Do que as mulheres gostam?

em 24 de março de 2009



Do que todas elas gostam eu não sei, mas do que eu gosto eu sei muito bem.

E eu gosto de gentileza e educação. E de ser tratada com carinho. E de ser respeitada.

E definitivamente não gosto de violência. De jeito nenhum, nunca.

Sabe onde eu estava ontem à noite, em plena segunda-feira? Na delegacia. De defesa da mulher. Calma, calma, marido não surtou não. Fui acompanhando uma,pasmem, menina de 18 anos.

Deixa eu tentar explicar:

Em frente à minha casa tem uma área vazia, remanescente da mata que foi derrubada para a construção do bairro onde eu moro. No terreno há o Centro comunitário e as árvores que eu já postei aqui. Acontece que, por ser uma área vazia, é um espaço usado para cães passearem, garotos esconderem drogas e namorados namorarem. Embora só Deus saiba como eles conseguem, se é que você entende o que quero dizer com namorar. Pois então, um casal resolveu discutir a relação em frente a minha casa; parece que ele queria que ela fosse atrás do centro comunitário com ele e ela, sábiamente, disse que não iria. Ele insistiu, ela não cedeu. Ele lascou um tapa na cara dela, com tanta força, com tanta raiva que eu ouvi o estalo da minha garagem. Sabe que horas eram? Menos de 8 da noite, juro! Eu trabalho na garagem de casa e como ando tendo muito serviço estou trabalhando até 16 horas por dia. Mas voltando ao assunto, eu ouvi o tapa e o grito dela. Outro tapa. Mais um e daí eu resolvi sair e ver o que era que estava acontecendo. Não saí antes por que tenho por hábito evitar me meter, até por precaução. Mas saí. Ela estava caída na minha calçada, ele a chutava e ela apenas chorava. Quando eu abri o portão o Snoopi saiu, o vagabundo ficou com medinho e tentou chutar meu perigosão. Imagina o caos. Nem sei o que me deu na hora, fui catando a menina, sim pois era uma menina, miudinha, magrinha, pequenininha! Ela se amparou em mim, eu a trouxe para dentro, marido foi saindo de dentro de casa, prendendo o Snoopi. Tenho um telefone sem fio que fica comigo , já fui ligando para a polícia. Ela chorava. Ele desceu a rua, dizendo que se a polícia o pegasse ela "tava frita".

Engraçado como eu não fiquei nervosa na hora, mas agora estou tremendo tanto que quase não consigo digitar. Mas a polícia chegou, ela disse que estava muito nervosa, então lá fui eu, pela primeira vez na vida," passear" de carro de polícia. Mais uma virgindade perdida. Fomos. Ela fez boletim, eles moram juntos há menos de 1 ano. Fácil de encontrar.

Pausa para espanto:

Então porque raios ele quis ir para um lugar tão exposto, no meio do mato, literalmente???

Fim da pausa:

Então, moravam juntos e não é a primeira vez que ele "fica nervoso", como ela disse na delegacia.

Não houve flagrante, ele está sendo procurado. Vai ser indiciado. Ela voltou para casa, que é nos fundos da casa de um tio dela. O tio já disse que em briga de marido e mulher ele não se mete, ela quis ir viver com o cara, ela que se vire.

Daí que eu fiquei sabendo que isso entre eles é recorrente. Como pode, gente??? Lembrei da Rihana.

Sempre dizem que a mulher se submete à violência por ser economicamente dependente, por causa dos filhos, por não ter para onde ir. A Rihana é bem sucedida, sem filhos, e deve ter para onde ir. Mas engoliu os socos e mordidas e voltou para o agressor.

Essa menina trabalha como vendedora numa loja de eletrodomésticos grande aqui em São Joaquim, não tem filhos(louvado seja Deus!), e a mãe dela implorou para ela voltar para casa. Ela resolveu ficar:ele me ama e eu posso ajudá-lo. Perguntei então porque ir à polícia. Ela disse que é apenas para dar um susto nele. Susto ele levou foi do Snoopi, dela não, não mesmo.

Sempre soube que relações assim existiam, mas nunca havia visto alguém ser tão cega, tão passiva. Fora minha mãe, claro.

Hoje ela passou aqui e me disse para não ficar chateada mas ela quer retirar a queixa. Eu, chateada? Não, fiquei foi irada! Mas fiz cara de samambaia e disse que ela que fizesse o que achasse melhor. E que com a nova lei Maria da Penha a denúncia não pode ser retirada pois está em domínio público. Mas ela disse que ele pediu perdão, ela deu uma(mais uma, a centésima) chance e pronto. Tudo isso de um dia para o outro. Daí fiz o que me cabia: disse que se eles resolvessem aparecer por aqui para "discutir a relação" eu chamo a polícia e digo que estão escondendo drogas. E como droga por aqui é só procurar que se acha...Não quero mais pancadaria na porta da minha casa e ela que faça o que achar melhor. Se eu for chamada para depor, conto o que sei. Aliás, mando ler o blog, né?

Agora, me diz: Do que as mulheres gostam??? Eu tô perdida! E pasma! E muito, muito triste.

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

17 comentários , comente também!

  1. Olha, querida, eu sei é que homem que bate em mulher, merece morrer!! Porque, se ela continuar dando chances a ele, quem vai acabar morrendo é ela. Uma amiga foi morta pelo namorado, dentro da casa dela, no ano passado. Outra anda escoltada, por medo do ex marido. A outra mudou de cidade, por causa do namorado.
    Esse mundo está realmente perdido, Elaine. A mulherada anda tão carente que se submete a qualquer situação absurda.

    Não sei das outras, mas eu não tolero esse tipo de atitude comigo não!! Se levantou a mão pra mim - e apenas levantou a mão - pode ter certeza que nunca mais sequer me olha nos olhos.

    ResponderExcluir
  2. eu acho que todo ser humano deseja respeito, educação e boa convivência. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Elaine, esse caso que vc contou parece clássico. Que tristeza.
    A título de colaboração te digo que acho que as cores do blog e da fonte estão dificultando a leitura caso o ambiente onde esteja o micro seja muito claro.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi querida Elaine. Que situação esta, hein.

    Querida, eu sou da mesma opinião que a sua! Eu gosto é de amor e carinho...

    Eu não sei de quem tenho mais raiva... se é dos machistas que fazem isso com mulheres, ou se são das mulheres que aceitam tudo isso calada e permanecem com seus agressores.

    É lamentável que exista mulheres assim...

    Permita-me usar algumas de suas expressões deste texto... me sugeriu tbm uma postagem!

    Beijinhos

    Lindo dia pra vc!

    ResponderExcluir
  5. Olá minha amiga querida... que post heim??
    Bom, eu vou te ser mtoo sincera, esse cara merece morrer, mas essa menina é uma idiota e apanha pq quer... mulher que não existe carinho e respeito, não é uma pessoa digna...
    infelizmente é assim que o mundo está, a Rihanna tá aii... tem uma voz linda, dinheiro e voltou para ele, me diga, pra que?
    Para apanhar de novo e se isso acontecer bem feito, ela foi procurar!
    Se um cara faz isso comigo eu nunca mais olho na cara dele e denuncio sim!
    Pensão e a lei Maria da Penha são leis que tem sido cumpridas, pq lei hj em dia...
    É triste e revoltante, mas cada um anda o quer e sabe onde pisa!

    Mudando de assunto... eu fiz o texto sobre mim, inspirada naquele que vc fez "O melhor ainda está por vir" Leia lá depois, ainda vou expressar minha opinião sobre fidelidade e sobre pecados!
    beijos mil!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Acredito que cada uma tem para si o que merece. Algumas mulheres têm personalidades que atraem esse tipo de relacionamento. Se ela termina com ele, pode até encontrar outro igual ou pior. Isso é caso de intervenção profissional e como o arrependimento entre as agredidas não é novidade, a queixa, com a lei Maria da Penha, já não pode ser mais retirada. O mais estranho desses relacionamentos é que os agressores não param, você mesma já citou o exemplo de sua prima. E que essa moça não é a primeira e nem será, infelizmente, a última.

    ResponderExcluir
  8. oi amiga!!
    infelizmente isso acontece... em nome de um suposto "amor", muitas se tornam cegas e continuam ao lado do inimigo!!!
    coisas da vida e do coração que muitas vezes não compreendemos.

    bjocas

    PS: tem presentinho para você no meu blog, dá uma passadinha por lá.

    ResponderExcluir
  9. Ruiva, também acho que dar a chance para ele bater de novo é arriscar-se a que algo pior aconreça, né?

    Pedrita, é verdade, mas parece que não adianta só querer, né?


    Vanessa, obrigada pela dica; eu também já andava questionando aquele lilás. Daí dei uma clareada. Diz o que você achou!


    Naira, pode usar à vontade. Fico muito lisonjeada!

    Cíntia, eu vou ler seu post com certeza, assim que der tempo, tá?

    Roberta, quando vi a cena que eu descrevo no post, só pensava na minha prima; acho que foi por isso que me meti, de medo de ver uma desgraça acontecer. E prá dizer a verdade, esse medo só aumentou...

    Compondo o olhar...que nome mais poético, né?
    Vou correndo buscar meu presente, obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Elaine,
    tô bege!!! como assim isso tudo acontece na frente da sua casa? Jesus amado!!!
    E infelizmente tem mulheres que se submetem...pior são quando ainda têm filhos com esses caras...
    Beijos
    Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia querida! Existem mesmo vários tipos de relacionamentos, até os mais perversos como esse! Mas na vida tudo são ESCOLHAS! O pior sentimento que uma mulher pode ter pelo homem é o poder: achar que pode mudar a vida dele ou que por causa DELA, ELE mudará... Graças a Deus a lei Maria da penha está aí! E você fez a sua parte muito bem feita! Parabéns! E obrigada pelo selo! Beijo grande e um dia iluminado pra você!

    ResponderExcluir
  12. e muito lindo da sua parte acolher esta mulher... o destino dela, é ela quem escolhe, mas vc fez seu papel!!

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Elaine, eu até em briga me meti e quse apanhei feio. Fui da DEAM e sei como funciona... as mulheres perdoam até a gente ir lá fazer o óbito.

    Olha, no meu blog, se vc der uma procurada por mulher, violência acha uns posts meus sobre o assunto. Tem gente que tem dependência psicológica e tem, tb isso da sociedade de no fundo achar que mulher sofrendo é o máximo, é aquela que tudo suporta, olha que lindo, etc.

    Blergh.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi querida.
    Eu estava procurando um post onde vc diz que é católica mas não achei então vou comentar aqui.è um onde vc fala de Nossa Senhora.
    Sou devota, sabe, apaixonada.

    Adorei o que vc disse que tem gente que enlameia tudo que toca.
    Perfeito.
    Me fez pensar que, de modo inverso, tem gente que vivencia sua fé e transforma em ouro tudo que toca.

    Eu sou católica, fui batizada, mas não fiz primeira comunhão.
    Por muito tempo fui espírita, outro tem po não fui nada.
    Com fé em Deus sempre, mas não seguia religião nenhuma.
    Hoje, com o conhecimento, estou voltando à Igreja Católica, cada dia mais encantada com tudo que aprendi dela nos últimos anos.
    Muito do preconceito vem de pessoas que não conhecem o catolicismo.
    Nunca deixei de venerar Nossa Senhora, mesmo na minha época mais espírita.

    Tenho amigos padres e um amigo pastor batista.E um amicíssimo que é espírita, presidente de um centro espírita kardecista.
    Todos eles são pessoas que iluminam tudo que tocam, e adoro conversar com eles sobre fé,Deus e religião.

    Sobre esse post, pensei em outra música do meu padre querido, chama-se "Marcas do eterno", vc conhece?
    Vi uma palestra dele esses dias, onde le conta que fez essa música depois de receber a ligação de um mulher que apanhava do marido.
    E daí ele disse pra ela, "minha filha, a p´roxima vez que seu marido tentar bater em vc, diga pra ele tirar as sandálias, pq vc é território santo".E esse caso foi a inspiração da música.

    beijos, sempre ótimo vim papear com vc.

    ps- Cadê aquela moça , a Bete, do blog da Betuxa, que sumiu, será que está tudo bem com ela?
    Faz uns tempos que ela não escreve.

    ResponderExcluir
  15. EXISTE GOSTO PRA TUDO E, ESSA MENININHA APARENTEMENTE FRANSINA E DESPROTEGIDA,É UMA BOA DE UMA SACANINHA...RETIRAR A QUEIXA?AF,NINGUÉM MERECE

    ResponderExcluir
  16. Passo horas entretida nesse blog, aó você Elaine, "fiz cara de samambaia" kkkk Maravilhosos seus textos, cada diafico mais rncantada. Com toda certeza você é uma pessoa iluminada. Grande abraço e boa noite!

    ResponderExcluir
  17. Já fui vítima de vilência dom´[estica. Um dia, quando tiver coragem, conto minha história lá no blog. Quando tiver coragem...

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…