Transitório

em 19 de maio de 2009


Dizem que tudo passa.
Já vi tantas coisas passarem;
as ondas passam e não voltam,
as águas de um rio não voltam.
Já vi tantos
passarem, indo...
Nada perdura, nem ninguém.
Tudo passa.
Até as pessoas...

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

2 comentários , comente também!

  1. Querida Elaine,

    Muito bonito este poema!
    Há uma coisa que volta sempre: o amanhecer em cada dia.

    Beijossssssssssss.

    ResponderExcluir
  2. Elaine querida, nem td passa nessa vida, eu tenho uma listinha de pelo menos umas dez coisas q quero q passem e nao passam. Uma respira e tem duas pernas mora longe de mim, mas e um inferno, eu quero ter o prazer de levar minha cachorro pra fazer xixi na sepultura da infeliz um dia.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…