O melhor ainda está por vir!

em 18 de março de 2009


Quando eu tinha 15 anos lembro de ficar fazendo contas para saber quantos anos eu teria caso o ano 2000 não trouxesse consigo o fim do mundo(lembra disso?). Teria 28 anos, seria tão velha!!!


Pois bem, o ano 2000 veio, foi-se, o mundo não acabou, eu fiz 28, 29, 30, 30 e vários e a velhice que eu achava que teria aos 28 anos está cada vez mais longe. Costumo dizer que não trocaria a mulher que eu sou hoje pela garota que era aos 17 por nada deste mundo. Não quero aquela insegurança avassaladora que faz com que uma menina linda não se ache nada bonita, que faz a gente se sentir desajeitada e desengonçada. Se as meninas de 15, 16, 17 anos soubessem o quanto elas são bonitas!!!


Engraçado como a gente vê a idade de um modo tão diferente conforme vamos amadurecendo. Uma menina de 15 anos acha uma mulher de 30 velha; uma mulher de 30 acha uma de 50 velha e uma de 60 ri de todas e pensa: elas não sabem que o melhor está por vir! Tenho amigas que já me disseram isso, amigas de 60 anos que fazem aula de dança, que viajam, que são mais felizes do que aos 30. Hoje, aos 36 anos eu vejo que estou apenas começando a viver, que realmente o melhor ainda está por vir. Quando somos mais maduras, mais vividas, somos mesmo mais mulheres, eu acho. Uma mulher de 35, 40 anos, já aprendeu o que fica bem nela, o que a valoriza. Sabe tirar proveito de si mesma. E não deve mais satisfação a ninguém. Só a si mesma. Eu me sinto assim. Gostei de chegar aos 30, então que venha os 40!

Olho para o meu rosto refletido no espelho e vejo as primeiras rugas, as primeiras marcas de expressão. E penso que esta sou eu, cada marca destas tem um motivo de estar ali, cada uma conta um pouco da minha vida. Mas passo o creminho para que as marcas reflitam só o que eu sou e não mais que isso!

E se tem algo que eu amaria ter de volta da época dos meus 17 anos? Tem, sim. E não é a bunda firme, nem o peito sem o efeito da gravidade. Gostaria de ter de volta o tempo. Perdemos muito tempo esperando o tempo passar até chegar o tempo de sermos felizes. Eu poderia ter começado a ser feliz antes. Mas parece que cada coisa a seu tempo, né?

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

9 comentários , comente também!

  1. Como sempre tudo o que vc escreve é perfeito!! Só assim para me fazer pensar... como perdemos tempo com besteiras não??
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ahh Elaine, eu tbm nao troco nada do que eu era ou tinha com 15, 17, 18, 20 anos por hoje. Nadinha!!

    É tão bom acompanhar o tempo passar... o amdurecimento que a gente tem hj, o reconhecimento do que de fato é importante, os medos e receios que antes eram tao enormes hj sao como poeira, enfim. Tbm gosto mt mais de mim hj :)

    ResponderExcluir
  3. ontem ouvi uma frase em uma novela: "que bom que não temos mais 20 anos, pq com 20 anos nós não gostávamos da gente". acho que cada fase é uma fase. tem gente que diz que queria ter aquele corpinho com a cabeça atual. é, talvez seria bom. qd falamos em idade eu sempre lembro crianças perguntando a idade para alguém. a pessoa dizer 25 e a criança dizer: nossa, como vc é velha. realmente tudo depende do referencial. adorei a imagem. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  4. Sabe que não sinto falta do meu passado? Acho que ele hoje não seria tão interessante quanto foi no tempo certo. Vivi muito, graças a Deus. Aproveitei cada fase de forma saudável e íntegra. Do passado eu queria mesmo era a bunda dura e os quilos a menos, mas tô malhando pra isso. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Bom, eu no auge dos meus 2.3 estou apredendo a viver e curtir cada fase, momento, hora e segundo,mais isso pq eu fiz o que vc falou... adiantei muitas coisas;
    Sempre quis ser comissária de bordo, qnd tinha 10 anos, pesquisei tudo e como faria, tinha que esperar 18 anos!
    Fiz 18 dia 17/02/2003 dia 20 estava eu na porta do EAPAC, fazendo todos os procedimentos e comecei a fazer o curso tão sonhado, entrei para aeronautica, fazia curso de inglês, mas no fim do mesmo ano, por falta de cabeça, engravidei, tudo desmoronou e virou de cabeça para baixo... para não ser expulsa da aeronautica e do curso, tive que pedir para sair, fui "obrigada" a casar e começar uma vida, sem os meus sonhos... não podia nuncaaa dar certo! Eu pulei as etapas e hoje tenho consciência disso, 23 anos, separada, com um filho de 4 anos começando novamente uma vida, mas com cabeça!
    De todas essas tristezas, o melhor foi o meu filho e a lição que aprendi nessa vida...
    Hoje quero um amor de verdade, educar meu filho mostrando o certo e o errado, quero estudar, falar inglês, ter minha independência, um carro e aproveitar cada momento desses meus 2.3...
    As meninas de 17 realmente são lindas, mas cada fase tem sua delícia, sua cor, seu sabor é só questão de saber o que fazer, pensar, agir...
    Nenhuma idade não nos impede de bada, idade para mim não é a quantidade de anos vividos e sim como se é vividos esses anos... eu sou um exemplo, namoro uma pessoa bem mais velha + que é o amor da minha vida, o melhor namorado que Deus poderia me dar e sua idade... ah eu nem percebo e tenha certeza que ninguém que nos vê juntos, percebe, pq é tão bom, tão natural!! E quem acha que não... é puro preconceituoso e "velho" kkkk

    beijos! acabei desabafando...

    ResponderExcluir
  6. menina, vc pode escrever um livro de auto-ajuda que vai ficar rica, vai por mim ehheheheh

    nossa, se vc soubesse qto me arrependo de ter sido tão ingênua e boba no passado, realmente qto mais a gente cresce mais claro o mundo fica!! e isso é mto bom!!

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei o seu blog e os seus textos, vc escreve super bem, às vezes meio amarga ou trite, não sei, mas dá prazer de ler coisas boas. Sou leitira voraz de tudo q me cai às mãos. Qto a idade a cada década acho q melhoro, breve estarei na sétima e me sinto ótima, pois trabalho com idosos mais idosos do q eu, dou aula de artesanato, passeio , viajo, danço sempre q posso , faço caminhada na minha praia querida aqui em Niterói a praia de Icaraí q é linda e assim vou vivendo a felicidade de estar viva e poder compartilhar c filhas e genros essa alegria q é viver. Parabéns. Bjks no coração

    ResponderExcluir
  8. Que delícia de post e é a mais pura verdade. Como a gent e perde tempo!
    Bjoks

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…