* Blog Elaine Gaspareto *

Uma vida boa... Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão


Ainda não amanheceu completamente.
A casa, silenciosa e escura, ainda não acordou.
Lá fora a chuva cai com vontade, a manhã será de tempo chuvoso, bem que a moça do jornal falou...
Ao meu lado meu marido ainda dorme, será que escutou a chuva começar na madrugada?


Princesa e Bloguinho dormem na sala da frente, aquele catioro pensa que é um poodle, só pode...
Na caminha ao lado da minha a Menininha dorme profundamente. Mas se eu me mexo ela desperta, vai comigo onde eu for.
Não se preocupe, Menininha. Não vou a parte alguma nessa manhã de chuva forte. Fico pensando...

Penso em todos os anos onde levantei antes do dia nascer, e saía de casa pra trabalhar, muitas e muitas vezes debaixo de uma chuva 10 vezes mais forte que essa que cai agora...
Ia a pé, 3 quilômetros de caminhada diária, anos a fio.
Depois, quando comecei a trabalhar em casa, me levantava com a chuva trovejando, e trabalhava 14, 16 horas por dia, a maioria do tempo de segunda a segunda. Anos duros.

Em manhãs de chuva, também por anos a fio, vi meu marido sair de casa bem cedo, e ir a pé para o trabalho; entrava antes das 7, anos de esforço e a chuva... quantas vezes não chegamos em casa encharcados... ou da chuva ou de suor por causa do sol forte nos dias de horário de verão.
Eram tempos difíceis, muitas vezes a gente não tinha um tostão, juntava moeda pra comprar bala. Muitas vezes foi preciso escolher: mistura ou ração. Sempre escolhia a ração dos meus dogs...
Não sei, era estranho, a coisa não rendia, era muita dificuldade, sabe?
Pagando nossa casa, sempre com dívidas, sempre mês demais pra dinheiro de menos...

Penso nisso tudo enquanto ouço a chuva forte lá fora.
Penso em como minha vida hoje em dia é boa, confortável e tranquila.
Penso que não mereço... há milhares de pessoas que merecem mais e no entanto tem a vida tão sofrida...
Sinto uma imensa gratidão pela vida que temos hoje.
Mesmo tendo essa consciência... de que não fiz nada extraordinário pra merecer.
E justamente por isso me sinto tão agradecida.

Tô parecendo confusa?
Desculpe, é que não explicar direito...
Sempre tive essa dificuldade em aceitar as coisas boas, sabe?
Aceito a dureza, a dificuldade, aceito as pedras, acho que é assim mesmo, que mereço.
Mas aceitar as coisas boas, fáceis e perfeitas sempre foi difícil pra mim. Sei lá, desvio de personalidade, vai ver... Sim, pessoa querida, eu sei que não sou assim muito normalzinha rsrsr
#minterna

Penso em tudo isso enquanto a chuva cai e o dia nasce, devagar, frio e cinzento, do jeito que eu gosto. Amo chuva.
Especialmente hoje em dia, que posso só observa-la caindo...
Sou grata.
Pela vida boa, confortável.
Pela casinha segura que me protege, pelos meus filhotes de 4 patas dormirem em segurança, sem tomar chuva como tantas vezes aconteceu no passado. Teve um tempo que chovia dentro de casa, de verdade.

Sou grata pela vida tranquila, sem dívidas, sem apertos. Sou grata porque na maior parte da minha vida não foi assim, e eu lembro o quão duro foi.
Sabe quando você tem plena consciência de que a sua vida é muito, muito boa?
Pois é isso... sinto necessidade de agradecer...
Sou grata. Todos os dias, sempre!





Essa postagem faz parte da  da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão
Venha participar com a gente!
Faça seu post, traga seu link para o Painel da Gratidão!
Sim, pode começar (ou retornar) quando desejar!
Vem!!!!



QUERO LER O POST COMPLETO

Como limpar o teclado do computador?


Não é pra pirar, mas você sabia que as chances do seu teclado e mouse serem mais sujos que um vaso sanitário são grandes?
Pois é... e a gente nem pensa muito nisso, né?

“Uma pesquisa encomendada pela Initial Washroom Hygiene – empresa inglesa responsável por limpeza de imóveis comerciais – revelou que, em média, o mouse de um computador pode ser até três vezes mais sujo do que um vaso sanitário. O relatório analisou 158 itens de 40 mesas de trabalho em três escritórios, que foram comparados com os dados coletados em assentos de banheiro de vários edifícios.”

Dias atrás eu tive um problema com meu computador: o processador queimou. Enquanto a manutenção e troca eram feitas na máquina eu aproveitei pra limpar o teclado, que andava bem maltratado.

Fiz assim: desliguei o teclado, forrei a minha escrivaninha com papel sanfonado (pode ser um pano, evite jornal pois solta tinta) e retirei todas as teclas, menos o “Enter”, Espaço, Shift e Tab, pois são teclas mais sensíveis para recolocar. Para soltar cada tecla eu uso uma chave de fenda pequena. Tem que ter delicadeza, tá?


Como já estou acostumada foi simples, mas se você nunca retirou as teclas do seu teclado minha dica de ouro é: coloque-as na ordem em que serão recolocadas. Tire uma fileira, limpe, recoloque. As chances de errar ficam menores se for feito assim, por fileiras.

Para limpar cada tecla eu usei uma misturinha caseira de vinagre de álcool+água na proporção de 2 por : duas partes de vinagre para uma de água.
Não use nada abrasivo pois pode retirar a tinta das teclas.
Limpei cada uma com algodão embebido na misturinha, e limpei o teclado em si com algodão quadradinho.
Desse:

Recoloquei as teclas e ficou lindo.
Levei 2 horas.
Sério. Tava muito sujo, de verdade. E tirar/recolocar as teclas é exercício de paciência...


Mas tem um jeito mais simples, claro, que é indicado para fazer no dia a dia:
Forre a escrivaninha. Vire o teclado sobre a forração e bata levemente na mesa. A sujeira mais grossa vai cair.
A seguir use um aspirador de pó (ou o secador de cabelo como jato de ar) e retire as partículas de pó que ficaram. Já deve ter saído a maior parte da sujeira.

Agora a dica pulo-do-gato: pegue várias hastes flexíveis com pontas de algodão, aquelas que a gente usa na higiene pessoal, sabe?
Essas:

Molhe a ponta de uma delas na solução de água com vinagre e limpe entre as teclas.
Devagar, com paciência, vá passando por baixo das teclas, entre elas.
Muito mais fácil, mais seguro (não corre o risco de trocar as teclas) e infinitamente mais rápido.

Terminou as teclas? Umedeça o algodão e passe na base do teclado.
Enxugue com pano limpo e macio.
Faça o mesmo com o mouse.
Religue o teclado.
E tá feito!


Dicas extras:


Não é indicado retirar as teclas do notebook.
Para limpa-lo utilize pano úmido, hastes flexíveis e algodão.
Caso encontre em sua cidade pode trocar o vinagre por álcool isopropílico diluído na mesma proporção do vinagre.

Teclas travando?
Depois de limpas pingue uma gotinha de óleo de silicone na ponta de algodão de uma haste flexível e passe por baixo da tecla que trava. Fica perfeito!



Aqui em casa usamos (os humanos, os caninos e os sobrinhos grandes e pequenos...) e recomendamos os produtos Cotton Line.
Jamais recomendaria algo que não conhecesse e aprovasse.
Conheça os produtos da marca.



QUERO LER O POST COMPLETO

Como fazer aromatizador de ambientes caseiro

Como fazer aromatizador de ambientes caseiro

Você vai precisar de:
Água mineral;
Álcool de cereais;
Palitos de churrasco;
Essência de sua preferência;
Garrafinhas de vidro.

Modo de fazer:
Comece cortando as pontas afiadas dos palitos de churrasco, deixando todos na mesma medida e cerca de 10 ou 15 cm mais altos que a garrafinha que você vai usar.

A proporção dos ingredientes é a seguinte: 100 ml. de água mineral, 100 ml. de álcool de cereais e 10 ml. de essência. Misture e deixe em um vidro fechado por 5 dias, para macerar.
A seguir coloque no vidrinho de leite de coco bem limpo e seco e introduza 4 palitos de churrasco. De vez em quando vire os palitos para que o aroma circule mais facilmente.
Vale também enfeitar os vidros, e pra presentear fica lindo!
Coloque rótulo, amarre os palitinhos no vidrinho...
Com sua criatividade dá pra criar um presente fofo e muito delicado!


Criei uma pasta no Pinterest com várias dicas e inspirações de aromatizadores e difusores, com ideias para enfeitar os vidrinhos, além de outras receitinhas legais.
Olha:


Aproveita e segue meu perfil no Pinterest!

Elaine Gaspareto
QUERO LER O POST COMPLETO

Como fixar qualquer elemento de página (gadget) na sidebar do blog?

Como fixar qualquer gadget na sidebar do blog

Olá, pessoa!
No tutorial de hoje vou mostrar pra você uma das formas que existem de fixar um elemento de página (gadget) qualquer na sidebar do blog.
Para entender melhor do que se trata role um pouco a página do blog de demonstração (ou role essa página mesmo em que estamos pois atualmente uso o recurso) e veja o anúncio do Adsense.


Demonstração do tutorial


Notou que, quando a sidebar acaba ele fica fixo.
Legal, né?
Pode ser aplicado para praticamente todos os elementos de página do blog mas fica especialmente interessante se for usado para fixar um banner de publicidade como eu fiz, ou um banner de parceria, ou de divulgação... O limite é sua imaginação!
Quer aprender? Então, vem comigo!


Como fixar um gadget na sidebar do blog?


Para começar você precisa ter o gadget que deseja fixar já instalado em seu blog. Ele precisa ser o último elemento de página da sidebar pois com esse código que vamos aprender ele vai se sobrepor à qualquer outro elemento. Pode ser um anúncio, um banner de parceiro, uma imagem, um gadget HTML/JAVASCRIPT, um gadget nativo...

Gadget instalado, vamos inserir os códigos que farão a mágica acontecer.
Copie o código necessário à execução do tutorial:


Copiar o código


Vá ao painel de seu blog e clique na aba Modelo.
A seguir clique em Editar HTML e dentro da caixa de código tecle Ctrl+F.
Na barra de busca que aparecer digite </body> e tecle Enter para localizar.
ACIMA dessa tag de fechamento cole o CÓDIGO JAVASCRIPT.
Salve.

Agora preste atenção!
Vá ao seu blog e clique para editar o gadget que deseja fixar na sidebar.
Ao abrir a janela pop up da edição você verá, no alto da janela, o ID desse gadget.
Assim, como no meu exemplo:



No meu caso o ID do meu gadget é HTML6. Poderia ser qualquer gadget, e nesse caso o ID seria outro.
Copie o ID do seu gadget, seja ele Image1, Adsense1, HTML1 ou qualquer outro que seja.
Entendeu certinho? Copiou o seu ID?
Agora volte ao código-fonte de seu template e onde está ID DO GADGET coloque, claro, o ID de seu gadget.
Salve.
Só isso.
Sim, sério, só isso.
Veja se deu tudo certo, e se deu, aproveite para curtir e compartilhar esse post!



Fiz tudo e não deu certo. O que houve?


Olha, pode acontecer sim de não dar certo. Eis as causas mais comuns:
1- Você não colocou o ID correto. Tem que ser o ID exato. Lembre de não apagar as aspas, ok?
2- Você tem outros scripts em seu template e eles estão em conflito. Aí não tem jeito, tem que optar.
3- Você inseriu o código em lugar incorreto. Tem que ser acima de </body>. Sim, seu template tem essa tag.
4- Se for um bloco novo de anúncios do Adsense pode não aparecer de imediato. Aguarde ou teste com outro gadget.
5- Pode fixar mais de um elemento de página? Não, não pode.



Como localizar linhas de código no meu blog?



Com dificuldades para achar linhas de código dentro do código-fonte de seu template?
Veja esse vídeo, creio que ajudará você:





Então, reforçando: curta, comente e compartilhe esse post...
Isso motiva essa blogueira que vos fala e faz o blog ser cada vez mais atualizado e útil para você...

*A imagem que ilustra o tutorial é uma cortesia do nosso parceiro Shutterstock.
QUERO LER O POST COMPLETO

O que ser mãe de cachorro fez por mim- Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão


Como você, que acompanha o blog já deve saber, eu tenho atualmente 3 cachorros em casa: Menininha, Princesa e Bloguinho. Todos resgatados da rua, meus amores.
Já tive muitos mais, houve uma época que eram 11 ao todo.
Os anos foram passando, e dos mais antigos ficou comigo minha Menininha.

Há quase 13 anos já somos eu e ela, o dia e a noite toda juntas.
Não desgruda de mim um minuto sequer. Me espera sentada na porta do banheiro.
E meu amor, minha amiga, minha companhia mais frequente. A gente se entende, somos parecidas em tudo. Amo muito, mas muito mesmo.
Não sei viver sem ela, e toda noite, enquanto ouço o ronquinho dela, fico pensando, e temendo, o dia em que ela partirá. Não sei como será viver sem ela, dói só de imaginar.

Menininha e sua caminha tão amada...

Se você não curte cachorros (ou animais em geral) então talvez esse post não seja pra ti, eu entendo. Ninguém é obrigado a gostar, né?
Mas dificilmente eu gosto de alguém que não gosta de bichos. Aliás esse é um dos meus critérios mais importantes para ter ou não algum tipo de relação interpessoal com alguém: não precisa amar enlouquecidamente como eu amo, mas se maltratar, desprezar ou zombar de quem ama/cuida/protege... aí não tem chance de ser meu amigo, de jeito nenhum.

Vamos passear de carro?

Cuidar de um cachorrinho me fez ser muito melhor como pessoa. Aprendi a ser mais paciente, a ser mais tolerante, a não gritar... tanto que raramente altero a voz porque eles me olham com aqueles olhinhos enormes, assustados, e eu não aguento isso. E levei isso pra vida. Eles me ensinam sobre amar sem condição, a relevar, me ensinam a esquecer quando alguém me magoa. Eles sabem perdoar.

Aprendi, ao longo dos anos, a me doar mais porque muitas vezes eles adoecem. E já passei noites e noites com um peludo doente. Já segurei uma patinha peluda enquanto a dona dava o último suspirinho. Já tive que tomar a decisão de abreviar a dor de uma filha canina. Jamais esquecerei enquanto viver.

Já cometi erros, como quando internei minha Lolita e ela morreu sozinha na clínica, deitadinha em uma gaiola fria, sem uma caminha, com soro no bracinho. Sinto essa dor até hoje, tantos anos depois.
Já errei outras vezes, e até nisso eles me ensinam, me ensinam a aceitar que sou falha e por melhor que seja a intenção, ainda assim posso fazer algo muito errado.
Sou grata por cada um dos cachorros que passaram pela minha vida.
E desejo, do fundo do coração, que aqueles com os quais eu errei possam me perdoar. Rezo por isso muitas e muitas vezes.

Sou um mini-poodle...

Me sinto grata e abençoada por ter aprendido a amar com eles. Não aprendi o que é amor com pessoas, fui aprender com meus cachorros, desde muito cedo.
Desde menina era com eles que eu me sentia mais segura, mais amada. Sou grata demais!

Tenho essa empatia, essa ligação, e sinto que não é algo que eu tenha apenas construído ao longo da vida, sinto que é um presente, uma dádiva. E é mais que eu, maior que eu... e me faz bem, me faz ser melhor.
Meus filhinhos de 4 patas me fazem querer ser de fato a pessoa que eles acham que eu sou...


Essa postagem faz parte da  da Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão
Venha participar com a gente!
Faça seu post, traga seu link para o Painel da Gratidão!
Sim, pode começar (ou retornar) quando desejar!
Vem!!!!



QUERO LER O POST COMPLETO

Dica de série (boa!): Timeless

Dica de série (boa!): Timeless

Há muito tempo eu não vejo novelas, uns 2 anos, eu acho.
A última novela que vi quase inteira foi Cheias de charme, quando passou a primeira vez. Amava a novela, e depois vi alguns trechos de novelas das 6, A vida da gente, 7 vidas, e só um pedaço de Além do tempo.
Não vejo telejornal, não vejo programas, não há nada que me prenda, nem mesmo futebol tenho visto mais...
Meu interesse mesmo são as séries.
E minha vida enquanto pessoa que assiste séries pode ser dividida assim:

1- Séries já finalizadas, que já assisti todos os episódios; 
Estão nessa lista Diários do Vampiro (sim, eu sei, não precisa falar nada...),Glee, Downton Abbey, Marvel Agent Carter, Gilmore Girls, The Tudors, etc...

2- Séries que vou assistindo quando acaba a temporada porque não quero passar pela sofrência do episódio semanal;
Nessa lista estão  Scandal, Vikings, Reign, Once upon a time, etc

3- Séries finalizadas que ainda não assisti mas estão na lista das maratonas futuras;
True blood, Dexter, The OC, Friends (sim, eu juro), etc..

4- Séries que têm muitas temporadas mas que começo e paro, ou que vi temporadas inteiras e sempre volto pra retomar:
Grey's Anatomy, Supernatural, Doctor Who, Law and Order: SVU, etc...

5- Séries que estou assistindo, naquela sofrência de um episódio por semana;
Nessa categoria estão Gothan, todas as de super-heróis do Arrowverse (sim, The Flash e cia., ...), How To Get Away With Murder, etc...

E tem aquelas séries que a gente está assistindo, está gostando mas está na sofrência de não saber se serão ou não renovadas. Provavelmente não.
Estou falando de Timeless.


Antes de falar da série preciso confessar uma coisa: sou apaixonada por séries que tratam da viagem no tempo.
Se eu pudesse realizar um único sonho na vida seria esse: poder viajar no tempo, para o passado ou para o futuro.
Gosto tanto do tema que Doctor Who me ganhou pra sempre, além de Legends of tomorrow.
E Timeless. É dela que quero falar hoje. Porque terminou, não parece que haverá renovação para uma segunda temporada e eu tô orfã...

A série tem a seguinte premissa:
A única esperança reside em uma inesperada equipe: um cientista (Malcolm Barrett, de Better Off Ted), um soldado (Matt Lanter, de 90210) e uma professora de história (Abigail Spencer, de Rectify), que devem usar um protótipo da máquina para viajar de volta no tempo para impedir eventos críticos.
Timeless é uma série de ação e aventura em que um misterioso criminoso (Goran Visnjic, de ER) rouba uma máquina do tempo secreta de última geração com a intenção de destruir a América alterando o passado.
A única esperança reside em uma inesperada equipe: um cientista (Malcolm Barrett, de Better Off Ted), um soldado (Matt Lanter, de 90210) e uma professora de história (Abigail Spencer, de Rectify), que devem usar um protótipo da máquina para viajar de volta no tempo para impedir eventos críticos.

Tem apenas 1 temporada, 16 episódios, é cheia de defeitos, o roteiro tem furos incríveis, mas eu amo!
Faz a gente viajar (literalmente) por períodos da História mundial e especialmente pela História americana.

Vou dar um exemplo: sabe o filme Estrelas além do tempo?
Antes de conhecer através do filme a matemática Katherine Johnson (no filme ela é interpretada pela linda Taraji P. Henson) eu conheci a estória dela na série Timeless.


No 8º episódio, Space Race, ela é a responsável por trazer a Apolo 11 de volta à Terra depois que o "vilão" da série deixa a Nasa sem comunicação com os astronautas.
De fato ela foi responsável por muito do sucesso da corrida espacial americana. Um computador humano de saias, como era chamada.
Na série a matemática foi interpretada pela atriz Nadine Ellis.

Além de Katherine Johnson Timeless mostra também Al Capone, George Washington, Jesse James, Bonnie e Clyde, a batalha do Álamo, dentre outros momentos da história.






O figurino é lindo, os cenários são perfeitos, e embora o roteiro nem sempre seja preciso, ainda assim é uma delícia ir à pontos diferentes do tempo.

Sério, eu quero uma máquina do tempo. Preciso muito...
Acho que todo apaixonado por História iria querer... imagina ver os eventos históricos de perto... ver a história, conferir como as coisas realmente aconteceram...

Como eu disse a série Timeless tem apenas 1 temporada, não há informação de renovação e mesmo assim vale a pena.
Diversão garantida.

Onde assistir:
Está sendo transmitida pela rede NBC, mas tem online em alguns sites, pesquise "assistir Timeless online" e aparecem muitos resultados.
A primeira temporada terminou, não há informação sobre a renovação mas ainda assim vale o passeio proporcionado pela máquina do tempo de Timeless...

Se você já conhecia, me diz o que achou? Tô ansiosa querendo trocar impressões com alguém que já tenha visto...

Update: Timeless foi renovada para a 2ª temporada. Uhu!!!



QUERO LER O POST COMPLETO

Como colocar emoticons animados nos comentários do blog?

Como colocar emoticons animados nos comentários do blog?

Dias atrás eu publiquei aqui no blog um tutorial que ensina como inserir as reações/reactions do Facebook ao final dos posts do blog.
Recorde: Como colocar os emoticons Reações do Facebook em posts do Blogger?
Conforme eu disse ao final daquele tutorial vou mostrar hoje como colocar a opção do seu leitor usar emoticons ao comentar em posts do blog.
Quando estiver pronto vai ficar assim:


Demonstração do tutorial


Vamos aprender?
Sugiro que você teste antes em um blog de testes. Acredite em mim, isso evita muita dor de cabeça...
Precaução tomada, vamos trabalhar?
Comece abrindo a página com todos os códigos necessários a execução do tutorial:


Copiar os códigos

A seguir acesse a aba Modelo de seu blog de testes e clique em Editar HTML.
Dentro da caixa de códigos que abrir tecle Ctrl+F e na barra de busca que aparecer digite ]]></b:skin> e tecle Enter para localizar.
ACIMA dessa tag de fechamento cole o CÓDIGO CSS.
Salve.

Agora, na barra de pesquisa, digite isso:



Tecle Enter para localizar.
ACIMA dessa linha cole o CÓDIGO HTML.
Salve.

Digite </body> na barra de pesquisa e localize.
ACIMA disso cole o CÓDIGO JAVASCRIPT.
Salve.

Se tudo deu certo os emoticons aparecem em sua área de comentários, mais ou menos assim:



Como usar os emoticons para comentar?


Simples!
Observe que cada emoticon possui um "código" ao lado dele.
Exemplo:  :)
Basta digitar esse codigozinho ao comentar e o emoticon vai aparecer.
Faça o teste em meu blog de testes e você verá...  ;)


Deu tudo certo em seu blog de testes? Então faça agora em seu blog oficial, mas antes, uma recomendação da tia Elaine:
Faça o backup de seu template e guarde para evitar dor de cabeça caso algo não fique como deveria.
Não sabe fazer backup? Leia:




Perguntas que podem surgir


1- Fiz, deu certo mas quero tirar...
Simples: refaça o tutorial ao contrário, apagando os códigos inseridos ou então simplesmente use o backup feito antes.

2- Esse recurso pesa no carregamento do blog?
Tudo, absolutamente tudo que colocamos no blog tem um peso, de uma imagem simples até um código mais complexo.
Nesse caso é peso é pouco, nos testes que fiz, mas é claro que existe.

3- Fiz tudo certo e não apareceu nada...
Releia o tutorial e certifique-se de haver realmente feito tudo certo.

4- No meu template não tem as linhas indicadas para localizar...
Tem sim. Todos os templates do Blogger possuem essas linhas. Tente de novo, certamente vai estar lá.

5- Por que voce não usa tudo que ensina em seu blog?
Porque se eu colocasse tudo que sei neste blog ele jamais abriria, e mesmo se abrisse voce não conseguiria ler tamanha confusão que seria...


Créditos:
Tenho esse código arquivado há anos, desde 2012, e já o vi em vários lugares.
Quando eu o salvei foi deste blog aqui: Kkangismet então vou creditar a ele mas sem certeza de que seja de fato o desenvolvedor.


Gostou do tutorial?
Então que tal deixar um comentário, ou compartilhar/curtir o post?
Eu agradeço muito, muito...
QUERO LER O POST COMPLETO

A mãe da mãe

A mãe da mãe

Enquanto os olhos do mundo estão no bebê que acaba de nascer, a mãe da mãe enxerga a filha, recém-parida. O papel de avó pode esperar, pois é a sua menina que chora, com os seios a vazar.

A mãe da mãe esfrega roupinhas manchadas de cocô, varre o chão, garante o almoço. Compra pijamas de botão, lava lençóis sujos de leite e sangue. Ela sabe como é duro se tornar mãe.

No silêncio da madrugada, pensa na filha, acordada. Quantas vezes será que foi? Aguentará a manhã com um sorriso? Leva canjica quentinha e seu bolo favorito.

Atarefada, a mãe da mãe sofre em silêncio. Em cada escolha da filha, relembra suas próprias. Diante de nova mãe, novo bebê, muito leite e tanto colo, questiona tudo o que fez, tempos atrás. Tempo que não volta mais.

Se hoje é o que se tem, então hoje é o que é. Olha nos olhos, traz pão e café. Esse é o colo, esse é o leite. Aqui e agora, presente.

A mãe da mãe ajuda a filha a voar. Cuida de tudo o que está às mãos para que ela se reconstrua, descubra sua nova identidade. Ela agora é mãe, mas será sempre filha.

Toda mãe recém-nascida precisa dos cuidados de outra mulher que entenda o quanto esse momento é frágil. A mãe da mãe pode ser uma irmã, sogra, amiga, doula, vizinha, tia, avó, cunhada, conhecida.

O fato é que o puerpério necessita de união feminina, dessa compreensão que só outra mãe consegue ter.
O pai é um cuidador fundamental, comanda a casa e se desdobra entre mãe e filho, mas é preciso lembrar que ele também acaba de se tornar pai, ainda que pela segunda ou terceira vez.


Este texto pertence à página Canjica,da autora Marcela Feriani 


Feliz Dia das Mães

QUERO LER O POST COMPLETO


Visualizações

Contando...

Dias online
Postagens
comentários