A arte da gratidão...

em 16 de fevereiro de 2009

Seguindo a lógica da vida:
se você acolhe,

alimenta,

se preocupa,

cuida de alguém,

Um dia, quando você precisar, esse alguém lhe ajuda, certo?

Seria, mas só funciona com cães e gatos. Com gente a conversa é outra...



"Se você pega um cachorro faminto e o torna próspero ele não o morderá; essa é a principal diferença entre um cachorro e um homem."

Alguém que escreve. Especialista em si mesma. Leitora que lê muito menos do que gostaria. Blogueira por paixão e profissão. Propriedade da Princesa e da Menininha, e de um cachorrinho muito levado chamado Bloguinho. Tentando viver. Sempre.

4 comentários , comente também!

  1. Hello!

    Sabe... pensei bastante a respeito do que vc escreveu neste post e cheguei à conclusão de que devemos ajudar os outros, mesmo que humanos (hehehehehe) sm esperar nada em troca. Acredito que esse caridade "desapegada" seja a melhor, senão só resta a decepção, frustração... não concorda?

    Cada um dá o que tem. Os cachorrinhos têm o seu amor e carinho... a vida não tem graça sem cachorro, meu Deus!

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente! Sinto isto na pele no papel de vet... sendo vet devo ajudar todos que precisam. Mas e eu, quem me ajuda? E as crianças que estão comigo para adoção? é a vida né....

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Elaine, normalmente os animais irracionais se demonstram mais carinhosos do que o ser humano em si, mas acredito que não devemos jamais perder a esperança na humanidade.

    abraços do amigo da internet.
    Marcos

    ResponderExcluir
  4. A coisa entre humanos é muiiiiito mais compliocada!beijos,chica

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigada por ler meu blog e obrigada também por se dispor a comentar meus posts. Seja muito bem-vindo(a)!

Importante!
Devido à falta de tempo hábil eu não me comprometo a responder perguntas referentes aos tutoriais postados neste blog.
Pedidos de ajuda individual serão respondidos conforme o meu tempo e disponibilidade permitirem.
Por favor, entenda: comentários sem relação alguma com o post não serão liberados e nem respondidos.

Para saber mais sobre a melhor forma de utilizar este blog leia Termos de uso do blog.



Muito obrigada, fique à vontade para interagir.
Mas lembre-se:
Gentileza, educação e boas maneiras servem também para a vida nos blogs…