Quais são as suas saudades?

em 2 de julho de 2010


Você tem saudade de quê? Quais são as coisas ou as pessoas das quais você tem saudade?

Hoje eu fiquei o dia todo pensando nas coisas e nas pessoas das quais eu tenho saudade.

Tenho saudade dos meus avós que eu não conheci.

Tenho saudades da menina que eu fui e da qual hoje quase nada resta.

Saudades da minha escola. Saudade de quando eu e meus irmãos éramos pequenos e a vida ainda não nos havia marcado tanto.

Saudade do tempo em que ainda era possível ser feliz com uma garrafa de refrigerante de maçã.

Tenho saudade dos meus sobrinhos bebês.
Saudade de quando eu segurei minha 1ª afilhada nos braços; saudade do imenso amor que eu senti naquele momento.

Saudades de quando eu não sabia o que era dor de dente...

Tenho saudade daquilo que eu não vivi. Daquilo que não viverei...

Até da época que eu não conheci eu sinto saudades: anos 60, sabe? As músicas, as roupas, tudo.

Tenho imensas saudades das possibilidades que não existem mais...


"Só se tem saudade do que é bom, se chorei de saudade não foi por fraqueza, foi porque eu amei" 
(Trecho de música do diácono Nelsinho Corrêa).


Veja o vídeo. Pode crer que vale o tempo.

E diga para mim:

Você tem saudade de quê?

Republicação

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

28 comentários , comente também!

  1. Elaine,
    perdoa eu? Que vergonha....hehehehe...já corrigi o nome do blog...sorry...

    ResponderExcluir
  2. Elaine,
    sinto saudades de qndo tomava banho nua com minhas colegas de infancia no Rio Tocantins, sem uma precupacao na cabeca, a procura apenas de diversoes. Tenho saudades do meu cabelo lisinho, bem preto, mas q um dia uma bruxa de mao mto ruim o cortou e ele nunca mais cresceu do mesmo jeito.Sinto saudades dos primeiros beijos, dos primeiros namoricos. Sinto saudades dos olhos que eu via a America qndo cheguei por essas bandas, hj vejo td sem ilusoes. Sinto saudades dos meus bichos de estimacao, cachorros, gatos, papagaios, tartarugas, periquitos, vacas, e ate galinhas de estimacao eu tinha. Sinto saudades do sono pesado q eu costumava ter qundo era jovem, poderia ate ser sequestrada [por um principe, espero,heheeh] que nao acordava. Sinto saudades do corpinho q eu tinha, o qual td q eu vistia ficava divino. Sinto saudades de todos os dentes que ja perdi, sinto saudades do casarao onde passei minha infancia e adolescencia. Sinto saudades dos pes de jenipapos, e jabuticabeiras, q tinhamos no quintal. Sinto saudades da menina q fui um dia... e que ja nao sou mais.

    ResponderExcluir
  3. Saudades, tenho da meninice, quando lia muito e poetava pra qualquer olhinho mais bonito de menina...
    Aquela ingenuidade que se foi, me dá saudade.

    Abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  4. Ah, esqueci de acrentar, sinto saudades dos afetos da minha mae, da qual me separaram qndo eu tinha apenas 5 anos. Sinto saudades de n ter crescido com meus irmaos, nao termos brincado juntos. Sinto saudades da memoria incrivel q eu tinha p decorar as coisas. Sinto saudades dos sonhos q n soube buscar. Sinto saudades do grande amor q um dia se foi da minha vida, e nunca mais ouvi sobre ele.

    ResponderExcluir
  5. Valeu a sua visita.
    se tenho saudades1
    Quam não a tem??
    São tantas coisa boas que existiram e existem.
    Não dá para esquecer.
    Bjs.Seu blog está muito lindo.
    Sandra

    ResponderExcluir
  6. Tenho saudades do meu avô materno q eu não me lembro dele, pois quando ele faleceu eu tinha 2 aninhos.

    Saudades da minha avó paterna, das comidas deliciosas q ela fazia pra mim quando dormia em sua casa.

    Saudades da minha sobrinha quando nasceu... e de cuida-la.

    Saudades do ano de 2006, pois foi o ano q mais aprontei neste mundo... hehehe

    Saudades de uma amiga... pois era a única q me ouvia e entendia...

    Saudades das coisas q não vivo...

    Bjokas, tenhas um ótimo feriado e um ótimo FDS.

    Kariny =*

    ResponderExcluir
  7. Elaine, pode parecer papo de esotérico, mas eu tenho saudades de alguém que eu já fui mas que não me lembro mais como é. Também tenho saudades dos sonhos, falo sonhos é sonho mesmo, noturno. Dos sonhos onde eu adoraria entrar, de verdade. Tenho imensas saudades é de mim mesma...

    ResponderExcluir
  8. Elaine, vc não imagina como tenho saudades. Porém procuro não ser saudosista, até pq, as pessoas passam a não te aguentar. Mas tenho saudade de vó, de pai q fazia carrinho de rolimã e me ensinou a subir em árvores e morros, de andar por cima dos muros, dos bichos da minha casa como: tartaruga, cão, gatos, papagaio, passarinhos, galinhas, galos, patos e todos os q meu pai pudesse trazer. Tb das árvores frutíferas das quais tirava fruta p comer na hora. Tinha uma mangueira de mais de 100 anos com manga rosa aquela gde, q eu trepava no último galho para me deliciar. Dos meus amigos de infância q foram mts e alguns são até hoje (no vivendo de historias escrevo sobre eles no post aos meus amigos)foram mto especiais. Sinto até saudade das broncas de mãe e dos tombos de bicicleta ,da praia de Icaraí em Niterói, onde fui imensamente feliz. Até hoje, caminho no calçadão e recordo daqueles tempos. Posso ter saudades, afinal dia 10 de maio completo 68 e isso é mto bom. Tenho 3 filhas maravilhosas, mas não tive ainda netos, quem sabe um dia? Mas tem uma saudade q dói um pouco, é a da família q já se foi toda, só restam eu e minhas filhas. Sei q faz parte da vida, mas sei tb q em alguns momentos adoraria compartilhar c eles minhas vitórias e as ds meninas. Aí, penso q eles onde estiverem estão aplaudindo e a saudade diminui.
    acho q já falei demais de saudade, mas re-lembrar é sempre bom mesmo q dê saudade. Bjks

    ResponderExcluir
  9. Baita saudade dos meus avós... ele, um espanhol boca suja, ela, uma descendente de índios, a pessoa mais doce que já passou na minha vida.

    ResponderExcluir
  10. Tenho saudades dos 4 filhos pequeninhos, formando aquela linda e bagunçeira escadinha,rsrsr...beijos,chica( hoje consegui ler um bocado por aqui. Aproveitei que estou imprestável, podre de gripe que ganhei de ano novo e não me animei pra escrever, apenas li e cometei em vários blogs. Foi legal!nbeijos,chica

    ResponderExcluir
  11. Amiga, eu não tenho saudades de nada disso que tu escreveste. Não tenho saudade de nada que vivi antes, pois o que vivo hoje é muito melhor. Tenho saudades de amigas que moram longe e que só vejo a cada 2 anos. Odeio sentir saudades.

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Tenho saudades da minha avó paterna e de tudo que ela ja fez por mim, saudade das minhas primeiras amigas, das pessoas já falecidas da minha família... mesmo não tendo conhecido todos. Tenho saudade dos animais que tive (galinhas, cães, gatos e pássaros). Tenho saudades dos meus amigos que moram longe, das noites com as amigas, dos dias de diversão e principalmente sinto falta daqueles que me amaram e já se foram.

    ResponderExcluir
  13. Lindo blog! querida amei a sugestão do livro, vou ver se encontro,Obrigada! bj**

    ResponderExcluir
  14. Ai Amada..
    Tenho saudades de mtas coisas, mas uma que dói muito e essa não vai passar nunca, é a saudade do meu paizinho que já se foi!! Essa é uma saudade eterna!!

    Bjos no ♥

    ResponderExcluir
  15. Tenho saudades tb da menina que eu fui e que quase nao está mais aqui.

    Bjao

    ResponderExcluir
  16. IH! Eliana
    Eu tenho saudades de tudo e de todos. Mas o que mais me dói é a saudade do meu paizinho.
    Só que por outro lado tenho a alegria de ter conviviso com pessoas e ter vivido situaçoes deliciosas para poder ter saudades do tempo, do cheiro e da época que aconteceram.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  17. Seu Blog é o máximo! Adorei tds aqui! Parabéns!!!
    Sou sua "SEGUIDORA" agora.
    Bjs e fique na PAZ!

    ♥Gi♥


    ♥ DOCE ENCANTO ♥♥ DOCE MAGIA ♥

    ♥ Doces Selinhos ♥♥ Encanto e Magia ♥

    ResponderExcluir
  18. lindo texto
    um beijo na alma
    bom fim de semana

    ResponderExcluir
  19. Elaine, a saudade nos acompanha a vida toda, em inúmeras situações.
    Só não concordo quando diz ter saudade da menina que foi e que não existe mais.
    Existe, sim, Elaine.
    Ou pelo menos, ressuscite-a. Faça-a nascer de novo e vai ver como sua vida será mais leve.
    Permita-se muita brincadeira, muita diversão, muita descontração, alegria, descompromisso com algumas coisas chatas, sonhos, sonhos, sonhos. Deixa a menina aflorar. Ela existe, sim!
    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  20. Oi Elaine


    Eu tenho saudade da minha cachorra
    pastora capa preta que se chamava Nora. Meu focinho geladinho querido
    Ela veio para mim com 45 dias e viveu treze anos foi muito amada por mim e meu marido.Era nossa filhinha.Choramos muuuuito,mas eu passeando pelo seu blog descobri a menininha e fiquei apaixonada que coisinha fofa. Desde então passo quase todos os dias aqui e depois de ler os posts, dou uma olhada nas fotinhas da menininha ela tem me ajudado a superar a perda da minha pretinha.

    Bjss

    Silvia

    Campinas

    ResponderExcluir
  21. @Sílvia
    Se um dia você ler esta resposta mande seu contato pra mim.
    Lamento muito sua perda, pode crer. Eu entendo.
    Também já perdi muitos amigos de 4 patas e ainda sinto saudades.
    E minha Menininha está sempre aqui para te ajudar.
    Beijos e obrigada pelo lindo comentário.

    ResponderExcluir
  22. Tenho saudade dos meus filhos quando eram bebezinhos. Morro de saudade dos meus irmãos que moram em outros estados. Tenho saudade e lembro quase todos os dias do meu primeiro namorado. Mas a maior saudade que tenho é de mim mesma, de quando eu era mais sonhadora, mais ingênua...


    P.S
    Elaine eu te acho tão menina, você que não percebe.


    Beijos
    Mah

    ResponderExcluir
  23. É muito grande a saudade que sinto de minha mãe, cuja imagem me acompanha todos os dias nos blogs.

    Saudade de ver que, mesmo com 80 anos ela tinha mente de menina, tamanha era sua jovialidade, sua alegria de viver.

    Não sinto saudades do momento em que a existência dela foi arrancada por um menino irresponsável.

    Não sinto saudades de ter ficado tão seriamente abalado, a tal ponto de que não contive o pranto, o que meus filhos nunca tinham visto acontecer.

    Sinto saudades do tempo em que existia a disciplina no Brasil, quando existia o respeito, quando existia o patriotismo.

    Sentirei saudades quando me lembrar desse momento em que escrevo isso, quando ainda temos a liberdade, que está prestes a ser aniquilada.

    ResponderExcluir
  24. elaine linda...
    saudades sinto de tantas coisas, mas saudade boa... das coisas ruins eu prefiro ter amnésia...kkkk
    saudades mesmo eu sinto dos anos 80, quanta alegria, quanta rebeldia, luta pelas diretas( eu tava lá), minha adolescencia, meu primeiro amor , nossas domingueiras e bailinhos da vasssoura...e de comer kri..aquele chocolate que não fabrica mais...rsr
    e de ter dezessete anos...ai ...tempo que não volta mais...mas foi tão bom!!!!
    bjuivos no coração.
    ah! e de ter meus pais de novo comigo.

    ResponderExcluir
  25. Virgem Maria Elaine, você me fez pensar agora em tantas coisas...mas confesso que a maior saudade que sinto e lamento, é a de não ter sido o que comecei a ser.
    Por circunstâncias que eu mesma permiti, mudei o rumo da minha personalidade e comportamento, e fui tão longe do que realmente sou, que não posso mais voltar, pois já me fiz outra pessoa tão distante de mim, que sequer a reconheço mais.
    Não existe tristeza não, só frustação, e essa, bem camuflada por sorrisos e ares de realização.

    Beijo minha amiga.

    ResponderExcluir
  26. Eu sinto tanta saudade ultimamente! Tanta que meu coração dói (dizem que coraçao nao dói) e o olho pinga.
    Mas nao sei de que, talvez saudade de um tempo em que eu era feliz e não sabia

    ResponderExcluir
  27. oi elaine, sinto saudade da minha belinha, minha cadelinha vira-lata.
    minha belinha era uma fofa, tds os dias eu dizia a ela da abença pra mamãe bb e ela levantava a patinha, eu conversava muito com ela, belinha era minha confidente. e minha belinha se foi. era minha filha.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…