 anos mais velho do que eu e lindo, lindo. Cabelos claros, olhos azuis....Exagerados mesmo eram os rompantes de ciúme...As puladas de cerca para sair com os amigos...As minhas infantilidades e dificuldades de compreensão.E em todos os momentos Cazuza parecia que estava lá, sabe? Esteve no 1º beijo,que aliás detestei, esteve na iª briga, que detestei também, esteve na 1ª separação, esteve na 1ª volta, esteve no fim... Como é mesmo exagerado um primeiro amor! Tudo é intenso, tudo dói mais, tudo tem proporções exageradas. Chorava por ele, ficava sem comer, sem dormir, sem rir. Sofri quando ele sumiu da minha vida sem dizer uma palavra. Exagerado...

            Mas acabou. Então um dia estou eu linda e loira sentadinha em uma sorveteria esperando aquele que viria a ser marido e eis que me aparece quem? Meu amor do passado...Já ia para mais de 8 anos que não o via, sabia que ele tinha se casado e tido um filhinho mas ver eu nunca mais havia visto. Ele parou para me cumprimentar, estava sozinho esperando a mulher que estava sei lá onde. Conversamos. Disse que eu estava bonita, perguntou se estava bem. E disse algo que eu não esperava: Que havia realmente me amado, que sempre lamentou o fim do nosso namoro e que se fosse hoje seria diferente...Ele era mais velho, deveria ter tido mais paciência...Depois se despediu e foi-se...Fim.

            Então hoje, passados mais de 20 anos, eu ouço essa música e lembro de um amor do passado, gostoso de lembrar mas que ficou no passado. Ah, o passado...Anos 80...Exagerado!!!

            "Eu nunca mais vou respirar se você não me notar; eu posso até morrer de fome se você não comentar, ops, me amar...""

            QUERO LER O POST COMPLETO

            Vale a pena conhecer este blog!

            em 20/06/2009

            Em todas as minhas andanças pela blogosfera eu vou garimpando blogs muito legais. Às vezes eu adiciono aos favoritos, às vezes eu assino o feed, noutras eu linko ao Um pouco de mim... E agora me veio a ideia de falar um pouco desses blogs que eu vou conhecendo ao longo do tempo e que têm algo a dizer. Uns são pessoais, outros são poéticos, outros literários...Então, uma vez por semana e sempre aos domingos eu vou colocar aqui um pouco de um blog legal e interessante de se ver. Venha passear comigo; você vai gostar!



            Conheci o blog Nana tricô, gatos e outros amores através do Concurso Qual seu blog preferido? que eu realizei aqui. Ela veio votar, e eu fui retribuir a visita. Trata-se de um blog lindo, gostoso de ler, bem pessoal e charmoso. A Nana é psicóloga e gateira apaixonada. Tem uma filha chamada Rayssa e cada gatinho lindo que você não imagina! Sabe aqueles blogs que te prendem tanto pelo blog em si mas especialmente pela pessoa que o edita? Então...

            Mas você pode estar pensando: uma mãe de cachorro indicando um blog gateiro? É que quem ama os animais ama a todos, e as amigas gateiras foram as primeiras a me receberem com afeto no mundo dos blogs, ainda que gateira mesmo eu não seja.


            Então corre lá e conheça este blog lindo de uma gateira apaixonada!




            E como eu ando lendo muita coisa boa, além do blog da semana eu vou indicar alguns posts específicos que eu li e gostei:


            → A Nina contou como foi pedida em casamento, numa narrativa para chorar...de rir!

            → A Grazy deu uma receita de Sonho de valsa que eu fiz na sexta-feira e é de comer rezando.

            → A Lulu postou um teste de personalidade que me deixou com medinho! Corre lá e faz o seu!

            → A Ana passou por uma tristeza muito "triste" e mesmo assim fez a coisa certa.

            → A Marina falou sobre reputação e caráter, e isso que ela é uma menina de 16 anos!!!

            Excepcionalmente nesta semana eu estou postando as dicas no sábado pois domingo tem Blogagem Coletiva "Minha música, meu momento". Não deixe de conferir!

            QUERO LER O POST COMPLETO

            A alma das palavras

            em 19/06/2009




            Qual a palavra que você mais diz? E qual palavra você mais ouve? E em qual palavra você mais pensa?
            Eu acredito que nada "mancha" tanto a gente quanto as palavras que saem da nossa boca. E quanto custa pronunciar certas palavras... Quanto custa dizer um "Perdoe-me" ou "Você é importante para mim"! E como sai fácil uma palavra malcriada, uma palavra para machucar... Algumas palavras a gente até usa, mas poderia usar com mais verdade: "Obrigada", "Por favor". Outras a gente nem deveria conhecer: "Você não presta", "Nunca mais fale comigo", "Por que você não morre?"

            Palavras têm alma, sabe? E a palavra dita é como a pedra arremessada:não volta...
            Então hoje, sexta-feira, com um final de semana abençoado chegando, carregando consigo tanta coisa boa, vamos combinar uma coisa?
            Vamos só dizer palavras boas, palavras que edifiquem ao invés de destruir?
            Amo você!
            Como esta roupa fica bonita em você!
            Tenha um bom dia!
            Seu trabalho está bom.
            Quer almoçar comigo?
            Posso te ajudar?
            Precisa de alguma coisa?
            Obrigada.
            Por favor.
            Com licença.
            Estou com saudades.
            Gosto do seu blog.
            Fique com Deus.
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Raiva, e não é pouca não!!!

            em 18/06/2009




            Eu tenho uma prima. Na verdade eu tenho bem umas cinquenta, mas agora isso não vem ao caso. O que me fez sentar aqui e começar este post foi a raiva. Raiva da prima em questão e do imbecil com quem ela teve o azar de casar. Peraí que eu explico:


            Durante toda a vida de solteira eu vivi na mesma rua, na mesma casa. E fui vizinha dessa prima; embora não tenhamos própriamente crescido juntas dados os 6 anos que nos separam, sempre fomos muito próximas. Na adolescência ela era a moça mais bonita que eu conhecia: alta, morena e popular com os garotos, enquanto eu era ainda uma menina ela já saía para as festas e bailes. O 1º baile ao qual eu fui na vida foi ela que me levou...Passamos a sair juntas, já que meu pai só permitia que eu pusesse os pés fora de casa se fosse com ela...Ela era linda, namoradeira que só, e uma das mulheres mais dedicadas ao trabalho que eu conheci. O tempo passou, eu comecei a namorar e a gente meio que se afastou. Mas eu ainda tinha por ela muito carinho, tanto que ela foi madrinha do meu casamento(única prima, aliás). Depois de casada, eu quase não falei mais com ela, que continuou solteira por muito tempo ainda. Pois bem, há cerca de 7 anos ela conheceu um tipo, desses ignorantes e grosseiros que fariam uma mulher sensata dar no pé. Ela não deu no pé, ao contrário engravidou dele e foram morar juntos. Ela com 39 anos, meio desiludida com a vida e ele bebedor de cachaça e desempregado. Nasceu a filhinha dela, uma coisa de tão linda. Mas...


            Para encurtar a conversa: há 2 anos ela ficou 4 dias internada com escoriações pelo corpo por conta de uma surra que levou do infeliz. Meus tios fizeram de tudo para que ela voltasse para casa e deixasse o sujeito. Jacaré deixou? Nem ela. Ano passado meu tio faleceu. No dia do enterro do próprio pai ela teve 2 dentes quebrados pelo marido. E domingo passado ela estava com o rosto inchado, cheio de marcas roxas. Ela tem 42 anos e aparenta muito mais; nunca mais usou batom, nem corta o cabelo pois ele não gosta. Usa roupas velhas e dadas pelos parentes. Ele não a deixa trabalhar. Ele não e deixa viver...


            Fomos criadas mais ou menos do mesmo modo, na mesma família, ela era independente, bonita e poderia ter sido tudo tão diferente. Ainda pode. Minha tia quer que ela se separe. Ela não quer. Alega medo dele, das ameaças de morte, alega medo de ser separada, medo de sei lá o quê...


            Deveria ter pena, mas tenho raiva. Pela filhinha dela, pela minha tia velhinha, por cada mulher que se deixa destruir dessa forma. Tenho raiva por ela...Pela moça bonita, paquerada e feliz que me inspirou no passado e que ela deixou que fosse surrada até sumir...
            QUERO LER O POST COMPLETO

            As coisas mudam.

            em 17/06/2009

            Nesta vida

            Sempre é sábio
            Tratar todos muito bem.

            E ser gentil e amável sempre...

            Pois as coisas mudam...


            Não é?


            QUERO LER O POST COMPLETO

            10 dicas sobre Ética Blogueira

            em 16/06/2009


            Assim como nas relações ditas reais as relações via blog têm sua ética própria. Mas isso eu só fui percebendo com o tempo.

            Quando eu comecei o blog, em setembro do ano passado, não fazia ideia do que era um blog. Achei que ninguém leria, que era uma coisa minha. Mas fui mexendo, aprendendo a configurar e um dia quase infarto de susto ao receber meu 1º comentário, e o 1º a gente nunca esquece.... Durante esse tempo eu fui aprendendo umas coisinhas e é disso que vai falar o post de hoje.

            Ética no mundo dos Blogs



            1. Gosta de comentários no seu blog? Então, os outros também gostam. Para ser visitado, visite. Até porque se não for assim, como saberão que seu blog existe???

            2. Quando comentar, faça-o com pelo menos seu nome. Comentário anônimo é uma grosseria. No meu blog eu tive dois casos em que o comentário anônimo se justificava em função de ser a narrativa de um caso muito íntimo e as pessoas tinham mesmo toda a razão em se manterem no anonimato. Então, identifique-se. Sempre.

            3. Comentários grosseiros eu deleto na hora. Não sou grosseira e não vou aceitar grosseria em minha casa. Discordar de mim sempre pode mas ser mal educado não rola.

            4. Ainda no quesito comentário, sabe aquele padronizado? Tipo: " Legal seu blog. Visite o meu."? Pode apostar que eu não vou nem passar perto. Se parou para comentar, comente. E se quer atrair visitantes, faça comentários relevantes, que despertem a curiosidade das pessoas em relação à você e ao seu blog. Sem falar no quanto é feio encontrar o mesmo comentário em inúmeros blogs, todos iguais, e feitos pelo mesmo cata-visita.

            5. Caso receba uma visita gentil, eu sempre retribuo, sempre mesmo. Se alguém se inscreve para acompanhar meu blog, eu tento agradecer. Como diz a Cláudia: "Gentileza gera gentileza.".

            6. Sabe aquele(a) blogueiro(a) que fica pegando no pé? "Eu te linkei e você não retribuiu..." ou "Você não retribuiu a minha visita..." ou ainda "Você sumiu do meu blog, o que foi que eu fiz? Por que me trata assim?" Francamente, isso é muito chato. Assim como eu não gosto de gente ríspida, também não me dou com gente muito chata. Seja simpático e gentil, jamais chato. Ninguém gosta de cobrança.

            7. Graças a Deus eu recebo muitos selos de amigos queridos. Mas evito ficar forçando a barra com quem não gosta. Sempre pergunto antes, e deixo a pessoa à vontade para publicar ou não. E ficar vigiando se a pessoa postou ou não é o fim...

            8. Mentiras sempre são ruins. E comentários maldosos também. E falar mal dos outros em blog alheio é ruim também. Já tentaram usar meu blog para guerrinha pessoal entra blogueiros. Eu não gosto disso e acho falta de educação.

            9. Se gostar de algo que leu e quiser copiar, peça autorização ao editor do blog. Isso é muito importante. Foi assim que eu conheci algumas pessoas muito legais, como a Ana (lembra Ana?); vi um texto no blog dela, pedi para reproduzir e ficamos amigas. A Ana Filipa já me "homenageou" duas vezes no blog dela(aqui e aqui), e a Magda também já citou posts meus. Lembre-se sempre de que plágio irrita. E dar os créditos é sempre simpático.

            10. Para concluir eu quero dizer que nem sempre a gente está de bom humor. Uma vez eu recebi um comentário onde a pessoa reclamava que eu estava "diminuindo a produção do blog", que os textos estavam tristes e que eu não podia fazer isso com os meus leitores.
              Meu blog é parte de mim, e ele reflete meu interior. Como já disse, convém respeitar o blogueiro, respeitar seu tempo e seu estado de espírito. Blogueiro também é gente...



            E você? Tem algo que gostaria de acrescentar? Diz aí! Fala, vai! Conta prá mim...
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Plantando um blog-10 dicas para ter um blog legal

            em 15/06/2009




            Quando eu comecei a blogar tinha inúmeras dúvidas. Ainda tenho, aliás. E sempre me pergunto como tornar o Um pouco de mim mais atraente para quem visita. Então cheguei a algumas conclusões sobre um blog legal, gostoso de ser visto e também em relação a uma espécie de ética blogueira que eu aprendi na blogosfera. Quero partilhar com você:


            Como ter um blog legal


            Dicas de uma iniciante que até há menos de 1 ano atrás não sabia nem digitar (no caso, eu)




            1. Aprendi a evitar gifs piscantes; cansam a vista e sobrecarregam o blog. Acho lindo, então escolhi apenas 1.


            2. Fundo escuro é bom para colocar fotos mas ficar lendo em negativo é cansativo(rimou). A menos que tenha pontos de luz.


            3. Colocar código hmtl em demasia faz a página ficar lenta para carregar e pode fazer o visitante desistir já que nem todo mundo possui banda larga.

            4. Se os textos forem excessivamente longos menos gente lê até o fim; se forem curtos demais as pessoas podem não assimilar sua ideia.


            5. Eu gosto muito de selos mas deixar a sidebar lotada polui o visual do blog. Prefiro postar assim que receber e pronto. Outra opção são os slides.


            6. Eu sempre evito voltar a blog mal escrito, onde o editor usa linguagem de msn. Quer ser lido? Escreva com capricho.


            7. Ao configurar seu blog para receber comentários, opte pela janela pop-up e desabilite a confirmação de palavras; isso não serve para nada além de atrasar quem está mortodepressa (certo Dri Viaro?).


            8. Já aconteceu de você chegar em um blog e não saber com quem está falando? Comigo já e eu não gosto. Coloque uma descrição (mesmo suscinta) logo no começo do blog: facilita a vida de quem te lê.


            9. Gosta de música no blog? Então opte por um radinho desligado que o visitante ouve caso queira. Isso porque eu já levei cada susto com a música tocando assim que eu abro determinados blogs! Imagina quem acessa seu blog do trabalho, por exemplo? Eu tinha, amava mas me disseram que era melhor não tê-lo ligado automaticamente e eu me desapegeui (mas doeu).


            10. Às vezes eu coloco link em alguma postagem; então tento colocar o link correto pois é frustante não conseguir acessar a página sugerida porque o link está errado. Para não perder a credibilidade, capriche.


            Para o post não ficar imenso e chato, amanhã eu falo um pouco do que aprendi sobre Ética no blog. Lembrando que são minhas opiniões e discorda quem quiser...

            Você tem mais alguma dica para um blog ficar bom de verdade? Conta prá mim!
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Conheça este blog!

            em 14/06/2009


            Em todas as minhas andanças pela blogosfera eu vou garimpando blogs muito legais. Às vezes eu adiciono aos favoritos, às vezes eu assino o feed, noutras eu linko ao Um pouco de mim... E agora me veio a ideia de falar um pouco desses blogs que eu vou conhecendo ao longo do tempo e que têm algo a dizer. Uns são pessoais, outros são poéticos, outros literários...Então, uma vez por semana e sempre aos domingos eu vou colocar aqui um pouco de um blog legal e interessante de se ver. Venha passear comigo; você vai gostar!




            Conheci este blog por acaso, e para falar a verdade eu nem lembro como foi... Mas lembro da delicadeza com que essa loira me recebeu em seu delicado Blog da Gi.Trata-se de um blog feminino na melhor acepção da palavra, sensível e escrito numa linguagem coloquial deliciosa pois parece que a gente está falando pessoalmente com a dona do blog. A Gi tem um filhinho, é separada e faz uns selinhos fofos! Amiga dos amigos, eu já vi em seu blog muitas referências a outros blogueiros, além de ser mesmo muito bem humorada e atenciosa.
            Clica aqui e conheça um blog que realmente faz a gente abrir um sorriso...

            E já sabe, né? Diz que viu aqui!
            QUERO LER O POST COMPLETO

            A história da lagarta...

            em 13/06/2009






            Imagine uma lagarta.

            Ela passa grande parte de sua vida no chão, observando os pássaros, indignada com seu destino e com sua forma.Muitas vezes ela pensa:"Sou a mais desprezível das criaturas, feia, repulsiva, condenada a rastejar pela terra."Um dia, entretanto, a Natureza pediu que fizesse um casulo.A lagarta se assustou e naquele instante pensou que estivessem construindo para ela seu túmulo...Já estava quase preparada para morrer...Indignada com a vida que ela teve, reclamava novamente com Deus."Quando finalmente me acostumei com a terra, o Senhor me tirou o pouco que tenho."Desesperada, se trancou no casulo e aguardou o fim de sua vida.Alguns dias depois, tornou-se uma das mais lindas borboletas... Nem ela percebeu quão linda se tornou.


            Eu quero, nesta semana, não reclamar com Deus dos problemas que surgem em minha vida, quero antes louvar e agradecer por cada dificuldade...


            Vamos fazer isso juntos? Pois muitas vezes não enxergamos a grandeza que existe por detrás do que Deus tem preparado para cada um de nós...

            QUERO LER O POST COMPLETO

            Mensagem para o dia dos namorados...

            em 12/06/2009



            Por favor tente não querer me matar caso você tenha chegado aqui achando que encontraria alguma mensagenzinha romântica para hoje... É que de romântica eu não tenho nada, sabe? Mas eu quero contar umas coisinhas sobre casamento...


            Senta que lá vem estória:


            Outro dia eu vi uma matéria no Fantástico dizendo que namorar tá difícil. Agora calcula casamento...Um de 13 anos e meio, por exemplo...O meu, no caso.Já falei disso aqui, mas sempre tem sentimento novo pipocando então vai daí que eu quero dizer que casamento é bom mas tem hora que a gente (eu) pensa: "Porque eu fui me meter nisso, meu Deus?" Porque viver com uma pessoa tem hora que não é fácil não. Muita gente me pergunta, e isso até via Google, qual receita para um casamento durar. Sabe qual é? Passar o menor tempo possível junto. Chocante? Pode ser, mas é isso que eu percebo. E esta é a minha vivência, que pode não servir para mais ninguém...


            Imagine você e seu marido/namorado/namorido juntos o dia todo. Maravilha, pensará a mocinha romântica; ai meu Deus me ajuda, dirá a mais prática assim como eu. Explico: Quanto mais tempo junto mais a gente se atrita, e isso não é só com o amor da nossa vida não! Agora imagine um casal que fica junto poucas horas por dia, uma ou duas no máximo. Vai faltar tempo para procurar pelo em ovo, né? Eu sei, pois esta semana marido ficou de folga do trabalho e nós dois parecíamos dois gatos fazendo "fuss" um para o outro o dia todo. Após uma semana de grude eu deixei de querer ser casada? Claro que não. Ele deixou de querer ser marido? Hum, acho que não. Mas eu não vejo a hora da segunda-feira chegar...


            E tem mais uma coisinha: gosto de dia dos namorados não. Isso de ter que fazer malabarismo só porque tá todo mundo fazendo é muito constrangedor. Se não fizer algo romântico fica parecendo que o amor é de 2ª categoria...E eu detesto essa forçada de barra. Serei doida???
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Em defesa de nós

            em 11/06/2009






            Não lembro bem o ano, mas do episódio todo mundo lembra: um pastor da IURD, durante um culto em pleno Dia de Nossa Senhora Aparecida, pôs-se a chutar uma pequena imagem de gesso representando a Santa tão querida dos católicos. Enquanto desferia pontapés na pequenina imagem ele dizia coisas de cunho racista por ser a imagem negra.



            Em dezembro do ano passado a Playboy mexicana estampou em sua capa uma modelo vestida(digo, despida) como se fosse uma representação de Nossa Senhora. E ainda trazia a legenda "Nós vos adoramos, Maria", já que a tal modelo chama-se Maria, daí o infeliz trocadilho...



            Eu sou católica, então é natural que estas agressões me afetem, você dirá. Acontece que eu me ofendo sim quando são símbolos de outras religiões os envolvidos em algum episódio de preconceito e desrespeito. Graças a Deus eu tenho feito amizades preciosas via blog, e muitas dessas pessoas são evamgélicas, muçulmanas, judias, espíritas...E acredito que aquilo que eu não quero que se faça em relação ao catolicismo as outras pessoas repudiam quando se trata da sua própria fé.



            Respeitar aquilo que é diferente nem sempre é fácil; eu por exemplo não gosto de esoterismo, leitura de mãos, cartas, tarot, gnomos e fadas. Mas tem quem goste e nem por isso a pessoa é menos merecedora de respeito do que quem compartilha a minha fé cristã. Aliás, gente boa e gente má existem em todo lugar, seja dentro da Igreja adornada pelas imagens da Virgem e de São José, seja no templo evangélico tradicional, seja na loginha tornada igreja para abrigar o culto pentecostal, seja nos terreiros da umbanda, seja na sinagoga,
            seja na mesquita.



            Lamento também todo o preconceito a que cristãos católicos muitas vezes são submetidos por conta do comportamento execrável de algum padre. E fico triste quando vejo que mesmo entre os que se dizem católicos as ofensas à Igreja acontecem.



            No mundo em que vivemos hoje tem espaço para todas as ideologias, mas parece que não há espaço para o respeito sincero. Para quem professa uma fé esta mesma fé é algo essencial na vida;a vivência dessa fé é parte inseparável da pessoa e qualquer ofensa pode vir a magoar. Eu não gostei de ver o tal pastor chutando a imagem, e não gostaria do mesmo jeito se fosse um símbolo do Islã, do Judaísmo ou uma foto do Lutero.


            Em tempo: em minha casa eu não possuo imagens de santos pois marido não gosta e eu respeito pois a casa é dele também. E para quem quiser saber: não, nós católicos não adoramos imagens pois adoração é devida somente a Deus e a imagem é como uma foto. Mas são sagradas, não por si mesmas, mas por quem elas representam.



            E não se trata de defender Deus pois Deus é Deus independente de eu e você acreditarmos ou não e Ele não precisa de defesa, mas trata-se sim de defender o direito que toda pessoa tem de ser respeitada. Ainda que sejamos mesmo muito diferentes...




            Este post foi inspirado aqui.



            <
            QUERO LER O POST COMPLETO

            O voo do rato

            em 10/06/2009


            Um jovem piloto experimentava um monomotor muito frágil, uma daquelas sucatas usadas no tempo da 2ª Guerra, mas que ainda tinha condições de voar. Ao levantar vôo, ouviu um ruído vindo debaixo de seu assento: era um rato que roía uma das mangueiras que davam sustentação para o avião permanecer nas alturas.Preocupado pensou em retornar ao aeroporto para se livrar de seu incômodo e perigoso passageiro, mas lembrou-se de que devido à altura o rato logo morreria por falta de oxigênio.Então voou cada vez mais alto e notou que acabaram os ruídos que estavam colocando em risco sua viagem conseguindo assim fazer uma arrojada aventura ao redor do mundo que era seu grande sonho...

            MORAL DA HISTÓRIA Se alguém lhe ameaçar, VOE CADA VEZ MAIS ALTO...

            Se alguém lhe criticar, VOE CADA VEZ MAIS ALTO...

            Se alguém tentar lhe destruir por inveja e fofocas, e por fim, se alguém lhe cometer alguma injustiça, VOE CADA VEZ MAIS ALTO...

            Sabe por quê? Os ameaçadores, críticos, invejosos, são como os "ratos": não resistem às grandes alturas.
            “Voa amigo, voa alto,
            Não sejas gaivota no mar,
            Porque se voares muito baixo,
            As pessoas atiram para matar”
            Canção espanhola
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Glamour, "dorado", perfume...

            em 09/06/2009

            Dia de postar meus selinhos recebidos....atrasada, atrasada...



            Este eu ganhei da Ana e tem etapas ( quanto glamour!)
            Primeira Etapa:
            1- Listar cinco desejos de consumo que a deixariam mais glamourosa: 1 carrão, 1 milhão, 1 mansão. Tá bom, né?
            2-Fazer uma lista com oito coisas que gostaria de fazer antes de morrer: nadar, voar, dirigir o carrão, escrever um livro, aprender a pintar, conhecer a Itália, assistir a um jogo de futebol no Maracanã e completar 100 anos.

            3-Deixar um comentário para quem a convidou. OK.
            4- Indicar 10 amigas glamourosas e avisá-las que foram escolhidas:
            Cíntia(Meu cantinho), Rejane(Espelho), Elaine(Cor de rosa e carvão), Kariny(Menina Robô) e Giselle(Blog da Gi).

            Eram 10, mas regras eu sempre furo rsrsrs.


            Este selo veio da Laura, do delicioso Coisas frágeis.
            Ofereço à você, amigo(a) que confia e se abre comigo,
            Que me dá abertura pra que eu me abra também.
            Que chega devagar, e vai tomando seu lugar no meu coração
            Que me irrita, que me entende e me perdoa
            Que me aceita
            Que deixa sua palavra amiga, um conselho um puxão de orelha
            Que deixa um pouco de si, e leva Um pouco de mim
            À você que fica só no oi, tudo bem? e tchau...
            Que venha a chance de uma aproximação
            À você que me atura dia, noite e madrugada
            À você que em breve momentos, me faz sentir tão bem.
            Aos amigos que já tenho quero agradecer tudo que têm me ensinado.
            E aos que ainda virão...
            Sejam bem vindos...





            Este selo eu o recebi da Tyna, que com o blog Meu lado contido encanta pela beleza do layout e pelo texto primoroso. Neste selo:
            A cor azul representa paz profundidade e imensidão
            A cor dourada a sabedoria, riqueza e claridade das ideias
            O prêmio em si representa a união entre os blogueiros"
            E como não podia deixar de ser... As regrinhas:
            "Colocar o prêmio em situação visível ou linká-lo.
            Anunciar através de um link o blog que o premiou e premiar até outros 15 blogs,
            avisando os blogueiros sobre a premiação"
            Então vou escolher:
            Janna, Yara, Gaby, Princesa, Guerreira Templante, Fátima, Cláudia Goulart, Cláudinha, Marcone França e Estela.

            Todos lindos, inteligentes e amigos que Um pouco de mim se orgulha de manter.


            Ufa! Consegui!
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Sobre como o amor floresce...


            Estavam três garotos andando juntos pela rua enquanto brincavam de biroca. Peraí, não sabe o que é biroca? Então clica aqui. Pois daí, estavam os três garotos jogando biroca na rua em frente a minha casa. Eram garotos de três tamanhos diferentes: 12, 10 e uns 6 anos mais ou menos. Sabe quando meninos brincam e daí a pouco estão se estranhando? O maior empurrou o do meio, que reagiu ameaçando um chute. O maior novamente cutucou o do meio e deu-lhe um tapa nas costas, e este novamente tentou a reação dando um chega-prá-lá no maiorzinho; enquanto isso eu e o pequenininhó só olhávamos. Cansado de tentar reagir e nada conseguir, o garoto do meio desistiu e foi-se indo em direção ao campo de futebol que tem quase em frente da minha casa. Então ele topou com o pequenininho e, assim como o maior fizera, deu-lhe um safanão. O menininho reagiu: "sai, nem fui eu que te bati, foi ele lá ó!" e desceu a rua ameaçando choro. Fiquei pensando...
            A gente age assim na vida, não é?
            Quando nos confrontamos com alguém ou algo mais forte que nos amedronta ou machuca, descontamos a raiva e a frustração no mais fraco. Homens fazem isso com as mulheres; mães fazem isso com os filhos; chefes com os subordinados; irmãos maiores com os menores...É por isso que eu acho que o agressor foi sempre um agredido antes. E que alguém que diz bater numa criança para educá-la na verdade está é descontando a raiva em quem não tem defesa. Digo o mesmo sobre quem bate no cachorro ou no gatinho quando este faz algo que o dono não gosta.
            Mas eu penso também que em algum momento a corrente da agressão tem que ser rompida.

            ...

            Pare e pense em toda a agressão que você já cometeu, foi vítima ou presenciou. Sempre teve uma violência anterior, não é? Às vezes o marido teve um dia ruim e desforra na esposa, seja física ou verbalmente; ela por sua vez faz o mesmo com as crianças, que assimilam o modelo e se agridem ou agridem os animais...círculo do mal, não é?
            Eu sei como é isso pois eu vivi em uma casa onde a violência era a regra. Pai frustrado, mãe maltratada, filhos infelizes. E animais sempre na mira dos pontapés...
            Com certeza é por conta dessa infância que eu abomino gritos, palavras rudes e agressão. Falo naturalmente alto mas sei diferenciar voz alta de gritaria, e não aceito gritaria em minha casa, nem marido aliás. Lar deve ser lugar de descanso e paz e não feira livre ou campo de guerra.
            Então, eu decidi romper com toda e qualquer forma de agressão, seja ela física, emocional, verbal...
            Amor a gente planta todo dia, e rega... E onde floresce o amor não há espaço para a guerra nem para o temor
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Bem aventurados os puros...

            em 08/06/2009

            Pois amizade... Empatia...
            Afeto...E companheirismo não diferenciam raça, espécie ou condição social...
            E eu tenho muito a aprender com os puros de coração... E você?
            Boa semana!!!

            QUERO LER O POST COMPLETO

            Vale a pena conhecer este blog

            em 07/06/2009





            Em todas as minhas andanças pela blogosfera eu vou garimpando blogs muito legais. Às vezes eu adiciono aos favoritos, às vezes eu assino o feed, noutras eu linko ao Um pouco de mim... E agora me veio a ideia de falar um pouco desses blogs que eu vou conhecendo ao longo do tempo e que têm algo a dizer. Uns são pessoais, outros são poéticos, outros literários...

            Então, uma vez por semana e sempre aos domingos eu vou colocar aqui um pouco de um blog legal e interessante de se ver. Venha passear comigo; você vai gostar!



            Assim que comecei a conhecer o mundo dos blogs eu topei com um blog delicioso e bem escrito,onde a autora mescla assuntos sérios e pessoais com um bom humor e uma delicadeza que me cativaram desde o começo. Trata-se do Entre mãe e filha, um blog lindo que começou escrito a quatro mãos, pela Nina e pela sua filha Laura mas que agora está sendo editado pela Nina apenas( ao menos por enquanto).


            Para alegrar seu domingo e com certeza arrancar um sorriso de você, passe lá e conheça Entre mãe e filha. E também Crônicas de uma menina feliz.


            Diz que viu a indicação aqui, tá?
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Meu sonho

            em 06/06/2009


            Parei as águas do meu sonho
            para teu rosto se mirar.
            Mas só a sombra dos meus olhos
            ficou por cima, a procurar...
            Os pássaros da madrugada
            não têm coragem de cantar,
            vendo o meu sonho interminável
            e a esperança do meu olhar.

            Procurei-te em vão pela terra,
            perto do céu,
            por sobre o mar.
            Se não chegas nem pelo sonho,
            por que insisto em te imaginar?
            Quando vierem fechar meus olhos,
            talvez não se deixem fechar.
            Talvez pensem que o tempo volta,
            e que vens, se o tempo voltar.

            Cecília Meireles


            Porque tem dias que a poesia basta...
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Desejo

            em 05/06/2009

            Preciso dizer mais?Sim, preciso:
            Que Deus abençoe o seu fim de semana!!!
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Dos significados...

            em 04/06/2009


            Saudade, é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.

            Lembrança, é quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo.

            Preocupação, é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.

            Indecisão, é quando você sabe muito bem o que quer,mas acha que devia querer outra coisa.

            Intuição, é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.

            Pressentimento, é quando passa em você um trailer de um filme que pode ser que nem exista.

            Vergonha, é um pano preto que você quer para se cobrir naquela hora.

            Ansiedade, é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.

            Interesse, é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.

            Sentimento, é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.

            Raiva, é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.

            Tristeza, é uma mão gigante que aperta seu coração.

            Felicidade, é um agora que não tem pressa nenhuma.

            Lucidez, é um acesso de loucura ao contrário.

            Razão, é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.

            Amizade, é quando você não faz questão de si mesmo e se empresta para os outros.
            QUERO LER O POST COMPLETO

            Das afinidades e da amizade

            em 03/06/2009





            Ao longo de alguns meses de blog eu conheci muita gente. Com algumas pessoas eu tenho um contato esporádico mas com outras eu "falo" todo dia e quando isso não acontece é como se faltasse algo no meu dia. E posso dizer que tem gente que passa por aqui todo santo dia e que me conhece muito mais do que amigos que convivem comigo há anos. E eu tenho pensado muito nisso, sendo que faz tempo que este post está remexendo na minha cabeça.

            Seus amigos compreendem você de verdade? Querem saber o que você está realmente sentindo e pensando ou só compartilham burocraticamente a vida? Vou explicar melhor onde quero chegar:

            Quando a minha Lolita morreu eu fiquei muito triste. Na sexta-feira de manhã eu fui na clínica e soube que ela acabara de falecer; peguei o ônibus e voltei para casa, chorando durante todo o percurso. Quando ia chegando perto do ponto onde eu desceria, entrou no ônibus uma amiga de muito tempo, do único círculo de amigos que eu venho mantendo há mais de 15 anos. Ao me ver aos prantos ela perguntou o que havia ocorrido e eu contei. Fui repreendida na hora; e depois ela achou graça que eu ficasse assim por causa de um cachorro. Desci em seguida, sem responder pois estava mesmo muito mal. Mas agora, que a dor está cedendo, eu fiquei pensando quais desses amigos entenderiam sem criticar o meu choro e cheguei à conclusão que nenhum. Durante muitos anos eu vivi em um círculo bem específico de amigos e como não sou de sair muito esses amigos acabaram sendo apenas esses . Ótimos amigos, claro, e todos gente muito boa mas será que eu escolheria a cada um se não fosse a Igreja e as relações de amizade que forçosamente acabam se formando nesse ambiente? Sim, a pergunta tem cabimento pois eu percebo que a maioria tem muito pouco a ver comigo, entende? Claro que temos pontos de afinidade mas são bem poucos... E se eu deixasse de frequentar esta comunidade e fosse para outra, ou para nenhuma, quais amigos eu conseguiria manter sem o item religião?



            Estou numa encruzilhada. Cheguei a um ponto em que as pessoas com as quais eu convivi por muitos anos parece que estão no mesmo patamar de sempre e eu estou mudando, questionando coisas e situações...O fato é que eu estou mudando alguns conceitos e opiniões...

            Também é fato que encontrei atravéz do blog pessoas que me compreendem e com as quais eu tenho muitos pontos em comum, pessoas que se parecem mais comigo e com as quais eu compartilho gostos e interesses num nível que eu não percebo com os amigos ditos "reais". Gente que ama os animais, gente que aprecia um livro...

            Como você escolhe seus amigos? Pense um momento em como seus melhores amigos, ou seus amigos mais "frequentes" vieram parar em sua vida. Você os escolheu ou eles foram aparecendo em função do trabalho, da escola, da igreja ou do relacionamento afetivo com seu parceiro/parceira? E caso você mudasse de vida, de casa, de igreja, de parceiro/parceira quais desses amigos você levaria consigo? Hein? Hein?
            QUERO LER O POST COMPLETO


            Visualizações

            Contando...

            Dias online
            Postagens
            comentários