Estação Mogiana e os cães de rua ou Como uma pessoa pode fazer a diferença...

em 25 de fevereiro de 2009


Como acontece em muitas cidades do interior de São Paulo que foram servidas pela antiga estação ferroviária Mogiana aqui em São Joaquim da Barra restou, depois de desativada a estação, o prédio de onde partiam e para onde chegavam os trens e a casa do chefe da estação.

Em praticamente todas as cidades por onde a Mogiana operou as contruções seguiam um mesmo padrão e a casa do chefe da estação também.

Após a suspensão das atividades ferroviárias A Mogiana viu-se com duas construções desativadas e que não podiam ser simplesmente derrubadas ou coisa assim. Então as prefeituras desapropriaram os prédios e estes passaram a ser patrimônio público.

Toda essa volta ao passado é para dizer que em minha cidade a antiga estação, com seu calçamento de paralelepípedos e fachada tradicional foi transformada em terminal de ônibus circular(oficialmente) e pouso para andarilhos e indigentes de um modo geral(extra-oficialmente). E esses andarilhos têm cães. Muitos. E a esses cães com donos ajuntam-se muitos outros abandonados, e vagam pela estação-terminal. Isso na única e movimentada avenida da cidade, que aliás foi construída bem sobre os trilhos do trem de ferro. Quando os andarilhos vão para suas andanças pelo mundo deixam no terminal muitos desses cães abandonados.

Então eu e o marido fomos ao supermercado no sábado de carnaval e depois paramos no terminal para esperar o ônibus. Não gosto muito de estar lá pois o ar é de desmazelo total, muita sujeira e o pior: tantos cachorrinhos sem lar...Se pudesse ficaria com todos...

Então, de repente pára um carro e desce dele uma moça. Os cães se aglomeram em torno dela, uma festa de caudas balançando, focinhos gelados e latidinhos de alegria.

Ela coloca comida e água em vasilhinhas, espalha todas e brinca com cada um dos bichinhos. Depois entra no carro e vai embora. Os cachorros comem, tomam água e continuam a arriscada brincadeira pela grama dos canteiros centrais da avenida.

Enquanto isso o palco está montado para mais uma noite de carnaval de rua. Comenta-se que o custo desse evento ultrapassa os 300.000 reais. Numa cidade de menos de 40.000 habitantes, os quais a maioria nem de carnaval gosta...

Tudo bem, tem quem goste mas até crime de morte acontece nesse evento. Não é a paz que a prefeitura tenta nos convencer que é; tem briga demais, violência demais, álcool demais...

E depois a prefeitura diz não ter verba para recolher, cuidar e abrigar os animais de rua. Grifo bem os termos pois já teve vereador espírito de porco que propôs extermínio de cães para resolver o problema. Agora a prefeitura colocou out-doors pela cidade divulgando uma lei municipal que promete punir com multa e prisão em caso de reincidência a quem abandonar animais em via pública. Mas até hoje não soube de ninguém que tenha sido sequer advertido...

E deixo aqui a minha admiração pela moça que eu vi alimentar os cães do terminal. E por outra protetora, a Neuza, pois foi graças à luta dela que muitos cachorrinhos hoje tem um abrigo. Mesmo criticada e chamada de louca, desocupada e muitas outras coisas, ela nunca desistiu, chegando a abrigar 80 cães em sua casa antes que amigos e pessoas de coração generoso a ajudassem a construir o abrigo. Para mim fica a lição de amor a de respeito à vida. E para você?
Para concluir:
Dizem que houve uma grande inundação numa praia do México. Com o excesso de água o mar jogou para a praia centenas de milhares de estrelas do mar. Um pescador do lugar começou a recolher as estrelas e arremessá-las de volta ao mar, uma a uma. Um turista que observava a cena disse ao pescador:
"-Você é muito bobo; olha a quantidade de estrelas que forra a areia da praia! Você nunca vai conseguir tornar o destino delas diferente!"
O pescador não respondeu; abaixou-se, apanhou mais uma estrelinha e a devolveu ao mar. Então disse:
"-Para esta eu fiz a diferença."

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

12 comentários , comente também!

  1. Por isso que as coisas não vão para frente... não mudam...
    As pessoas acham que se é para fazer pouco, é melhor não fazer nada! Imagine se eu fosse pensar assim?? São poucos os animais que eu posso verdadeiramente ajudar, mas sigo fazendo a minha parte como muito amor e muita dedicação!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Pois é Elaine, ninguém consegue entendeer que se trabalharmos em conjunto a diferença é muito maior.
    Esta visão de comunidade está deturpada, as pessoas só se preocupam com seu próprio umbigo é muito triste, mas ainda existem pessoas boas como esta mulher que atende aos cães.
    O que a prefeitura deveria fazer era uma campanha para esterelizar os animais, assim não haveria a reprodução deles.
    bjks

    ResponderExcluir
  3. Aqui no meu condomínio a gente luta contra doidos que envenenam felinos.
    :-/

    ResponderExcluir
  4. Que legal vc falar disso, Elaine, todo mundo só fala do ruim que vê, vc pegou outro caminho.
    que linda é vc...

    ResponderExcluir
  5. aqui recolhem os animais das ruas, mas a questão é igualmente polêmica. o melhor mesmo é estimular a adoção e não a compra de animais. eu adotei uma gata de uma instituição que tira os animais das ruas, tratam e entregam para interessados em adotar que assumem o compromisso de cuidar bem o animal e não abandoná-lo. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Elaine, foi um prazer recebêla no Reflexos de Mim.... obrigada pelso parabéns e pelo pouco que ví do seu blog, acho que temos muito em comum, sim. A fé é ma delas e fico imensamente feliz quando encontro alguém temente a Deus. Que Ele nos conserve e nos dê perseverança né?

    Te u espaço é lindo...fiquei louca pr saber como vc colocou esas borboletas...podes me ensinar???

    Beijo grande e ótimo dia.

    ResponderExcluir
  7. Elaine!!
    Tua alma é transparente!
    Vejo tua essência em teu blog meigo e repleto de coração!
    Obrigada pela visita ao Jaque Sou!
    Adorei vir aqui e me encher de flores...

    Beijos=*

    ResponderExcluir
  8. Oi Elaine, acredito se cada um fizer um pouquinho a mundo vai se melhor, feliz dessa pessoa que consegue se doar a uma tarefa tão bonita que é dar pão a quem tem fome e água a quem tem sede. Bjs, passa lá no Anjo indiquei você para uma brincadeira.

    ResponderExcluir
  9. Amiga, é pra escolher um dos selos acima???
    bjos

    ResponderExcluir
  10. Minha querida Elaine!

    Venho agradecer suas orações, que serão para mim bençãos do Senhor nosso Deus. Amanhã saí o resultado da biópsia, minha cabeça está a mil por hora, mas tudo bem, já me entreguei nas mãos do Senhor e sei que que seja qual for o resultado eu aceitarei e deixarei que ele conduza a minha vida. Minha fé é cada vez maior, e jamais perguntarei a Ele porque e sim para que.
    Aproveito para lhe dar parabéns pelo lindo e tão gostoso espaço, cheio de amor e com o cheirinho de Deus em tudo.
    Que Deus te abençoe e te derrame graças sobre graças.
    Tomei a liberdade de acompanhá-la.
    Muito obrigada de coração minha linda!

    ResponderExcluir
  11. Concordo plenamente com vc!...hj em dia as pessoas pensão mais em acabar com as vida como vc disse,mto alcool,violencia do que dar prioridade a coisas que as vezes nem é felicidade,e qndo é é passageira!Devemos nos preocupar mais com a nossa vida com a natureza em mante-los e não em acabá-los!

    ResponderExcluir
  12. Velhinhos e cachorrinhos são meu ponto fraco.
    Ajudo do jeito que posso hoje, várias instituições, mas meu sonho, como disse, é abrir um lugar para cuidar deles, do meu jeito.
    bjo

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…