Casamento de nós dois...

em 8 de abril de 2009




Qual a melhor e qual a pior coisa do casamento? Já pensou nisso?
Eu sou casada há 13 anos e 5 meses. E já passei por todas as fases possíveis de um relacionamento longo: já fui feliz demais, infeliz demais, já briguei, já chorei de amor, já chorei de raiva, já quis me separar e já pensei que morreria se ficasse sozinha, sem ele. Já chorei olhando fotos do casamento, me perguntando" porque eu casei, meu Deus?" Já chorei olhando uma foto minha com 4 anos de idade e pensando:"Se essa menininha soubesse tudo o que teria de passar..."Também já ri muito com o marido, vendo a vida passar, sendo feliz só por estar com ele. Como já disse, feliz demais, infeliz demais...


E hoje? Tem dias bons, outro ótimos, alguns em que era melhor ter ficado na cama... sozinha. Tem momentos em que eu penso que casamento é uma merda. Mas logo eu lembro que o meu casamento é uma bênção. Sei que tenho o melhor marido do mundo. Mas tem dias em que a carruagem está sem brilho algum.


Fico pensando que este é o maior desafio de casais que vivem juntos há muito tempo: superar os momentos ruins e ter o olhar posto no que é permanente, sabendo que as dificuldades são transitórias.


Penso que muita gente se casa por motivos os mais variados. E permanecer casado é uma decisão de todo dia. Uma das coisas que eu acho que deveriam ser ditas às noivas e aos noivos é que em algum momento da jornada chamada casamento eles vão ter raiva um do outro. Pode acontecer de um deles (ou ambos) se apaixonarem por outras pessoas. Poderão se desinteressar sexualmente um do outro. Aliás, provavelmente o fogo inicial vai mudar. E muito. Com o passar do tempo tudo muda. É só você comparar a pessoa que você é hoje com a pessoa que você era há 10 anos atrás. Eu quase que não me reconheço...E seu conjuge mudará também.


Mas ainda assim eu acho que vale a pena...Não por causa da ideia machista de que mulher tem que casar, que nasceu para isso. Isso é bobagem. Dá para ser feliz sem homem ao lado. Claro que dá. Mas no meu caso vale a pena pois eu melhorei muito como pessoa e aprendo muito sobre a arte da tolerância e da paciência. E principalmente porque um casamento legal ajuda a levar a vida com mais leveza. Amor precisa servir para tornar a vida mais fácil e não mais dolorida...

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

12 comentários , comente também!

  1. Elaine, estou mesmo encantada com o seu blog, seu jeito expressar seus pensamentos. Essa coisa de casamento e como tantas outras nessa vida, infelizmente vem sem manual de instrucoes. Sendo q td Gadget q a gente compra ate um celular vem com o manualzinho,heheh, mas os passos mais importantes que damos, como casamento, e tantos outros tao importantes, ai nao temos guia nenhum, nos dizendo passo a passo como proceder, como agir. Vamos entao levando a vida, tropecando aqui e ali titubeando no escuro, aprendendo as vezes com mta dor, mtas lagrimas, tantas indagacoes, e que bom, a gente sorri mto tbm, temos dias super pra cima, nos alegramos as vezes com coisas aparentemente bobas. Eu por exemplo me derreto toda qndo minha cachorrinha faz seu show na sala de visita com seu ossinho, ate bato palmas pra ela de tao engracado e de tanto q isso alegra o meu coracao. Bom,ja falei demais por hj, seu blog de agora em diante vai ser visitado sempre por essa Brasuca aqui.

    ResponderExcluir
  2. Oi Elaine
    Nós, casadas há muitos anos,numa altura dessas, passamos mais ou menos pelas mesmas coisas (farei 20 anos de casada em novembro), e temos os mesmos sentimentos em relação ao casamento.
    Quando fiz o curso de noivos, uma única palavra de um palestrante ficou na minha cabeça quando ele disse o que é primordial no casamento: TOLERÂNCIA. É isso. Tem que ter muita tolerância, senão, definitivamente não dá p ficar casada tantos anos. Beijão

    ResponderExcluir
  3. Elaine, esqueci de dizer que a unica receita p um casamento feliz e... a mulher sempre dizer..."Sim querido, voce esta certo!"
    Hehehehe. Essa receitinha aqui em casa, com um marido arabe e ultra conservador, e infalivel, se vc souber massagear o ego dele, saber "ler" como os homens pensam, vc evitara um milhao de aporrinhacoes no seu casamento.

    ResponderExcluir
  4. minha mãe comentou algo interessante um dia desses. ela disse que leu q qd um casal está em crise ele deve lembrar o que os uniu, o início do relacionamento. ela disse que muitos casais que repensam o início desistem de separar. acho que hj se separa muito fácil. mas tb acho bom q hj possamos nos separar. mas pq hj podemos separar muitos toleram muito pouco. acho que em qq convivência é bom e é ruim em alguns momentos. eu moro sozinha, adoro ter meu espaço, minha independência, mas me sinto muito só em alguns momentos. acho que casado é o mesmo. tem hora que falta espaço, falta independência, mas tem -se a companhia em outros momentos. acho que tudo depende de pesar na balança e ver qual lado tem mais pontos, os negativos ou os positivos e reavaliar. e acho que precipitação é o menos indicado já que são dois que precisam ponderar. não uma decisão individual. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  5. Eu como uma romântica incurável acredito sempre no amor, na união e na vida a dois! Nesse exato momento tenho a fé de que vou viver o conto de fadas que toda mulher um dia sonhou viver.
    Na vida a dois a alegria se multiplica e a dor é dividida... e como vc disse estar casada é uma decisão de cada dia, é preciso regar a plantinha, ser amigo, companheiro, ter sua privacidade e lutar juntos por um único ideal!!
    Muito bom seu posT
    beijos e feliz páscoa!

    ResponderExcluir
  6. Oiê passei para deixar grandes beijos e muitas flores... Agradeço mais uma vez por ter durante minha ausência regado as flores do meu jardim florido! Brigadão!!! :D

    Também sou muito romântica e adorei seu post.

    Desejo-te uma Páscoa feliz e Abençoada

    Hei a rosa amiga passou por aqui deixando flores frescas e perfumadas pra você

    beijos mil
    Iana!!!

    ResponderExcluir
  7. Sabe qual foi a coincidência?????
    Abri seu blog...comecei a ler esse post ótimo e no seu radiozinho cantava " DONT WORRY! BE HAPPY! "
    Amei!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. OLá, tudo bem? Hoje em dia o pessoal casa, descasa, casa, descasa... O casamento, na minha concepção, é para formar uma família... Bjs e Feliz Páscoa! Fabio www.fabiotv.zip.net

    ResponderExcluir
  9. Elaine, estou no quarto casamento mas apesar de querer muito bem a dois dos meus ex maridos, não lamento as separações. Na época, foi o melhor a fazer e hj todos nós - eu e os dois - somos felizes, cada qual com sua nova vida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Elaine, tb sou casada e me sinto confusa, muito confusa com o que é o casamento. Nunca casei no papel e não foi por falta de atitude minha, mas falta de atitude do marido. Também não temos filhos e não é por falta de coragem minha, mas do marido. Quando penso nas qualidades acho que é bom estar ao lado dele. Quando penso nas faltas quero viver só. Casamento é muito difícil mesmo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que texto!!!
    Sou casado há 5 anos e ainda não tenho um parecer bem concreto sobre o casamento. Ultimamente tenho passado por uma mescla de sentimentos que não consigo definir. Se é bom ou ruim, isso só o tempo dirá.

    Obrigado pela visita.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  12. Fico muito feliz em saber que a experiência valeu a pena pra você!

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…